logo Melhores Destinos

Pantanal Linhas Aéreas deixa de fazer voos regionais

Leonardo Marques
07/07/2011 às 11:12

Pantanal Linhas Aéreas deixa de fazer voos regionais

Nos últimos meses não postamos uma única notícia sobre a Pantanal. Nesse período ela lançou voos para vários novos destinos e nós não publicamos uma única notícia. Teria isso algum motivo especial? Sim, a Pantanal, empresa de voos regionais, não existe mais.

Como assim não existe? É isso mesmo: ela está aí apenas para parecer que não foi engolida pela TAM igualzinho ao caso GOL/Varig. A TAM/Pantanal anunciou que seus últimos 3 aviões que faziam rotas regionais não irão mais operar.

Em outras palavras, a Pantanal voa a partir de hoje nos mesmo trechos que a TAM, com os aviões da TAM e usa os espaços da TAM nos aeroportos. Ela não existe: é a Varig da TAM.

A TAM comprou a Pantanal apenas para ficar com seus slots (direitos de voos) em Congonhas e concentrar ainda mais os voos no aeroporto paulistano. O governo certamente sabia disso e deixou. Congonhas segue dominado por TAM e GOL e com meia dúzia de voos da Avianca. Depois você se pergunta porque voar para Congonhas é caro. Azul, Webjet, Passaredo e Trip não podem operar em Congonhas.

Com a notícia,  as cidades de Araçatuba, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, em São Paulo, e Juiz de Fora e Uberaba, em Minas Gerais vão ficar sem as linhas da Pantanal. Assim como Marília, onde a Pantanal deixou de operar há algumas semanas e onde nasceu a TAM (era Táxi Aéreo Marília). Somente Bauru continuará com sua rota, operada com Airbus A319.

Sabe o que mais lamentamos nesta história toda? É que a Pantanal foi fundada em 1993 no Mato Grosso do Sul, para atender especialmente a região Centro-Oeste, que é muito extensa e onde a população sofre muito com a falta de opções aéreas. Basta dar uma olhada nos comentários aqui no Melhores Destinos, sobre a falta de promoções para capitais como Cuiabá, Campo Grande e Goiânia ou mesmo voos para importantes cidades do interior.

Agora, a TAM está prestes a adquirir parte da TRIP, a principal companhia regional do Brasil. Será que vamos ver uma reprise deste triste filme sem que as autoridades do setor tomem nenhuma atitude a respeito?

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção