Avaliação da KLM

Thayana Alvarenga 26 · junho · 2018
Economy Comfort
AMS - GRU
791
Boeing 777-200
30/04/2018

Embarque

Previsto: 9:29h
Efetivo: 9:29h

Partida

Previsto: 10:10h
Efetivo: 10:40h

Chegada

Previsto: 17:10h
Efetivo: 17:19h

A KLM vem investindo pesado na modernização de sua frota, trazendo ao Brasil aeronaves Boeing 777 com o interior completamente renovado, além do moderno B787 Dreamliner. O Melhores Destinos esteve em Amsterdã e conta nesta avaliação exclusiva como é voar na Economy Comfort com destino ao Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos)!

Sobre a KLM

A Royal Dutch Airlines – KLM – é uma empresa de origem holandesa, fundada em 1919. Ela faz parte do grupo Air France–KLM e é membro da aliança global Skyteam. Seu principal centro de operações é no eficiente aeroporto de Schiphol, em Amsterdã. A KLM tem mais de 200 aeronaves e voa para quase 100 destinos no mundo. No Brasil, atualmente, possui voos diários ligando São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza à Europa, bem como um acordo comercial com a GOL, que conecta os principais aeroportos brasileiros com os voos da KLM.

Destaques positivos: comissários e sistema de entretenimento

O que pode melhorar: ausência de Wi-fi

Check-in

8,0

O check-in é liberado 30 horas antes do voo pelo site, aplicativo ou totens do aeroporto. Como eu não tinha mala para despachar, fiz diretamente no totem para evitar muita espera. E felizmente. Isso porque a fila para despacho de bagagens no guichê estava incrivelmente grande.

Escolhi o assento 12K (janela), que já havia sido marcado no ato da reserva e foi confirmado por mim no check-in. Cartão de embarque em mãos, sem nenhum problema, segui para o embarque.

Raios-x e controle de passaportes:

A fila dos raios-x também estava bastante grande, mas tudo ocorreu rapidamente. Os funcionários estavam conduzindo todo o procedimento muito bem, porque era notável a agilidade nas filas. Bastava colocar a bagagem de mão na bandeja e seguir para o scanner. A agente perguntou de qual país eu sou e arriscou um “bom dia, tudo bem?”. Achei simpática.

No controle de passaportes, os guichês eram divididos por membros da União Europeia, Estados Unidos e Ásia, e outros para os demais países. Entrei na fila, que não demorou muito, e o agente gentilmente perguntou para onde eu ia. Quando respondi São Paulo, ele disse para eu ter um bom dia (em português!) e carimbou meu passaporte sem demorar muito.

Embarque

O embarque foi iniciado pontualmente às 9h29 e realizado tranquilamente. As filas seguiam rapidamente, mesmo com apenas duas atendentes. Muito bom! Eu estava com uma jaqueta da Holanda e, logo que entrei na aeronave, o comissário que estava na porta brincou comigo falando que a jaqueta era muito bonita e perguntou se participei do King’s Day – o maior feriado do país. Seguindo para o meu assento, outro comissário também elogiou a roupa, de maneira super gentil. Ponto positivo para a KLM, todo mundo muito simpático e receptivo.

Cabine

8,0

A cabine do Boeing 777-200 é configurada em assentos 3-4-3 na classe Economy Comfort. O espaço entre as pernas é realmente interessante: são 10 cm a mais. Para se ter uma noção mais real, é possível cruzar e descruzar as pernas tranquilamente no espaço. Além de tudo, eu estava sentada na janela e o assento do meio estava vago, o que também aumentou a sensação de espaço e conforto a bordo.

As poltronas são em tecido e finas e leves, com tons de azul – cores da companhia aérea. Elas reclinam duas vezes mais que a Classe Econômica convencional. O encosto de cabeça, com acabamento em couro, também pode ser ajustado de acordo com a altura desejada, o que é bastante útil para descansar.

A aeronave tem capacidade para 318 passageiros, sendo 34 na Classe Executiva, 40 na Economy Comfort e 242 na Classe Econômica.

Entretenimento

8,0

Pontualmente às 10h10, o piloto anunciou que iria decolar e deu as boas vindas aos passageiros. Na sequência, uma comissária passou oferecendo fones de ouvido. Apesar disso, somente cerca de 30 minutos depois a aeronave decolou.

O sistema de entretenimento individual é bastante eficiente, principalmente porque está disponível em vários idiomas, entre eles português, espanhol, francês, alemão, holandês e italiano. As telas contam com entrada USB em que é possível recarregar a bateria do celular, além de opções para acompanhar o trajeto do voo. Músicas, filmes, jogos, entre outras opções, também estão disponíveis. No alto da tela, aparece o tempo estimado até o destino.

Internet a bordo

O serviço de Wi-Fi não está disponível nas aeronaves B777-200. Atualmente, é possível utilizar a internet a bordo de todos os novos B787 Dreamliner e em apenas um B777-300. Uma alternativa de distração era ler as revistas Holland Herald e a Sky High – ambas produzidas pela KLM, disponíveis na poltrona à frente.

Serviço de bordo

8,0

Os passageiros que voam na classe Economy Comfort recebem uma manta e um travesseiro, que já estavam disponíveis no assento ao entrar na aeronave. Isso ajuda no conforto, afinal, foram algo em torno de 12 horas de voo até São Paulo.

Cerca de 30 minutos depois, os comissários distribuíram toalhas quentes para a assepsia das mãos e na sequência o serviço de bordo foi iniciado. Foi servido um pacotinho com nozes e castanhas, além da bebida. Eu acabei optando por água tônica, porém entre as opções havia também outros refrigerantes, sucos e água  com ou sem gás.

Algo que achei criativo foi o fato de os talheres e copos serem personalizados com imagens de tulipas e bicicletas, que representam Amsterdã, hub da KLM.

O almoço foi servido cerca de 1h após a decolagem. As opções eram frango ou massa. Fiquei com a segunda opção. O macarrão era tipo penne, com molho branco, queijo, ervilhas e champignons. Estava bom. Havia também uma saladinha com pepino, cenoura, cebola, azeitonas e tomates que tinha um sabor de molho rosé levemente picante – eu particularmente adoro.

O prato acompanhou, também, um pãozinho e uma caixa com bolachas salgadas, um queijo holandês gourmet e manteiga. Recheei meu pão com o queijo e achei incrivelmente saboroso. De sobremesa havia um mousse de caramelo feito com bolachas que lembra bastante o tradicional pavê. Por fim, uma garrafinha de água veio junto à bandeja. Achei isso ótimo, afinal, água deveria ser obrigatório nos serviços de bordo, sem a necessidade de solicitar.

Ao término do almoço, os comissários passaram servindo mais uma rodada de bebidas, desta vez com cafés, cerveja Heineken e vinhos. O serviço de bordo da Economy Comfort é o mesmo oferecido na Econômica convencional. Achei tudo simples, porém gostoso. Um adendo: a bandeja parecia pequena para o tanto de itens que havia nela.

Faltando cerca de uma hora e meia para o pouso em Guarulhos, as luzes foram acesas e foi iniciado o lanche. Começando pelas bebidas, as opções eram suco, refrigerante, cerveja Heineken ou vinho. Para comer, não havia alternativas. Era apenas uma para todos: pizza e uma salada parecida com a do almoço, porém ao molho pesto. De sobremesa, um mousse de capuccino com creme. Novamente uma garrafa de água veio na bandeja. Ao contrário do almoço, que foi bastante interessante, esta última refeição não surpreendeu tanto.

Comissários e equipe de solo

9,0

Já citei anteriormente, porém vale a pena ressaltar: todos os funcionários da KLM foram extremamente gentis. Os comissários faziam de tudo para agradar, oferecendo bebidas extras e perguntando se a comida estava boa. Gostei bastante. Sem dúvida, um dos principais pontos positivos de voar com a companhia holandesa.

Programa de fidelidade

9,0

A KLM, juntamente com a Air France utilizam o Flying Blue como programa de fidelidade. A empresa faz parte da aliança global Skyteam, onde oferece benefícios e parcerias em conjunto com empresas como Air France, Aerolineas Argentinas, Aeromexico, Air Europa, Alitalia, Delta, Korean, entre outras.

Quem tiver status Elite ou Elite Plus em alguma das empresas da Skyteam, pode desfrutar de vários serviços adicionais ao voar KLM, como check-in e embarque prioritários, franquia adicional de bagagem, assentos preferenciais e acesso às salas VIP (apenas Elite Plus).

No Brasil, a KLM mantém acordo de compartilhamento de voos com a GOL e parceria para o acúmulo e resgate de milhas com o Smiles. É possível resgatar passagens do Brasil para Europa para voar com a KLM a partir de 50 mil milhas Smiles ou a partir de 20 mil para voos dentro da Europa. No entanto, quem desejar acumular milhas de voos KLM no Smiles deve ficar atendo as regras do bilhete comprado, já que parte das tarifas em classe econômica podem pontuar apenas 25% ou 50% das milhas voadas, dado o acordo estabelecido entre os programas. Confira em detalhes as tarifas e o percentual de acúmulo de voos de parceiros no Smiles em nosso guia exclusivo.

Nota final

8,3

A aeronave pousou no Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos) dentro do previsto e o desembarque foi realizado tranquilamente.

Para voar na classe Economy Comfort, o passageiro terá de desembolsar entre 60 e 160 euros por trecho, de acordo com a tarifa do dia. Se você não pensa em investir na Classe Executiva, que custa bem mais que isso, e valoriza o espaço entre as poltronas durante o voo, vale bastante a pena.

Achei excelente a experiência de voar com a KLM por diversos motivos, mas os principais foram a cordialidade dos comissários e a pontualidade holandesa. A aeronave também era bastante moderna e o almoço muito bom. Não é acaso a KLM ocupa o 6 lugar e média de 8.9 no ranking de companhias aéreas do Melhores Destinos – além disso, é a europeia mais bem avaliada por nossos leitores.

É importante lembrar que os funcionários da KLM não tiveram conhecimento sobre o review ou sobre a presença de nossa equipe a bordo. Não houve tratamento diferenciado em nenhum momento. O anonimato nos permite retratar a experiência real que um passageiro terá ao voar com a companhia aérea.

E você, o que achou? Já voou ou vai voar com a KLM? Comente e participe!