Greve de funcionários ameaça parar companhias aéreas às vésperas do Natal

Denis Carvalho 14 · dezembro · 2011

Em plena campanha por reajuste de salários, os aeronautas (tripulantes) e aeroviários (funcionários que trabalham em solo) ameaçam iniciar uma greve no dia 22 de dezembro.  Os trabalhadores querem 10% de aumento salarial e 14% de aumento sobre os pisos. A proposta inicial era maior (13% e 20%, respectivamente), mas as categorias reduziram os índices “para demonstrar boa vontade nas negociações”, segundo o informa comunicado do setor. As empresas oferecem 3% de reajuste sobre os salários e aumento igual ao INPC sobre os pisos (equivalente a cerca de 6%).

Diante do impasse, não havendo avanços nas negociações, os sindicatos e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac/CUT) convocaram os trabalhadores para dar início a greve no próximo dia 22. “Não podemos aceitar um reajuste menor do que a inflação, porque isso significaria que os trabalhadores ganhariam menos em 2012 do que recebem hoje. Também não abrimos mão do aumento real dos salários. As empresas aumentaram as passagens em cerca de 56% nos últimos meses e o que estamos reivindicando é menos do que 3% desse aumento nas tarifas. Portanto, é justo e viável para as companhias”, diz Celso Klafke, presidente da Fentac/CUT e do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre.

O comunicado à Imprensa informa ainda que a iminência de uma greve às vésperas das festas de fim de ano também incomoda os trabalhadores, mas garante que todos os esforços foram envidados pelos sindicatos para evitar que essa situação se repetisse. “Encaminhamos nossa proposta para o sindicato patronal com duas semanas de antecedência, em 15 de setembro, para que tivessemos a renovação da convenção coletiva concluída na data-base, em 1º de dezembro. As empresas, no entanto, levaram quase 50 dias para apresentar sua contraproposta e não aceitam negociar nada diferente disso. É essa intransigência que está levando à greve. Não é o que nós queríamos, mas precisamos renovar a convenção e não podemos aceitar esse índice, que prejudica demais os aeronautas e aeroviários”, explica Gelson Fochesato, presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas.

“Como vai ser o Natal dos trabalhadores das companhias aéreas, completamente sobrecarregados, com diversos direitos desrespeitados, sofrendo constantemente assédio moral e risco de vida por negligência das empresas? Como vai ser o ano novo sem a renovação da convenção coletiva, mais uma vez, pela total falta de respeito das companhias com seus funcionários? É papel dos sindicatos defender os trabalhadores e é por isso que estamos tentando de todas as formas fazer com que as empresas avancem essa negociação, oportunizando condições dignas de trabalho e um salário decente. Precisamos lutar por isso e contamos com a compreensão dos passageiros e da sociedade brasileira, que também é trabalhadora, como nós”, ressalta Selma Balbino, presidente do Sindicato Nacional dos Aeroviários.

Caso as negociações avancem antes do dia 22, as categorias prometem realizar novas assembleias para avaliar a proposta. A primeira delas está marcada para a próxima sexta-feira, dia 16/12, às 14 horas.

A ameaça de greve na época de maior movimento do ano é sempre preocupante, mas não acreditamos que esta paralisação venha de fato a ocorrer. Estamos certos de que as companhias aéreas e os trabalhadores chegarão a um consenso e evitarão este extremo, que prejudicaria em primeiro lugar milhares de brasileiros que nenhuma relação tem com o assunto e se programaram, muitas vezes até com dificuldade, para passar as festas de fim de ano com seus familiares e amigos.

De todo modo, continuaremos acompanhando o caso na esperança de darmos boas notícias o quanto antes!

A notícia na íntegra você encontra no site dos Aeronautas

 

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Leonardo

    Podem viajar tranquilos… todo ano é a mesma coisa e nada acontece. Só pressão de sindicato mesmo!

  • carolnl

    Eu ia comentar a mesma coisa. Se procurarmos nos arquivos do blog, tem coisa parecida ano passado. E em 2009. Ou seja, a única forma que o pessoal consegue alguma atenção das companhias é com essas ameaças. Não acho que estejam errados. Todo mundo tem direito de reclamar e, sinceramente, se não for incomodando outras pessoas, não vão ser atendidos.

    • Leonardo Marques

      ôpa…. tem gente que some mas sempre volta 🙂

  • Felipe

    Ah, por favor né? Todo mundo tem direito de pedir aumento e reajuste salariais, mas precisam fazer isso justo nas festas? Eles têm que chamar a atenção, mas não precisam estragar o feriado de todo mundo que precisa se deslocar para ver seus familiares durante as festas.

    ISSO É SACANAGEM, vai virar anual essa palhaçada?? Já não chega nos atenderem mal, como se estivessem fazendo favor, agora ainda vão atrapalhar os nossos planos? QUE SAUDADE DA VARIG e do seu atendimento digno e de seus profissionais sérios.

    Primeiro, vão aprender a tratar bem os CLIENTES, depois podem fazer greve e parar o país.

    • Anderson

      Felipe,

      A data-base da categoria é 01 de dezembro por isso a ameaça de greve neste período, o culpado aqui é o sindicato patronal, oferecer menos que a inflação?!! Isso é atitude de moleque, uma afronta, os caras estão certos em indicar greve.

      • Felipe

        Anderson,

        eu sei que é uma afronta oferecerem aumento menor do que a inflação, não acho certo. Mas por favor, isso tem que ser resolvido entre os funcionários e as empresas. Não precisam estragar as férias de ninguém, parecem criança, que quando não ganham o que querem na hora, abrem uma boca "desse" tamanho. Vao fazer isso pra protestar contra político ladrão, mudar o país… Chega dessa ladainha. E bom, poderiam também mudar essa porcaria de data base pro meio do ano. Ou não podem iniciar o ano sem um reajustezinho?

    • Mendonça J&ua

      Também concordo com o Anderson.

      Aliás, se a Varig era tão boa assim, por que faliu?

      Não entra na minha cabeça fazer greve sem pressão. E a melhor época para os aeroviários e os aronautas é exatamente o período do final de ano.

      Acho que a sua reclamação, Felipe, deveria ser para as companhias aéras que superam em 50% o aumento das tarifas e não querem repassar uma pequena parte do lucro. O culpado da paralisão são eles e não os empregados que estão buscando pelo menos uma reposição da inflação para não terem perda salarial em 2012.

      • alex

        Gente…peço desculpas se estiver errado…Mas justamente no dia 22??? cá entre nós todo mundo tem direito de se manifestar, mas num período como esses é sacrificar quem não tem culpa de nada….

        fazem isso justamente para provocar uma reação da sociedade e assim jogar uma pressão maior sobre as companhias…

        mas sinceramente se a greve for a frente mesmo acho que isso é um desrespeito a sociedade.

        não adianta depois reclamar que tem passageiro discutindo e ofedendo essa turma…porque se eles tem a coragem de fazer com que a sociedade sofra com seus problemas eles tem que sofrer com os nossos também…porque tudo na vida é a base de troca….é toma lá dá cá.

        espero que revejam direito a data e possam adequá-la a um período mais tranquilo…sei que é difícil, mas sei que são capazes de fazer isso também sem afetar a sociedade.

  • Renan

    será que vai afetar viagens internacionais ???

  • mariana

    espero que tudo se resolva antes do natal e os aeronautas e aeroviários tenham o reajuste merecido

  • Marcos Reis

    Hahahaha só o que faltava!!!

  • Oba ! Participando !!!

  • Léo Teixeira

    Torcendo demais para que não siga em frente essa Greve..

    Viajo pro Rio reveillon dia 29/12..

    Senão vamo virar um Portugal da vida…

    • Pedro

      nao entendi um Portugal da vida

      Esse ano ja teve greve na Franca, no feriadao de novembro, na Alemanha, muitas na Grecia…

      Isso é no mundo inteiro!

  • JP

    Apesar de eu nao gostar dessa história de greve, oferecer reajuste abaixo da inflação é sacanagem. Eles estão corretos em protestar.

  • Letícia

    Tem que mudar a data base pra abril, porque essas ameaças nas vésperas de Natal já viraram oficiais. Deve constar no calendário deles "dia 15/12, soltar comunicado de greve".

    O pior é que as passagens já estão vendidas, tornando os consumidores os únicos prejudicados.

    Por que as passagens já estão vendidas? Porque é quando o consumidor tem tempo pra viajar.

    Deveria ter como o consumidor escolher a data base de algumas categorias eheheheh

  • Jão

    Não tá satisfeito com o salário? Vaza fora!

    Ou resolve isso internamente sem prejudicar outras pessoas mal pagas que já programaram suas viagens no final do ano, po***!

  • Alexandre Mamede

    Todo ano a mesma coisa…

    As cias aéreas têm um serviço tosco e querem aumento… O governo deveria estipular uma multa exorbitante para aeroviários e aeronautas em caso de greve… bando de oportunistas!

  • Mariana

    Ano passado, quando voltava da lua de mel, no dia 23/12, no Aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro havia uma mobilização no saguão do pessoal reinvidicando melhores salários e condições de trabalho. Sei que não mexeu no meu vôo. Chegamos de volta à terrinha conforme informado na passagem; mas que dá um frio na barriga sem saber o que acontece, de fato, dá.

  • Karina Albuquerque

    Apoio totalmente a greve! É um direiro do trabalhador e nele não tem dizendo que periodo pode ou não tirar.

    O brasileiro é acostumado com pouca coisa, sabe que tem direito e não reinvidica. Já era assim a quase 200 anos atras…

  • Bianca

    Oi? Bando de oportunista? Vc tem noçao quanto é o piso de um aeroviário?

    Sou a favor da greve sim. Como já foi dito, pagar menos do que a inflaçao é atitude de moleque. Os trabalhadores tem que protestar mesmo pelos seus direitos.

  • Letícia

    Também apóio o direito à greve quando o aumento é abaixo da inflação, mas você há de convir o quanto este período é inconveniente.

    Provavelmente você não tem nenhuma passagem comprada para esta época, por isto está tão empolgada.

    Não preciso lembrar-lhe que os consumidores também são brasileiros, né?

  • Fernanda

    Sempre na época das festas… difícil apoiar uma greve que vem a prejudicar pessoas que programaram com bastante antecedência sua viagem de final de ano.

  • Marcos Dell Antonio

    Viajarei bem por esses dias, mas não tiro a razão da greve (ou a ameaça dela) por dois motivos:

    1o) só pedir não adianta, tem que fazer pressão, é assim que funciona no Brasil.

    2o) reajuste abaixo da inflação é brincadeira.

  • Luciana

    Poxa!! Parece que vai virar praxe essa greve toda véspera de Natal, ano passado me senti angustiada pois marcaram a greve bem no dia em que iria viajar, em vez de relaxar fiquei tensa em ver minhas férias arruinadas. Concordo que eles têm que protestar, e solicitar aumento, mas sempre no final do ano, prejudicando àqueles que trabalham o ano inteiro e anseiam pelas tãos sonhadas férias de fim de ano.

  • Newton

    nossa, como falam besteira, eu sou a favor da greve sim, mesmo sabendo que eu vou viajar dia 30/12.

    vocês não tem noção de como é a vida de um aéroviario, os comissarios e comandantes trabalhando além do estipulado da ANAC, longe de casa em todos os feriados e ainda vão diminuir o salario invéz de aumentar.

  • tf.moura

    Nao ta satisfeito com a greve? Vai de onibus ou compra um aviao so pra vc…

  • @alephsouza

    Aumento de passagem temos a torto e a direito. Na contramão, pouco investimento do governo em infra-estrutura e falta de boa vontade das empresas aéreas com seus funcionários. Funcionários e consumidores são sempre os únicos a sifu!

  • Dennys

    Na boa o país ja está decadente nos aeroportos,cm vôos cancelados,atrasados etc.acho que uma greve dessa proporção não vai ajudar em nada,concerteza as pessoas mais prejudicadas São os cliente que ja fizeram seus planos pro fim de ano e os funcionários sobrecarregados pois tudo aquilo q fazemos tem consequencia,na boa espero que toda essa situação se resolva até pq estou de ferias e preciso voltar cm urgência a sp logo após ao natal!!!lógico q todo trabalhador tem o direito de lutar pelos seus direitos,mas eh preciso repensar nessa paralisação…enfim acho que o Brasil tem mto a melhor dx de ser um país de 3 mundo e passar a ser o primeiro espero um dia ver desta forma e me orgulhar de ser brasileiro

  • Stéla

    Mas e os aeroviários que trabalham para vcs tirarem férias e ganham absurdamente baixo, se não fazer pressão infelizmente não funciona no Brasil!

  • Stefanie

    Tem serviço tosco, pq tem salário TOSCO tbm. Ser oportunista é algo bem distante de lutar por seus direitos

  • Sislene Lander

    Alex;

    Concordo Plenamente com vc!… Todos tem o direito de manifestar seus direitos, desde que não tiram os direitos dos outros. Acho uma falta de respeito com o cidadão que pagam seus impostos que são "altíssimos" em dia, que programam suas féstas de fim de ano, comprando suas passagens até com antecedência, para estar juntos com os familiares que não vêem há tempos, e depois se deparam com esta situação, que por ironia do destino estou vivendo hoje na pele esta situação de angústia, com passagens já compradas, sem saber o que fazer…

    19/12/2012.

    Feliz natal e próspero ano novo!