Anac libera 1.973 novos voos para a Copa do Mundo

Denis Carvalho 16 · janeiro · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) autorizou 1.973 pedidos de empresas aéreas para operar novos voos no período da Copa do Mundo de 2014. A agência reguladora recebeu 160 mil pedidos de slots (horários) das empresas aéreas para operar no período. O resultado, segundo a Anac, seria de cerca de 80 mil voos incluídos ou alterados.

O período considerado é de 6 de junho até 20 de julho, ou seja, uma semana antes e uma semana depois do início e término dos jogos.. A Anac considerou os aeroportos das cidades-sede e os aeroportos que servem de apoio a eles (aqueles que ficam a até 200 km dos estádios dos jogos).

A expectativa é que os quase 2 mil voos extras possam atender a demanda e reduzir a pressão sobre os preços das passagens. Azul e Avianca Brasil fixaram teto de R$ 999 por trecho para o período do mundial, mas TAM e GOL anunciaram que não tomarão a mesma medida e poderão ter passagens com valores mais altos.

A Anac informou que até agora apenas 4% das passagens para o período foram vendidas. O diretor-presidente, Marcelo Guaranys, afirmou que a agência acompanhará quinzenalmente os dados e que, se houver abusos, os órgãos de defesa do consumidor e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) poderão agir.

A Anac informou que serão ofertados 20 mil assentos adicionais em voos para Viracopos (Campinas) e Guarulhos (São Paulo) nos dias 11 a 13 de junho. O período busca adequar a demanda para o jogo de abertura da Copa, que ocorrerá na capital paulista.

Para Brasília, onde o Brasil joga contra a seleção de Camarões, serão ofertados 15.155 novos assentos entre 11 e 14 de junho. Para a final da Copa, no Rio de Janeiro, serão ofertados 25.000 novos assentos entre 12 e 14 de julho para os aeroportos do Galeão e Santos Dumont.

O trecho do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, até Ezeiza, em Buenos Aires, terá 262 novos voos no período da Copa do Mundo de 2014. O trecho de Brasília até Guarulhos, em São Paulo, terá 288 novos voos. De Fortaleza até Guarulhos serão 205. Do Santos Dumont, no Rio de Janeiro, até Viracopos, em São Paulo, são 284 novos. Do Galeão até Aeroparque, também em Buenos Aires, são 242. Entre Natal e Guarulhos, serão 105 novos voos. De Recife até Guarulhos, 59.

De acordo com a Anac, o número maior de voos não excede a capacidade dos aeroportos e nem deve prejudicar os torcedores que estiverem viajando nesse período. “A condição de aprovação é a capacidade do aeroporto, de pista, pátio e terminais. Não há nenhum horário com mais voos que a capacidade do aeroporto. Claro que teremos horários de pico, como no Natal”, disse.

As cinco principais rotas:

1 – Galeão (RJ) – Ezeiza (Argentina), com novos 262 voos
2 – Brasília (DF) – Guarulhos (SP), com 288 novos voos
3 – Fortaleza (CE) – Guarulhos (SP), com 205 novos voos
4 – Santos Dumont (RJ) – Viracopos (SP), com 284 voos novos
5 – Galeão (RJ) – Aeroparque (Argentina), com 242

Rotas mais procuradas dentro do país:

1 – Brasília (DF) – Guarulhos (SP), com 288 novos voos
2- Fortaleza (CE) – Guarulhos (SP), com 205
3 – Santos Dumont (RJ) – Campinas (SP), com inclusão de 284 voos
4 – Natal (RN) – Guarulhos (SP), com 105
5 – Recife (PE) – Guarulhos (SP), com 59 novos voos

Com informações dos jornais Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe