Furacão Sandy cancela 20 voos do Brasil para os Estados Unidos

Denis Carvalho 29 · outubro · 2012

A passagem do Furacão Sandy pelos Estados Unidos provocou até agora o cancelamento de 20 voos entre o país e o Brasil desde ontem. Foram oito voos cancelados no domingo e outros 12 suspensos hoje. A recomendação da Infraero e da Anac é que os passageiros com voos marcados para os Estados Unidos entrem em contato com sua companhia aérea antes de ir para o aeroporto.

A TAM foi obrigada a cancelar quatro voos nesta segunda: três partiriam de Nova York com destino ao Brasil e um deles partiria de São Paulo para a cidade norte-americana. A American Airlines cancelou três voos que sairiam de São Paulo e do Rio de Janeiro para Nova York. A United Airlines não divulgou se terá voos cancelados e a Delta diz em seu site que o voo 0120 de São Paulo para Nova York previsto para 21h20 desta segunda-feira está “atrasado”.

A Anac divulgou que vai monitorar a prestação de assistência aos passageiros pelas empresas que tiverem que cancelar ou alterar o horário de voos aos Estados Unidos. A prestação de assistência está prevista na Resolução nº. 141/2010. Em casos de atrasos e cancelamentos, a resolução prevê que o transportador deve assegurar o direito do passageiro a receber assistência material: acesso à comunicação a partir de uma hora de atraso, à alimentação, a partir de duas horas de atraso, e à acomodação, a partir de quatro horas de atraso, ou traslado para passageiros que estiverem na localidade de residência. Em casos de voos cancelados, o passageiro pode ser reacomodado em outro voo ou ser reembolsado com o valor integral pago pela passagem área.

A agência informou ainda que caso o passageiro se sinta prejudicado deve procurar a empresa aérea contratada para reivindicar seus direitos como consumidor. Se as tentativas de solução do problema pela empresa não apresentarem resultado, o usuário poderá encaminhar a demanda à Anac, aos órgãos de defesa do consumidor e ao Poder Judiciário. A Agência possui canais de comunicação destinados a receber manifestações pela internet (Fale com a ANAC) ou pelo telefone 0800 725 4445 (que funciona 24 horas, sete dias por semana, inclusive com atendimento em inglês e espanhol).

Cancelamentos
O furacão Sandy provocou outros cancelamentos de voos que saem de Nova York ou que têm a cidade como destino. De acordo com o jornal “Wall Street Journal”, as companhias aéreas dos EUA cancelaram mais de 4 mil voos agendados para este domingo e para a segunda-feira. Foram suspensos 926 voos domésticos e internacionais neste domingo e outros 3.028 da segunda-feira. A British Airways publicou um comunicado em seu site informando que todos os voos com destino ou com partida da cidade foram cancelados neste domingo.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, decretou estado de emergência na cidade de Washington  e nos estados de Nova York, Massachusetts e Maryland, como medida de precaução à chegada do Furacão Sandy, prevista para hoje. A previsão é que a tempestade provoque ventos de até 250 km/h.

O Centro Nacional de Furacões (NHC) estima que o Sandy atinja as regiões da Virgínia, Pensilvânia e de Nova York até amanhã. Nesta madrugada, o furacão estava localizado a cerca de 320 km da Carolina do Norte.

Meteorologistas disseram que o furacão Sandy é uma rara “super tempestade” híbrida, criada por uma corrente de vento do Ártico envolvendo-se em torno de uma tempestade tropical, podendo causar até 30 cm de chuva em algumas áreas, assim como até 90 cm de neve nas Montanhas Apalaches.

Embora os ventos de 120 km/h do Sandy não sejam tão quanto os de outros furacões, como o Katrina, sua extensão torna-o excepcional. Segundo o site da Administração Nacional Atmosférica e Oceânica (Noaa), o Sandy pode ser a maior tempestade a atingir os Estados Unidos.

Voos cancelados nesta segunda-feira:

TAM JJ8083  Nova York – São Paulo 10h30
TAM JJ8079 Nova York – Rio de Janeiro 19h00
TAM JJ8082 São Paulo – Nova York 8h45
TAM JJ8081 Nova York – São Paulo 20h40
American AA966 São Paulo –  Nova York 8h45
American AA950 São Paulo –  Nova York 22h05
American AA974 Rio de Janeiro – Nova York 22h10
American AA967 Nova York – São Paulo 11h20
American AA951 Nova York – São Paulo 21h45
American AA973 Nova York – Rio de Janeiro 21h30
Delta 0120 Nova York – São Paulo 20h
Delta 0061 Nova York – Rio de Janeiro 18h

Com informações dos portais Terra e G1

 

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Leonardo

    O que fazer numa situação dessas? Quais meus direitos? E as reservas de hotéis na qualificação não-reembolsável?

    Não é minha situação, mas fiquei curioso com as medidas que podem ser tomadas num caso desse.

    • Thiago Castro

      Não tenho certeza, mas creio que, caso haja disponibilidade, os hotéis remarcariam a hospedagem sem custos. Seria só entrar em contato, informando os motivos óbvios da alteração.

      Alguém aí já passou por isso?

    • Fernando

      Leonardo, estes são fatores da natureza e normalmente quem fornece o serviço coloca alguma cláusula para evitar prejuízos estrondosos neste tipo de situação.

  • André Teles

    Espero que o "Sandy & Junior" não chegue perto da Flórida. Vou para Orlando na quinta-feira…

    • Thiago Castro

      Se ele vai chegar em NY amanhã é pq já está lá em cima. Não deve haver problema nenhum com a Flórida.

  • Said Rassi

    Meu voo da American Airlines sai do Rio na quarta feira a noite, com previsao de chegada em NYC as 07:00 de quinta feira, alguem sabe dizer como fica minha situação? Até quando vao as restrições? Ajudem ai galera!

    • Não deve afetar seu voo, a menos que a coisa seja tão feia que cause um estrago grande no JFK – uma possibilidade muito pequena

  • Maria

    Será que na quarta-feira (31/10) o quadro ainda será esse? Estou marcada no voo TAM JJ8082, de 8h45, São Paulo – Nova York.

  • Daniel Matos

    No meu tempo, Sandy não era nem uma brisa.

  • Adriano

    Por falar em Estados Unidos, alguém sabe o que a Tam fez com os 767 dela? Fui olhar passagem pra Miami saindo de Brasília e Manaus e os voos estao sendo operados (graças a Deus!) por A330.

    • Flávio Coelho

      se não me engano ela antecipou a devolução deles e onde eles operavam agora operam os a330

    • Eduardo

      Graças a Deus?? Viajei para NY agora em outubro pela TAM num A330 e vou te falar, foi a pior viagem q fiz. O avião é mais apertado do q os q a TAM usa aqui nos voos regionais, agora imagina ficar 10hs?? Eu tenho 1,80m e meu joelho ficou rente a poltrona da frente. A única coisa q é bom é o sistema multimidia individual pq o resto foi péssimo!! Na volta saí de Miami e vim no 767, a viagem foi bem melhor em relação ao espaço, sem comparação, mas infelizmente não tem tela individual.

    • Arthur J

      Parou todos! Isso se deve à chegada de novos Boeing 777-300. Voei no 767 no começo do mês entre MIA e GIG e já estava na hora de parar esses…são muito velhos e mal conservados…o voo cancelou por manutenção e outro só saiu com 05 horas de atraso…

  • Juliana Gomes

    Eu vou para NY no vôo da American Airlines número 974 (GIG-JFK) na terça 30/10 22:10. Até o momento a AA garante que o vôo sairá normalmente pois, segundo informações, o JFK reabrirá terça de tarde. O negócio é aguardar mesmo 🙁

  • Marcelo

    Vou embarcar pros EUA amanhã à noite. Meu vôo pra Atlanta está confirmado (o de ontem saiu normalmente), mas o vôo de Atlanta pra NY está cancelado. O que acontece nesse caso? Será que pelo menos me deixam embarcar para Atlanta? Vou passar um mês nos EUA, então não faz diferença se não puder chegar logo em NY.

  • antonio pinheiro

    Vá com tranquilidade. Nem chuva voce vai pegar. Dias ensolarados e temperatura gostosa. Divirta-se.

