Anac libera 1.973 novos voos para a Copa do Mundo

Denis Carvalho 16 · janeiro · 2014

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) autorizou 1.973 pedidos de empresas aéreas para operar novos voos no período da Copa do Mundo de 2014. A agência reguladora recebeu 160 mil pedidos de slots (horários) das empresas aéreas para operar no período. O resultado, segundo a Anac, seria de cerca de 80 mil voos incluídos ou alterados.

O período considerado é de 6 de junho até 20 de julho, ou seja, uma semana antes e uma semana depois do início e término dos jogos.. A Anac considerou os aeroportos das cidades-sede e os aeroportos que servem de apoio a eles (aqueles que ficam a até 200 km dos estádios dos jogos).

A expectativa é que os quase 2 mil voos extras possam atender a demanda e reduzir a pressão sobre os preços das passagens. Azul e Avianca Brasil fixaram teto de R$ 999 por trecho para o período do mundial, mas TAM e GOL anunciaram que não tomarão a mesma medida e poderão ter passagens com valores mais altos.

A Anac informou que até agora apenas 4% das passagens para o período foram vendidas. O diretor-presidente, Marcelo Guaranys, afirmou que a agência acompanhará quinzenalmente os dados e que, se houver abusos, os órgãos de defesa do consumidor e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) poderão agir.

A Anac informou que serão ofertados 20 mil assentos adicionais em voos para Viracopos (Campinas) e Guarulhos (São Paulo) nos dias 11 a 13 de junho. O período busca adequar a demanda para o jogo de abertura da Copa, que ocorrerá na capital paulista.

Para Brasília, onde o Brasil joga contra a seleção de Camarões, serão ofertados 15.155 novos assentos entre 11 e 14 de junho. Para a final da Copa, no Rio de Janeiro, serão ofertados 25.000 novos assentos entre 12 e 14 de julho para os aeroportos do Galeão e Santos Dumont.

O trecho do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, até Ezeiza, em Buenos Aires, terá 262 novos voos no período da Copa do Mundo de 2014. O trecho de Brasília até Guarulhos, em São Paulo, terá 288 novos voos. De Fortaleza até Guarulhos serão 205. Do Santos Dumont, no Rio de Janeiro, até Viracopos, em São Paulo, são 284 novos. Do Galeão até Aeroparque, também em Buenos Aires, são 242. Entre Natal e Guarulhos, serão 105 novos voos. De Recife até Guarulhos, 59.

De acordo com a Anac, o número maior de voos não excede a capacidade dos aeroportos e nem deve prejudicar os torcedores que estiverem viajando nesse período. “A condição de aprovação é a capacidade do aeroporto, de pista, pátio e terminais. Não há nenhum horário com mais voos que a capacidade do aeroporto. Claro que teremos horários de pico, como no Natal”, disse.

As cinco principais rotas:

1 – Galeão (RJ) – Ezeiza (Argentina), com novos 262 voos
2 – Brasília (DF) – Guarulhos (SP), com 288 novos voos
3 – Fortaleza (CE) – Guarulhos (SP), com 205 novos voos
4 – Santos Dumont (RJ) – Viracopos (SP), com 284 voos novos
5 – Galeão (RJ) – Aeroparque (Argentina), com 242

Rotas mais procuradas dentro do país:

1 – Brasília (DF) – Guarulhos (SP), com 288 novos voos
2- Fortaleza (CE) – Guarulhos (SP), com 205
3 – Santos Dumont (RJ) – Campinas (SP), com inclusão de 284 voos
4 – Natal (RN) – Guarulhos (SP), com 105
5 – Recife (PE) – Guarulhos (SP), com 59 novos voos

Com informações dos jornais Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Dealins

    A notícia é interessante, mas como as empresas "nacionais" vão aumentar o número de voos com o pessoal e a capacidade operacional que eles possuem atualmente? Salvo engano, uma dessas empresas alegou recentemente que os vários atrasos dos últimos meses se deveram à falta de tripulantes. Seria uma boa oportunidade para abrir um pouco esse nicho de mercado no BR.

