logo Melhores Destinos

De cinema a sala de concerto: 7 soluções criativas de utilização de aeroportos vazios durante a pandemia

João Goldmeier
13/05/2020 às 11:48

De cinema a sala de concerto: 7 soluções criativas de utilização de aeroportos vazios durante a pandemia

Com fronteiras fechadas, voos cancelados e falta de demanda, muitos aeroportos outrora movimentados ficaram desertos. Essa situação atípica deixou esses enormes espaços ociosos. Por sorte o ser humano é criativo, e muitos destes terminais já receberam soluções criativas de utilização.

1. Estacionamento de aviões

Com praticamente toda a frota mundial no chão, foi preciso ser criativo para encontrar lugar para estocar tantos aviões. E os pátios dos aeroportos foram a primeira opção. Leia mais no nosso post sobre onde estão as milhares de aeronaves paradas por causa da pandemia de coronavírus.

Airbus A380

Fila de aviões estacionados

2. Estoque de material médico

Um dos maiores aeroportos do mundo, o Aeroporto de Heathrow, em Londres, foi redesignado para servir de depósito de material médico como respiradores, vacinas e remédios. Os voos continuam ocorrendo, mas em sua maioria são de carga.

“Pela primeira vez em uma década, nosso aeroporto tem capacidade ociosa, e nós vamos aproveitá-la para acelerar o envio de suprimentos vitais através do globo” disse o CEO do aeroporto John Holland-Kaye.

3. Sala de concerto para um

Concerto pra um no Aeroporto de Stuttgart

4. Drive-Thru para testes de COVID-19

O Aeroporto de Glasgow, na Escócia, transformou seu estacionamento em um drive-thru para testes de COVID-19. Sem sair do carro o motorista é testado.

Testes do COVID-19 no Aeroporto de Glasgow

5. Hospital de campanha

A situação da pandemia na Turquia não está nada boa e o Aeroporto Internacional Ataturk, hoje substituído pelo Aeroporto Internacional de Istambul, vai receber um hospital de campanha.

Aeroporto Ataturk, em Istambul, vai receber um hospital de campanha

6. Centro de distribuição de comida

O Aeroporto de Pittsburg aproveitou a baixa nos voos para usar o espaço ocioso para distribuir comida aos que precisam. Em duas horas de um único dia os organizadores conseguiram atender a 812 veículos, que receberam uma caixa de mantimentos cada.

Distribuição de comida no Aeroporto de Pittsburg

7. Cinema drive-in

Aqui do lado, no Uruguai, o Aeroporto de Montevidéu vai transformar seu estacionamento em cinema drive-in, com direito a uma tela de 20 x 16 m, espaço para 90 veículos e até opções gastronômicas para serem pedidas pelo celular, entregues diretamente no veículo. Serão 80 sessões a partir de 21 de maio, num total esperado de 20.000 espectadores.

Aeroporto Carrasco, em Motevidéu

Outro aeroporto que também virou cinema foi o Aeroporto de Vilnius, capital da Lituânia, utilizando o pátio de manobras vazio como estacionamento para os carros. O projeto é chamado de “Aerocinema – a jornada começa” e está sendo realizado em conjunto com o Festival Internacional de Cinema de Vilnius.

Aeroporto de Vilnius, na Lituânia


É claro que a gente espera que essa nova utilização de aeroportos não dure muito e que voltem a ser espaços onde sonhos se tornam realidade.

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção