Azul assina acordo para adquirir nova empresa com ativos da Avianca Brasil

Por Leonardo Cassol

A Azul acaba de informar que assinou uma proposta não-vinculante no valor de US$ 105 milhões (quase R$ 400 milhões) para a aquisição de certos ativos da Avianca Brasil, por meio de uma Unidade Produtiva Isolada (UPI), de acordo com a Lei de Falências e Recuperação Judicial. A UPI incluirá ativos selecionados pela Azul como o certificado de operador aéreo da Avianca Brasil, 70 pares de slots e aproximadamente 30 aeronaves Airbus A320.

No comunicado, a empresa destaca que o acordo é não-vinculante e que o processo de aquisição da UPI está sujeito à uma série de condições como a conclusão de um processo de diligência, a aprovação de órgãos reguladores e credores, assim como a conclusão do processo de Recuperação Judicial. A expectativa é que esse processo dure cerca de três meses.

A Azul informou que divulgará novas informações relevantes a respeito desta transação assim que estiverem disponíveis.