TAM corta alimentos no serviço de bordo de voos curtos

Denis Carvalho 11 · outubro · 2013

A partir desta semana, quem voar com a TAM em rotas nacionais curtas terá apenas bebidas disponíveis no serviço de bordo. Nem mesmo o saquinho de amendoins, que há tempos passou a substituir os lanches em muitos voos, serão oferecidos aos passageiros. O objetivo da companhia é reduzir custos, já que no ano passado ela registrou prejuízo de R$ 1,2 bilhão

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a medida começou a valer no último sábado e será implantada totalmente até o final do ano. Serão afetados os voos com duração de até uma hora, exceto as “Super Pontes” entre os aeroportos de Congonhas-SP, Santos Dumont-RJ, Confins-MG, Curitiba, Brasília e Porto Alegre. Estes passam a ter seis opções de sanduíche frio, bebidas e café, independentemente do tempo de voo. Além das Super Pontes, os sanduíches ficam restritos  aos voos com mais de três horas de duração.

Veja o quadro publicado pela Folha:

Servico de bordo TAM

Com a mudança, os voos mais curtos que não sejam “Super Pontes” oferecerão apenas água, suco e refrigerante aos passageiros. Antes da alteração, a grande maioria dos voos da TAM tinha algum tipo de comida para os passageiros, como snacks, biscoitos, amendoins ou sanduíches frios.

Alguns voos já ofereciam apenas bebidas durante o trajeto, mas eram rotas consideradas de menor interesse, como entre Curitiba e Londrina. Por outro lado, houve aumento na oferta de bebidas nesses voos. Antes, havia água e uma opção de bebida. Agora, há três opções (refrigerante, refrigerante light e suco) além da água.

A TAM também mexeu nos voos que têm entre uma e duas horas de duração: haverá bebidas e distribuição de “cortesia saudável” – salgadinhos assados.

Para a TAM, o novo serviço é mais “eficiente” e “completo” e beneficiará o passageiro com opções “saudáveis”. Além disso, simplificar o serviço de bordo torna mais ágil também o embarque de comida nos aviões, segundo a companhia. A empresa já havia desligado um dos sistemas de ar condicionado por economia, revelou a Folha em setembro.

Será que a TAM vai seguir o caminho da GOL, que retirou todo o serviço de bordo gratuito e passou a cobrar pelos lanches? Se bem que até a GOL costuma oferecer amendoins ou biscoitos em rotas curtas, como de São Paulo a Florianópolis. Resta aos passageiros levar o lanchinho de casa ou torcer para que a Infraero acelere a instalação das lanchonetes populares nos aeroportos.

Leia a matéria completa na Folha de S. Paulo

Dica dos leitores Delleon Fernando e Moacir Carlos Silveira Martins

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Rodrigo Aguiar

    Eh….seguindo o caminho da Alitalia….a situacao tah brava pra todo mundo!!!

    • Jennifer Goméz

      Na epoca que eu viajei com a Alitalia em um voo – BARCELONA-ROMA.
      eles cobraram o lanche. :O

  • Bem vindo ao mundo real, o povo que tanto reclamou da GOL, foi só questão de tempo ! Restaram Azul e Avianca !

  • Ok, era ótimo e tals. Mas eu não entendo o "desespero" de alguns em querer comer num voo de uma hora. Aposto um milhão de reais que terão inumeras mensagens estilo "comentarios do uol" só por causa disso…

    • Concordo. Hoje as empresas estão trabalhando no vermelho e se for para mudar é preferível tirar os lanches a aumentar o valor passagens.

      • pois é amigo, más além de cortar lanches houve aumento de 17% essa semana….

    • Lillian

      Pois é, a galera parece que só viaja pra encher a pança kkkkkkk pior que eles diminuem os lanchinhos, mas os preços continuam a subir. Comprei passagens pela Azul, que estava mais baratas que as demais, até pela Popular Gol…não entendo '-'

      • Mari

        Na Azul tbm o "lanche" consiste em pacotes de bolachas doces e salgadas…. nossa hein, SUPER LANCHE rsrsrs
        Eu compro pelo preço da passagem, se estiver barata mesmo, leva-se o marmitão e blza.

        • O que vai acontecer é diminuírem ou cortarem o serviço de bordo e de quebra aumentarem as tarifas. Ê Brasil! :p

    • marc

      concordo plenamente. acho uma besteira exigir comida em voos curtos.ainda prefiro passagens mais baratas do que comer pão com presunto e sabe lá mais o que. e não vejo vergonha alguma o passageiro levar comida pra dentro do avião. eu mesmo levo sanduíches e afins quando pego voo em horas críticas,como café da manhã e almoço. eu quero é que o avião esteja bem , e chegue sem atrasos. a gol é eleita a pior companhia, mas sempre arrasa nas p´romoções , com pouquíssimos atrasos. eu viajo frequentemente de gol , sem problema algum. pelo contrário,os voos são rápidos e os aviões, aparentemente, novos. a tam, com sua pose de empresa elitista, oferece aviões horrorosos ,velhos e com remendos em cadeiras. gente, na minha opinião, precisamos de rapidez e segurança. se puder um pouquinho de conforto, melhor. enfim, que as empresas se mantenham, para que nós continuemos a viajar. eu quero é mais! hehehe

      • Não sabia que podia embarcar com comida. Já me fizeram deixar a água que eu estava bebendo, dae achei que não podia levar comida tb.

        • Laura

          Nao é possível embarcar com líquidos com mais de 100 ml na bagagem de mao em vôos internacionais. Em vôos nacionais nao há restricoes para embarque com comida ou bebida, respeitando apenas as dimensoes da bagagem de mao.

          Em trechos internacionais, é possível levar comida, inclusive fresca (frutas e sanduíches feitos em casa, por exemplo), mas nao é possível desembarcar na maioria dos aeroportos de destino com comida trazida de outro país, por questoes de vigilancia sanitária.

        • Acho que foi pq você estava bebendo na hora do embarque, so sei exatamente o porque mas eles tb me fazem jogar foram, já me disseram que eh questão de segurança. Se a bebida/comida estiver fechadinha numa sacola ou recipiente ele não podem proibir.

        • Everton Souza

          Eles reclamam mesmo com líquidos, uma vez foi em NAT que passando pelo raio X eles queriam que eu jogasse meu MilkShake, obvio que fiz cara feia e me deixaram entrar.

      • Concordo plenamente!! Eu adoro viajar de gol e não suporto a Tam. Uma coisa que você falou bem é sobre a questão da segurança, nesse ponto o melhor padrão de segurança é da gol, dito por alguns pilotos amigos meus de diversas companhias… Lanche é o de menos, eu quero segurança e passagem barata, hehe!!

      • Por pouco tempo!!!!!… A Azul eu não digo, pois, neste ano tiveram lucros… então imagino que devido a ótima gestão os serviços ainda ficarão ótimos! A Avianca não sei mas o mundo inteiro caminha nesta Direção!

      • A TAM só tem pose! Não confio na segurança da TAM, apesar de viajar muitas vezes com eles! E se você precisar de uma tendimento pós venda!! Ahhh coitado! Aí se ferrou ! O atendimento da TAM, em terra e no call center são os piores. A TAM não tá nem aí para o passageiro. NOS JUIZADOS DE PEQUENAS CAUSAS NOS AEROPORTOS, ELA JÁ É CONHECIDA COMO "A ÚNICA EMPRESA QUE NÃO FAZ ACORDO COM OS CLIENTES', Se tiver problemas com a TAM e AVIANCA vc tem chances de resolvê-los ali mesmo… Com A TAM… é piada!!!

        Já processei a TAM 1 vez e faço quantas forem necessárias!

        • Já processei a TAM duas vezes por credito errado de milhas. Ganhei as duas. Mas a AVIANCA tb é dose, tive um problema com bagagem, foi aberto num vôo GRU – POA, e nem quiserem me ouvir. Tive que registrar ocorrência e agora vou processar a AVIANCA.

    • Josimar Ambrosio

      Eu concordo também, em voos curtos com menos de 1 hora o lanche não faz tanta diferença assim, e se agora pelo menos vão ter 3 opções de bebidas, pra mim vejo isso como uma melhora, pq cancei de pedir suco ou coca zero quando me diziam que tinha apenas coca ou água…
      Acho que o serviço agora estaria mais pra "justo" do que pra ruim. Ninguém reclama quando infrenta 12 horas de onibus de Curitiba ao Rio e só ganha água.
      A Azul deveria seguir o mesmo caminho, pq ir de São Paulo a Recife comendo só amendoin ninguém merece.

  • w00dst1ck

    A gol não oferece mais nada. Nem bebidas. De uma certa forma, ponte aéreas se tornaram tão comuns e tão curtas que não vejo muito sentido em distribuição de comida. Se for pra aumentar o número de passagens promocionais, eu acho válido.

  • Anderson

    Opção saudável, café e refrigerante?
    Nada contra a restrição da comida, mesmo porque não acho tão essencial mesmo em vôos curtos (menos de 2 horas)

    Só acho que a TAM deveria começar oficialmente a deixar de lado a imagem de empresa top e elitista e assumir logo que está passando a ser uma empresa low cost. Não é (ou não deveria ser) vergonha alguma. Vergonha é manter a panca mas ir retirando itens do serviço..

    • José

      Comentário excelênte, disse tudo!
      De Cia. premium a TAM só mantém a pose.

      • Rodrigo Dourado

        Concordo, até porque se a TAM ainda fosse elitista, pessoas como eu não voariam com a mesma!

    • Low cost como a Gol… porém ambas longe de serem low fare!

      • Gabriel Q.

        São 2 empresas econômicas… para elas.

  • Guilherme Góes

    Saudades de quando era servida Heineken nos voos da TAM =(

    • Leandro Esteves

      Verdade, eu cheguei a tomar Heineken em 2010 num voo Rio – SP da TAM, mas convenhamos que a cerveja vinha meio quente né…

    • Diga não ao Snack e sim a Heineken – Preferiria ao inves dos Snacks

      • Uns dez anos atrás Rio-SP era com uísque. Não bebia, mas isso é sinal de como cada vez mais estão cortando.

    • WESLEI

      Eu bebi 4 latinhas no vôo Rio – Santiago, em rotas internacionais a TAM mantém um serviço de bordo de excelência. Gostei muito e permanecem com o mesmo padrão na América do Sul, exceto em vôos domésticos no Brasil com o novo corte de custo.

  • Carlos

    O esquema é levar o proprio lanche no voo: amedoinzinho, sanduiche etc… pena que não dá pra levar uma cerveja, hehehe

    • Levar Pão com ovo dá um cheiro gostoso na cabine kkkk

      • Não brinca não que já viajei GRU-GIG num vôo ga Gol com destino a Belém cheio de mulheres voltando de uma convenção da Tupperware espalhadas pela cabine e que distribuíam pão com mortadela entre si.

    • Mari

      Passa no McDonald's do aeroporto e leva um Angus, deixa todo mundo cheirar seu lanche kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Rodrigo Aguiar

    Tbem o povo reclama de tudo! Poe Refrigerante, reclama! Poe Amendoim, reclama tbem! Poe Batata Frita, reclamam! Suco, reclamam que eh ruim a marca!!!! dureza neh….. Tem que tirar mesmo pra evitar a falencia!!!!

    • Mari

      Quando tem sanduiche reclamam que não é vegetariano ou que tem lactose, gluten, não é kosher, sei lá kkkkkkkkkkkkk

  • moalopes

    O Brasil é atrasado até nisso. Servir apenas bebidas já é uma realidade em todo o mundo. Fiz 4 voos internos nos USA recentemente, todos com 1h30 de duração, e somente água e refrigerante. Infelizmente, o custo de voar é muito alto.

    E a Azul vai no mesmo caminho. Há, pelo menos, dois meses não vejo as famosas batatinhas. Agora amendoim não falta.

    • Mari

      Em 2008 já tinha isso nos EUA…peguei voos internos e estranhei pq nunca tinha visto venda de comida a bordo, mas é assim que toca a banda.

      • Giovanni D

        2002, voo American Airlines, Los Angeles para Miami, cruzando o país…somente lanches pagos! Mesmo assim, foram a falência….então não é questão de lanche….é questão de mercado e administração.

        • Paulo

          Boa se esta tudo nesta economia imagino no hangar como está a manutenção . O problema é a gestão. Um saquinho de amendoim custa centavos.

    • carlos

      Concordo. Viajei de Washington para Honolulu e o vôo dura cerca de 11 (onze) horas, mas é considerado vôo doméstico. Tudo o que era oferecido a bordo era pago!!! Só água era grátis!!!

    • moalopes

      E sabe quanto a cerveja nos voos domésticos americanos? a U$ 7,00 (Miller).

      Tomei só uma, senão quebrava.

    • Na United de Houston a New York, eles somente servem bebidas e a CIA é ótima!!!!! Mas como a TAM tem um atendimento em terra, muito ruim, ela tá indo para a aliança certa a (One World) aí já combina o patamar dos serviços com American, Iberia, etc…. Para mim em vôos domésticos é indiferente ter comida… Quero mesmo é voar com SEGURANÇA (que a TAM não tem) e ter um atendimento digno (QUE A TAM TBM NÃO TEM). Então eles que se ferrem!

  • Erick Andrade

    Isso é tendencia mundial… porque acham que o Brasil ia ficar fora dessa? O problema é que brasileiro acha que avião é restaurante… caiam na real!

    • rodrigo

      confesso que comecei a rir quando você diz que brasileiro acha que avião é restaurante…é a pura verdade!

  • José Fernandes

    Não vejo problema na decisão, já que esta é uma tendência mundial. Companhias como AA servem vários tipos de bebidas não alcoólicas (geladas e quentes) sem custo. Na Europa muitas companhias sequer servem água gratuitamente. Apenas acho a TAM patética em suas decisões que prega ter serviço de bordo, mas há muito tempo não se vê, até anunciar que não terá serviço de bordo por causa de turbulência e no voo não há nada de anormal. Sei que os tempos são outros, mas saudades da velha Varig.

    • Saudades da VARIG!!!! disse tudo, tenho certeza que se ela "fosse viva" até hoje e com uma ótima gestão ainda teria os serviços mais tops… mesmo entrando na nova mania de economia nos serviços de bordo! O atendimento da VARIG é tudo que falta nas empresas aéreas atuais!!! Como disse anteriormente nos outros posts, não me importo com a comida a bordo e sim o atendimento da VARIG (QUE NUNCA MAIS VI CIA QUE CHEGASSE PERTO) e a segurança (EXCEPCIONAL)… Eu confiava de olhos fechados na manutenção e segurança da VARIG!!! A TAM obviamente é a que menos confio!!!

    • sergio g m de souza

      Taí Zé Fernandes, voei muito na VARIG e na VASP bem como na Tranbrasil, morro de saudades daquele tempo. Estas empresas quebraram pela ingerência governamental e pelo mau uso que delas fizeram os políticos. Até hoje nenhuma empresa nacional faz ou chega nem perto do que a VARIG fazia. Tinha uma malha de voos nacionais e internacionais que cobria quase todo o território nacional.O nosso País é curioso, o que presta e é eficiente lamentavelmente evapora, não se procura sanar com competência ou choque de gestão.

  • Caros

    A TAM no meu ver é a pior empresa do Brasil. Aeronaves com meia vida, assentos duríssimos, agora sem o lanche. A Gol não tem lanche mas pelo menos as aeronaves são mais novas e os assentos estão em melhores condições. Agora sim ela conseguiu definitivamente ficar pior que a Gol. O programa de fidelidade também está péssimo mas nesse quisito está igual as outras nacionais.

    • é o programa ja nao é dos melhores. ficou pau a pau com a gol ou pior. pois as promoções de milhas da gol por 3k o trecho são mais interessantes que as promos de 8k, e os internacionais pros EUA vc é obrigado a ir pra MIA, JFK ou ORL no Smiles vou pra qqr lugar dos eua por 25K orçei pelo Smiles, GRU – LAS por 25k trecho e via Infidelidade o minimizo que encontraram foi 45K o trecho, isso que eu disse que não tinha preferência de datas ja que eu faço minha agenda como quiser. inclusive recomendaram eu ir a MIA ou JFK e comprar o trecho interno que compensaria mais.

      • Gabriel Q.

        Thiago, concordo com você, também prefiro SMILES, mas gostaria de acrescentar uma dica para emissão com a TAM por 25K para qualquer lugar da América do Norte, com conexão em JFK, MIA, ou ORL. Pesquise disponibilidade para estes aeroportos por 25k e anote as datas e voos. Depois ligue no 0800 da TAM ou vá à agencia TAM viagens e peça para acrescentar o trecho interno até o destino final, via cias parceiras Star Alliance, ou AA (codeshare). Se houver disponibilidade não será cobrado nada a mais.
        Veja mais detalhes nos comentários do post http://www.melhoresdestinos.com.br/tam-fidelidade….

        Abraços

  • Katia

    Engano seu, porque o Gol nao oferece mais nada nos voos de Sao Paulo Floripa e vice versa, apenas agua de graça. Paguei R$ 5.00 no pacotinho de amendoin.

  • Acho correto, devem cortar tudo que for desnecessário e aumentar os trechos com passagens de valores rasoávelmente baixos, avião não é restaurante! Comer em voos com 1 hora de duração é sacanagem!

    • César

      5 REAISSSS num amendoim!!??? te roubaram meu amigo rsrs… fiz um voo com a Gol, comprei um kit, por 10 reais, e veio: 1 bisnaguinha (maior do que a da Panco), 1 geleia, 1 Polenguinho, 1 saquinho de amendoim que vinha umas castanhas de caju junto, e 1 suco del vale de caixinha.. uns 250 ml acho…. e a comissária me trouxe um copo com gelo e me ofereceu água, pelo preço, R$10,00 achei mais que otimo… comprei so por curiosidade mesmo, mas muito melhor do que comprar 1 refrigerante e comer 1 salgado em Guarulhos….

  • Yumi

    Na minha opinião a comida serve mais para "distrair" do que propriamente para se alimentar. Pois em muitas vezes a televisão está funcionando mas não tem fones, não existem revistas suficientes e as poltronas são praticamente impossíveis de se tirar um cochilo. Lógico que tem o argumento "vc pode trazer o seu livro/revista", mas mesmo assim ainda bato na tecla, comida é distração e uma "conveniência" a mais. Tanto que nos vôos da Avianca, o que as pessoas dizem primeiro sobre? "O serviço de bordo é fantástico!".

  • Acho que minha opinião a respeito do assunto é um pouco ácida, mas creio que lugar de comer é no restaurante.. na lanchonete.. e não no avião… esse é um meio de transporte, e não uma praça de alimentação.

    Quer comer na viagem? Compra um lanchinho, leva de casa..
    Acho OK que as companhias reduzam seus custos.. garantam sua sobrevivência… essa é a lógica de mercado..

    Mas vamos e venhamos… uma declaração como essa soa como piada aos meus ouvidos…

    "Para a TAM, o novo serviço é mais “eficiente” e “completo” e beneficiará o passageiro com opções “saudáveis"

    • Gabriel Q.

      Declaração horrível. A TAM perdeu a chance de ficar calada ao retirar o lanche… rs

  • Vou levar o meu proprio sanduba de pão com "mortandela" e uma tangerina (mexerica) de sobremesa…

    • Gabriel Q.

      Boa Milton, escolheu logo as comidas mais cheirosas… heheehe

    • Roberta Giordano

      Troque a tangerina por goiaba …o efeito é o mesmo..kkk

  • gabmt

    Acaba a comida e a tarifa continua lá em cima… Tá certinha, TAM!

  • Jajá o governo federal vai ter que criar o "bolsa lanche aéreo"…

  • Heloisa

    Fiz viagem nesse último fim de semana, e no vôo de Brasília – São Paulo (Congonhas) só serviram água ou coca (zero ou normal)!

  • Concordo, se estão com prejuízo deve-se cortar os custos mesmo. E penso também, se vou utilizar um avião é para fazer uma viagem, se quero comer vou à uma lanchonete.

  • David Moaes

    Eu sempre levo o que pretendo comer, afinal, nem sempre o lanche do avião era agradável, mas ainda preferia a CERVEJA! 😀

  • Leandro

    E a Avianca melhorando a cada dia … muito bom !!!!

  • Henrique Fiirst

    Bom… muitos tem comentado que avião não é praça de alimentação… até concordo, mas o que está mesmo se perdendo é a magia do vôo, de ser servido pela ‘aeromoça’, de lanchar a 40.000 pés MSL… não precisa servir champanhe e caviar, mas o lanche à bordo é sim glamuroso. Além de que, a alimentação para os passageiros é um passatempo e uma maneira de desestressar do medo de voar para muita gente…

    Quando leio a biografia do cmt. Rolim e vejo sua filosofia de trabalho, fico pensando em como uma decisão dessas o teria magoado…

    • Marcus

      Concordo, fora que com o tamanho do espaço que temos, o lanche ajuda a esquecer que as pernas estão amarradas e que para levantar precisam outros 2 passageiros fazê-lo. Por isso a Azul tem sido tão boa de frequentar! Só falta agora as milhagens deles servirem para vôos internacionais hehehe

  • Juan

    Alguien sabe si hay mudanzas en los vuelos internacionales de TAM?

  • Sérgio Santos

    Acho mais importante abaixar os preços que dar comida, se tem fome que traga de casa. Assim funciona na Europa, Ásia (embora as low coast asiaticas sao meia carinha, mas se acha algumas promoçoes razoáveis), EUA, melhor pagar 70 reais em um voo por exemplo Campinas-Rio (ja peguei muito com esse preço até menos) sem nada para comer que pagar 150 reais para ganhar um amendoin e um copo de bebida. Acho que a TAM ta no caminho certo so resta baixar os preços.

  • paola

    se isso baixar mesmo os preços das tarifas tá ótimo! mas se cortar e mesmo assim aumentar, é papo pra boi dormir

  • douglasom

    Tenho feito bastante a ponte CGH – CWB e o que mais gosto da TAM é o lanche (sanduíche).

  • Marcus

    Antes de fato tirar o lanche do que desligar o ar condicionado. De São José do Rio Preto para Congonhas essa semana o avião estava uma sauna, nem a bebida com uma mísera pedra de gelo por passageiro conseguiu ficar "fresca"…
    Entendo os cálculos e tudo mais, mas sinceramente, ou a companhia opta por se diferenciar e cobra por isso, ou cai no limbo, como a Gol. Que deveria ter passagens mega ultra baratas e na prática tem os mesmos preços que as demais…
    A Azul é a antiga TAM…até quando? Porque a TAM já ta igual à Gol, que hoje resolveu trabalhar abaixo do patamar da Webjet…

  • Abner

    Acho melhor venderem alimentos a bordo do que não servir nada ou apenas um snack.__Fui uma vez de BH a São Luis, com conexão em SP e pretendia lanchar em SP, mas o vôo atrasou e quando cheguei a São Luís aeroporto estava improvisado numa tenda.

  • moalopes

    Só acho que custos são como uma balança. O combustível aumentou devido à alta do dólar. O custo das passagens aéreas subiu 17% em um ano. Logo, tem-se de diminuir algo para o passageiro não sentir, pois, convenhamos, a primeira coisa que fazemos é olhar o preço da passagem.

    Portanto, este corte de custos não vai refletir em redução de preço de passagem. Creio que já é em função de repressão de demanda.

  • Daniel Matos

    Nova categoria Low Cost Hi Fare

  • ué.
    meu comentário sumiu!?

  • Edison

    Realmente a coisa está feia para a ´´Tam´´ Fui de Guarulhos x Salvador, Foi servido apenas 1 Bebida,suco,água ou Refrigerante. Estou Pensando em Vender Lanches e Trufas no Avião.kkk

  • Gabriel Q.

    Pensei que haveriam vários comentários reclamando, mas para minha grata surpresa a maioria do pessoal está apoiando. Apoio também!!!
    Tudo pela sobrevivência das empresas aéreas e manutenção da concorrência.
    O preço pode até não abaixar diretamente devido ao lanche, e até vir a aumentar, conforme alguns reclamaram, mas pior seria a empresa falir e fechar as portas.

  • Gesimar Mendes

    Na verdade o governo antigamente dava para os mais abastados o bolsa lanche, almoço, jantar e inclusive passagem aerea com o nosso dinheiro, agora muitos ficam saudosos lembrando que comiam com talheres metalicos acompanhados de bebidas caras, falam do glamour que era voar. Tudo subsidiado! Pago com o dinheiro dos tolos! Companhia Estatal! Infelizmente ainda não acabaram com a farra das passagens. Eu quero é segurança em primeiro lugar e com preço justo, o resto, comida, conforto etc, cada um que pague o seu e com seu proprio dinheiro, sendo muito exigente.

    • Daniel

      Gesimar, se esta referindo que quem voava algum tempo atrás eram apenas pessoas que tinham seus custos bancados pelo governo, o senhor esta muito enganado, pensando neste critério, ainda continuam-se distribuindo passagem a muitas pessoas do poder público, o que houve foi uma popularização do transporte aéreo, em todo o mundo. Não misture as coisas…

    • Rafael Poggi

      de qual companhia você está falando? VARIG? A Varig não era estatal não, tá? Mas sim, foi subsidiada no lugar da Panair do Brasil, o maior crime contra um patrimônio brasileiro de todos os tempos.

  • WESLEI

    Concordo plenamente com você Gabriel.

  • Juliana

    Eu concordo até porque quando você viaja em empresas aéreas dentro dos EUA eles so servem suco, agua e um biscoito. É uma tendência mundial.

  • Núbia

    Os lanches poderiam ser abolidos até de vôos mais longos (3 horas) se a estrutura de alimentação dos aeroportos fosse melhor.
    R$6,00 em um pão de queijo medíocre é muito caro. E R$4,00 a água mineral? Tá louco!

  • Os lanches poderiam ser abolidos até de vôos mais longos (3 horas) se a estrutura de alimentação dos aeroportos fosse melhor.
    R$6,00 em um pão de queijo medíocre é muito caro. E R$4,00 a água mineral? Tá louco!

  • Em 2009 fiz um vôo de quase 5 horas JFK-LAS pela JetBlue e duas coisas me chamaram a atenção na época!
    1- A quantidade e o tamanho das malas dentro da cabine! Depois descobri que a franquia de babagem de mão era muito superior aos 5 kg que estamos acostumados no BR, e que o excesso de bagagem era caríssimo!
    2- A quantidade de comida, lanches, sanduíches, biscoitos, bebidas etc levadas a bordo pelos passageiros. A JetBlue serviu apenas snacks (à vontade) e bebidas limitadas, e os passageiros comiam o que haviam trazido. Parecia um piquenique dentro do avião, pacotes de McDonalds, Subway, sacolas de lanchonetes etc! E tem sido assim toda vez que pego um vôo doméstico dentro dos EUA, princ. se for longo.
    A TAM e a Gol estão no mesmo caminho que muitas empresas aéreas no mundo já seguem a tempos.
    Serviço de bordo será um luxo e que quem quiser usufruir terá que pagar.

  • Paula

    Chorei de rir com os comentários daqui. Obrigada, alegraram minha noite!

  • Sinceramente, eu prefiro o sistema da gol, não me incomodo que me cobrem, melhor do que não ter nada pra comer e pronto!! O voo SP/Aracaju, por exemplo, tem 2:30h então so será servido o snack, muitas vezes pego esse voo voltando do exterior e nao da tempo de comer no aeroporto, então gosto de ter a opção de comprar comida se eu quiser… acho que a diminuição do serviço de bordo é uma tendência, mas gostaria que a opção de compra fosse ampliada 🙂

  • A TAM está falindo…

  • Márcio Marcassa Jr

    Podem até turra tudo o que servem mas abaixem os preços das passagens pois o que vemos é sempre o consumidor levando a pior…. Ida e volta Rio Preto x São Paulo a R$ 750,00 é um assalto, são apenas 440 km…. Viva o Brasil !

  • claudio oliveira

    Eles sempere aumentam o preço de tudo ou deixam de oferecer algo do que já era praxe…Utilizem a Azul que é bem melhor, pois o conforto no vôo supera a Gol e a TAM juntas…A concorrência agradece!!!

  • Junior

    Claro que a Avianca tá de boa.
    O filho do Lula é um dos maiores acionistas.
    Cheia de dinheiro do BNDES e com monopólio nas viagens do poder executivo.

    É só a TAM abrir o capital para a companheirada do PT que as coisas melhoram rapidinho.

  • Adriana

    não pensem que é brincadeira, mas ja entrei no avião com farrofa de carne assada, outra vez com bife a milanesa, e muitas e muitas vezes com pacotes de bolacha, sanduiches feitos em casa, maça, frutas, todinho…. e nunca fui barrada, isso em voos nacionais…. nunca conto com a comida do ambiente….. quando a aeromoça passa peço apenas o refrigerante e abri meus bifes gostosos e fico super satisfeita

  • há muito tempo a TAM nao dá suco e café nos vôos!
    viajo todo mes pelo voo BSB – CWB direto e só servem aguá e coca-cola de refrigerante, nem outras opçoes tem mais

    sou a favor de cortar o lanche, desde que isso diminua o valor da passagem..
    como eles estão cortando pra diminiuir o prejuizo, duvido muito que vao baixar o valor da viagem…

  • Ah..no meu proximo voo vou levar mexerica.

    • Rafael Poggi

      já levei cerejas! Era reveillon!!!

  • Se eles (TAM, GOL, AVIANCA, AZUL) tivessem preços baixos Já bastaria. Não há necessidade de comer em vôo! E falando de TAM se tivesse SEGURANÇA) já estaria melhor tbm… eu não confio na sefgurança da TAM… Já a GOL eu confio bastante, até porque o único acidente que teve não foi culpa dela e sim dos idiotas que passaram com o jato embaixo dela!!! E como eles estavam em um país de "MAIS IDIOTAS QUE ELES" nada aconteceu com os caras até hoje!!!! Eeeeee laiá… é Brasil!

  • Renan Lang

    As mudanças foram feitas para cortar os custos para aumentar os lucros durante da COPA!
    E a companhia precisa testar as mudanças antes e não durante do maior evento esportivo do Pais.

    A tendencia é aumentar os preços em voos nacionais e baixar os preços dos voos internacionais saindo do Brasil.
    Simples, vcs pensam que por exemplo que Air france vai continuar com serviço em 2015?

  • Fabio

    Acho engraçado reclamar de falta de lanche… O VOO DURA 1-2 HORAS!!!!
    No mundo inteiro é assim e faz tempo!!!!
    Viajo frequentemente nos EUA e por lá menos de 2 horas é biscoito amanteigado/amendoim e refrigerante…
    Quero passagem barata e não o nem ai pra lanchinho… Comam em casa!!!!

  • Valeria

    Aquele lanchinho "delicioso" ???……to fora

  • André

    Sendo bem pragmático, voo curto é aquele com até 1h de duração. Dizer que um voo com 2h de duração seja curto é forçar a "barra".
    Quem voo de Brasília para Recife sabe o que digo. Afinal, atravessar meio continente sul-americano não é nenhum pulinho.
    Pergunte aos europeus o critério deles de voo longo e terás voos com 2h de duração.

  • Lucy

    Não vejo motivo para tanto drama, qual a necessidade de comer durante um voo de 1 hora? Não dá para segurar a boca um pouquinho?

    • Rafael Poggi

      Concordo, não tem que haver drama. Mas é preciso que isso se reflita no preço da passagem.

  • O mais importante numa cia aérea é ter SEGURANÇA em suas aeronaves com uma manutenção em dia. O resto é consequência, mimos, benefícios, conforte, classe de assento, sala vips, upgrade etc

  • Jonas

    Não tenho vergonha nenhuma de andar com lanche!!!! Melhor que pagar um absurdo pelas pelas porcarias vendidas naquelas redes de lanchonetes que só oferecem venenos e morrer de fome com uma porcaria de um snacks por não estar dentro das drogas de super pontes, as quais os passageiro pagam uma merreca por voo e tem todos os privilégios possíveis!!!!!

  • Guilherme

    Padrão oneworld

  • diego

    isso é desculpa esfarrapada para fud*** mais os passageiros tenho um voo com a G3 em dezembro nunca voei Tam e Gol estou acostumado com a Azul que é minha favorita e fico imaginando o terror que deve ser a Gol, bom se a Tam ou Gol estivessem mesmo falindo coisa que quase aconteceu a tempos por acaso elas ainda estaria até hoje quase final de 2013 de pé?? fala sério a empresa gol exemplo reclama que esta mal do nada encomenda 60 B737max!! ah fala sério!!isso é só um corte de custo mais nada, agora a JJ é uma verdadeira incógnita eles já estavam a anos decaindo,isso não é novidade nenhuma pra mim agora por culpa em crise,prejuizo de nada que na verdade não tem prejuizo nenhum não é foda acreditar que o país está tão ruim assim!!se fosse Tap ou Alitália da vida num continente sem grana até poderia acreditar mas estamos bem e lembresse nem tudo que lemos dos empresários é verdade!!

  • se a coisa estivesse tão ruim como se pensa não teriamos tanta gente trocando de carro e reclamando da vida que está sem grana isso é só um exemplo tahh!!

  • Sandra

    Alguém me explica como a Azul distribui quilos e mais quilos de snacks em qualquer voo e a TAM responde com esse tipo de política? E TODAS as vezes a Azul entrega UMA CAIXA de aviões de gelatina para meu filho distribuir na escola. Como o discurso é sempre o mesmo, sei que os comissários são orientados para oferecer qualquer quantidade de snack para as crianças levarem para os amiguinhos. Enquanto meu filho é tratado como filho do Luciano Huck nos voos da Azul, na TAM eles o colocaram (com 3 anos de idade) numa poltrona entre dois adultos ESTRANHOS num voo internacional noturno. Só o mudaram de poltrona depois que eu comecei a filmar a confusão, ameaçando entregar para a imprensa. A TAM é uma vergonha!

  • Rafael Poggi

    não vejo o menor problema em não distribuir lanches (apenas bebidas), contanto que isso seja refletido no barateamento das passagens. Companhias aéreas fazem isso em todo o mundo, por que não aqui também?

  • Ricardo

    Fiz dois voos pela TAM nesse fds..
    VCP ~ GIG no sábado : Foi servido amendoin + bebida (suco, agua, refrigerante)
    SDU ~ CGH no domingo: Foi servido lancue frio + bebida (suco, agua, refrigerante)

  • hoje em dia na minha opinião a unica companhia aérea brasileira que presta e a Avianca

  • Dan

    o importante é viajar com preços mais acessíveis, se com o corte, tivermos mais promoções, que assim seja!

    a Tam deixou de patrocinar a seleção brasileira com a promessa de baixar preços e parece que a ação foi assertiva, o importante é promoção!

    :)))

  • Diógenes

    Fiz Aju-BSB-Aju no último fim de semana e não teve sanduíche algum. Na ida, ofereceram um cookie e só havia água e coca-cola; na volta, entregaram um pacote de salgadinho e água, refrigerante ou suco. Não demora e vira uma Gool.

  • felipe

    a alguns anos atraz eu viajei pela Gol com uma viagem de algumas horas do Rio de janeiro pra Belém só me deram barra de ceral e um absurdo isso pois quando viajei com a vasp e a varig na mesma epoca me ofereceram comida. fora Gol nao comprem passagem la e de preferencia aquelas empresas que nao cobram lanches e refrigerantes e aguas. vamos boicotar ela e assim eles vao ver que nao gostamos e assim quem sabe eles mudam o pensamento.

  • jadson

    Tam ta cada dia pior em seus serviços a azul e a avianca são as melhores para viajar dentro do brasil

  • Maria do Socorro

    Tem que levar lanche?

  • Talita

    Um absurdo !! Pagar quase R$ 500,00 reais de taxa de vôo, para passar 4 horas a mais de 2.000 pés do solo com amendoim no estômago, essas empresas aéreas estão cada vez mais desumanas.

  • Marcia Pontes Mendonça

    Que pena!!!! Nem é a questão do lanche… A falta de valorização para com o povo brasileiro se traduz de diversas formas e esta é só mais uma. Se eu tiver que escolher entre as companhias aéreas que cobram valores parecidos (pq isso continua aumentando…) com certeza vou priorizar a Azul ou Avianca!