Hotwire e Priceline: um guia para reservar bons hotéis pagando menos

Denis Carvalho 30 · janeiro · 2012

Os sites de reservas Hotwire e Priceline são uma forma arrojada de encontrar bons hotéis pagando menos em todo o mundo. Para quem sempre quis saber mais sobre o assunto ou mesmo para quem não conhece os sites, publicamos hoje o excelente artigo da leitora Thais M. M. Fernandes, que com exclusividade para o Melhores Destinos explica passo a passo o funcionamento dos dois portais e dá dicas preciosas sobre como encontrar as melhores opções e evitar roubadas. Apenas uma olhada na lista de hotéis fantásticos que Thais já conseguiu mundo a fora pagando verdadeiras pechinchas é o suficiente para despertar a atenção neste excepcional artigo e conhecer os dois sites. Aproveitem, pois não é todo dia que encontramos uma ajuda tão completa e detalhada sobre um assunto que poucos dominam e podem fazer toda a diferença nas suas próximas férias:

Este artigo tem como objetivo fornecer informações iniciais aos viajantes que querem pagar menos e ficar em hotéis melhores, já que  só mesmo a experiência para ensinar a cada um qual a melhor estratégia a seguir.

Se você é do tipo que usa sempre uma agência de viagens para ir para o exterior (o que não condiz muito com o perfil que imagino  dos leitores do Melhores Destinos), esqueça! Para jogar no Hotwire.com ou no Priceline.com, não se pode ter aversão ao risco, pois ele é inerente às compras opacas.

 Conhecendo os sites

Hotwire.com e Priceline.com são dois sites de viagens, focados principalmente em hotéis (embora também façam reserva de carros e venda de passagens aéreas), que trabalham com as chamadas vendas “opacas”. São braços dos sites Expedia.com e Booking.com. Logo, dispensam mais considerações acerca de sua confiabilidade.

A diferença básica entre o Hotwire e o Priceline é que no primeiro o hotel e o preço já estão definidos, muito embora o cliente não saiba, de antemão, que hotel o site oferece. Por exemplo: procuro um hotel em Nova York, entre os dias 16 e 19 de fevereiro de 2012. O primeiro hotel que o site me oferece está assim descrito: “Midtown East area hotel, 3,5*, US$118.00, recommended in 90% of Hotwire customers reviews”. Ou seja, o hotel está ali, está definido, muito embora eu não saiba seu nome.

O Priceline, por sua vez, trata-se de um leilão de hotéis, no qual o cliente define o quanto quer pagar, a área desejada, datas e estrelas. A “aposta” sempre se refere a um quarto duplo, ou seja, se vocês são em mais de dois melhor apostar em dois quartos, ou assumir o risco de o hotel não aceitar a terceira pessoa ou cobrar por ela. Sei de casos em que não houve nenhum problema com a terceira pessoa, mas é sempre um risco, especialmente em países da Europa, nos quais é difícil arrumar quarto triplo (é o caso da Espanha).

Não é incomum, especialmente com o Priceline, conseguir descontos de até 60% em relação ao preço cotado em outros sites, para reserva sem pagamento antecipado. Mas isso vai depender da demanda naquele momento. Se houver, por exemplo, um congresso em determinada cidade, pode ser que os descontos não sejam interessantes e que a melhor opção seja partir para a reserva tradicional.

 

E como isso é possível?

Tanto o Priceline quanto o Hotwire trabalham com grandes redes hoteleiras, mas também há hotéis independentes. Rede Accor, Marriott, Intercontinental, Hyatt, que eu me lembre.

Os hotéis buscam sua ocupação máxima, ainda que tenham que reduzir o preço. Quarto vazio é prejuízo. Mas eles não podem fazer isso de forma ostensiva, sob pena de outros clientes recusarem-se a pagar a tarifa “cheia” ou quase.

Assim sendo, cada hotel possui seu limite de preço “mínimo”, que não é revelado para os potenciais clientes.

 

Por que usar esses sites se não se sabe qual hotel pode-se tirar?

No meu ponto de vista, duas são as estratégias básicas: reduzir despesas ou obter um hotel mais confortável pelo mesmo valor que se pagaria por um hotel mais simples. Geralmente, esta última é minha estratégia. Procuro me hospedar sempre em hotéis 4 ou 5 estrelas, o que reduz significativamente (espero!) o risco de pegar um hotel ruim.

 

Riscos?

Sim, há alguns. O primeiro, obviamente, é de vocês tirarem um hotel que, por um motivo ou outro, não lhes agrada, o que poderia ser evitado se vocês soubessem o nome do hotel e tivessem feito uma pesquisa prévia na internet.

O segundo, o de ficarem com o pior quarto do hotel, aquele que está pedindo urgentemente por uma reforma.

O terceiro, é de pegarem um quarto de fumante quando você é não fumante.

O quarto, é o de não poderem escolher o tipo de cama. Por exemplo, dois amigos viajando juntos vão ter que, eventualmente, dividir uma cama de casal.

O quinto, é de precisarem de uma cama extra e o hotel não dispor ou cobrar um valor absurdo por isso.

O sexto, é de haver alteração nos planos de viagem. Uma vez comprado, o dinheiro não será ressarcido. Sei, contudo, que em caso de falecimento ou doença na família o Priceline devolve o dinheiro. Não conheço a política do Hotwire para essas situações.

Sempre fiquei muito satisfeita com o resultado de minhas apostas. Nunca fiquei em nenhuma espelunca, talvez por focar sempre em hotéis de categoria superior. Os hotéis, dentro do possível, tentam acomodar os clientes. Assim, se você pedir camas twins, eles vão tentar atender seu pedido. O mesmo com relação ao quarto de não fumante, observada sempre a disponibilidade do hotel.

Mas tomo algumas precauções. Dificilmente vou usar um desses sites se não houver uma delimitação geográfica mínima. Nessa linha, quando Moscou foi incluída no Priceline em 2010/2011, só havia uma única área. Preferi não apostar. Vai que o hotel ficava lá do lado do aeroporto Domodedovo (na periferia da periferia)? Já em NY, Miami e outras cidades americanas, esse problema não existe, pois são diversas as áreas delimitadas.

Algumas pessoas se preocupam com o fato de, na hora do check-in, o funcionário mencionar algo como “ah, reserva pelo Priceline (Hotwire)”. Nunca ocorreu isso comigo e, se ocorresse, não ficaria nem um pouco incomodada. Só se sente ofendido aquele que se coloca numa posição inferior, não? “Priceline? Sim! Graças a Deus paguei só US$120.00 por esse Marriott Viena, enquanto que os bobos pagaram US$ 250.00!

 

Como funcionam os sites?

 

HOTWIRE.COM

Entre normalmente com as datas, a cidade e o número de pessoas por quarto desejados. O padrão é que o apartamento seja para 2 pessoas, mas vocês podem tentar mais no Hotwire.

O site vai lhes mostrar os hotéis com o respectivo valor, sem especificar o nome, mas detalhando o número de estrelas, a área (de acordo com a divisão geográfica estabelecida pelo próprio site) e algumas “amenidades”. Segundo eles, o número de estrelas decorre da avaliação dos clientes e não auto-classificação dos hotéis. Muitas vezes, vêm informações que considero preciosas: o percentual de recomendação dos clientes e/ou a avaliação dos leitores do Tripadvisor.com. Geralmente, fico tranquila quando o índice de satisfação é superior a 85% ou a avaliação no tripadvisor é superior a 4 (no total de 5).

As diárias não incluem café da manhã, salvo especificado nas “amenities” ou alguma grata surpresa (que nunca ocorreu comigo). Geralmente, o café da manhã só é oferecido no preço das diárias para hotéis padrão 2,5* ou, no máximo 3*, o que condiz com a política das cadeias hoteleiras nos EUA e na Europa. A internet pode ser paga ou grátis, também de acordo com a política do hotel.

Para minimizar o risco de fazer uma compra opaca, é preciso que o viajante tenha conhecimento das áreas ofertadas ou faça uma pesquisa prévia, para saber se a localização atende suas necessidades. É claro que, quanto maior for o número de áreas mostrada na cidade, mais fácil é descartar aquelas que não interessam e centrar a escolha nas áreas mais adequadas.

As cidades americanas de grande ou médio porte são as que o site nos apresenta as melhores divisões, o que facilita em muito a árdua (mas deliciosa, no meu ponto de vista) tarefa de escolher o hotel. Vejam, por exemplo, Nova York. São inúmeras áreas em Manhattan. Fica fácil restringir sua pesquisa.

Escolhido o hotel, a página vai informar o valor total, no qual são incluídos os impostos e taxas. Uma vez aceito, o interessado deve preencher os dados do cartão de crédito. Feita a compra das diárias, o nome do hotel é automaticamente revelado.

Além da tarifa, alguns resorts ainda cobram a chamada “taxa de resort”, o que virá informado na hora da aquisição e está de acordo com a política desses hotéis para os demais hóspedes.

 

PRICELINE.COM

A utilização do Priceline é um pouquinho mais complexa, mas também gera as maiores economias. O primeiro ponto a esclarecer é que, caso a aposta do usuário não seja aceita, ele apenas poderá tentar novamente o lance, para a mesma área e categoria de hotel, após 24 horas. Nada impede contudo, que sejam acrescentadas outras áreas ou alterada a categoria do hotel que se busca. Mais adiante, darei outras informações nesse sentido.

O site oferece tanto leilão quanto ofertas normais, sendo estas geralmente para pagamento antecipado. Interessa aqui, contudo, apenas o leilão que, como não poderia deixar de ser, pressupõe o pagamento integral (somente se sua oferta for aceita), por meio de cartão de crédito.

Ao entrar no site, escolha a opção hotel e preencha os dados relativos à cidade, número de quartos e datas.

Quando aparecerem os hotéis, clique na aba laranja, na qual se lê “Best deal, name your own price”. Na próxima página surgirão as áreas nas quais a cidade foi dividida e a categoria dos hotéis (estrelas). Recomendo fortemente que as pessoas façam uma pesquisa para conhecer as áreas, de modo a cotejar o mapa apresentado com outros obteníveis no booking.com ou no tripadvisor. Tenham um conhecimento mínimo da localização, para depois não se arrepender. Esse conselho aplica-se integralmente ao Hotwire.

É também importante que o usuário faça de uma única vez a aposta no número de quartos que deseja, para o período desejado. Não há nenhuma garantia que, após completar a compra, vá conseguir obter outro quarto no mesmo hotel ou prorrogar a estada lá. Esta última situação parece ser mais fácil resolver. Algumas vezes nos oferecem a possibilidade de estender a estada pela mesma tarifa.

Escolhida a área, apenas a categoria de hotéis disponíveis estará aberta para marcação. Por exemplo, estou pesquisando Miami. Se eu escolher a região chamada Dadeland, as opções 4 e 3,5* não estarão disponíveis. Isso significa que não há hotéis dessa categoria para o leilão naquelas áreas. Essa informação é extremamente relevante para o processo de rebidding, mais adiante explicado.

Mas suponham que eu queira ficar em Miami Beach (seja North Beach, South Beach Central, South Beach – Collins Avenue Oceanfront ou South Beach Ocean Drive) e que eu busque um hotel 4*. Primeiro, eu escolho a área South Beach – Collins Avenue Oceanfront (SBCAO). Começo com um lance de, por exemplo, US$80 (que, já sei de antemão, é muito baixo para a área). A barra abaixo do local onde preencho o lance vai me dizer qual a economia estou fazendo em relação aos preços de mercado (da internet, não de balcão), bem assim vai me mostrar qual a minha chance de ter um lance vencedor Maiores economias, menores chances de ser aceita a oferta. No exemplo dado, minha economia hipotética seria de 87% e minhas chances muito baixas. Mas esse dado não me importa muito, num primeiro momento, pois me guio mais pelos valores mencionados pelos clientes no betterbidding.com.

A seguir, preencho o nome do hóspede (que pode ser outra pessoa que não o jogador). Na página seguinte, posso rever minha oferta e verificar o valor total das diárias, já com o custo das taxas e impostos. Se estiver de acordo, marco o quadradinho no final da página, que pede a inicial do cliente, com qualquer coisa (sempre coloco um “x”). Há também uma opção de seguro para cancelamento de viagem, que nunca peguei, pois só vale para cancelamento por força maior.

Na página seguinte, preencho meus dados pessoais – nome, endereço, telefone e cartão de crédito. Atenção! Como só há opção de dois países, EUA e Canadá, vocês devem dizer que reside em um deles, mesmo não sendo verdade. O ZIP deve ser de 5 dígitos. Assim sendo, informo meu endereço correto, fora o país e o ZIP. Dessa forma, resido em Brasília, na Califórnia (ou qualquer estado americano), e meu ZIP é “99999”, como poderia ser “44444” ou qualquer outro número. “99999” sempre funcionou!

Não há nenhum problema em fornecer a informação incorreta, pois isso decorre da limitação do site. Pessoas que moram na Europa, por exemplo, têm que fazer algo semelhante. Isso não trará nenhum tipo de transtorno ou perda de direitos. O que interessa, no final, é que o número do cartão de crédito seja válido.

Preenchida a página, só resta clicar em “buy my hotel room now”. Eles vão processar o pedido. Se aceito, meu cartão de crédito é debitado automaticamente. Se recusada a oferta, não há débito.

Uma vez recusada a oferta, tenho as seguintes opções: esperar 24 horas para apostar na mesma área e categoria de hotel; mudar de área (saia do site e entre novamente); acrescentar uma área; baixar a categoria de hotel (não há como aumentar a categoria – quando se aposta num 3, por exemplo, o site considera que se está apostando não apenas nessa categoria, mas em todas as superiores).

No meu exemplo, digamos que eu também aceite ficar em North Miami Beach (NMB) Continuo no site e acrescento essa área. Posso subir ou não a aposta. Digamos que eu ache que NMB é mais barato que SBCAO. Aposto sempre pensando que vão me oferecer o hotel mais barato da categoria para ambas as áreas. Do contrário, corro o risco de um overbidding, ou seja, de pagar acima do mínimo necessário para ficar em NMB.

Uma estratégia muito interessante é acrescentar áreas para as quais não haja hotéis da categoria tão alta quanto a que desejo, mesmo que eu não queira essa área. No meu exemplo, se eu simplesmente acrescentar Dadeland e mantiver a categoria 4*, significa que continuo a apostar em SBCAO, porque não há hotéis 4* em Dadeland. Assim sendo, se minha oferta de US$80 não foi aceita, terei a oportunidade de aumentar a oferta no mesmo dia. Aumenta o quanto quiser – US$ 1, US$ 5, US$ 10 (por diária), etc. Os mais pacientes ou que dispõe de mais tempo, aumentam bem pouco. Atualmente, tenho optado por apostar de US$5 em US$5, para que o processo seja mais célere.

Mas, cuidado, tenham certeza antes que a nova área não tem a sua categoria de hotel escolhida, ou corre-se o grande risco de ficar em um local indesejado (e pagando muito!).

 

Ajuda externa

Para ter uma noção das apostas vencedoras e pedir ajuda sobre que estratégia seguir, bem assim para tentar descobrir o nome dos hotéis do Hotwire, é de inestimável ajuda o site betterbidding.com, que é um fórum de discussões. Recomendo que os futuros jogadores se cadastrem nesse site. A única coisa que os organizadores pedem é que as pessoas entrem no Priceline ou no Hotwire via os links que constam na parte superior da página do site. E, também, que deem um follow up de suas apostas (qual hotel tirou, por quanto, para qual período). Ao que parece, eles ganham um pequeno percentual das apostas. É isso que permite que o site funcione. Mas não se preocupem, o valor da aposta a ser aceito é exatamente o mesmo, entrando ou não pelo link do betterbidding.com, segundo minha experiência.

 

Conclusão

Como disse, somente a experiência vai mostrar para vocês qual caminho seguir. Se são avessos a riscos, não têm tempo para fazer uma pesquisa mínima (valor dos lances, áreas, histórico dos hotéis ofertados, dentre outros) ou se seus planos podem ser alterados com facilidade, não pensem em usar Priceline ou Hotwire. Do contrário, vão com cautela, até conhecerem melhor o funcionamento dos sites.

Nem pensem em Código de Defesa do Consumidor, pois esse site é americano e rege-se pela regra deles. Assim, se na época da “gripe suína” alguém desse o “pity” para não ir ao Chile (como vi acontecer, infelizmente, com muitas pessoas), adeus dinheirinho.

De outro lado, eles são bastante razoáveis. Quando houve aquele problema com o vulcão na Islândia, de nome que não sei escrever, consta que o Priceline devolveu dinheiro para muitas pessoas que se encontraram impossibilitadas de viajar.

Além da boa economia e dos excelentes hotéis, que talvez não tivéssemos condições de pagar, é muito divertido (especialmente o Priceline, que é minha “cachaça”, meu único vício).

Eis os hotéis que já tirei, via Priceline: Marriott (Frankfurt e Viena, ótimos), Renaissance (Munique – razoável, mas faltava ar condicionado, como ocorre em muitos hotéis na Alemanha), Intercontinental (Budapeste – muito bom!), DiviVillage (Aruba – muito bom), Colonnade (Boston, excelente), Warwick (Nova York, muito bom!), Pullman (Paris – muito bom, mas distante da parte turística), Silken (Madrid – bom hotel), NH (Salzburg – bom hotel) e Hyatt (Nieuwpoort, Curaçao – ainda vou). Em todos eles, fiz uma boa economia e sempre fiquei muito bem instalada.

Até hoje, optei pelo Hotwire uma única vez – gosto da emoção do leilão e da possibilidade de ficar em um hotel melhor, pelo mesmo valor – e consegui ficar no Hilton Garden Inn, na Filadélfia, por apenas US$70. Mas muitos conhecidos usam o Hotwire e já ficaram em diversos resorts e hotéis 4 e 5 estrelas, em cidades como Nova York, Las Vegas e Paris.

Vejam que o Hotwire oferece menor risco, pois é possível até tentar descobrir o nome do hotel, consultando o site betterbidding.com. O Hotwire também permite que você tente incluir mais que duas pessoas no quarto. Nesse caso, a oferta de hotéis ficará restrita àqueles que aceitam, por exemplo, 3 hóspedes no quarto. Há alguns hotéis, inclusive, que oferecem a “bed choice”, ou seja, vocês podem dizer se querem cama de casal ou twin. Em contrapartida, os preços tendem a ser maiores que no Priceline.

Boa sorte para vocês!

 

Agradecemos à Thais por nos brindar com este guia completo sobre os sites Hotwire e Priceline, que com certeza é um dos melhores e mais completos guias já feitos em português e certamente será de grande utilidade a todos os leitores. E você, já usou um desses sites? Tem mais alguma dica? Compartilhe com os demais leitores nos comentários abaixo!

 

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Irina Yamashita

    Essa dica demorou mas apareceu por aqui! rsrsrs.

    Descobri os sites no ano passado, antes da minha viagem de férias para o Canadá e reservei 5 hoteis pelo Priceline! Em 15 dias de hotel, economizei mais ou menos uns R$600.

    Garanto aos viajantes de plantão que quem reserva uma vez pelo Priceline/Hotwire, não quer saber nunca mais de reservas "normais".

    Outro forum muito bom também é o http://www.hoteldealsrevealed.com/
    Fica a dica!

    Muito bom post, bem explicadinho… Parabéns!

    Abraços.

    • Andre

      So viajo usando o priceline e hotwire, e ja virei referencia com meus amigos para conseguir hoteis em suas viagens.

      Existem 2 outros sites que utilizo para pesquisar os hoteis que vem saindo no priceline e ate mesmo identificar qual hotel no Hotwire.
      http://www.biddingfortravel.com http://www.betterbidding.com

      Ja consegui ter lances aceitos nos EUA em varias cidades, Paris, Mexico (cancun e cidade do mexico), Praga e Glasgow.

      Abs,

      Andre

      • Helio

        Já usei os dois sites, embora o priceline eu utilizei com o cartão de crédito emitido nos EUA. 2 anos atrás não aceitava internacional emitido fora dos EUA. Consegui me hospedar no Hilton Times Square e no Intercontinental em NY por 118 dólares e 130 dólares. Em ambos os hotéis havia 2 camas de casais e em uma ocasião ficamos em 4 pessoas, sem problemas. Já utilizei o Hotwire e consegui alugar um Mini-SUV em Los Angeles por 19 dólares na budget e fiquei hospedado em Barbados num hotel por 70 dólares, quando a tarifa mais barata era 90 dólares em outros sites e 110 no site do hotel. Recomendo fortemente!

        • Marina Mucci

          Boa tarde Hélio! A pergunta pode ser idiota, mas é só pra ter certeza, pq os preços são inacreditaveis! Os 118 dólares foram dividos por 4 ou foi 118 por pessoa para se hospedar? Obrigada!

  • YuriBF

    Excelente post. Já usei o Priceline em três viagens aos EUA e recomendo a todos os amigos. Peguei ótimos hotéis, pagando preços bem abaixo da tarifa de balcão. Aproveitem!

  • Jeferson

    Show, curto muito Priceline e já usei em Porto Rico, pois os hotéis lá estavam muito caros para ficar na Velha San Juan que é a parte turística e onde saem os cruzeiros e fiz um bid com muita paciência e consegui uma pechincha num Marriot.

    2 perguntas:

    – Sabe se pode acumular pontos de fidelidade dos hotéis? Nunca tentei..

    – Alguém já comprou passagem pelo priceline usando bids? Eu sei que são para vôos saindo do US, mas no caso se eu quiser fazer um trecho tipo NY-Vegas, será que o xunxo do endereço não pode dar errado no check-in?

    Valeu, e parabéns pelo excelente artigo!

    • Alexandre

      Jefferson,

      Já usei e nunca deu problema. O unico desconforto, é que você precisa de tempo, pois os voos podem vir em horarios inadequados e com algumas conexões. Eu já paguei, todos ida e volta. Chicago-S. Diego, 250,00 e Chicago-Ny 70,00

    • Rodrigo Marconi

      Jeferson, o site informa que a tarifa deles não dá direito a pontuação nos programas de fidelidade, mas não custa tentar.

      Já fiquei no Renaissance Curacao Resort & Casino em Curaçao e os pontos não foram computados não. Aliás, paguei 95 dólares em um quarto que nas buscas chegava a mais de 260 dólares a diária.

      • Jesse

        Eu várias vezes tento como não quer nada e funciona! Vale muito da empatia do pessoal do hotel e recepcao!

  • Vanessa

    Interessante!!!

    Eu já comprei por diversas vezes pelo hotwire e adoro. Fico em bons hotéis com preço baixo. Em abril ficarei em mais um. Não conheço o hotel, mas pelo que vi no tripadvisor é bom.

    Não conhecia o priceline. Vou experimentar na próxima. Também naõ sabia que o hotwire era utilizado para outros paises. A pessoa que me indicou ele, alguns anos atrás disse ser só EUA e eu nunca tentei outro pais!

    Adorei a matéria!!

    Parabéns!!!

  • Vitor J. Nunes

    Caramba! Isso é que é disposição para o bem da utilidade pública!

  • Erik

    Dicas muito boas. Eu ainda complemento essas informações para os sites de compra coletiva. Também é possível encontrar preços excelentes em hotéis de luxo. Estou indo para o México agora em abril com passagens compradas após dicas aqui do MD. Consegui comprar pelo Groupalia mexicano 4 dias e 3 noites em um resort em Cancún em sistema all inclusive por R$ 200,00. Baratíssimo !

    • EMERSON

      Erik,

      Eu tenho o habito de me cadastrar no groupon da cidade que vou viajar para aproveitar os restaurantes e promoções locais, e no Groupon USA ha o Getaways em que são oferecidos diversos hoteis nos USA e Caribe com bons preços

      Emerson

  • Excelente artigo, ajudou demais!!! Vale mto a pena ler com atenção!

  • Carolina

    Ahhhh, valeu demais as dicas! Adorei e vou experimentar!

  • Jetro

    Já usei o Priceline pra reserva de hoteis em Orlando (peguei o Rosen Plaza- nao confundir com Rosen Inn) por uma excelente tarifa!!!

    mas alguem já usou o priceline pra compra de passagens???

    Um outro site que pretendo usar neste ano é o SkyAuction selections.. pois tem tarifas mto interessantes pra 1 semana em orlando!!

  • Helder Mattos

    Excelente artigo. Sempre que posso eu uso o serviço do Priceline. O Hotwire utilizo apenas para conferir os bid do Priceline.

    Recomendo o sistema da página http://www.biddingtraveller.com para verificar os melhores preços e facilitar o uso do Priceline.

    Você informa o destino e eles fazem uma combinação de regiões numa mesma cidade, possibilitando fazer mais de um bid por dia. Além disso mostra um histórico dos últimos menores "bids" fechados por outros usuários do site.

    Vale a dica!

    • Alexandre

      Já utilizo o Priceline há mais de 11 anos. Gosto da emoção e do suspense 😉

      Já fiquei no Westin em Chicago em plena Michigan Av, por Usd 60,00.

      Em Fort Laudedale, fiquei no Sheraton, por Usd 45,00

      E aproveitando aquela promo da Philadelphia, fiquei no Club Quarters WTC, por Usd 95,00.

      Para utilizar para Cia aerea, precisa de disponibilidade, pois você pode pegar alguns horarios complicados

      • Helder Mattos

        Com certeza é uma excelente ferramenta. A vantagem desse site que passei é que ele torna muito mais fácil você encontrar o menor preço para uma região. O bid do Priceline justamente não permite vc saber o valor que vai pagar. O http://www.biddingtraveller.com te dá um norte de qual valor chutar para cada destino e deixa você chegar no menor valor possível para o lance ser aceito.

  • Marcelo

    Já usei inclusive para aluguel de carro, que é, a meu ver, menos arriscado, pois vc escolhe a categoria e pronto, não existe o risco do quarto de hotel… Em Geral são as grandes locadoras(Avis, Hertz, National, Alamo, Dollar, etc.) Recomendo!

  • Patricia

    Não conhecia nenhum dos dois sites, mas vou testá-los nas próximas férias. Muito obrigada, Thais, pela disposição em escrever a matéria! Adorei! Super útil!! =)

  • Camila F

    Ótimas dicas, também gosto muito do priceline, já comprei hotéis pelo leilão em 3 ocasiões e nunca me decepcionei, já fiquei 1 vez em Nova Iorque no Helmsley Park Lane, outra em Londres No Hilton May Fair e em Barcelona recentemente no Tryp Apolo, sempre tento hotés com categoria 4 a 5 estrelas, e sempre fui muito bem atendida! Recomendo

  • Rodrigo Marconi

    Eu também uso o Priceline para aluguel de carros.

    Já consegui aluguel por USD9,00 em Chicago (mais taxas, se for em aeroporto são maiores) em carro FULL SIZE, acabei de reservar para Miami por 17 dólares um Standard (é possível que eu conseguisse menos, mas estava com pouco tempo para ficar arriscando).

    Para hotéis alguns dos melhores exemplos são o do Renaissance Curacao Resort & Casino em Curação, quando paguei USD95,00 por um quarto de mais de USD260,00 em época de carnaval, e agora em Miami, que consegui por USD40,00 na região do aeroporto um hotel que tinha mínimo de 98USD na área.

    • Jetro

      Rodrigo: e o valor das taxas e seguros?? ele é cobrado no ato da locação?? a locação é mais barata, mas as taxas não são maiores do que fazendo a reserva aqui no Brasil?

      • Fabiana

        Rodrigo,

        Também tive essa mesma dúvida que o Jetro! Como funciona a questão do seguro?

        Obrigada.

    • Decio

      Léo, te enviei alguns dias, dicas de como descobrir os hoteis do Last Minute Travel, vc recebeu?

      • Leonardo Marques

        Oi Decio, recebi sim, ainda vamos ver como postar. Tem muito post aqui na fila.

        • Decio

          ok. É que poderia "linkar" com esse post. Abs

  • Alexandre

    OUTRA DICA

    Para quem tem receio de reservar no "escuro"

    Li em um blog, que a empresa touricoholidays, e´do mesmo grupo de um outro site famoso que faz reservas no escuro http://www.lastminutravel.com.

    O pulo do gato é você entrar nesse link

    http://www.touricoholidays.com/en/PageHotelDetail

    E simular sua reserva no lastminutravel, e trocar o No do hotel ID, que aparece no lastminutetravel, pelo 5256 do link do tourico, pronto o hotel será revelado, pode comparar as fotos, serão iguais.

    • Aqui deu certo isso =) Mas os preços do lastminutetravel estão os mesmos que o do decolar.com =/

  • Carlos

    Já usei o priceline diversas vezes, inclusive para alugar carro. Sempre funcionou muito bem.

    Apenas cuidado com a locadora Enterprise, pois eles já negaram 2 vezes minha PID e tive que alugar em outro lugar

  • Marcelo Rocha

    Fantástica essa dica, vale a pena correr esses pequenos riscos, vou viajar p/ Europa esse ano e vou tentar pelo novo sistema. Posto o resultado aqui depois. Vlw!

  • Guilherme

    Un site que uso para tentar descobre qual o hotel ofertado pelo hotwire é o hotwirerevealed.com

    Nele você coloca os mesmos dados que no hotwire e é retornada a busca com os possíveis hotéis no perfil escolhido.

    Não funciona 100%, mas ajuda.

  • Natalia Dias

    Ótimas dicas! Ótimo artigo!

    Bora estudar o mapa das cidades agora pra brincar nestes sites…

    Obrigada!!

  • Jose Carlos

    Estive nos EUA em 2010 e usei o Hotwire 2 vezes. Numa madrugada resolvi que iria pela manhã pra Orlando. Entrei no Hotwire, peguei um hotel 3 estrelas ou mais e paguei 56 dolares por noite. O hotel ficava em frente à Universal Studios. Hotel acima da média. Ao saber o nome do hotel, dei uma pesquisada e vi que os preços pelo mesmo tipo de quarto era da ordem dos 90-100 dólares. Podem usar sem medo. Basta apenas seguir as observações do post.

  • Marcia Denilli

    Adorei a materia e as dicas dos leitores, ja vou usar para a proxima viagem.

  • Rodrigo

    Perfeito!

    Só uma ressalva, no hotwire, na busca inicial os preçoss mostrados nao incluem taxas.

    Parabens

    • thais m m fernandes

      Com certeza, apenas depois de abrir a página com o hotel "escolhido", as taxas vão aparecer -antes, portanto, do pagamento.

      Vou também pesquisar algumas das dicas postadas aqui, em especial a do Alexandre.

  • Debora

    Dica que veio em boa hora pois estava tentando comprar pelo priceline e tive um problema com essa questao do pais de residencia e o cep. Agora vou tentar novamente.

  • Juliano Alves

    Esse site também ajuda bastante na reserva feita pelo priceline

    http://www.biddingtraveler.com/

    O aluguel de carro também é muito vantajoso!!!

  • Larissa Farias

    Toda a minha programação de viagem para Califórnia foi feita pelo Priceline. Bidava por região e os lances eram 80,00 usd, 82,00 usd e assim por diante. Via quais as estrelas de cada região e escolhia de 4 a 5 estrelas. Deu certo.

    Ficarei em resorts maravilhosos em Monterey (www.portolahotel.com), San Diego (www.paradisepoint.com) e Redondo Beach (www.hotelportofino.com, pois Santa Monica e LA estavam muito caros).

    O Priceline vale muito a pena. Recomendo também.

  • Fran

    Uma pergunta… pelo que entendi esse tipo de 'jogo' funciona mais em cima da hora, não? Quando se está próximo da viagem, ou vale a pena fazer com antecedência?

    • Alexandre

      Fran,

      Não é só em cima da hora não. Eu vou tentando, vejo nos blogs que indicaram o que tem saido e qual a media do valor.

  • Luiz Eduardo

    Mas esse sistema funciona para reservas com antecedência?

    Com que antecedência máxima vc consegue fechar um bom negócio?

    Alguém saberia?

    • thais m m fernandes

      Não há uma regra. Isso varia muito. Não há como garantir que a antecedência seja uma coisa boa ou ruim.

      No caso do Hotwire, compare os preços ofertados com os que você conseguiria numa compra aberta. Se não achar grande negócio, faça uma reserva sem custos e vá acompanhando o site. Já ocorreu de baixar o preço, mas também pode subir. É, realmente, uma dúvida cruel.

  • Sidney Cunha

    Faço grupos para Disney, a partir de manaus, e das vezes que utilizei o hotwire sempre fiquei satisfeito. Minha dica é que se um hotel estiver com 75% para cima, você irá pegar um bom hotel. Paguei $ 35,00 dólares, em um Hampton Inn proximo da area do Aeroporto de Orlando. Ótimo hotel, confortável, bom atendimento.

  • Nicole

    Humm, bem interessante. Mas alguém sabe me dizer se esses serviços estão disponíveis para países da América do Sul?

  • Mateus Oliveira

    Boa noite, preciso de um quarto para 3 pessoas, seria muito arriscado buscar no priceline com apenas 1 quarto? As cidades seriam Amsterdam, Roma e Paris.

    Grato!

  • Vanessa

    Nossa que legal isso, eu não conhecia… Quando o sonho de viajar para exterior acontecer, procurarei esse programa tbm!!! Parecem ser ótimos os hotéis!!! Pena que isso não existe no Brasil, existe?

  • Silvia

    Eh, Leo… você conseguiu montar um blog sensacional que, além da sua equipe, conta ainda com a colaboração de um time de seguidores que é um show. Bacana demais!!!

    Agora, além das matérias, os comentários também se tornaram imperdíveis.

    Cara, dizer o que? " é bom demais da conta…"

    Um abraço, Silvia

    • Leonardo Marques

      Valeu Silvia! Esse ano vamos ter MUITO mais espaço para os leitores contribuirem.

  • Ricardo

    Thaís,

    parabéns pelo post. Muuito booom!!!

    Estou indo a NY em abril, tenho reserva pelo booking.com. Não conheço NY, reservei este hotel pelas recomendações do trip advisor. Vi que no Hotwire, o preço está um pouco maior. do que paguei. US 160. Vou tentar no Priceline. Gostaria de uma sugestão de área, tipo de hotel e preço inicial, se possível.

    Obrigado.

  • R L

    O Priceline é demais… exemplos que eu fiquei… Marriot 4 estrelas em Paris – USD 109, Orlando 4 estrelas (não lembro a rede… sorry) USD 65, New York hotel boutique sensacional a 500m da Times Square USD 98 … e dezenas de outros… Agora só falta uma materia especial sobre B&Bs pois quando uma cidade está cheia ou é um feriado só eles realmente salvam o dia… exemplo um B&B em Barcelona por USD 55 reservado na semana da maior festa da Cidade (La Merce) aonde tudo está lotado ou a mais de USD 600…

  • Gabriel Messias

    show!!! parabéns Thais e leo – MD.

  • Tiago Prado

    Olá! Primeiramente…parabéns à Thais e ao Melhores Destinos…dica impressionante.

    Duvida: Pelo que eu entendi…esses preços incríveis são conseguidos pq querem completar a lotação dos quartos/carros/voos. Então, comprar com antecedência não faz muito sentido nesses sites né?

    Exemplo: minha viagem para miami é em setembro…pesquisei no hotwire diárias de carro para setembro…achei por $24 categoria standard. Dai mudei a data para o início de fevereio…surpresa…$9 a diária do mesma categoria standard.

    Alguém que está acostumado com o hotwire e priceline poderia me dizer se a lógica é essa mesmo??? As chances de se conseguir preços melhores são maiores mais perto da viagem?

    Abraço,

    Tiago

  • Já usei e recomendo o Hotwire. Fiquei num hotel desses gigante e muito bem localizado em Toronto por 60% da tarifa normal.

    Muito bacana!

    Ótimo post!!

    Abs!

    Marcio

  • Marcos

    Ótima dica, pena que tem pouca coisa ou nada para destinos menos famosos. Colonia del Sacramento não tinha leilão e até Buzios-RJ não tinha. Pretendo usar pra quando viajar pras capitais.

  • Michelle

    Thaís adorei a dica!Valeu chegou em uma hora que estava doida procurando um hotel meio urgente.

    Alguém sabe me dizer se os hotéis para EUA já incluem o seguro viagem e assistência médica no valor?

    Obrigada.

    • Leandro Franco

      Nao inclui nao Michele, acho melhor vc fazer um seguro por aqui, pois vale muito a pena, mas se seu cartao de credito for Platinum, e vc comprar sua passagem integralmente com ele vc tem direito ao seguro viajem. Mas se este nao for o caso, eu sempre a ASSIST-CARD e uma boa companhia de seguro, nunca me deixou na mao.

      Atenciosamente,

      Leandro Franco

  • Ana

    Ja usei algumas vezes o Priceline e adorei.Quanto a NY tive receios pois vi que existem hoteis 3 estrelas com banheiro compartilhado,e isto vc nao tem como saber.Na California fiz otimos leiloes,uma boa dica e se vc estiver inseguro compre apenas 1 noite e geralmente quando eles te dizem o nome do hotel apos o fechamento do lance,eles te dao a opcâo de ampliar sua data de chegada ou saida do hotel mantendo o mesmo valor de diaria .

    • Maurício

      nossa, adorei essa sua dica!!!! dessa forma, até os mais receiosos podem arriscar =)

  • Renan

    Só uso o hotwire quando vou para os EUA.

    Faz anos.

    Já paguei muito barato em hotel top. A dica é ir olhando cada dia. O preço sempre dá uma variada. Pegando um "best value" e "lowest price guaratee" tem pouca chance de dar errado.

  • thais fernandes

    Ricardo: vai do seu gosto. Várias são as áreas boas e o lance vai inicial vai depender também da categoria escolhida e da época. Sugestão: Midtown (East e West) e Central Park South. Mas há várias outras, como Times Square, Hells Kitchen. Quanto mais longe do Central Park,o hotel tende a ser mais barato. Sugestão: comece com 50% do preço que você vê no booking para a categoria de hotel escolhida e área. Vá subindo o preço aos poucos ou alterando a área (eventualmente incluindo nova área e subindo o preço). O q gosto no betterbidding.com é q você vê o valor dos lances vencedores para determinada cidade. Ex: vai em abril? Veja o valor dos vencedores em abril de 2011.

    • Cris Magalhães

      Oi Thaís adorei suas dicas, estou tentando reservar hotel para NY e estão absurdamente caros e você me deu uma luz no fim do túnel. Se você tiver facebook me add, por favor, para eu tirar umas dúvidas com vc, obrigada. https://www.facebook.com/cris.magalhaes.33?ref=tn

  • thais fernandes

    Veja: pode fazer sentido sim. Especialmente na alta temporada. Lembre-se que você também concorre com os outros jogadores e hóspedes. Muitas vezes os preços sobem perto da data, o que é mais fácil de ver no Hotwire. Por ex, o preço de um hotel (q tínhamos certeza ser o Pullman Torre Eiffel) subiu significativamente perto da data (outubro de 2009), algo em torno de US$20.00/dia. Vai da sua estratégia, q deve considerar se a viagem é ou não em alta temporada. Não há regra nem certezas (antes houvesse). A indiscutível vantagem de deixar mais pra frente, é a redução do risco de mudança de planos. Mas pode ser q você não encontre quartos para todos os dias por um preço bom (se a lotação tiver completa em um dia, danou-se). Foi o q me aconteceu na Filadélfia (passagem promocional da AA q vi aqui no melhoresdestinos). Houve um congresso de oncologia e o preço ficou inviável. Conclusão: reservei uma parte pelo Booking (caro, US$ 160.00) e outra pelo Hotwire (US$70.00).

  • Manoela

    Olá! usei o hotwire para um hotel em Aruba. Paguei 119 dolares a diaria por um Renaissance de 350 dolares a diaria!!! desde então tento sempre usá-lo para fazer reservas.

    Não o usaria para Paris, ou outras cidades em que o transporte público é muito importante – as áreas são muito grandes e você pode acabar gastando tempo precioso andando ou mesmo com taxis.

    Para Aruba, que é muito pequena, valeu, e muito!

    Nao havia entendido como o priceline usava, preguiça… este post foi sensacional, obrigada!!!

    abs.,

  • Cesar

    Eu tbm não tenho do que reclamar do "priceline.com".

    Minha irma mora nos EUA e sempre usa o servico deles, lembro de quando visitamos juntos NY em 2010, e ela preferiu usar o Priceline enquanto eu fiquei num hostel.

    Paguei 30 dolares de diaria, enquanto ela pagou 60 e ficou num Marriott recem inaugurado na Broadway.

    Na segunda vez em 2011, usei o Priceline, e fiquei num duas estrelas, porem super charmoso e muito confortavel, por 70 dolares na 5th Avenida quase em frente ao Empire State.

  • Leandro Franco

    Ola galera! eu ja fiz a comparação entre o PRICELINE, Hotwire e o HOTEIS.COM, e em todas as vezes o HOTEIS.COM e mais barato, muito mais barato, vou pelo menos de dois em dois meses aos EUA entao alugo muito carro e hotel, ja fiz comparação com carros tambem e o melhor site e o http://www.happytoursusa.com, sempre esta mais em conta e vc so paga no balcao da companhia. Fica a dica,

    Abraço a todos e Valeu tb pela dica.

  • Leandro Franco

    Tiago recomendo cautela no aluguel de carro, pois ja aluguei assim, e saiu bem barato no site, contudo quando chegou na locadora, tive que pagar seguros e outras taxas que, acredite, sao mais caras que o aluguel anunciado, entao e melhor pesquisar, eu sempre alugo carro pelo http://www.happytoursusa.com "alamo", e sempre e mais barato, e ja vem com todas as taxas e o melhor vc so paga no balcao da locadora, ou seja se ate la vc encontrar algo mais barato pode mudar de ideia sem pagar nada.

    Outra dica e comprar um gps, um basico nos eua custa uns U$100,00 e uma diaria de um gps custa U$13,00, entao vale a pena comprar um, dai na proxima vc ja leva o seu.

    Abçs

    Leandro

  • Rodrigo

    Alguém já usou esse sistema para reservar Hotéis em Las Vegas?

  • Vanessa

    R L

    O que é B&B?

  • Vanessa

    Ai desculpe, mas é possivel ver o site em português? eu tentei entrar mas nem tudo consigo compreender?? Pode me ajudar?

  • Patricia

    Pessoal,

    Alguém já usou o o priceline para comprar passagens? Tentei usar mas fiquei com medo pq eles pedem logo o meu cartão de crédito.

    Se alguém souber algo sobre as passagens, agradeço..

    Abraços,

    Patricia

    • Alexandre

      Patricia,

      O problema de passagens, é que você tem que ter disponobilidade, pois você não escolhe a cia aerea e nem o horario do voo, só escolhe a quantidade de conexões.

      E depois de debitado no cartão, não tem mais volta.

  • Alexandre

    Mateus,

    O que eu sei que em cidades grandes, com poucos hoteis, como NY, Paris, Londres etc. E´bem complicado ficar 3 pessoas em um quarto. Alguns amigos, depois que sabem o hotel no priceline, avisam que serão 3 no quarto, mas o contrato do Priceline, só permite apenas 2 no quarto.

  • Alexandre

    Ricardo,

    em março/2011, fiquei no Club quarters, no Ground Zero, e´um hotel 3* e meia, o hotel maravilhoso, para mim bem localizado, paguei Usd 95,00. Pelo betterbidding, dá para se ter uma ideia do preço.

  • Sheila Pamela

    Nossa, achei tão demais esse post que colei todas as dicas no Word p/ futuras consultas… rs.

    Valeu MD e galera!!!!

  • Ricardo

    Tiago, apesar de conseguir preços muito baixo, tem a questão do seguro que não está incluso, conforme mencionado pelo Leandro. Uma outra dica boa também é alugar pela Alamo e Budget da Inglaterra, onde já está incluso no preço os seguros (próprio e contra terceiro).Segue os links: alamo.co.uk e budget.co.uk.

    Abraço.

  • Liége

    Puxa, que legal! Nem sabia que isto existia…

    Obrigada pelas excelentes dicas do artigo.

  • Camila

    Jetro,

    Esse SkyAuction selections também é leilão? Dei uma olhada, vc da o lance para os 7 dias?

    • Jetro

      Camila… SkyAuction tem 2 opções: a do leilão (q começa por 1 dolar) eu não acho q vale mto a pena não, pois na maioria dos hoteis vc tem q pagar uma taxa extra (alem dos 20 dolares de taxa do skyauction), o que faz com que o preço final fique próximo do preço real do hotel (claro q há algumas exceções)!!! Mas quando vc faz o cadastro vc recebe no seu e-mail umas promoções muito boas… 7 dias em bons hoteis com valores entre U$199-299…. ai sim vale a pena!!!

  • Jeferson

    Valeu pela dica Alexandre, mas daí vc simplesmente faz o esquema do ZIP 99999?

    Abraço

  • DanielSR

    Sensacional! Valeu pelas dicas Thais! E obrigado também ao melhores destinos por disponibilizar esse tipo de informação 😀

  • Jose Carlos

    Só lembrando que, se aparecer o nome do hotel no resultado da pesquisa, a tarifa é normal. Só os destinos mais procurados e quase sempre nos EUA é que são hot rates e aí o nome do hotel só irá aparecer depois de pago. Creio que seja por isso que alguns leitores não estão achando preços interessantes.

    • thais m m fernandes

      Sim. Como disse no artigo, é preciso entrar na aba laranja "name your own price" no priceline.com. Eles tbém têm hotéis abertos, mas não vejo gds vantagens. No hotwire.com, os bons preços tbém são para compras opacas, ou seja, para os hotéis cujo nome não é informado.

  • Alexandre

    Leandro,

    Tenho que discordar de você. Pois no Priceline você deve Clicar no "Name Your Own Price", para participar do leilão. Se você olhar o preço normal, o hoteis.com, pode ser melhor, mas no leilão, NUNCA. E você pode olhar os BIDS vencedores e verá que em todos o Priceline vencerá, é muita diferença.

  • Alexandre

    No aluguel de carros, eu só alugo através http://www.mlctravel.com/english/quotesen.htm , que usa o site da cartrawler.com, é uma especie de leilão também, pois você só vai saber o nome da locadora, depois que concretizar o negocio, mas o valor já é definido, com todas as taxas e seguro. Em algumas cidades, até a locadora já dá para saber.

  • Cinthia

    Verdade Silvia! Li o post inteiro da Taís e agora não consigo parar de ler os comentários que estão dando dicas fantásticas!! Valeu MD!!

  • Lairton

    Ola, vou viajar em maio para europa com minha esposa. Ficarei 15 dias, sendo 05 em paris, 05 em roma e 05 em lisboa. em qual area devo me hospedar nesta cidades? devo alugar um carro ou vale a pena ir de trem?

    Desde ja agradeço.

  • Gabriela

    comprei passagens essa semana no priceline NY-Charlotte, por 175 dolares. No travelocity a tarifa mais barata era 320.

    Os horarios nao sao muitos bons (Sai de NY as 6 da manha, e volta de Charlotte as 8:30 da manha), mas nesse preço, até que compensa.

  • Gabriela

    O seguro é opcional. Vc pode fazer com a propria locadora ou com outras agencias. Algumas locadoras te enxem o saco dizendo que o seu seguro nao cobre acidentes e que vc devia fazer o deles, mas eu sempre peguei seguros de fora e nunca tive problema.

    • Jetro

      Como assim de outras agẽncias ou de fora?/ Não entendi. Por exemplo: vc aluga o carro na Alamo pela tarifa do priceline e pega o seguro da hertz??? é possivel?? ou vc ta falando do seguro do cartao de credito??

  • Cadu

    Vanessa, B&B significa Bed and Breakfast, uma opção de hospedagem muito comum principalmente na Europa.

  • Marcos Mendes

    Eu consigo diárias em hotéis all inclusive também? Eu vou para Punta Cana em junho e quero ficar num desses hoteis all inclusive. Eu tenho como me certificar de que comprei uma diária all inclusive?

    • thais m m fernandes

      Por incrível q pareça, há sim hotéis all inclusive para bid em Punta Cana. A regra é não ter nem café da manhã, mas você verá, na hora de começar a apostar, q eles oferecem essa opção.

      Já em Curaçao, onde apostei, havia apenas a opção de "resort", mas nem o café da manhã estava incluído.

  • Tiago

    Bem lembrado Leandro. No meu caso eu pago a reserva com o cartão platinum, que já substitui o seguro (que realmente é caríssimo). O aluguel do GPS tb é muito caro…melhor comprar um mesmo.

  • Renan

    Vai para Las Vegas? Fica a dica.
    http://www.smartervegas.com/

    Você faz seu cadastro lá e recebe uma newsletter. Tem alguns preços absurdos tipo hotel 5 estrelas por 50 USD.

  • R L

    Concordo com o Alexandre… já usei DEZENAS de vezes o Priceline e NUNCA entrei em uma fria… os preços são até 70% mais baixos que em outros sites…

  • Para seguro de saúde (obrigatório para área de Schengen e muito recomendado para os EUA) recomendo o http://www.squaremouth.com . Ele compara diversas apólices.

  • Utilizei o priceline para fazer uma reserva para Portugal. Achei médio o resultado, ficou por 70 USD um 4 estrelas em Lisboa, deu 10% de desconto da tarifa publicada, e os bids que tentei com valores menores não foram aceitos. Subi de 5 em 5 dólares, a partir dos 60 USD… Não parece ser grande coisa para Europa, e melhores nos EUA.

  • Aluguel de carro nos EUA tem que ser com pouca antecedência. Aluguei em Orlando Novembro pela Alamo, e ganhei o free double upgrade só de me inscrever no "Alamo Insiders", achei mais tranquilo e mais simples do que um hotwire ou priceline, é tudo bem explicado. Recusei o CDW/LDW e só fiz o Liability (fiquei com vontade de não fazer), que foi praticamente o mesmo preço da diária do carro. Sei que 10 dias de carro full size foram 350 dólares tudo incluso, ou algo assim, e o aluguel mesmo foi 150 usd.

  • Rafael

    O app do priceline pra IPad é fantástico !!!! Super recomendo !!!!!! O MD não é juiz de direito nem bumbum de neném, até pq suas surpresas são sempre muuuuuuuuuuito bacanas…..parabéns à trupe !!!!!

  • Rogerio

    Parabenizo à leitora Thais principalmente pelo fantástico comentário:

    "Algumas pessoas se preocupam com o fato de, na hora do check-in, o funcionário mencionar algo como “ah, reserva pelo Priceline (Hotwire)”. Nunca ocorreu isso comigo e, se ocorresse, não ficaria nem um pouco incomodada. Só se sente ofendido aquele que se coloca numa posição inferior, não? “Priceline? Sim! Graças a Deus paguei só US$120.00 por esse Marriott Viena, enquanto que os bobos pagaram US$ 250.00!”

    É isso mesmo Thais! Mania de brasileiro de ter vergonha de pagar pouco! Todos precisam dar valor ao seu dinheiro! Conseguiu pagar USD 150 em um 4 estrelas em NY ao invés de USD 300? SENSACIONAL! Em uma semana sobra mil dólares para fazer outras coisas na viagem!

  • Ano passado consegui o Hyatt em Curaçao pelo Priceline. O hotel é muito bom, mas é distante do centro e das principais praias…

  • Marlon Sun

    Sensacional!!!

    Vou com minha namorada pra Buenos Aires na semana santa e já tínhamos feito uma reserva no booking.com (com opção de cancelamento grátis, graças a Deus).

    Qual foi minha surpresa quando li essa matéria hoje. Entrei no Hotwire, simulei as mesmas datas e encontrei um hotel na categoria entre 4 e 5 estrelas por apenas U$ 80,00 a diária. Vi a avaliação do Trip Advisor e a delimitação era a região de Recoleta.

    Sou aventureiro mas minha namorada não. Consegui convence-la a tentar e ela concordou. Resultado: vamos ficar no Sheraton no valor total com impostos de U$ 395,00 (4 diárias)

    Depois fui no Booking pra ver o preço normal do apto mais barato e estava U$ 703,00 sem o imposto de 21%.

    Economizamos mais de 50% e vamos ficar num 5 estrelas e nível de conforto que não se compara ao hotel anterior que tínhamos reservado (já cancelei essa reserva no booking, rs. Esse hotel ia sair por U$ 470,00 e era nível 3 estrelas)

    Obrigado Thais e MD!!!!!

  • Bianca

    Conhecedores do priceline,

    Eu dei um "lance" que considero bom e ele foi aceito. Só que olhando tarifas de sites com qualidade muito inferior a descrita do hotel no priceline, teria que pagar mais. Isso está correto? rs

  • Zequinha de Consuelo

    Valeu MD! Consegui Hotel Hilton Old Town, em Praga, por US$ 75 no Price!!!

  • Adriel

    Olá Denis,

    Parabéns pela reportagem. Já usei o priceline algumas vezes e tenho uma sugestão.

    Ao invés de usar o priceline americano, dá para utilizar o UK que tem a vantagem de não precisar mentir os dados do cartão já que o site não faz verificação do CEP… bem, na verdade precisa colocar Brasil no lugar de County (me fiz de louco kkkk). Mas no restante é idêntico ao site americano.

    Abraço

  • Bianca

    Também gostaria de saber se é seguro colocar os dados do cartão neste site e se é necessário para eu receber a resposta da oferta feita?

  • Bianca

    Vocês sabe me dizer se é seguro colocar os dados do cartão neste site e se é necessário para eu receber a resposta da oferta feita?

  • Sérgio

    Denis,

    Muito obrigado pela matéria.

    Finalmente consegui entender como funciona o Priceline. Em 24h, fechei o Chancellor Hotel na Union Square, San Francisco, a ótimo preço (3*, 70US$). Pelos comentários de quem ficou nesse hotel, ele é promissor, muito bem avaliado.

    O betterbidding também foi fundamental.

    E concordo contigo, a atividade de aposta foi muito legal.

    Abraços,

    Sérgio

    • Denis Martins

      Sérgio, tudo bem? Melhor agradecer a Thais, que fez a matéria, realmente muito boa! Nós só publicamos

  • Sérgio

    Opa, Thais, os agradecimentos são mesmo para você, sem dúvida.

    E repito, o betterbidding foi fundamental para diminuir a assimetria de informação e trazer alguma luz à aposta às escuras.

    • thais m m fernandes

      Obrigada! Fico feliz de vocês terem gostado. Também uso muuito o betterbidding. Já mandei muitos questionamentos para tentar descubrir hotéis do hotwire (para amigos) e eles sempre responderam prontamente. Por isso, sempre posto lá minhas experiências – passo todo o histórico das minhas apostas, pois acho q isso ajuda os próximos apostadores.

  • thais fernandes

    Sim, é seguro. V

  • thais fernandes

    Sempre informarão se foi aceita ou não a proposta, imediatamente após o lance (alguns segundos depois).

  • Pedro

    Lairton, a dica que posso lhe dar é apenas sobre Paris. Paris é uma cidade muito extensa, com quarteirões enormes (200, 300m cada um), porém com um sistema de transporte excelente que te leva a qquer lugar. Eu me hospedei em um hotel bem perto do Rio Senna, próximo à Ile Saint-Louis. O bom desta região é que vc pode conhecer muita coisa a pé por ali, como a próprio ilha (residencial), a Ilha ao lado onde fica a prefeitura e o Palácio de Justiça, e além da Catedral de Notredame, claro! Também fica próximo ao Louvre, que não abre às segundas feiras (ou seria às terças??? Não me recordo ao certo, verifique). Ao lado do museu tem um jardim fantástico. De onde estive, eu fiz o passeio de barco pelo rio e desci na Torre Eifel. O ponto mais ermo é a igreja Sacre Cour. Eu ganhei um city tour pela empresa de um brasileiro, que me levou em 6 horas em pontos estratégicos (torre, Sacre Cour, Teatro Municipal, Universidade de paris, etc, etc. Custou caro, mas foi fantástico, pois não tinha tempo suficiente para ir por conta. Custou acho que uns 280,00 euros. No mais, busque dicas pelos sites, que tem aos montes!

  • Melina

    Fiquei hospedada na Ile Saint Louis. Se vc olhar no mapa, procure no google sacre-couer, vc vai ver que ao lado tem uma ilhazinha, foi lá que fiquei e é lá que Pedro deu a dica. Bem centralizado mesmo. Ali foi o começo de Paris. Em Paris é fundamental ficar bem hospedado para vc andar muito a pé e ver a cidade e não ficar andando de metro (que é ótimo mas te "toma" a vista. Eu recomendaria, quartier latin, marais, e ile saint louis. pode ser mais caro, mas vale a pena. São todos um do lado do outro.

  • Elizabeth

    Thais, você foi demais. Adoro um luxo, mas não gosto de pagar preços exorbitantes por isso. Em Maio, vou para Dublin/Belfast/Escócia/CardiffLondres e tentarei ficar bem hospedada pagando menos.

  • Pedro

    Além do Priceline e do Hotwire, já consegui bons preços, principalmente em NY, com a reserva no escuro do Quickbook (www.quikbook.com).

  • Melina

    Lairton, Paris é o desenho de um caracol e ela começa bem nesta ilha. os primeiros numeros de arrondissment (que são os pedaços deste caracol) e é como a cidade é dividida, são os mais bem localizados. quanto maior o número do arrondissment, maior a chance de não ficar bem localizado! espero ter ajudado!

  • Melina

    Gente, dúvida:

    Tentei reservar pelo priceline em buenos aires, e, ao contrário do que foi dito, eu comecei apostando em 100 dólares, depois (apesar de aqui falar que a nova tentativa era só em 24 horas) baixei para 60 dólares e depois 40 dólares e em todos os casos apareceu a opção de hotel 4 estrelas em buenos. A dúvida é: quanto mais baixa a minha aposta mais provável de eu não conseguir um hotel legal? A chance que eu tenho de pegar um hotel legal diminui de acordo com a ousadia da aposta? rs! OBRIGADA!

  • Melina

    Mais uma dúvida!

    No hotwire eu não consegui encontrar o lugar onde fazer as apostas. o site abre, eu escolho por hotéis, e ele me dá a classificação e preços como se eu tivesse usando o booking. HELP!!!! 🙂

    • Melina

      Hotwire hot rates, certo?

  • Debora

    Renan, vc já usou? É mesmo confiaável???

    Sei lá, quando a esmola é demais…

    Tbm to indo pra vegas, ai interessou…

  • thais m m fernandes

    Melina: são dois sistemas diferentes. O Priceline (PL) é um leilão, no qual v escolhe as estrelas e a área e dá um lance. No Hotwire (HW)o hotel e o preço já vêm definido, mas não lhe é informado o nome(e a gente se esforça para tentar desvendá-lo). Ou seja, v não dá lance no HW, mas escolhe um hotel "desconhecido". No PL, para q v possa apostar mais q uma vez a cada 24 horas, v deve alterar ou a área ou a categoria do hotel ou, de outro modo, pode acrescentar nova área ou rebaixar a categoria q v procura. Apostei US$ 100.00 em Central Park South CPS, 4* e rejected. Posso, se quero continuar, adicionar Midtown West (MW)ou baixar o padrão, para, digamos, 3,5*. Aí, avalio o novo lance, sempre pensando q eles podem me oferecer o "pior" hotel para a minha aposta. Assim, se inclui a opção 3,5*, vou sempre apostar pensando q é nessa categoria de hotel q eles vão selecionar meu hotel. Se v não estiver confortável com o PL, comece pelo HW, q é muito mais simples. Dê preferência aos hotéis q têm avaliação dos clientes (recomendação), pra v ter uma noção.

  • thais m mfernandes

    Melina: são sistemas diferentes. O PL é um leilão, por isso v dá lances. O HW é uma compra de determinado hotel no escuro. No escuro pq v n sabe o nome do hotel, mas ele já está definido, ao contrário do q acontece no PL. Minha recomendação é q v comece usando o HW até se familiarizar com o PL. Escolha a área de seu interesse e dê preferência aos hotéis com alto nível de recomendação.

  • Melina

    Entendido thais, mas queria saber só uma coisa.

    Eu tentei 100, 60 e 40 dólares no priceline pra buenos aires, hotel 4 estrelas. minha dúvida é: se eu mantiver os 40 dolares, a chance de eu pegar um hotel 4 estrelas bem legal é pior do que se eu oferecesse 100 dolares? (é que às vezes, mesmo tendo a mesma classificação os hotéis variam muito de qualidade…)

    obrigada pelas respostas!

    • Alexandre

      Melina,

      Tem um post do Marlon, que ele conseguiu o Sheraton perto da Recoleta por Usd 80,00 no Hotwire, o preço está excelente, já vi em outros blogs esse mesmo hotel sair no preceline, por Usd 60,00. Na minha opinião o Price é muito mais barato que o hotwire, é questão de gosto.

      "Marlon Sun

      1 de fevereiro de 2012 as 1:32

      Sensacional!!!

      Vou com minha namorada pra Buenos Aires na semana santa e já tínhamos feito uma reserva no booking.com (com opção de cancelamento grátis, graças a Deus).

      Qual foi minha surpresa quando li essa matéria hoje. Entrei no Hotwire, simulei as mesmas datas e encontrei um hotel na categoria entre 4 e 5 estrelas por apenas U$ 80,00 a diária. Vi a avaliação do Trip Advisor e a delimitação era a região de Recoleta.

      Sou aventureiro mas minha namorada não. Consegui convence-la a tentar e ela concordou. Resultado: vamos ficar no Sheraton no valor total com impostos de U$ 395,00 (4 diárias)

      Depois fui no Booking pra ver o preço normal do apto mais barato e estava U$ 703,00 sem o imposto de 21%.

      Economizamos mais de 50% e vamos ficar num 5 estrelas e nível de conforto que não se compara ao hotel anterior que tínhamos reservado (já cancelei essa reserva no booking, rs. Esse hotel ia sair por U$ 470,00 e era nível 3 estrelas)

      Obrigado Thais e MD!!!!!"

  • Igor

    Dúvida:

    Só é possível conseguir um bom preço pelo Priceline se a viagem estiver próxima?

    Pergunto pois tento lances sem sucesso p/ uma viagem no feriado do dia do trabalho, ou seja, 3 meses.

    E já verifiquei pelo betterbidding que a área que escolhi e o número de estrelas já foi conseguido em Janeiro desse ano por $50….eue stou no $63 e nada.

    Há alguma explicação para isso?

    Obrigado

    Igor

  • Ana Maria

    AMEI suas dicas, Thais! Estou indo pra Miami, Key West e Orlando em março e com certeza vou fazer minha iniciação nesses sites JÁ!

    Só fiquei com dúvida sobre o aluguel de carro… Já li os posts aqui de cima e ainda não tenho certeza se vale a pena ou não alugar carro, por causa dos seguros. Meu cartão não é platinum…

    Obrigada, MD e Thais!!!

    Ana

  • Ana Maria

    Oi, Ranerio!

    Tenho o Alamo Insiders também. Como fizesse pra conseguir o duplo up grade? Solicitasse na hora da retirada do veículo ou na reserva?

    Obrigada pela dica!

  • Ana Maria

    Oi, Leandro!

    Realmente esse site tá mais barato! Estou indo em março pra Miami-Orlando-Key West e foi o melhor preço que achei até agora!

    É tudo com a Alamo? Vou tentar um double upgrade com o Alamo Insiders!!!

    Obrigada pela ótima dica!!!

    Ana

  • Olá. Eu sou o dono da HotelDealsRevealed.com. Obrigado por sua referência ao meu site. Eu moro no Canadá e vai tentar ajudá-lo em qualquer maneira que eu puder, quer em Hotwire ou Priceline. Meu Português não é tão bom, por isso espero em Inglês.

  • Vivian

    Oi, Emerson.

    Mas o endereço para efetuar o registro é o daqui do Brasil mesmo?

  • Melina

    Olha, não sei se foi a proximidade da viagem que rendeu esta DECEPÇÃO com o uso do HOTWIRE, mas reservei no dia 30/03, um hotel 4 estrelas, em Buenos Aires, para ficar do próximo dia 02/04 ao 06/04, somente na região Retiro e Recoleta e me saiu o PÉSSIMO – PARK CHATEAU UNIQUE, com avaliação 7,3 no Booking, e com preço quase igual ao do Booking. Ainda não fui, mas as resenhas são assustadoras – furtos de mala, de roupa, overbooking como prática recorrente, hotel velho, sem calefação, café da manhã sem reposição… chocante. Estou pensando seriamente em tomar meu prejuízo de R$ 600,00 por 4 noites e reservar um hotel no Booking.

    NÃO RECOMENDO O USO DO SITE. Pode ter sido a proximidade da viagem, etc, mas são tantas questões com as quais você tem que "tomar cuidado" que eu não sei se vale a pena economizar pra depois e correr risco da sua viagem se tornar um caos. DECEPCIONADA!

  • Melina

    A mais quente novidade: paguei por essa meleca r$ 13,00 a menos do que se eu tivesse reservado no booking… COISA QUE EU NÃO FARIA! Só rindo mesmo, viu…

  • Alexandre

    Excelente post! Acabo de fazer uma compra pelo priceline! Economia de 30% em relação ao booking!

    Parabéns MD!

  • Andre Reis

    Já eu fiquei 6 dias em Buenos Aires. Reservei pelo Priceline e consegui uma economia de 60% (!!!) no valor do Booking.com no Sheraton Libertador. Hotel 5 estrelas perfeito pelo valor do Ibis. Hiper-recomendo!

  • Natalia Dias

    Ótimo post, ótimo blog! Recomendo a todos quando o assunto é viagem….

    Acabei que conseguir um hotel 4 estrelas em Toronto pela metade do preço de um hotel de 2 estrelas e bem melhor localizado!!!

    Vale muito a pena investir um tempo pra entender como funciona…..

    Obrigada!!!

  • Camila

    Alguém sabe se o pagamento é debitado no dia do lance ou só é pago no hotel?

    Obrigada!

  • Camila

    O pagamento do hotel é feito de imediato (no dia do lance aprovado) ou só no dia da saída do hotel?

    Obrigada!

  • andre trindade

    E para passagens aéreas ? Priceline é confiável? Alguém já fez compras de passagens aéreas pelo pice? Obrigado.

  • Arlene Leal Maia

    já tinha usado o truque de trocar o ID do hotel do touricoholidays.com pelo do lastminute.com para descobrir qual o hotel secreto, mas agora não está mais funcionando… o touricoholidays.com pede para fazer login e só sendo agente de viagens. Alguém sabe alguma outra maneira de entrar?

  • andre trindade

    Acabei de reservar uma Marriort no priceline, por 150 doletas a diária, no decolar.com, está por 266 dollares, não foi lá uma grande economia, mas já compensou.Acho que seu esperasse mais perto da viagem cairia mais.

    No hotwire estava saindo a mesma categoria (4 estrelas) por 160 dollares. Agora é saber se presta o quarto que irão me oferecer.

  • jacqueline

    Pessoal, alguém vai para New York na segunda quinzena de outubro? Não estou conseguindo ganhar nenhum lance no priceline. Alguém na mesma situação?

  • Cris Magalhães

    Alguém fez alguma reserva para NY recentemente? Vou tentar reservar pela primeira vez pelo Priceline e estou meio insegura. Outra dúvida, vi em um outro post alguém comentando que diferente aqui do Brasil, nos EUA, normalmente quando vai chegando mais próximo da viagem se consegue um preço melhor, porque eles querem lotar os hotéis, será que isso procede? Estou indo em abril de 2014 e realmente os preços estão bem mais altos do que se eu fosse reservar para esse mês. Apesar que estou indo dos dias 20 a 27 de abril e dia 20 é o domingo de páscoa, não sei se por isso também estão mais caras as diárias.

  • Só para registrar que já usei o Priceline em duas ocasiões. Em maio de 2013 fiquei hospedado por duas noites no Hotel Marriot Atlanta Airport (uma na ida e uma na volta em conexões para Nova York) pelo módico valor de 50 dólares. Fiquei receoso, pois era minha primeira vez, e quase levei um susto ao chegar no hotel. O hotel é de primeiríssima linha e muito acima do padrão que eu esperava (selecionei 3,5 estrelas) e pela internet teria pago pelo menos 150 dólares a diária. Já fiquei em espeluncas piores no Brasil por preços mais altos.

    A segunda vez foi em abril de 2014, quando consegui 5 diárias por 55 dólares cada no Allure International Drive em Orlando. Pesquisando a internet, o preço estava em 112 dólares a diária. O hotel também era muito bom e atendeu às expectativas.

    Agora pretendo conseguir bons preços para Nova York, que quando fui em maio de 2013 não consegui nada razoável pelo Priceline (devia ser a procura da época).

  • Marina

    Gostaria de saber se é seguro colocar o número do cartão de crédito nesses sites, e se basta o cartão estar habilitado para compras internacionais. Posso começar a tentar conseguir o hotel com antecedência ou é melhor deixar pra 60 dias antes da viagem, como as passagens?

  • Aldrei

    Usei o priceline ano passado por diversas vezes nos EUA. Tive a oportunidade de ficar no Paris em Las Vegas por apenas 70 dolares. O quarto era incrível, simplesmente o melhor quarto que fiquei em toda minha vida. Parecia uma casa o hotel e por ser minha primeira experiencia até estranhei. Com isso, paguei por fora para me hospedar no Belaggio e paguei 250 dólares. Se soubesse, teria ficado no Paris pagando menos de um terço do preço. O hotel era bom, mas não havia comnparação. peguei quarto normal no Belaggio.

    Também utilizei para alugar carro em Las Vegas, ai sim tive um sucesso fantástico. Aluguei um Mustang por 18 dólares. è isso mesmo, 18 dólares. Carro é sensacional, de 10 a 12 dólares é possível alugar carros mais modestos.

    Vale muito a pena e nunca tive azar com este site.

    Vou testar o hotwire agora.

  • elianete

    Alguém saberia informar se o IOF de 6,38% cobrado em transações com cartão de crédito no exterior se aplica também às ofertas aceitas no Priceline para hotéis no Brasil?

    • luiza

      sim! 🙂

  • Lucas

    NÃO USEM O HOTWIRE! Não vale a pena pagar um pouco a menos e acabar em um hotel de má qualidade e muitas vezes onde você não esperava ficar! Tive experiência positiva com o site no exterior, mas quando fui reservar um hotel no Rio de Janeiro acabei me dando muito mal, num hotel em local perigoso. Liguei para o suporte do site no Canada e o serviço deles é muito ruim, o agente além de mentir pra mim me dizendo que iria mudar o hotel pra outra região, eles não respondem os email que enviamos ou não dão suporte nenhum para resolver o problema do cliente.

  • bruno

    Excelente!!!
    Nunca usei e estou com os dedos coçando pra usar, mas estou receoso.
    Tenho viagem programada para NYC em setembro de 07 a 13, somos em 3 adultos e 1 bebe (6 meses na data da viagem).
    Alguém que já usou arriscaria nessas condições???

  • Bárbara Adele de Moraes

    Valeu MD pela super dica! Estou indo para NY e quase morri do coração com os valores das diárias. Com o hotwire comprei 6 diárias no Holiday Inn West Side em Manhattan por 138 doletas e com café da manhã!!! Super pechincha.
    Na mesma época pagaria no mínimo 220 doletas por diária. Só aí foi uma economia de US$ 500!!!
    Ah, só tive um pouco de dificuldade para pagar com o cartão de crédito, precisei tentar várias vezes, ligar no banco para autorizar a compra. Ainda assim, não consegui com o Visa, só com o Master.
    Se alguém teve a mesma dificuldade, o que fez?

  • Bruna Araujo

    Bom dia. Realizei uma reserva pelo Hotwire, após a efetivação do pagamento tem que imprimir alguma coisa? Tem algum procedimento a realizar? Desde já obrigada.

  • Marco Silva

    Cuidado com o Booking. Eles não cumprem o que oferecem.
    Fiquei espantado com o numero de reclamações alojadas no Reclame Aqui. Existem varias outras empresas de busca de hotel que trabalham sério, de maneira honesta e sao transparentes com seus consumidores.
    Fiz o cancelamento de uma diaria no Hotel Baymont, em Talahassee, Florida, com 3 meses de antecedencia. Para meu espanto a cobrança chegou no extrato do cartão de crédito. Estou cobrando uma posição do Booking semanalmente e eles so enrolam.
    A impressão é que a empresa acha que esta lidando com usuarios do terceiro mundo e podem aplicar o chamado [editado pelo Reclame Aqui] e que tudo vai ficar por isso mesmo.
    Marco Antonio

  • Deise

    Gente, desculpem a falta de tempestividade, mas só descobri hoje essa barbada, daí pesquisa daqui, pesquisa dali, encontrei esse link do MD falando sobre o assunto. Alguém pode me dizer se o lance é dado em R$ (reais) mesmo? Porque me parece tão estranho, o site é todo em inglês, não tem nenhum .br, ou algo que qualifique como brasileiro e o lance aparece pra ser em R$…

  • World Traveller

    Usei o hotwire algumas vezes e sempre me arrependi. Nunca era em um hotel bom (e nem de rede), e o preço que o hotwire cobrou era no máximo 10% mais barato que o mesmo hotel pelo hoteis.com – só que o hoteis.com vc pode cancelar, vc pode pagar na moeda local sem iof, vc pode parcelar sem juros e ainda junta diárias para o welcome rewards, que na prática te devolve 10% do valor gasto. Não valeu a pena.

  • Sarah Esteves

    Uma dúvida: os quartos ofertados pelos sites sempre terão banheiro privativo?

  • Mateus Lima

    Ola, estou querendo fazer reserva para estadia em NYC através do Priceline, porem possuo duvida sobre “taxes and fees”…
    O que é debitado no cartão no momento da reserva? o valor das diárias + impostos, é isso?
    A unica coisa que posso vir a pagar separado, pessoalmente no hotel, seria taxa de resort?

    Uma segunda duvida, o fórum betterbidding, funciona? ja foi contemplada com um hotel que não estava listado nele?

    Queria muito esclarecer essas questões…
    Obrigado
    🙂