  • Adriano

    Juliana, fique tranquila! O único problema é o furacão ter devastado Manhattan e não ter nada pra vc ver lá! hahaha

  • Jorge Picles

    Senta e chora, não tem direito algum….hotel e nenhuma empresa area é responsável por isso, seria demais, não acha?!

    • Thiago Castro

      Não é uma questão de ser responsável. É só um pouco de bom senso. Não dá pra chegar hoje por causa do furacão. Qual é o problema em alterar a hospedagem sem custos?? Com certeza, seria simpático e conquistaria o cliente.

  • Jorge Picles

    Vai com tranquilidade, divirta-se, e traga um souvenir para mim!

  • Flavio

    Mas parece que nao sao todos os voos nao. Consultei Ida 14.11 e volta 26.11 e nos dois voos BSB-MIA-BSB sera usado o 767…

  • E Newark nada até agora?

  • daniela

    A Cia aérea paga hotel (para que não está em sua própria cidade) e eles remarcam as passagens inclusive preenchendo os assentos de outras cias aéreas. Todos os passageiros são realocados. (em tese). Para quem entrar com ação pedindo indenização pelo fato de ter perdido algum evento importante (motivo da viagem) não ganhará, vez que há o respaldo justificável para o cancelamento do vôo.

  • daniela

    Pode dar overbooking no seu voo em razão da realocação dos passageiros que tiveram seus vôos cancelados.

    • Said

      Mas em caso de overbooking, quem tem prioridade são os passageiros que já estavam marcados correto? E novamente, acham que esse voo decola? Existem riscos de ir nessa data quanto ao pouso em nyc?

  • mariana ribeiro

    Nao tem direito nenhum, a resposta das cias areas e' que elas nao sao responsaveis pelo tempo, tudo que for weather-related delay voce nao recebe nada.

  • RABUGENTO (@RABUGENT

    Desculpem-me a brincadeira mas esse furacão é político. Já causou até apagões…

  • Carolina

    oi Juliana! tb vou embarcar amanha dia 30 pra NYC só q no voo da Delta , será que amanha o JFK reabre?? só vou passar 4 noites, se cancelar nem sei se vale mais a pena ir!

  • RABUGENTO (@RABUGENT

    Pessoal está tranquilo em NY http://new.livestream.com/breakinglivenowdirect/s

  • Eduardo BT

    UA 860 de hoje 23:05 cancelado.

    Problema que o status só aparece no Flightaware.com e no site da United.

    Como comprei o bilhete na TAM e a mesma "ainda não foi oficialmente comunicada" não posso remarcar nem fazer nada.

    Queriam que eu fosse pra GRU hoje a tarde ficar lá até não se sabe quando para embarcar.

    A própria United de manhã já remarcava gratuitamente mas não o podia fazer porque o bilhete era TAM.

  • sdb

    As Companhias Americanas nao pagam e nao reembolsam nada , as Europeias sao obrigadas a pagar / reembolsar .

  • Rafael

    Estou em NY e apesar do metro e Bus nao estarem funcionando e algumas lojas estarem fechadas, esta tudo quase normal por aqui. Eh ate meio ridiculo o jeito que os americanos noticiam as coisas. Realmente os ventos estao fortes para fechar aeroportos, mas nao eh um novo Kathrina. Ventos MUITO inferiores aos que acontecem no Sul do Brasil, e o Rio Hudson subiu 1,5m. Nada comparado as enchentes frequentes em SP Capital. Nao sei se sao eles que sao muito apavorados ou nos que somos tao abandonados pelo governo, que nao notifica intensamente a populacao. Ontem, antes do vento comecar, ja tinham milhares de abrigos prontos; com colchonetes, comida e cobertor dobradinhos um do lado do outro. rsrsrs Igual acontece no nosso pais. Um abraco a todos.

  • Frederico K. Chagas

    CARA, na boa, eu chegaria CEDÃO no dia do seu voo, se fosse você. Como a menina falou, vai ter gente pra caramba, a chance de overbooking é de uns… 100%.

    Chega cedo.

  • Frederico K. Chagas

    idem para o comentário acima. CHEGAR CEDO. Overbooking muito provável.

  • Frederico K. Chagas

    Meninas, cheguem CEDO ao aeroporto. OVERBOOKING. (E não acho que existam algum motivo para risinhos não. Mas tem sempre um bobo a postos. Vergonha alheia.)

  • Thiago Cavalcante

    As companhias extrangeiras são obrigadas a obedecer a resolução da Anac? E se eu estiver aguardando meu voo de retorno ao Brasil, essa orbigatoriedade existe??

  • Camila Moraes

    Tenho um voo marcado para NY dia 02/11, gostaria de não ir mais, pois acredito q a cidade esteja devastada. Alguém sabe me dizer?

  • André Teles

    Obrigado!

  • André Teles

    Rapaz, a lista de encomendas já está grande! rsrsrs!

  • Diones Reis

    A ANAC vai dar assistência pra quem teve problemas com o furacão? É sério?

    É alguma pegadinha do mallandro?

    Eles não dão nenhuma assistencia quando voô atrasa no Brasil, imagina dar assistência no exterior.

    Ou seja, mais uma ocorrência que o cabidão não vai ajudar em nada!

  • Luciano Rego

    A cidade não estará devastada. NY sabe se preparar e a ilha de Manhattan tem uma estrutura muito boa. Talvez você possa ser prejudicada quanto ao metrô ou ônibus, mas as atrações de NY estarão todas funcionando.

  • Eduardo BT

    A TAM É MESMO MUITO RUIM!

    Mesmo o vôo tendo sido cancelado a TAM disse que só remarca o voo da ida, o da volta não.

    Ora, como posso voar para Washington dia 05/11 e voltar no mesmo dia 05/11?

    Todas as companhias aéreas tentam resolver, a TAM só tenta nos ferrar!!!!

  • Denise

    Boa tarde Rafael. Como está a cidade agora? Tenho um voo marcado para NY no dia 3.11(sábado). Não vi notícias sobre as estradas. É possível viajar de carro saindo de NY ou as estradas também estão danificadas/fechadas? Muito obrigada pela informação. Preciso decidir se cancelo ou não a viagem. Abraços, Denise

  • Eric

    há informações no site da american airlines sobre vôos com data de 26 a 31 deste mês.

  • Daniel Bazetto

    Nossa não gosto nem de imaginar o transtorno, vou pra Cuba em Dezembro por onde o Furacão também passou.

  • Winsley

    O buraco é mais embaixo. Eu estava la e no dia 01/11 tinha voo LGA-IAD-GRU as 19:30, desde 30/10 fiquei ligando para United para reagendar e eles sempre pedindo para ligar somente com 24 hs antes. No final consegui falar dia 1/11 as 06:00 e claro não tinha voos. Tentei de todo jeito que a United cortasse a 1a. perna do meu voo LGA-IAD e eu iria de carro para IAD as minhas custas, nao fazeram de jeito nenhum, mesmo com LGA ALAGADO, fingers tortos pelo vento e o pior o carro alugado que eu deveria devolver em LGA nao poderia entrar em NY pois a policia IMPEDIA carros com menos de 3 pessoas (nao importa o motivo) de entrarem na cidade. Como meu bilhete era emitido pela TAM (pontos) e a United se recusava a marcar os voos como cancelados (apesar de estarem) a TAM nao via como cancelado e nao endossava meu bilhete para outros voos, apenas me ofereceu voos TAM JFK-GRU no dia 07/11 (1 semana) ou MIA-GRU para 3/11, que acabei optando e claro tive de dirigir ate MIA (2.100 KM) as minhas custas para chegar ao Brasil em 4/11. Ridiculo, fica o alerta para aqueles que emitem bilhetes entre companias, na hora do aperto NINGUEM te ajudara.

  • Winsley

    Luciano, NY ainda esta com problemas, sugiro a quem pode evitar por alguns dias. Muitos locais ainda NAO tem energia.

  • Winsley

    Thiago, nao se iluda, eu passei por esta situacao, na hora do aperto ninguem ajuda e vc tem de se virar sozinho.

  • Winsley

    Eduardo

    Passei por isso e nao consegui a remarcacao da United, meu voo era 1/11 LGA-IAD-GRU, nem cancelar a perna LGA-IAD fizeram, no final meu bilhete TAM virou MIA-GRU e claro ate MIA a meu custo.