Lanchonete Popular é inaugurada no Aeroporto de Porto Alegre

Denis Carvalho 6 · maio · 2013

A Infraero inaugurou hoje a lanchonete popular do Aeroporto Internacional de Porto Alegre. O estabelecimento, que atende sob a bandeira Trop Café, oferece preços tabelados, de acordo com o comércio da cidade, evitando os abusos de valor frequentes em aeroportos. A nova lanchonete ocupa uma área de cerca de 50 m² no terceiro piso do terminal de passageiros 1 do aeroporto. O diferencial da lanchonete é a oferta de 15 produtos com preços diferenciados entre as opções disponíveis no cardápio. 

Lanchonete Popular Porto Alegre

Nosso leitor Silvio Rubin passou pelo local no dia da inauguração e aprovou o serviços: “Realmente, em comparação com os demais estabelecimentos de alimentação, os preços estão bem interessantes. Comprei um calzone de carne e um chocolate quente pelo mesmo preço de um simples suco de laranja de outra lanchonete local. O ambiente é super bacana, com atendimento excelente”.

DSC_0104O leitor enviou as imagens que ilustram esse post, incluindo a tabela de preços cobrados, que é definida pela Infraero com base no comércio de Porto Alegre.

A lanchonete popular do Salgado Filho é a quinta a ser inaugurada no país. As outras lojas estão nos aeroportos de Curitiba e Londrina (PR), Recife (PE) e Natal (RN). A Infraero prevê que todos os aeroportos da rede localizados nas cidades-sede da Copa de 2014 contem com os estabelecimentos, sendo que outros aeroportos também poderão implantar a iniciativa de acordo com o planejamento do mix comercial dos terminais.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Cleiton Müller

    É muito importante uma iniciativa como essa ainda mais se você precisa fazer uma conexão e necessita ficar no aeroporto por um tempo longo. Não sei porquê as lojas dos aeroportos tabelam os seu produtos com os valores lá em cima. Na Europa os valores dos produtos são inferiores aos do Brasil e não se perde em qualidade. Ah! Lembrei. Estamos no Brasil e a carga tributária é uma piada sem graça.

    • Luiz

      O preco nao é abusivo por conta da carga tributaria… mas por 2 fatores:

      1) Alto valor do aluguel que a Infraero cobra das lanchonetes.

      2) Alto abuso dos proprietários por serem a unica opção.

      Com a lanchonete popular, os estabelecimentos vao abrir negociacao com a Infraero.

      Se conseguirem abaixar o aluguel, vao entrar na competicao.

      Se nao conseguirem, fecham.

      • Pieter van der Meer

        O grande problema é a ineficiência e incompetência do governo que administra os aeroportos através da INFRAERO, somada à corrupção. O governo precisa de dinheiro para manter seus salários absurdos e quadro de funcionários públicos excessivo, e para tanto abusa dos aeroportos. Cobra valores absurdos no aluguel de pontos comerciais e também cobra valores altíssimos de taxa de embarque (que por si só já seriam suficientes para manter o aeroporto).

        E para onde vai todo esse dinheiro? Ninguém (ou todo mundo) sabe.

        Tudo isso é tão fato, que com a concessão dos aeroportos, as empresas pagaram bilhões ao governo, vão investir bilhões em obras, cobrar os mesmos alugueis e taxas de embarque e ainda ter lucro! Milagre? não, eficiência e competência.

        (agora para onde vão os bilhões pagos ao governo por estas empresas? com certeza para o mesmo destino que antes ia o dinheiro das taxas de embarque e aluguel de pontos comerciais nos aeroportos…)

    • Bruno Caporalini

      Imposto é cobrado dentro e fora do aeroporto. O problema é mesmo o absurdo que se cobra pelo espaço nos terminais. SJP não é Infraero e os preços são aceitáveis.

  • Adreson Vita De S&aa

    Finalmente um avanço na administração de aeroportos. Esperamos que assim os preços abusivos desapareçam.

  • Nazare Santos

    ai graças a deus ja nao era sem tempo pq estava tudo sempre muito caro por la.

    Tb concordo com amigo acima que o aeroporto tem de passar por uma reforma e uma boa ampliação, a área de embarque internacional é minima fica tudo muito tumultuado tudo.

    • Luiz

      Desculpe, mas o preço está muito bom.

      Voce quer pagar quanto em um Pao de Queijo?

      Faça o seguinte: Passe no Carrefour antes, e leve pro aeroporto sua bebida e comida…

      • Luiz

        Esse meu comentário acima, é na verdade para o DHK abaixo…

        • DHK

          Luiz, acho que você não compreendeu a palavra razoável. Explico, não é caro e nem barato, falar de algo popular é induzir ao pensamento de que será barato quando na verdade será razoável. A ideia de caro e barato também te relação com a a qualidade do produto. Você que tanto gosta de pão de queijo e frequenta o carrefour sabe que pela mesmo produto vai encontrar diferentes preços e isso está ligado a qualidade ou a marca. Nas lanchonetes dos aeroportos não temos a qualidade que justifique o valor cobrado. Podemos pelo menos ficar tranquilos que além da barra de cereais agora temos o pão de queijo do Luiz.

  • DHK

    Vi a tabela de preços e não achei nada de popular nela. Seria melhor chamar de lanchonete de preços razoáveis. Não existe desculpa para a conduta extorsiva das empresas de alimentação, é puro oportunismo.

  • Caio Alex

    Falta um desses em Guarulhos!Há duas semanas passei em torno de 5h em Guarulhos numa conexão e os preços praticados nas lanchonetes de lá são muito caros!!

  • Jean Ricardo

    Em comparação aos preços praticados em outras lanchonetes, está muito bom. Tomara que chegue logo aqui em Fortaleza.

  • Marcos Otávio

    realmente os preços estão bem melhores do que os abusos cobrados pelos demais, mas chamar de "popular" já é meio apelação…

    resta saber se essa lanchonete não vai ficar lotada demais, aí se eles não tiverem uma estrutura legal pode faltar produto, o atendimento ficar ruim, etc…

    • Marcus Lima

      Concordo com você xará!

  • Marcus Lima

    A nós brasileiros nos falta inteligência: "lanchonetes populares" nos aeroportos são populares porque o preço é JUSTO?! Não entendo a associação dos preços justos à palavra "popular". Caímos na questão que é popular porque "pobre" pode comprar… eita auto-estima brasileira!

    • Não vejo por esse lado. Para mim, esse nome é apenas a Infraero fazendo o marketing do Governo Federal, na mesma linha do "Restaurante Popular" e outras ações para marcar um estigma de "grande pai dos pobres". Acho que podemos discutir se é uma estratégia de marketing válida, eficiente ou adequada, mas não vejo qual seria a ligação dela com a inteligência de todos nós brasileiros. 🙂

  • Trop Café

    Ficamos felizes com os comentários, realmente abrimos com a intenção de além de prestar um serviço de qualidade, buscamos nos adaptar a preços mais justos. Dentro de um Aeroporto e os valores cobrados pela INFRAERO para instalação de uma lanchonete nem sempre teremos como disponibilizar os valores que são encontrados fora do Aeroporto. Por outro lado sempre buscamos e melhor qualidade em produtos.