logo Melhores Destinos

Como é o passeio na maior roda-gigante da América Latina? Fomos conhecer a novidade em São Paulo!

Thayana Alvarenga
18/12/2022 às 7:05

Como é o passeio na maior roda-gigante da América Latina? Fomos conhecer a novidade em São Paulo!

Após uma longa espera, enfim foi aberta a maior roda-gigante da América Latina. Chamada oficialmente de “Roda Rico”, ela está funcionando no Parque Cândido Portinari, ao lado do Parque Villa-Lobos, em São Paulo. Nós fomos conferir de perto como é o passeio e todos os detalhes da nova atração, que deve receber visitantes do Brasil inteiro. Saiba tudo a seguir!

Como é o passeio na nova roda-gigante de São Paulo

Quem chega ao Parque Cândido Portinari logo se depara com ela, não tem jeito. Os imponentes 91 metros de altura colocam a roda-gigante de São Paulo como a grande protagonista do espaço rodeado de muita área verde e natureza.

 

Roda gigante de são Paulo roda rico no parque Cândido Portinari

Logo na entrada os visitantes são recebidos por funcionários da Roda Rico, que orientam quanto à fila de acesso. Na verdade, posteriormente você descobre que são “filas”, no plural mesmo. Isso por que no andar térreo há uma separação nas entradas por horários de agendamento, então seu ingresso é conferido e você pode subir para mais perto da nova atração, onde terá de fazer mais uma fila para enfim entrar na roda-gigante.

Nosso ingresso era o da cabine VIP, em que é possível levar até 8 convidados pagando o valor de R$ 300. É uma boa para quem vai em famílias e não quer dividir o espaço com desconhecidos. Outra vantagem de adquirir este tipo de bilhete é que você tem uma fila exclusiva para acesso, portanto o embarque acaba sendo mais rápido.

 

Roda gigante de são Paulo roda rico

Quem compra o ingresso comum, que custa a partir de R$ 50 por pessoa, divide a cabine com outros que adquiriram este tipo de bilhete. Portanto a única vantagem do VIP é realmente a privacidade durante a volta na roda-gigante.

Visitamos no meio da semana, em uma quinta-feira, e no período da manhã: táticas infalíveis para economizar tempo e evitar lotações. Ainda assim é importante se planejar para chegar com antecedência, já que se tratando do caótico trânsito paulistano tudo pode acontecer.

Após alguns poucos minutos na fila, já seguimos para a entrada na cabine. Entramos na de número 33, e logo de cara achamos o espaço muito legal. Ela tem cores preto e branco do lado de fora, e cinza na parte interna, conta com dois bancos para sentar e também há janelas de vidro do chão ao teto que permitem aproveitar o visual da capital.

Do alto é possível avistar a Marginal Pinheiros, milhares de prédios que dominam o cenário de São Paulo, a árvore de Natal do Parque Villa-Lobos e até o Pico do Jaraguá. À noite, a paisagem muda bastante, e quando se olha para as áreas verdes dos parques ou para os prédios, tudo vira uma escuridão com no máximo as luzes dos prédios das redondezas. (confira mais detalhes da experiência noturna no nosso vídeo acima)

Não é necessário ficar sentado durante todo o trajeto da roda-gigante, podendo ficar em pé se assim preferir. A volta completa dura em média 25 minutos, mas eu particularmente senti que o tempo passou muito mais rápido dentro da cabine distraída observando a cidade do alto.

As 42 cabines contam com ferramentas para personalizar o passeio, permitindo escolher músicas que vão compor a trilha sonora, além de dar para trocar as cores da iluminação interna no teto.

Há também uma telinha que exibe um vídeo institucional da roda-gigante, além de ar condicionado (tava perfeito nos 28 graus que fizeram no dia da nossa visita), internet wi-fi (que não tinha acesso aberto, apenas com senha), uma mesa redonda central e um interfone para se comunicar com os funcionários da base em caso de problemas.

Você pode comer dentro da cabine, inclusive há a opção de comprar um passeio VIP com bebidas inclusas por valores que chegam a R$ 420. O preço inclui oito bebidas, que são divididas entre os seus oito convidados. Se forem apenas duas pessoas, por exemplo, as oito bebidas são divididas entre elas.

O passeio é extremamente tranquilo e você mal sente a cabine se movendo durante a volta, exceto quando colocam o peso todo de um único lado – por isso é importante dividir a quantidade de pessoas igualmente nos dois lados.

 

Outro ponto é que a roda-gigante não interrompe o movimento para embarque ou desembarque de passageiros. Mesmo em ritmo lento é possível ver que ela continua rodando o tempo todo, portanto preste bastante atenção na hora de subir. Ainda assim os atenciosos funcionários auxiliam neste processo.

Após a volta completa, que é feita apenas uma vez, todos os passageiros devem desembarcar para dar espaço aos novos que chegam. Saindo dali é possível conhecer os dois parques, além de comprar lanches ou lembrancinhas personalizadas da nova atração, como canecas, imãs e copos.

Quem esteve na roda-gigante nos primeiros dias após a inauguração acabou passando perrengue já que foram registrados problemas. O ar condicionado não estava funcionado, sem contar as filas gigantes de até quatro horas (e bem atrasadas!) que fizeram muita gente desistir do passeio, além de falta de acessibilidade por elevadores. Felizmente estes problemas já foram solucionados.

A roda-gigante funciona de terça a domingo, das 9h às 19h. Os ingressos custam a partir de R$ 50, nas cabines compartilhadas, e a partir de R$ 300 nas cabines VIP, que são privativas para até 8 pessoas. O espaço é pet friendly, portanto você pode levar seu bichinho de estimação de pequeno e médio porte para passear junto.

Leia também:

-Roda-gigante de Balneário Camboriú – Preços, horários e como é o passeio na FG Big Wheel

Ingresso roda-gigante de Foz do Iguaçu: saiba como comprar com desconto!


E você, o que achou da nova roda-gigante? Ficou com vontade de conhecer? Aproveite os feriados de 2024! Comente abaixo e participe! 

Não perca nenhuma oportunidade!
ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
tela do app do melhores destinos
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção