logo Melhores Destinos

Ilhabela estuda retirar areia do mar para alargar seis praias

Thayana Alvarenga
19/11/2021 às 18:43

Ilhabela estuda retirar areia do mar para alargar seis praias

A cidade de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, abriu licitação para contratar um estudo de retirada da areia do mar e, assim, fazer o alargamento de seis praias. O objetivo é que elas recuperem a faixa de areia que tinham há 30 anos. Segundo o prefeito Toninho Colucci, a medida pode reduzir a erosão costeira e evitar a inundação de ruas, além de oferecer mais espaço para os turistas.

Alargando as praias de Ilhabela

Estão previstas intervenções nas praias Barra Velha, Perequê, Itaquanduba, Engenho D’Água, Vila e Ponta do Pequeá. Nelas, o nível do mar tem alcançado trechos da malha urbana e em algumas ocasiões a água chegou a destruir ciclovias e atingir as casas. A previsão é de repor 500 mil metros cúbicos de areia em cerca de 5 km de praias. O custo estimado para toda a obra é de R$ 20 milhões.

De acordo com o prefeito, as obras do porto de São Sebastião e do terminal da Petrobras alteraram o fluxo da água salgada no entorno da ilha e houve a erosão das faixas de areia. “Em alguns casos, perdemos de 20 a 30 metros de praia, principalmente na área do canal. O projeto prevê recuperar o que foi perdido e recompor a faixa de areia”, disse Colucci.

Ilhabela

Algo semelhante foi feito na principal praia de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, onde a faixa de areia acabou estendida em 45 metros.

A dragagem da areia no mar, porém, causou um aumento na presença de tubarões na praia. Pesquisadores do Museu Oceanográfico da Universidade Vale do Itajaí registraram 34 aparições de tubarão desde agosto, quando começaram as obras de alargamento da Praia Central. Antes das obras, isso era algo raro.

Alargamento triplicou a faixa de areia em Balneário Camboriú (Foto: Secom BC)

O aumento na presença de tubarões foi atribuído à dragagem da areia que revolve o fundo do mar, expondo pequenos crustáceos e outros seres marinhos para os peixes que, por sua vez, atraem os tubarões.

Com informações do Estadão


E você, o que achou da novidade? Comente abaixo e participe!

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção