Avaliação da Rossiya Airlines

Redação 6 · março · 2018
Econômica
LED - KUF
SU 6331
A319
19/11/2017

Embarque

Previsto: 15:20h
Efetivo: 15:20h

Partida

Previsto: 16:00h
Efetivo: 16:00h

Chegada

Previsto: 19:20h
Efetivo: 19:20h

A Rossiya Airlines é uma das subsidiárias da estatal Aeroflot e também a segunda maior companhia aérea da Rússia. Fundada em 1932 com o nome de “Pulkovo Airlines”, atualmente a empresa possui uma frota de 61 aeronaves e voa para mais de 80 destinos. Com hubs em Moscou e São Petersburgo, a companhia certamente desempenhará um papel importante durante o Mundial 2018, levando os turistas às principais metrópoles russas. Nosso leitor Daniel Fernandes foi conferir os serviços da Rossyia Airlines e nos enviou um relato, confira: 

Vou contar um pouco sobre a experiência que tive recentemente ao voar com a Rossiya Airlines em um voo doméstico na Rússia. Resolvi relatar a experiência aqui, pois assim que percebi que o voo seria operado pela Rossiya fui pesquisar no MD e não encontrei nenhuma avaliação desta companhia.

Inicialmente, minha viagem para Rússia era para ser apenas para Samara, porém, duas semanas antes de embarcar, ainda no Brasil, surgiu a necessidade de passar uns dias em São Petersburgo. O relato abaixo é sobre o trecho de volta (São Petersburgo – Samara), porém, podem considerar a mesma avaliação para o voo de ida pois foram muito semelhantes.

Compra

Quando soube que precisaria fazer este deslocamento confesso que não passei muito tempo pesquisando, assim que vi que a Aeroflot era o melhor preço, voos diretos e horários bons, fui direto no site da empresa (em inglês) e efetuei a compra pagando com cartão de crédito como qualquer outra compra feita pela internet. Comprei a tarifa mais baixa disponível e tinha direito de despachar uma bagagem de até 23kg, sem custo adicional. Em poucos minutos recebi o email com a reserva e a confirmação de pagamento. Foi neste momento que percebi que o voo seria operado pela Rossiya e não pela Aeroflot.

Check-in

10

O check-in online estava disponível 24 horas antes do voo. Fiz direto no site da Aeroflot (assim não posso avaliar o site da Rossiya) umas 20 horas antes e foi bem simples. Foi possível escolher o assento e ainda havia muitos lugares disponíveis.

Cheguei no aeroporto com 3 horas de antecedência. Como de praxe nos aeroportos da Rússia (pelo menos nos que conheço) você e sua bagagem já passam por um controle (raio-X) na entrada do aeroporto. O que não significa a isenção de passar pelo habitual controle para entrar na sala de embarque.

Assim que entrei no aeroporto já vi um painel mostrando o guichê para check-in e despacho de bagagem para cada voo.

Como tinha que despachar uma mala, fui ao balcão e fui atendido prontamente. Após, fui para sala de embarque que achei com poucos bancos perto dos portões.

O embarque começou no horário previsto e foi muito rápido. Assim que anunciaram mal deu tempo de formar a fila. Na entrada da aeronave foi solicitado para mostrar o cartão de embarque novamente.

Cabine

8

O avião foi um A319 com 10 anos em operação.

As poltronas não pareciam muito novas, porém pode se dizer que estavam relativamente bem conservadas. Eram em couro e não possuíam regulagem no apoio de cabeça. Não havia pontos de energia (tomada ou USB) nos assentos.

A regulagem de inclinação do encosto era conforme o padrão em geral. O espaço entre as fileiras achei um pouco menor do que estamos acostumados no Brasil, porém pode ser apenas impressão.

Para mim que tenho 1,77m não chegou a ser um problema, mas acredito que uma pessoa um pouco mais alta teria um pouco mais de dificuldade.

A limpeza pareceu bem apropriada.

Entretenimento

6

Não havia entretenimento com exceção da revista da companhia.

Em russo, obviamente.

Apenas algumas páginas no fim resumiam o conteúdo em inglês.

Serviço de bordo

9

Por volta de 30 minutos após a decolagem foi servido o snack (uma espécie de bolinho). Dois por embalagem. Um deles com uva passa ou algo do tipo e outro com uma calda de cereja no recheio.

Mesmo não sendo muito fã desse tipo de comida, achei bom. Para beber podia escolher água, suco, chá, café ou refrigerante. Junto com a refeição foi distribuído um lenço umedecido.

Em geral achei bom para um voo de curta duração.

Comissários e equipe de solo

9

Com exceção da funcionária do check-in no voo de ida (Samara-São Petersburgo), todos falavam inglês.

Os anúncios tanto no aeroporto como no avião eram feitos também em inglês.

Achei os funcionários bem práticos e eficientes.

Programa de fidelidade

6

Tive as milhas creditadas no programa Flying blue.

215 milhas por trecho.

Nota final

8,0

Chegamos a Samara às 19h05, 15 minutos antes do previsto. Por mais que houvesse fingers disponíveis, tivemos que pegar o ônibus para ir até o terminal. O aeroporto de Samara é bem novo e agradável. Uns 5 minutos após chegarmos na esteira as malas já começaram a vir.

Em São Petersburgo, como falei acima, achei que faltavam bancos perto dos portões. Porém tinham umas portas de embarque no piso inferior que não estavam sendo usadas, fiquei lá um bom tempo esperando o horário do meu voo. Assim, indico como um lugar muito calmo e bom para quem gosta de aviões, pois você fica no nível do solo e relativamente próximo das aeronaves.

Os dois aeroportos possuem wifi disponível e boas opções para refeição, obviamente que São Petersburgo é mais variado, inclusive na sala de embarque.

Recomendo voar pela companhia. Pontualidade muito boa. Atendimento prático e eficiente. Voaria novamente sem pensar duas vezes.


Agradecemos ao Daniel pelo relato! Quer ver a sua avaliação publicada no Melhores Destinos? Solicite as instruções, capriche no texto e nas fotos e mande para a gente: avaliacao@melhoresdestinos.com.br