Qatar Airways é eleita a melhor companhia aérea do mundo em 2017

João Goldmeier 20 · junho · 2017

A Qatar Airways é a vencedora do prêmio World Airline Awards 2017, organizado pela empresa de consultoria aérea Skytrax. Ela ficou com o título de companhia aérea do ano, desbancando a campeã anterior, Emirates, que ficou na quarta colocação.

A escolha foi feita com base em uma pesquisa online realizada com mais de 19 milhões de passageiros de 105 países. O questionário abordava três tópicos: experiência em solo, produto oferecido a bordo e serviço de bordo.

O CEO da Qatar, Akbar Al Baker, disse:

“Particularmente, para a Qatar Airways, ser nomeada a melhor companhia aérea do mundo neste momento crítico, é um depoimento significativo da crença e confiança de nossos passageiros no nosso comprometimento inabalável de entregar somente o melhor. Este prêmio também é o reconhecimento do trabalho duro da Qatar Airways e da dedicação de cada um de seus funcionários. Nosso reconhecimento junto à Skytrax neste ano é especialmente importante, pois esses prêmios são dados com base em votos de passageiros. A eles, ofereço meus sinceros agradecimentos e espero dar-lhes as boas vindas à bordo em breve.”

Ele também comentou sobre o atual bloqueio de voos de/para o Qatar: “Nesses tempos difíceis de bloqueios ilegais aos voos do meu país por grandes tirânicos, este é um prêmio não para mim, não para minha companhia aérea, mas para meu país.”

Na lista das dez melhores companhias do mundo, temos voando pro Brasil apenas três: Qatar, Emirates e Lufthansa, já que a Singapore deixou de voar pro Brasil ano passado e a Etihad nos deixou este ano.

Eis as 10 primeiras colocadas:

1   Qatar Airways
2   Singapore Airlines
3   ANA All Nippon Airways
4   Emirates
5   Cathay Pacific
6   EVA Air
7   Lufthansa
8   Etihad Airways
9   Hainan Airlines
10 Garuda Indonesia

A Avianca foi a cia brasileira mais bem colocada, em 50º lugar (56º ano passado), seguida pela Azul, em 52º lugar (55º ano passado) e pela Latam, em 59º (45º ano passado). A GOL não aparece entre as 100 primeiras.

A Avianca ganhou ainda o prêmio de melhor cia aérea da América do Sul e melhor cia regional da região. Já a Azul levou o prêmio de melhores funcionários (“airline staff”) e melhor low-cost da América do Sul.

Apesar de ser o maior e mais conceituado ranking de companhias do mundo, o SkyTrax é feito com base em opiniões de passageiros num questionário online, o que sempre abre margem pra subjetividade. Por exemplo: a Azul é uma empresa low-cost?

E você? O que achou dos resultados? Deixe sua opinião nos comentários e participe!

Autor

João Goldmeier - Editor
  • Rafael Fernandes de Carvalho

    Falta a Qatar melhorar o atendimento telefônico no Brasil

  • Claudio Meyer

    A Avianca não só é a melhor aérea nacional como, no meu ponto de vista, possui o programa mais justo e transparente do mercado. Parabéns pra ela!

  • Izabel Camilo

    Qatar melhor cia? Fiz uma viagem por ela SP X DOHA na executiva e o único diferencial é você poder escolher a hora que quer comer, a sala VIP de DOHA não vi nada de excepcional.
    A Etihad e a Emirates dá de um banho.
    Nada confiável a SkyTrax com essa metodologia de avaliação!

  • Raoni Fonseca Duarte

    Realmente, gostaria de saber os critérios que eles utilizam para definir “low-cost”, porque é difícil de enquadrar a Azul nesta categoria – a Latam, com as novas mudanças, está bem mais próxima de um modelo assim do que a Azul, por exemplo.

    • Nem perco mais meu tempo pesquisando voos na Azul saindo de Natal. SEMPRE A MAIS CARA.

  • Raoni Fonseca Duarte

    E não duvido que a Latam vá cair ainda mais no ranking do ano que vem…

    • Diogo Avila

      Concordo. A LATAM cobra como top mas entrega como low cost. Enquanto a ANAC continuar trabalhando para as empresas e não para o sistema como um todo (inclusive passageiros), viveremos neste mundinho de poucas e ruins empresas brasileiras.

      • luis

        Estas agências…

  • Zarron Valentim

    Existe um fator interessante nesta pesquisa que não é levado em conta, como o voto é feito por pessoas por todo o mundo, os votos serão refletidos em companhias locais, já que muitas nem são conhecidas por todo o planeta. Seria interessante ter um mapa por continente ou pais, sinalizando as preferidas, uma vez que se dos 19 milhões de votos, 10 milhões forem da Asia, é claro que companhioas daquele continente estarão entre as 10 primeiras. As Brasileiras ficam muito atrás tambem pq deve ter tido pouco voto no Brasil.

  • André

    A Avianca que ganhou é a Avianca Colombia. A Skytrax chama a colombiana de “Avianca” e a brasileira de “Avianca Brazil”.

  • Diogo Avila

    Acompanho este ranking desde longa data e como já voei com quase todas as top 10 dela posso dizer que o resultado parece justo.
    Mas concordo com o problema da subjetividade apontado no texto do MD. Não tenho o menor interesse em defender as aéreas brasileiras (até porque são bem piores que a maioria das gringas), mas duvido que este formulário tenha sido divulgado junto ao público alvo delas.

  • Azul low cost? Eu devo ser muito pobre mesmo hehe…

  • Ricardo

    A Skytrax considera tanto a Azul como a Gol empresas low costs. Acho que tem algo errado…

    • Josue Catharino Ferreira

      Tanto a Gol como a Azul, ao longo do tempo, vem perdendo as características básicas do modelo low cost low fare. Elas estão passando pelo processo de hibridização, uma das tendências da aviação comercial mundial: algumas características das full service com outras das low cost. E preços elevados (high fares) …

  • André Freitas

    Azul low-cost? 😂😂😂😂😂😂

  • Eliezer Fonseca

    Já voei em 5 dessas 10, e mais umas outras 30 mundo afora. Mas sempre viajo de econômica, o que pra mim dissipa qualquer diferença relevante entre essas e outras cias, até mesmo em relação às tão criticadas cias brasileiras. Acho que nós tanto criticamos demais o que é nacional, quanto elogiamos demais o que é estrangeiro. Pra mim o que mais importa é vôo seguro, algo pra matar a fome durante a viagem, desembarcar pontualmente no destino e a bagagem entregue na esteira.

  • Concordo contigo André…e satisfeito que meu voto foi certeiro, mas a Qatar precisa melhorar o atendimento aqui no Brasil. Ainda mais com um novo vôo para o Rio, a demanda deve crescer ainda mais.

  • Depende e te respondo com outra pergunta: A Varig de hoje seria a mesma daquela época? Olha a Itapemirim por exemplo. Era a Varig nos céus e Itapemirim na terra.

  • Josue Catharino Ferreira

    Concordo com o Wagner. Se fosse a Varig dos anos 1980 e início dos anos 1990, certamente estaria entre as 10 melhores do planeta. Seus serviços eram reconhecidos internacionalmente. A Varig era um ícone da aviação! Caso hoje ela existisse (naquele modelo de negócios) provavelmente cobraria muito caro pelos bilhetes.
    Se fosse a Varig dos anos 2005/2006 provavelmente não estaria nem listada entre as 100 melhores empresas.
    Um detalhe importante: o paradigma de consumo mudou, o mundo mudou, o mercado mudou. Não creio que a Varig sobreviveria nos dias atuais.

  • Danilo

    Graças ao MD, em Fevereiro do ano que vem vou poder experimentar beeeem a Qatar para saber se é a melhor mesmo. Aquela promoção da Coréia por 1500 reais foi ótima, mas serão quase 40h de vôo por causa das conexões. =) O que devido ao preço ótimo da passagem, não será nenhum problema.

  • Danilo

    Com certeza não era um país que estava nos meus planos. Mas o Japão sim, estava no meu TOP 3 e já vou pegar um vôo Seul/Tokyo assim que descer no aeroporto. Fico 10 dias no Japão e 3 em Seul, na volta. Melhor promoção! =)