Latam vai cancelar a rota entre Brasília e Punta Cana a partir de fevereiro

Leonardo Cassol 4 · agosto · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Mais uma má notícia! Depois de anunciar o cancelamento da rota para o Canadá, a Latam informou que a partir de 1 de fevereiro de 2017 deixará de operar os três voos semanais entre Brasília e Punta Cana, na República Dominicana. Os passageiros impactados estão sendo reacomodados em voos com conexões em São Paulo e Lima.

Segundo a companhia, a medida se soma a outras adequações domésticas e internacionais recentes realizadas para adequar a malha aérea da companhia e enfrentar o contexto macroeconômico brasileiro desafiador, altamente complexo e volátil, que tem provocado impactos profundos no setor aéreo, com alta de custos e retração de demanda. Para lidar com esse cenário em 2016, o Grupo LATAM Airlines já havia anunciado anteriormente que considera cortes adicionais de oferta nas rotas internacionais operadas a partir do Brasil.

Reacomodação de passageiros Latam – Punta Cana
Voo original Novos voos
Voo Rota Saída Chegada Voo Rota Saída Chegada
JJ8104 BSB PUJ 11h25 16h35 JJ3575 BSB GRU 20h45 22h35
JJ8066 GRU LIM 08h05 11h05
LA2592 LIM PUJ 13h03 19h15
JJ8105 PUJ BSB 23h55 07h10 LA2593 PUJ LIM 01h00 05h00
LA2767 LIM GRU 09h05 16h15
JJ3218 CGH BSB 20h55 22h45

Notem que no trecho alternativo de Brasília para Punta Cana, há uma pernoite. Segundo a Latam, caso o cliente necessite de hospedagem os custos serão de responsabilidade do próprio passageiro. Bem ruim!

Outras opções para os clientes impactados:

Alteração de data ou horário: o cliente poderá adiantar ou postergar suas viagens a qualquer tempo, desde que respeitem a data de encerramento da rota, 01/02/2017, com isenção de taxa e diferença de tarifa independentemente da regra da tarifa.

Alteração de origem ou destino: estão autorizadas sem cobrança de taxa e sujeito à diferença de tarifa.

Reembolso: serão realizados sem multa independentemente da regra da tarifa. O valor a devolver será proporcional aos cupons sem uso.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos