logo Melhores Destinos

Azul fecha parceria para operar veículos elétricos voadores no Brasil a partir de 2025

Rafael Castilho
Rafael Castilho
02/08/2021 às 11:13

Azul fecha parceria para operar veículos elétricos voadores no Brasil a partir de 2025

A Azul anunciou hoje uma parceria com a empresa alemã Lilium para utilizar no Brasil aeronaves elétricas de decolagem e aterrissagem vertical, os eVTOLs, a partir de 2025. O objetivo, de acordo com a empresa, é aumentar a conectividade entre os aeroportos e diversos pontos comerciais e turísticos no Brasil, criando um novo mercado.

A parceria prevê até a compra de 220 aeronaves que serão usadas para conectar grandes centros econômicos, regiões metropolitanas, cidades turísticas, condomínios residenciais e aeroportos. O valor pode chegar a US$ 1 bilhão, cerca de R$ 5,1 bilhões. O Lilium Jet é 100% elétrico, com zero emissão de carbono, e pode transportar até seis passageiros.

Ainda pelo acordo, a Azul vai operar e manter a frota de eVTOL da Lilium, enquanto a empresa alemã fornecerá uma plataforma de monitoramento das aeronaves, baterias e outras peças de reposição. A Azul apoiará a Lilium com os processos de aprovação regulatória necessários no Brasil para a certificação da aeronave e quaisquer outras aprovações regulatórias necessárias.

“O Brasil é um dos maiores mercados do mundo para helicópteros e acreditamos que esse projeto possa revolucionar esse segmento e a mobilidade no Brasil nos próximos anos”, destaca John Rodgerson, presidente da Azul. A expectativa é que os eVTOLs estejam em operação no Brasil em 2025.