Passagens baratas para a Patagônia! Bariloche, Puerto Montt, Osorno, El Calafate e Ushuaia a partir de R$ 642 ida e volta!

Denis Carvalho 23 · junho · 2015

A Patagônia é uma das regiões mais fantásticas do nosso continente e faz algum tempo que não vemos passagens em promoção para lá. Hoje, contudo, os preços deram uma leve baixa e encontramos algumas tarifas interessantes tanto para o Chile quanto para a Argentina! Há passagens para Osorno, Puerto Montt, próximo à bela Puerto Varas, e Punta Arenas, aeroporto mais próximo de Torres de Paines a partir de R$ 642 ida e volta e para Bariloche, Ushuaia e El Calafate a partir de R$ 907 ida e volta!

As passagens estão espalhadas no período de junho a maio do ano que vem, mas não encontramos uma boa oferta de datas com os menores preços. Ainda assim há voos com valores interessantes não apenas saindo de São Paulo, mas também de Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Puerto Varas
Puerto Varas

No nosso Guia de Destinos você encontra informações sobre todos estes destinos, com dicas sobre as principais atrações, passeios, como chegar, onde ficar, onde comer e tudo mais para planejar uma viagem inesquecível à Patagônia!

Confira as passagens promocionais:

Origens

Destinos

Período



- A lista acima está em constante atualização, porém os preços podem mudar à medida que as passagens aéreas vão sendo vendidas.

- Esses preços não incluem as taxas.

- O Melhores Destinos é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Tarcísio Medeiros

    Bariloche, Puerto Montt & Osorno são considerados Patagônia? o.O

    • Não, hahaha!

      • Ivana

        Sim, com certeza

    • Marcelo

      El territorio de la Región de la Patagonia está conformado por las provincias de La Pampa, Neuquén, Río Negro (S.C.Bariloche), Chubut, Santa Cruz y Tierra del Fuego, Antártida e Islas del Atlántico Sur, abarcando el subsuelo, el Mar Argentino adyacente y el espacio aéreo correspondiente.

    • Orem B. Hartuing

      Você já abriu um mapa da Argentina alguma vez na vida? Até mesmo o sul da província de Buenos Aires está dentro da região da Patagônia, sendo considerado o Rio Colorado como limite norte.

      • Tarcísio Medeiros

        Orem: A classificação de “Patagônia” não depende de mapas, mas sim de algo político. Sempre vi mapas e justamente por Bariloche ser a quase 1500km de El Calafate que fica mais ao norte, achei estranho essas cidades serem consideradas Patagônia. Se por exemplo o Recife está a aproximadamente 2000km de SP e tem biodiversidade e climas completamente diferentes, muito provavelmente apesar do frio, a experiência de Bariloche deve ser bem diferente da de El Calafate, que deve ser bem parecida com a de Ushuaia. Eu apenas não imaginei que a considerada “Patagônia” atingia a quase metade da Argentina em latitude. Para mim seria só de Chubut ou Santa Cruz pra baixo.

        • Orem B. Hartuing

          Caro Tarcísio, a Patagônia, como região geográfica, engloba um conjunto de aspectos físicos e humanos que seguem uma certa homogeneidade dentro dessa área e que ao mesmo tempo a diferencia das regiões imediatamente adjacentes. Não existe, por exemplo, um governador da Patagônia, o que há é apenas uma padronização e um reconhecimento oficial de uma área com demandas distintas do resto da Argentina, algo bastante similar ao conceito de “Amazônia” que usamos no Brasil. O padrão climático de El Calafate tem semelhanças ao de Bariloche, mas a mesma Patagônia engloba regiões semi-áridas e de planície e outras que são úmidas e possuem certa altitude.

          • Tarcísio Medeiros

            Orem: Eu sei que a Patagônia não é um estado, logo não pode haver um governador. Por isso mesmo disse que não é uma questão de mapas.

            Somente não achei que Bariloche fosse considerado como Patagônia pois diferentemente das regiões da Amazônia, há diferenças naturais entre Bariloche e as cidades mais ao sul como El Calafate e Ushuaia. Além da questão da altitude, o sul da Argentina é muito mais seco (Chove aproximadamente 1/4 do que em Bariloche), o que com certeza deve influenciar na biodiversidade. Não sei quanto ao quesito humano, e se isso foi influenciado para a classificação. De qualquer forma, isso me surpreendeu.

          • Orem B. Hartuing

            O importante é que a Patagônia, com toda sua vastidão e variedade de paisagens e clima em suas subregiões, reserva uma experiência fantástica a todos aqueles que se aventuram em conhecê-la. Ushuaia, El Calafate, Osorno, Esquel, El Bolsón, San Martin de los Andes e San Carlos de Bariloche são lugares incríveis e inesquecíveis.

  • Maria

    SIm! Estive em Bariloche inverno passado. Top, top!

  • Thiago Pereira

    Acima de mil reais pra Patagonia nao é considerado promoção

  • Anderson Luiz da Fonseca

    MD, não sou do clube do mimimi que gosta de ficar aqui reclamando de tudo, mas
    sério mesmo que acham que isso é promoção?

  • Caio Martins

    Galera… Não tem nada haver com o post… Ou pelo menos não ao todo. Mas alguém poderia me explicar porque as taxas pra Ushuaia na Argentina varia EXORBITANTEMENTE quando faço a simulação no site da TAM e GOL. A taxa na TAM é cerca de metade da taxa da GOL. Alguém tem uma explicação pra isso? Na TAM a taxa fica 348,00 IDA e VOLTA. Na GOL dá uns 600,00.

  • Luciana

    Talvez devido às conexões que tenham os vôos da Gol…

  • IronLionZion

    10.000 milhas pela gol p/ Bariloche ou Ushuaia.