GOL vai fechar salas VIP Smiles de Porto Alegre e Curitiba

Denis Carvalho 14 · março · 2012

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A partir do dia 24 deste mês os clientes da GOL não contarão mais com as salas VIP Smiles nos aeroportos de Porto Alegre e Curitiba. Com isso, a companhia manterá apenas as salas de São Paulo (Guarulhos) e Rio de Janeiro (Galeão). O motivo do fechamento seria a “redução de custos operacionais e de infra-estrutura”.

A notícia foi enviada em primeira mão ao Melhores Destinos pelo leitor Christian Schneider, que a recebeu de funcionários da GOL. “Como cliente Smiles Diamante fico decepcionado com o fechamento. Sendo frequentador assíduo das salas de Porto Alegre, Curitiba e Guarulhos acaba-se criando um vinculo com o staff. Talvez em função disso fui informado (informalmente) do fechamento das mesmas. No mesmo dia, consultei um colaborador ligado a gerência da base POA e mais tarde o líder de GRU e ambos confirmaram a informação do fechamento”, explicou o leitor.

A resposta da GOL ao leitor foi enviada por Alexandre Almeida, do programa Smiles, e confirmou o fechamento: “Informamos que efetivamente as salas VIPs localizadas nos aeroportos de Porto Alegre (POA) e Curitiba (CWB) terão suas atividades encerradas no dia 24/03/12. A Gol Linhas Aéreas Inteligentes informa que tomou esta decisão como medida de redução de custos operacionais e de infra-estrutura que temos nessas salas VIP entre outras despesas. Esta medida possibilita a manutenção os serviços oferecidos com qualidade nas salas de São Paulo (GRU) e Rio de Janeiro (GIG), considerando a demanda de cliente e Parceiros que acessam ao serviço nestes locais”.

Procurada pelo Melhores Destinos, a GOL voltou a confirmar o fechamento, desta vez pela assessoria de Imprensa, mas não deu nenhum detalhe adicional. A companhia, no entanto, ainda não informou oficialmente seus clientes, restando apenas dez dias até o fechamento de duas de suas quatro salas VIP. Não se sabe ainda se haverá alguma notificação ou se simplesmente os passageiros desavisados encontrarão as portas fechadas.

“Gostaria de registrar meus votos de protesto diante da forma nebulosa e confidencial como o tema é tratado dentro da GOL. Itens de conforto como salas em aeroportos sem dúvida são um dos fatores que influenciam clientes de negócios na escolha do transportador, acredito que em respeito aos clientes fiéis a empresa deveria agir de forma transparente , comunicando publicamente aos mesmos acerca das novas politicas e posicionamento no mercado”, avalou Schneider.

Com informações da GOL.

 

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe