Avaliação da Saudia

Redação 24 · abril · 2018
Econômica
MXP - RUH
SV 210
Airbus A320
15/01/18

Embarque

Previsto: 10:20h
Efetivo: 16:00h

Partida

Previsto: 11:00h
Efetivo: 16:57h

Chegada

Previsto: 18:30h
Efetivo: 23:59h

A Saudia – antiga Saudi Arabian Airlines – é a principal companhia aérea da Arábia Saudita e voa para 90 destinos domésticos e internacionais com uma frota de 196 aviões. Com bases em Jeddah, Dammam, Medina e Riade, a companhia tem destinos no Oriente Médio, África, Ásia, Europa e América do Norte. Nossa leitora Izadora Barreto, autora da página Pronde Cês Vão, experimentou os serviços da empresa em um voo de Milão para Manila, com conexão em Riade. Acompanhe seu rico relato e saiba um pouco mais dessa companhia, que reflete em muitos aspectos a cultura de seu país.

Somos um casal apaixonado por viagens. Saímos do Brasil em novembro de 2017 em busca de conhecer um melhor local para se viver com segurança e bom custo benefício para moradia, alimentação e lazer. Nosso primeiro destino em novembro foi a Europa, mas como um casal que ama viajar, antes de sair pelo mundo sem compromisso, já havíamos realizado vários sonhos, como Rússia, Coreia do Sul, Estônia, Finlândia, Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Chile, dentre outros. No momento estamos nas Filipinas, continente asiático, e vamos realizar várias outras viagens por aqui.

Quando decidimos comprar um par de passagens para as Filipinas, em janeiro dese ano, estávamos fazendo um tour pela Europa, há 2 meses e meio viajando entre os países de trem, com quatro malas grandes e pesadas, mais duas mochilas para um casal. Toda essa bagagem é porque ficaremos um bom tempo longe do Brasil, passando uma temporada em lugares muito frios e outra em lugares muito quentes.

Decisão de comprar as passagens pela Saudia

Quando começamos a pesquisar passagens para as Filipinas, nos deparamos com limitações de bagagens, pois na Europa você encontra vários voos promocionais, com preços bem atrativos para diversos países muito interessantes, mas, em geral, você pode ter apenas a mala de mão. Para despachar bagagens é cobrado a parte e o valor é alto.

O voo com a Saudia estava com o melhor custo benefício na pesquisa, porque nos possibilitava despachar as bagagens. Então entramos no site da Saudia e compramos as passagens com três semanas de antecedência. As passagens nos permitiam despachar duas malas de 23kg por pessoa, mais uma bagagem de mão, com especificações de medidas.

Foi a nossa primeira viagem para as Filipinas e também a primeira vez voando com a Saudia.

Inicialmente ficamos apreensivos pelos tamanhos e pesos das bagagens e nos preocupamos em atender as exigências. Por isso, até trocamos uma de nossas malas durante a viagem na Europa, porque superava um pouco as medidas exigidas pela companhia. Verificamos os dados sobre os tamanhos das bagagens no próprio site da Saudia.

Utilizamos o site na versão em inglês e não tivemos problema. Pagamos com cartão de crédito de fora do Brasil, caso você vá pagar com cartão brasileiro, terá a despesa com o IOF. Não existe possibilidade de parcelamento.

Check-in

7

Devido a alguns contratempos que ocorreram para pegar o ônibus que sai do centro de Milão para o aeroporto, chegamos para fazer o check-in faltando 2 horas para o voo, sendo que planejávamos chegar com pelo menos 3 horas, já que para voos internacionais no Brasil, é exigida essa antecedência e se você chega a 1h30 do embarque, pode ser que o check-in já esteja fechado.

Paramos no terminal 1, de embarques internacionais. O aeroporto não tem a melhor sinalização, perdemos 10 minutos para encontrarmos o check-in da Saudia. Encontramos através do número do corredor que ficava na tela onde tem as informações de voos e, em seguida, na sinalização interna do aeroporto, que nos guiou até a nossa seção de check-in.

Com tudo isso, ficamos bem preocupados, com medo de não dar tempo de realizar o check-in e perder o voo. Não enfrentamos fila, o guichê estava vazio e a atendente da Saudia nos informou que o check-in fecha com 50 minutos para o voo, o que nos tranquilizou. Deu tudo certo, a atendente foi muito simpática, 3 das 4 malas despachadas ultrapassaram um pouco o peso, mas nada que nos gerasse algum transtorno.

A Saudia oferece um cartão de plástico rígido com espaço para você inserir seus dados pessoais e anexar a bagagem, para caso ocorra algum extravio. Fizemos uso desse cartão, que preenchemos no momento do check-in e podemos reutilizá-lo em outras viagens, pois é um cartão de material resistente.

O aeroporto tinha internet, mas não funcionava bem. Perguntamos no balcão de informações onde era a sala VIP Diners Club e a atendente nos informou que não tinha essa sala nesse aeroporto, mas acabamos a encontrando.

Fomos aguardar pelo embarque na sala VIP e quando se aproximou do horário previsto do voo, 11:00, voltamos para o portão marcado.

Embarque

Ao retornar da área VIP, vimos que o voo não sairia no horário programado, mas ninguém nos avisou e o horário na tela não tinha alterado, só ficamos aguardando e não chamavam para o embarque. Então conversamos com a atendente da Saudia que nos informou que ainda não tinha uma previsão definida, que estavam com um problema técnico e que ainda não fazia ideia do horário de embarque. Nos informou também que entraria em contato conosco na área VIP para nos avisar sobre a previsão de embarque definitiva.

Então voltamos para a sala VIP e assim aconteceu, aguardamos o tempo de atraso do voo e fomos comunicados da “previsão final” de embarque, que seria às 16:00, porém, este acabou acontecendo às 16:35. Com isso, aguardamos em cadeiras desconfortáveis e sem internet (desnecessariamente) por mais 30 minutos. Por curiosidade perguntei na área VIP se a Saudia tinha o costume de atrasar e nos informaram que não, sendo algo excepcional.

Nesse ponto, acho que a Saudia poderia ter nos dado mais informações sobre o atraso, mas não nos comunicaram e o horário nas telas de informações do voo não foram alterados mesmo após as 11h. Foi alterado bem depois, por isso tivemos que entrar e sair da sala VIP (que fica acerca de 10 min. de caminhada) mais de uma vez.

Estava programado de aguardar 7 horas em conexão em Riade, mas devido a esse atraso do primeiro voo, aguardamos mais em Malpensa (Milão) do que no Rei Khalid (Riade).

Cabine

10

O primeiro avião, de Milão para Riade, foi um A320, já com alguns anos de uso, porém, bem conservado e o segundo, de Riade para Manila, foi um Boeing 787 Dreamliner, muito mais novo.

Ambos eram espaçosos e confortáveis, bem acima da média das companhias que estamos habituados. Uma pessoa alta com 1,80 metro se senta confortavelmente na área econômica e tinha apoio para os pés.

Entretenimento

10

Foi oferecido fone de ouvido em ambos os voos. Dentro do avião tem espaço reservado para oração e antes da decolagem tem oração muçulmana em tela com o som em árabe e legenda em inglês, que vocês podem assistir aqui.

O primeiro voo não tinha tela individual por poltrona, eram apenas telas superiores, mas no segundo já tinha as telas individuais, com opções de filmes e jogos on-demand e status do voo.

Nas poltronas também ficam à disposição uma revista em árabe, com pouco conteúdo em inglês e saquinho para uso em caso de náusea.

Após o jantar do segundo voo, foi oferecida uma necessaire com tapa olhos, meia, escova e pasta de dente e um sachê de lenço umedecido.

O cobertor oferecido foi o melhor que já vi na área econômica de avião, um cobria as 3 poltronas e ainda sobrava, bem grande e não é tão fino como normalmente costuma ser.

O cobertor do segundo voo também era grande, mas era mais bonito, colorido, parecia item de decoração de poltronas.

Serviço de bordo

7

O primeiro jantar foi carne com massa, como prato principal, acompanhado com salada, pão, manteiga, água e sobremesa. Após o jantar passaram servindo café e, posteriormente, balas. Não tinha opção de outra bebida para acompanhar, apenas a água. Junto com o jantar, vieram os talheres de boa qualidade, guardanapos, sachê de sal e pimenta e lenço umedecido para limpar as mãos.

Já no segundo voo foram duas opções de refeição, uma delas foi filé de peixe com arroz temperado, salada, pão, molho para salada, água novamente e uma sobremesa de chocolate, melhor que a primeira.

O café da manhã foi omelete e batata e dava para reconhecer champignons e pimentão embaixo da omelete. O aspecto não era bom, mas estava comível. Salada de frutas em saquinho, pão, manteiga, geleia, suco e água.

Comissários e equipe de solo

10

Ao entrar no primeiro avião me deparei com uma equipe sorridente, simpática e prestativa e tudo ocorreu muito bem. Isso só se confirmou no segundo voo, quando estava com um remédio na mão e uma das comissárias logo me perguntou se eu aceitava água para tomá-lo, antes do término do embarque. Fiquei surpresa com sua pro-atividade, gentileza e agilidade.

Pude perceber que isso era algo normal. Nós brasileiros, que normalmente viajamos na área econômica, com outras companhias que não prestam um bom serviço, é que estamos acostumados a não sermos tratados como “clientes” devem ser.

Programa de fidelidade

5

A companhia tem o programa Al Fursan Loyalty e é parte da aliança global SkyTeam, o que oferece a possibilidade de pontuar em diversos programas de fidelidade, mas em nenhuma companhia aérea do Brasil.

Nota final

8,1

No aeroporto de Riade – Aeroporto Internacional Rei Khalid

Ao chegar no aeroporto de Riade ficamos um pouco perdidos sobre qual direção tomar para a conexão, pois não tinha sinalização para isso. Tivemos que descer um vão de escadas, sem saber se estávamos corretos, passar em um local, para, posteriormente voltar por esse mesmo local e realizar o controle de segurança nas máquinas de raio-x. Depois disso ficamos liberados para a conexão no aeroporto.

Após terminar os procedimentos da conexão, voltamos para o vão superior e fomos para a área VIP. No caminho me deparei com uma mulher aos berros com os cabelos descobertos e o rosto coberto e um tanto de gente em sua volta. Não fazia ideia do que estava acontecendo, fiquei preocupada, mas sem nada o que fazer, a não ser passar sem observar muita coisa para ser mais discreta.

Observamos que na área VIP só tinha homens trabalhando e a maioria não parecia ser de origem Árabe, mas sim asiáticos, ao contrário da área VIP de Milão, que tinham apenas mulheres trabalhando.

Um aspecto interessante de viajar pela Saudia, foi que mesmo não saindo do aeroporto na Arábia Saudita, para conhecer o país (ainda não existe visto para turismo), tive contato com a cultura do país e da companhia aérea, pois as comissárias usam uniformes elegantes, uma boina com véu, mesmo não sendo muçulmanas ou de origem árabe. Conversei com uma comissária e me informou que era filipina.

No aeroporto também tinham salas especiais para orações muçulmanas com separação por sexo e grandes redes de restaurantes internacionais com o nome escrito em árabe nos letreiros.

A comida da sala VIP em Riade era árabe, tinha quibe, pão sírio, húmus e outras comidas típicas da região, não servia bebida alcoólica porque é proibido no país, dentre outros aspectos, tais como os nativos dentro do aeroporto, as mulheres vestidas conforme suas crenças e religiões, utilizando Niqab, Shayla ou Hiyab. A maioria com Niqab, corpo e cabeça cobertos, com apenas os olhos descobertos, mas sem a tela nos olhos.

Desembarque final

O desembarque final foi no Aeroporto Internacional Ninoy Aquino, em Manila, Filipinas, e tudo ocorreu tranquilamente. É um aeroporto pequeno e simples e a sinalização não é boa.

 Tem internet no aeroporto, mas funciona mal.

Para quem está acostumado com o inglês americano ou britânico, o inglês dos filipinos é difícil de entender. Muitas vezes eles misturam com o filipino, falam baixo, de forma tímida e costumam montar as frases como se pensa em filipino, não como o inglês correto.

Logo que se sai da sala de desembarque, há algumas pessoas oferecendo serviços de transportes e outras esperando por alguém com aquelas plaquinhas com o nome, mas são somente pessoas autorizadas.

Se você precisa encontrar por alguém que não tem uma autorização especial, essa pessoa fica fora do aeroporto, atrás de uma grade, do outro lado da rua, e é difícil de descobrir onde fica esse local.

Como os filipinos são muito sorridentes e prestativos, apesar do aeroporto não ter uma boa sinalização, você pode chegar aos funcionários do aeroporto e perguntar, pois em geral são muito receptivos.

Dicas

Para as mulheres que fizerem conexão no aeroporto de Riade, ou em outro aeroporto da Arábia Saudita ou de outro país que a religião predominante seja muçulmana, e não quiserem ser o ponto de atração principal de todos no aeroporto, indico se vestirem com roupas nada sinuosas, de preferência com calças e blusas mais soltas, de preferência tampando o quadril e o colo.

Como nos aeroportos dessas regiões transitam muitos nativos, por consequência quase 100% das mulheres estarão vestidas com tudo tampado, portanto, se você estiver vestida como de costume, é bem provável que chame muita atenção e que os nativos que estiverem no aeroporto fiquem te olhando o tempo todo.

Para o público em geral, caso esteja chegando de avião em Riade durante a noite, aproveite a vista da janela do avião, pois é linda, a cidade é muito grande e plana e fica tudo iluminado parecendo uma maquete.

Conclusão

As passagens não estavam com preços promocionais, era o preço normal praticado pela Saudia, mas para nós que estávamos com muitas bagagens, valeu muito a pena e não nos arrependemos.

Nossa expectativa quanto ao voo com a Saudia não era alta, devido à avaliação que lemos de outro usuário, que não teve uma experiência boa, mas, de forma geral, tudo ocorreu muito bem quanto ao atendimento.

Os únicos pontos negativos foram o atraso e a falta de comunicação sobre ele, mas como a conexão no outro aeroporto seria longa, não fomos muito lesados por isso.

A comida não foi ruim, mas poderia ser um pouco melhor e oferecer outros tipos de bebidas, como refrigerante e não somente água ou suco, como ocorreu.

Viajaria com ela novamente sem sombra de dúvidas.

Agradecemos à Izadora pelo relato! Também quer ver a sua avaliação publicada no Melhores Destinos? Peça as instruções, capriche no texto e nas fotos e mande para a gente: avaliacao@melhoresdestinos.com.br

  • Rodrigo Rodrigues

    “Perguntamos no balcão de informações onde era a sala VIP Diners Club e a atendente nos informou que não tinha essa sala nesse aeroporto, ”

    Lembrando que a diners não tem sala própria então ela não esta errada rs, é só parceria

  • Ernesto Lippmann

    Obrigado pelo FR muito legal!!! Agora só falta contar um pouco das Filipinas é um destino que tenho grande curisidade em conhecer.

    • Izadora Barreto

      Olá, fico feliz que tenha gostado! Acompanhe a página Pronde Cês Vão pelo Instagram e Facebook que costumo comentar sobre a cultura local, custo de alimentação, transporte, dentre outros aspectos, tanto das Filipinas, como de outras regiões que visito. Costumo postar algumas informações no Stories também. Filipinas são um destino mais exótico e aventureiro e com o custo de muitas coisas muito mais barato que no Brasil (vestuário, serviços, etc) e outras bem mais caras (carnes, vegetais, etc).

      • Ernesto Lippmann

        Vou seguir voces no face, obrigado pela resposta, e boas viagens,.

  • Flavio

    Complemento sobre o programa de fidelidade:
    Voando Saudia vc pode acumular em algumas cias da Skyteam que também tem parceria com a Gol sendo possível emitir bilhete para voos dentro do Brasil, são elas: Aerolineas Argentinas, Delta, AirFrance e KLM.

    • Izadora Barreto

      Olá, muito obrigada pela informação! Um ponto muito importante a ser analisado, que não podemos deixar passar, pois pode trazer oportunidades de mais viagens.

  • Thiago Mourthé

    Excelente relato. Só uma dúvida: nenhum tipo de visto de trânsito necessário?

    • Fernando

      Tenho a mesma indagação.

    • Fernando Barreto

      Olá, não é necessário nenhum visto, porém não se pode sair do aeroporto.

      • marcelo

        E se quiser sair,ir para um hotel, conhecer,pode?

  • Fabio

    Recuso-me a viajar em uma empresa que nao serve birita.

    • Izadora Barreto

      Uma bebida no voo as vezes ajuda a relaxar e dormir melhor, mas se a diferença de preço é relevante, há momentos que vale a pena pegar um voo mais barato, mesmo que seja sem bebidas. Tem que medir o que será mais relevante. Nesse voo pude vivenciar uma cultura diferente.

      • Fabio

        Isso vai depender da importancia do goroh na sua vida. Na minha ele ocupa uma posicao de destaque. : )

  • Kalynara

    Na verdade, o Visto a turismo já pode ser emitido desde o início de abril, inclusive, brasileiros com cidadania italiana podem emití-lo on line com a ressalva de que mulheres abaixo de 25 anos não podem viajar sozinhas e acima desta idade, sozinha, só com agência de turismo.

    • Marcio Santos

      Surpreso com isso, passei 3 meses ano passado na Arabia Saudita. Certamente o pais ira se abrir em breve.