  • Rodrigoclt

    Não consigo entender esse procedimento. Basta qualquer feriado para vermos que não ha local para desembarcar nos principais aeroportos, tendo que muitas vezes a aeronave aportar um mundo de distância. Gostaria de saber onde vão fazer pousar esses quase 2000 voos???

    • E também de onde sairão os aviões pra darem conta de tudo isso, além da tripulação adicional

    • 2000 vôos para todo o Brasil, ok?
      Além disso, acho que exceto os aeroportos de SP e do Rio, que são naturalmente sobrecarregados, e o de Cuiabá, que li estar tendo problemas, os outros devem aceitar a demanda especial de boa.

  • Fernanda

    Pra quem quer viajar em junho para o exterior, vale mais a pena comprar a passagem agora? Será que sai alguma promoção para este período devido à Copa?

  • Quem está marcando férias pra Copa com a idéia que será barato viajar ao exterior está bastante enganado. Os aviões virão e voltarão lotados com estrangeiros. Poucos são os que vem assistir à Copa inteira. A grande maioria compra pacote para 3 ou 4 jogos apenas.

    Barato será após a Copa, com promoções de última hora, pq muita gente já vai ter tirado férias.

  • re178

    cadê cuiabá que disseram que ia aumentar 48% dos voos?

    • junior gimenes

      Pouca vergonha retirar vôos que atende uma boa demanda devido a copa

  • Matheus

    Passagem pra Lisboa por 451 dólares pela Royal Air Morroc em varias datas.

    • atila

      Quais datas e partindo de onde?

      • Matheus

        Partindo de GRU. Tem datas para saídas até maio. Ex. Ida dia 23 de maio volta 02 de junho.

        • Talana

          Não achei este valor…Para mim aparece R$1500,00.

          • Matheus

            Esse valor é porque já inclui as taxas. 451 dólares é sem as taxas.

          • gilberto p filh

            Em que site por favor?

  • Romulo

    Denis,

    Onde podemos verificar esses novos voos que foram liberados?

    Abraços

    • Acho que a Anac deve divulgar, dê uma olhada no site deles ou mesmo no Diário Oficial

  • gilberto p filh

    Apenas uma palavra, 4 letras… CAOS!!!

  • Mais uma vez, a solução deve vir de Cuba.

  • Marcelo Cabeça

    Mudando um pouco o assunto, sugiro o MD fazer uma pesquisa dos aeroportos que serão sedes da copa para uma avaliação.
    Estive recente no aeroporto de Manaus/AM e sinceramente achei vergonhoso. Num voo de conexão internacional/doméstico, ou seja, próximo de 200 pessoas mudando de aeronave, os únicos elevadores no piso de desembarque para reembarque só cabiam um passageiro com seu carro, de tão pequeno que eram, detalhe a obra havia sido liberada a pouquíssimo tempo. Teto com várias, várias falhas, banheiros sujos, pisos imundos, atendimento aos passageiros precários e totalmente conturbados, esteira para retirada de bagagens de tão lerda que era, rapidamente acumulava passageiros para retirada – isso em apenas um voo, os atendentes de bagagens (acredito infraero ou terceirizada) totalmente despreparados…as malas que não eram retiradas pelos passageiros, eram coletadas por eles e detalhe…colocavam no acesso do passageiro à esteira, em vez de posicionar em um local a não obstruir o acesso do passageiro a sua bagagem na esteira. Agora o que tinha de gente da infraero apenas olhando…Servem só pra isso…olhar, fazer alguma coisa certa tá longe. Pensei…estamos próximos a um dos maiores eventos do mundo e temos este aeroporto…?

  • Acho divertido o comentario… Nao se faz aviao e tripulação da noite para o dia!
    Será que agora vão enfiar a força a aviação de cabotagem?

  • Nelio

    Já que do do Galeão, no Rio de Janeiro, até Ezeiza, em Buenos Aires, terá 262 novos voos no período da Copa, e até Aeroparque, também em Buenos Aires, são 242, a viagem de ida para a Argentina deverá ter bom preço nestes dias…Alguém saberia dizer algo a respeito?