Alas-U planeja oferecer passagens a clientes lesados pela falência da Pluna

Denis Carvalho 3 · julho · 2013

A companhia aérea Alas-U, que está sendo criada por ex-funcionários da Pluna para ocupar o espaço deixado pela companhia, pretende ressarcir os clientes que foram lesados com o fim da empresa uruguaia. Em declaração à imprensa do país, os dirigentes afirmaram que os passageiros que compraram viagens com a Pluna e tiveram prejuízos receberão novas passagens para o trecho comprado. A má notícia é que ainda não se sabe quando a companhia vai iniciar os voos nem quais rotas da Pluna ela vai operar para o Brasil.

Segundo o  jornal República, Sabrina Acevedo, uma das diretoras da Alas-U, disse que a todos os que ficaram com passagens da Pluna serão entregues novas passagens, mas descartou a possibilidade de ressarcimento em dinheiro. Ela afirmou ainda que a companhia conta com acordos políticos e sindicais na Argentina para que não haja embargos dos aviões Bombardier CRJ-900 que eram da Pluna.

Alas-u

A mesma preocupação se refere à justiça brasileira. De acordo com o diretor César Iroldi, a nova companhia quer retomar as rotas deixadas pela Pluna e temia que as aeronaves fossem embargadas pela justiça assim que chegassem ao Brasil. “Não há sentenças trabalhistas referentes à Pluna que possam afetar a Alas-U. O único perigo pode originar-se de consumidores que ficaram com passagens na mão. A Alas-U dará a todos eles o direito de usar os bilhetes que não conseguiram usar devido ao fechamento da Pluna”, garantiu.

 

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe