Pluna planeja voltar a voar em dois meses com um novo nome: Dyros

Denis Carvalho 19 · abril · 2013

A companhia aérea uruguaia Pluna pode estar próxima de voltar aos céus brasileiros. O governo uruguaio estaria planejando o retorno da empresa com um novo nome e administração compartilhada com os funcionários. A Pluna fazia sucesso com suas tarifas baratas e promoções de última hora, como as Terças Vermelhas, que tinham passagens para Montevidéu a partir de USD 29.

A informação do retorno da companhia foi dada pela ministra do Turismo e Esporte, Liliam Kechichian, em audiência concedida na quarta-feira ao secretário de Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho, e noticiada hoje pelo jornal O Estado de Minas. Segundo ela, a retomada do voo para  Confins faz parte dos planos de reestruturação da companhia aérea, que poderá voltar a operar dentro de dois meses com o novo nome de Dyros e a possibilidade de gestão compartilhada com os empregados.

Pluna

A notícia também é confirmada pelo jornal La Nación, segundo o qual o novo nome é uma forma de evitar as cobranças judiciais das dívidas da Pluna. A cooperativa dos funcionáriosespera receber as autorizações para os voos até o próximo mês e iniciar as operações em junho. Aguarda ainda a aprovação de um financiamento de 15 milhões de dólares pelo Fondo de Desarrollo Estructural (Fondes) do Uruguai.

Há ainda uma questão problemática a ser solucionada: a possibilidade de embargo dos aviões da Pluna por credores internacionais. Assim que um dos jatos pousasse no Brasil ou outro país, a Justiça poderia determinar que fosse apreendido e penhorado para pagar as dívidas da companhia. Para evitar isso, o governo uruguaio estuda devolver os sete CRJ-900 à Bombardier, quitando a dívida com o Scotiabank que financiou a compra.

Segundo o jornal uruguaio El Diario, que chama os aviões de “batata quente” na mão do governo, ontem à noite o presidente José Mujica demonstrou preocupação com o caso e disse que as aeronaves  poderiam ser “sequestrado a qualquer hora” no exterior, mas disse que existem alternativas. O jornal afirma ainda que o retorno da Pluna esbarra na perda de confiança em todos os países onde passageiros ficaram sem viagens e com dívidas não pagas, ainda mais se voos deixarem de ser realizados pelo embargo de aviões, gerando multas”.

Todos os voos da Pluna foram suspensos no dia 5 de julho do ano passado, por determinação do governo do Uruguai, ao assumir a empresa num momento de forte crise financeira. A companhia ligava o país à Argentina, Brasil e Chile.

 

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • fabio passos vilela

    Que ótima notícia! A Pluna é excelente no que ela se propõe! Voei de pluna algumas vezes, inclusive pela terça vermelha! Vôo direto, ótimo atendimento e serviço! Feliz pela notícia!

    • Diego Saraiva

      Eu também… sem dúvida! Como não presenciei nenhum problema com a Pluna antes de sua falência, não posso criticar e fico alheio á essas reclamações. De fato, mesmo com uma aeronave pequena, o vôo foi muito bom, assentos confortáveis, bom atendimento, bom free shop do avião.. etc.

      Grande noticia!

      • Angela Maria Bermude

        Eu adoraria ter a Pluna de volta, porque a LAN E TAM monopolizaram Santiago do Chile. Além disso, havia voos partindo de Campinasm, uma mao na roda para quem mora na regiao. Estou na torcida.

  • MAYARA

    Não pude ter a felicidade ou infelicidade de constatar o serviço da Pluna pois a mesma "quebrou" bem nas minhas férias de Julho do ano passado, não tive nenhuma assistência por parte deles, muito menos uma esperança, o que me restou foi correr e desembolsar muito mais para garantir minhas férias. Na ocasião comprei pela Submarino, entrei com um processo contra a Pluna e a Submarino, como a Submarino após quase 6 meses se pronunciou e devolveu todo meu dinheiro inclusive a "taxa de conveniencia" do site, eu deixei quieto, não quis mais brigar com a Pluna, enfim, experiencia que nunca mais quero na minha vida, PLUNA pra mim nem com outro nome!

    • andre trindade

      Que sorte a minha então, comprei passagens para Jun/julho do ano passado, diretamente no site da Pluna, solicitei o reembolso por telefone e e-mail, foi estornado integralmente em menos de dez dias e detalhe, com o dóllar atualizado, pois a cotação entre a minha compra e o estorno havia valorizado.

  • Nicole Kluska

    Eles deveriam pagar as suas dívidas primeiro!! É um desrespeito ENORME a quem saiu prejudicado com a sua falência. Infelizmente eu fui uma dessas pessoas prejudicadas, perdi muito dinheiro e paciência nessa "brincadeirinha" deles.

  • Luan Rezende

    Voei com a Pluna (CNF-MVD-CNF) em junho de 2012 e gostei demais. Um trecho internacional saindo da nossa cidade é sempre muito bom e os preços eram fora da realidade de tão baratos. Voltei pra BH 10 dias antes da interrupção dos serviços, tive sorte. Bom, acho válido que ela volte, principalmente se for manter a política de preços. Se for para voltar aumentando as tarifas para compensar a crise financeira, é melhor que tudo continue como está.

  • Lucas Alves Neto

    em Junho comprei passagem no site da Pluna para voar em agosto…. estou até hoje esperando o reembolso…

  • Carlos

    Gostei da Pluna muito,especial as tarifas.A Pluna estava cia Low-Cost de verdade.Desejo que a Pluna volte mais rápido,claro com as tarifas simpáticas sempre.

  • Rafael Barbalho Guer

    Notícia muito boa, mas na teoria. A Pluna e o Governo Uruguaio necessita criar mecanismos para dar garantias aos seus viajantes. Por mais que tenha serviços bons a preços super em conta, eu prefiro organizar uma viagem com segurança tendo que pagar a mais por isso do que viajar (ou não) a custo baixo.

    De qualquer forma, é uma concorrente. Eu apoio até a vinda para voos domésticos no Brasil!

  • Marcel Senas

    Caso a pluma devolva os sete CRJ-900 à Bombardier, vai voar com que?

  • Anderson Brito

    Que seja verdade. Fazendo figa.

  • Daniel Bazetto

    Eu fui ao Uruguai 2x, uma em julho de 2011 e outra em março de 2012 com a pluna, nessa ultima pagando apenas 99 dólares ida e volta e ainda melhor, saindo de Campinas.

  • Guilherme Cés

    tô esperando o reembolso de uma passagem ida e volta para Buenos Aires…

  • Amanda Menger

    Como você conseguiu isso? Porque também comprei diretamente com eles e sequer obtive uma resposta. Nem deles, nem do Procon ou da Anac.

  • Lucas de Lima

    Amanda estou na mesma que você, já está em processo e até agora não possui resposta?

  • José Carlos

    Sou contra o retorno da empresa, pois ela deveria Primeiro pagar o que deve, depois voltar a funcionalidade…

  • Wilson Jr

    Antes de voltar a voar eles deveriam ter a vergonha na cara e pagar para quem devem, mas como sempre esse governo brasileiro passa a mão na cabeça de todos, menos nas dos consumidores!!! O governo não deveria deixar essa empresa pousar novamente antes de pagarem o que devem, ou melhor, deixa pousar e segura as aeronaves, se bem que, pelo que me lembro isso já tinha sido feito, ou será que o nosso querido governo já as devolveu?

    E mais, o que eu faço com as duas passagens que comprei e até hj não fui reembolsado? A Dyros irá assumir? Creio que não!

  • LUIZ TEIXEIRA

    Em julho de 2012 tive a infelicidade de utilizar o serviço desta empresa. Na ida para Santiago do Chile, saindo de São Paulo, tudo correu bem, apesar do avião ser muito desconfortável. Na volta de Santiago tivemos a surpresa: Naquele dia a Pluna faliu e tivemos que ficar mais um dia em Santiago e comprar novas passagens para voltar ao Brasil, pela TAM. Até hoje não recebi um tostão do que gastei.
    O calote está explícito, pois vão mudar o nome justamente para não terem de pagar os credores.
    Esta é a realidade, ou seja, além de dar o calote, dizem que dão e não têm vergonha de dizer.
    Tomara que não voltem, ou que façam isso somente depois de ressarcir a todos que perderam dinheiro com eles.

  • JOAO

    SR MUJICA,OS MINEIROS ESPERAM O MAIS RAPIDO POSSIVEL O RETORNO DA PLUNA.QUEREMOS TOMAR CAFE CONTIGO AÍ EM MONTEVIDEO.