Qatar Airways divulga lista oficial de voos cancelados devido à crise diplomática

Bruna Scirea 7 · junho · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Qatar Airways comunicou nesta quarta-feira a suspensão dos voos para os Emirados Árabes, Arábia Saudita, Bahrein e Egito, países em que a companhia foi temporariamente restrita para voar devido à crise diplomática no Qatar. Os voos estão suspensos para as seguintes cidades: Manamah (Bahrein); Alexandria, Cairo e Luxor (Egito); Abha, Damman, Gassim, Hofuf, Jeddah, Medina, Riyadh e Taif (Arábia Saudita) e Abu Dhabi, Dubai, Ras Al Khaimah e Sharjah (Emirados Árabes).

Segundo a empresa, todos os outros voos, que representam 90% da rede em todo o mundo, continuam operando normalmente. Entre eles, os voos diários de São Paulo para Doha, que no trecho de ida estão fazendo conexão em Atenas, na Grécia, para reabastecimento – esta mudança adicionou algumas horas ao percurso da viagem.

“Algumas restrições do espaço aéreo foram impostas aos nossos voos da América do Sul, reestudando em tempo de voo prolongado e capacidade de carga limitada. Foram feitos arranjos temporários para acomodar essas restrições para garantir uma jornada tranquila e segura para os nossos valiosos passageiros. Estamos trabalhando para minimizar qualquer interrupção do passageiro”, informou a Qatar em nota.

Em caso de dúvidas, passageiros podem entrar em contato com o atendimento da companhia pelo telefone (11) 2575-3000 ou com algum representante de vendas da Qatar. Aos clientes da empresa que já tenham passagens compradas em algum dos voos cancelados, a companhia oferece as seguintes opções:

– Remarcar gratuitamente um outro voo da Qatar entre Doha e origem/destino original (e qualquer voo de conexão que faça parte do bilhete original) com as seguintes condições: as novas datas de viagem de/para origem e destinos deve ocorrer dentro de 90 dias a partir da retomada das operações; a nova reserva deve ser feita na classe original do bilhete – caso não esteja disponível, a reserva deverá ser feita na classe mais baixa disponível na mesma cabine;

– Remarcar gratuitamente outro serviço oneworld entre Doha e a origem/destino original (e qualquer voo de conexão que faça parte do bilhete original) com as seguintes condições: as novas datas de viagem de/para origem e destinos deve ocorrer dentro de 90 dias a partir da retomada das operações; a nova reserva deve ser feita na classe mais baixa disponível na mesma cabine;

Leia no comunicado da Qatar toda as regras de reembolso e remarcação de voos definidos pela empresa. A companhia informou que segue monitorando a situação e qualquer possível alteração será comunicada o mais brevemente possível.

O mapa com o tráfego aéreo já mostra os voos da Qatar Airways sendo desviados do espaço aéreo do Egito e Arábia Saudita, sobrevoando a Turquia e o Irã:

O imbróglio parece ter pego de surpresa o Qatar, que sediará a Copa do Mundo de 2022. O governo local afirmou que “não existem justificativas legítimas” para o corte de relações diplomáticas e que a decisão é uma “violação de sua soberania”.

Autor

Bruna Scirea - Editora