logo Melhores Destinos

Conheça os melhores destinos da Europa para visitar em 2019!

Thayana Alvarenga
23/05/2019 às 15:13

Conheça os melhores destinos da Europa para visitar em 2019!

Foi divulgada uma lista dos lugares considerados os melhores destinos da Europa em 2019. Os especialistas em viagem da Lonely Planet, uma das principais editoras de guias de destinos do mundo, percorreram áreas distantes, passando por cidades e regiões desconhecidas em busca dos melhores destinos para visitar. Os cenários são impressionantes. Confira a seguir!

1 – Alto Tatras, Eslováquia

Há algo mítico na paisagem do Alto Tatras, uma cordilheira na Eslováquia apresentada na imagem acima. Você encontrará um imenso domínio de picos tortuosos e quedas de água, onde a neve cobre o chão e animais patrulham as florestas. Sumidos da maior parte da Europa, os ursos marrons prosperam nesta região e sua localização é fácil de encontrar. Diversas agências de turismo conduzem aventureiros a pé para espioná-los, caminhando por bosques onde linces, lobos e camurças também podem ser vistos. As Tatras ficam na divisa com a Polônia, pode valer a pena dar uma esticadinha e ver a cordilheira de outra ótica.

Longe da observação da vida selvagem, há muito para manter os viajantes ocupados. Por exemplo, caminhadas até o cume do pico mais alto da Eslováquia, Gerlach (também conhecido como Gerlachovský Štít), com 2.655m de altura, além de passeios de barco no lago glacial de Štrbské Pleso.

2 – Madri, Espanha

A cidade de Madri é famosa por diversos motivos, entre eles a vida noturna que sempre aparece entre as melhores da Europa. A Calle de Ponzano é um ponto que atrai muitos turistas, oferecendo bares com opções de coquetéis, sendo hoje uma das ruas noturnas mais legais do continente europeu.

Mas não são apenas os amantes de vida noturna que gostam de Madri. O histórico Museo del Prado, por exemplo, oferece uma série de exposições especiais – desde exibições de obras menos vistas até espetáculos artísticos – que acontecem ao longo de 2019 em comemoração ao bicentenário do museu.

Confira passagens promocionais para Madri e mais destinos na Espanha a partir de R$ 1.791!

3 – Arctic Coast Way, Islândia

Apesar de estar no topo das listas de viajantes há uma década, a Islândia sempre tem uma carta na manga. Das milhões de pessoas que visitam a cada ano, a maioria se concentra em Reykjavík e no famoso Círculo Dourado. Algumas almas corajosas definem rumos para o oeste, ou mesmo para o leste longínquo, mas poucos preciosos seguem para o norte – até agora.

O recém-fundado Arctic Coast Way envolve 21 aldeias e quatro ilhas ao longo da elemental costa norte da Islândia, encantando com as maravilhas naturais pelas quais a Islândia é famosa – cachoeiras tempestuosas, geleiras colossais, fumarolas fumegantes, além de oportunidades infinitas para esportes de neve, observação da vida selvagem e aventuras no deserto.

4 – Herzegovina, Bósnia e Herzegovina

Pense na Herzegovina, a região histórica na qual a contrapartida da Bósnia se localiza geograficamente. A magnífica ponte Stari Most do Centro Histórico de Mostar imediatamente pode vir à mente.

Amplie seu foco em 2019 para outros destaques da região de Herzegovina com uma viagem ao longo da trilha de ciclismo, passando pela antiga linha ferroviária austro-húngara que conecta o campo de Mostar a Dubrovnik, unindo algumas das principais atrações da região. Passeie pelas ruas da Počitelj medieval, explore os túneis de vento de Karst vjetrenica ou caminhe até a tradicional aldeia de montanha de Lukomir – experiências que proporcionarão uma nova perspectiva sobre esta região perfeita.

5 – Bari, Itália

Uma cidade antiga revigorada dá o tom. Em Bari, as fachadas de lojas são substituídas por restaurantes familiares onde os avós servem pratos de orecchiette, uma variedade de massa, em belas praças.

Mas as mudanças aqui são maiores: os espaços culturais estão reabrindo. Visite o teatro ornamentado do Teatro Piccinni, não esquecendo o Art Nouveau Teatro Margherita, um antigo teatro reaproveitado com um impressionante espaço de arte sobre palafitas no mar. Com uma boa vida noturna, as ruas mais seguras e as praias vizinhas mais limpas, Bari é uma boa pedida.

6 – Ilhas Shetland, Escócia

Não são muitos viajantes que vão ao ponto mais ao norte do Reino Unido, as Ilhas Shetland, a cerca de 170 quilômetros da costa da Escócia continental. Isso faz com que o arquipélago, derrotado pelo vento, fique à deriva no Mar do Norte para os aventureiros mais resistentes, cujo esforço é recompensado com impressionantes trilhas costeiras e observação da vida selvagem.

De fato, uma visita a Shetland tem que ser conquistada. Diversos operadores de turismo fazem passeios para ver a fauna, especialmente aves marinhas e focas, além de lontras e orcas. Vale a pena se aventurar!

7 – Lyon, França

Um pouco ofuscada pela capital ao norte, Lyon pode não ter a grande reputação de Paris (ou grandes multidões), mas compartilha algumas de suas características vencedoras: é linda e charmosa também pelos seus dois rios (o Rhône e o Saône), a culinária é interessante e, além de tudo, ainda é culta: há diversos museus importantes, como o Confluências e o Gadagne.

Em 2019, Lyon dará um passo decisivo para o centro das atenções globais, já que a cidade vai receber as finais da Copa do Mundo Feminina da FIFA em julho. Esse grande evento pode ajudar a fomentar o turismo no local, um cenário pronto para a cidade francesa se tornar a queridinha dos visitantes internacionais.

8 – Liechtenstein

Já pensou andar por um país inteiro em um fim de semana? Essa é a perspectiva oferecida no pequeno e adorável Liechtenstein. Como parte das celebrações marcando 300 anos desde que se tornou uma nação soberana, o país vai abrir a trilha do Liechtenstein, um percurso de caminhada de 75 km em uma rota que abrange todos os 11 municípios.

Mesmo se você deixar os calçados de caminhada em casa, Liechtenstein é um lugar fascinante para se visitar: um local governado por um príncipe que reside em um castelo no topo de uma colina acima da capital, Vaduz. O aniversário incentiva ainda mais a apresentação de exposições especiais, incluindo destaques da Coleção Princely, exibida no Museu de Belas Artes, e festas – com a maior festa do Dia Nacional do país, 15 de agosto.

9 – Vevey, Suíça

Vevey vai estourar mais rolhas do que nunca em 2019, quando a Fête des Vignerons chega à cidade em julho. Realizado apenas uma vez a cada 20 anos desde o século XVIII, este festival de vinho de três semanas é inteiramente sobre exibições extravagantes fantasiadas, desfiles e concertos de Alphorn.

Mas não é apenas o pedigree de vinhos que torna esta cidade suíça tão interessante. À beira do Lago de Genebra, a pequena cidade é repleta de restaurantes de qualidade que oferecem de tudo, desde menus degustação de 20 pratos a fondue barato. Aproveite também para dar um mergulho no lago ou passeie pelos vinhedos, onde você precisará de toda a sua determinação para resistir a uma degustação no caminho.

10 – Ístria, Croácia

Riviera de calcário em forma de coração, grandes monumentos ou o gosto por comidas finas (e fraqueza pelo vinho!). Há um toque diferenciado sobre Ístria no norte da Croácia. Hoje, a península conta com a expansão das conexões por meio de voos europeus, tornando-a cada vez mais fácil de visitar.

Comece com a história: a imponente Arena de Pula e os mosaicos da Basílica Eufrasiana. Não esqueça de visitar as praias Mulini ou Felsen Strand. Passeios de bicicleta gourmet durante a primavera são muito procurados, bem como festivais de música no verão e excursões de caça às trufas, que acontecem no outono. Para quem não sabe, trufas são fungos geralmente encontradas em íntima associação com as raízes das árvores. Você já viu?


E você, já esteve em algum destes? Comente abaixo e ajude outros leitores!

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção