Lufthansa e Air France planejam voar com o maior avião do mundo para o Brasil

Denis Carvalho 24 · outubro · 2012

A Lufthansa e a Air France anunciaram que pretendem utilizar o Airbus A380, o maior avião do mundo, em suas rotas entre o Brasil e a Europa a partir de 2014. Além disso, a companhia alemã planeja trazer já no próximo ano outro gigante: seu novo Boeing 747-800, o segundo maior avião de passageiros já construído. Os anúncios ocorreram durante visitas dos presidente das duas empresas europeias ao Brasil.

De acordo com o presidente mundial da Lufthansa, Carsten Spohr, o plano é operar o Boeing 747-8, a partir de 2013, em voos para São Paulo. Para 2014, o objetivo e operar o A380, também em Guarulhos. “Estamos em contato com a Infraero porque os aeroportos precisam de melhorias para podermos operar os dois aviões”, afirmou Spohr. O 747-8 da Lufthansa tem capacidade para 362 passageiros e o A380 tem 526 assentos.

Boeing 747-800 da Lufthansa

Já o presidente da Air France, Alexander Juniac, aproveitou a visita ao Brasil para tratar das alterações na infra-estrutura dos aeroportos brasileiros para receber os A380 antes da Copa de 2014. A intenção da companhia é colocar o superjumbo na rota entre Paris e São Paulo. Além disso, Juniac anunciou a criação no mesmo ano de um voo de Brasília para a França e o aumento do acordo de cooperação com a GOL para chegar a mais trechos nacionais.

Emirates

Além das duas europeias, a Emirates foi a primeira a manifestar o interesse de trazer o A380 ao Brasil. A companhia já fez uma solicitação formal no ano passado e inclusive recebeu autorização da Infraero para usar  no aeroporto de Guarulhos o super jato, que pode levar mais de 800 passageiros em classe única. O maior avião do mundo, no entanto, ainda não tem data para estrear na rota São Paulo-Dubai

Airbus A380 da Air France

Embora tenha a autorização para o uso do superjumbo em Guarulhos, a companhia árabe precisa da aprovação de outros dois aeroportos para pouso alternativo. Ou seja, para onde o voo possa ser desviado em caso de fechamento de Guarulhos – por exemplo, em razão de problemas meteorológicos. O Galeão, no Rio, e Viracopos, em Campinas, são prováveis alternativas. Mas nem a liberação desses aeroportos significa que o A380 será automaticamente implantado no Brasil.

Na última visita do A380 ao Brasil, acompanhada pelo Melhores Destinos, executivos da Airbus afirmaram que as pistas de pouso e decolagem dos maiores aeroportos brasileiros são apropriadas em sua maioria para receber o superjumbo. O entrave estaria na estrutura necessária para realizar o embarque e desembarque de mais de 500 passageiros ao mesmo tempo, o que exigiria ampliações nos terminais brasileiros.

Com dica do leitor Thiago Castro e informações do La TribuneUol,  O Globo e assessorias

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • EDSON SIEG

    Bacana! Espero que com as melhoras nos Aeroportos, a gente consiga ter um serviço muito bom e que atenda à demanda. Afinal, não adianta só ficar falando mal dos puxadinhos e "metendo o pau" em aeroportos brasileiros, que claro precisam de melhoras em tudo, mas não parece impossível. SE estas grandes empresas têm visão, é pq certamente isso será possível, pois eles sim entendem do assunto e de lucro.

  • Fernando

    "O entrave estaria na estrutura necessária…"

    E que entrave, né?!

    O que dissermos aqui sobre esteiras, salas de espera, imigração e fingers, já é repetitivo.

  • Guilherme Ortale

    Legal demais, quero ser um dos primeiros a voar num desses nessas rotas 🙂 !!!

  • Alex Freitas

    Espero que a INFRAERO faça a lição de casa a contento ou as novas Concessionárias, espero muito usufruir logo na estréia !!

  • Viracopos como alternativa é piada com sua única pista, pois bastou o acidente do MD-11 da Centurion bloquear a pista por quase 48 horas causar um prejuízo de milhões e afetar mais de 20.000 passageiros.

    Agora imagine causas naturais fecharem Guarulhos e Galeão, não sobra alternativa para o A380. O Brasil está muito longe ainda de ter uma estrutura descente para o transporte aéreo. Aeroporto da Cidade do México por exemplo já está quase terminando o novo terminal para receber o A380 e será o primeiro aeroporto da américa latina em recebê-lo em vôos regulares.

  • Diones Reis

    Lamento pelos otimistas, mas o Brasil NÃO TEM e duvido que tão cedo TERÁ aeroporto pra estes aviões.

    Se para despachar bagagem de um Boeing 777, ou até mesmo de um A320 já é uma briga, imagina pra algum destes super aviões?

    Estes aviões são GIGANTESCOS, e o serviço de bagagem daqui NÃO comporta um avião destes.

    Eu já andei no A380, e sei do que eu estou falando.

    Aqui alguém daqui já foi pra Guarulhos, sabe daquelas esteiras mirradinhas, e o caos que é bagagem por ali.

    Sem contar que teriam que fazer fingers para os 2 ANDARES dos aviões.

    2014? Este povo aí tá botando uma espectativa muito otimista. Vai passar de 2016 e os aeroportos NÃO VÃO estar prontos.

    Escreve o que eu estou falando…

    Aos demais, façam suas apostas.

  • Daniel Bazetto

    Tive um pensamento meio macabro agora, imagina se deus me livre caia um avião desse. A repercussão seria a maior da historia do aviação podem ter certeza, um Titanic do Ar.

    • Alex Freitas

      Vc poderia ser mais feliz !!

  • Adriano

    Finalmente Brasília ganhará mais um voo internacional! Espero que antes de 2014 outras companhias demonstrem interesse e coloquem em operação mais ligações da capital federal para fora do País.

  • "[…] Juniac anunciou a criação no mesmo ano de um voo de Brasília para a França […]"

    PIRANDO aqui! 😛

  • Thiago Castro

    Tomara que tenhamos oportunidade de viajar nesses aviões saindo do Brasil. Deve ser o máximo!!! 🙂

  • Thiago Castro

    Se o pessoal pensasse pra frente, aproveitaria a obra em Brasilia e deixaria a pista pronta para um A380.

    • Pedro H

      mas nao ha demanda pra um a380 em bsb

      • Thiago Castro

        Não tem hoje, mas e daqui a 10 anos?? Infraestrutura é algo que deve ser pensado com antecedência. Essa visão de curto prazo (de eleição em eleição) é deixa nosso país no atraso!!

  • Fabio

    Infelizmente acho que já estarão obsoletos até chegarem aqui…melhor é programar um NYC-CDG ou qquer outro trecho mundo se tiver curiosidade em conhecer o A380!!!

  • Sergio

    Imagine que causas naturais fecharem Guarulhos e Galeão?! Se acontecer isso pode parar todo o espaço aéreo que o mundo tá acabando.

  • Cassio

    Gente não sonha não esse tipo de avião e para aeroporto de primeiro mundo isso não nos pertence.

  • Marcos

    Disse tudo !

  • O Brasil precisa ser pensado a longo prazo. Notícias como essa só criam expectativas e nunca se concluem. Torço para que um dia isso seja realidade mas não vejo problema em ser em 2020 ou 2022.

    • É sua opinião. Eu acho que quando os presidentes de duas das maiores companhias aéreas do mundo anunciam algo isso merece pelo menos ser noticiado ainda que vá criar expectativa, até para que nossas autoridades sejam cobradas.

  • Daniel Matos

    Na verdade pra empresa é fácil ter essa visão pq pra eles é mais lucro o aumento de passageiros na rota num avião deste tamanho. O jato eles já possuem, já a infraestrutura para recebê-los não é problema deles.

  • Marcelo

    concordo 100%

  • Malaquias

    Não há demanda HOJE, mas no futuro ela pode surgir. Qualquer obra de infraestrutura deveria ser realizada pensando no futuro, não de 2 anos, mas sim de 10 pra frente.

  • Fábio Barboza

    Foi exatamente o que eu fiz, xará. Programei para ir para NY pela Delta e depois pegar o A380 no trecho JFK-CDG pela Air France, na classe executiva. Não vejo a hora!!!

  • Malaquias

    Ta rápido no gatilho hein … rsrs

    Enquanto eu escrevia, você já estava postando seu comentário. 😀

  • Fábio Barboza

    Caro Daniel, o MD é um espaço frequentado por entusiastas da aviação e amantes do grande prazer de viajar. Somos pessoas ávidas pelas novidades sobre aviões, promoções com milhas, detalhes sobre hotéis, e tudo mais que envolva viagens.

    Comentários como o que você postou não contribuem em nada, não nos ajudam a conseguir melhores preços de passagens, não nos auxiliam a tomar uma decisão sobre hotéis. Na verdade não entendo como o moderador deixou passar essa mensagem.

    Claro que todos nós sabemos que acidentes acontecem, e afinal de contas nenhum de nós é imortal. Mas, por favor, guarde os seus pensamentos negativos para você mesmo. Aqui estamos todos torcendo para que tudo dê certo com as nossas viagens, incluindo as suas!

    Abraços a todos!

  • Luciano

    Entre 01/01 e 31/08, o aeroporto de Brasília foi o quarto mais movimentado do Brasil. Demanda tem, só não tem estrutura:

    1.Aeroporto Internacional de Guarulhos 21.417.268 pax São Paulo / Guarulhos São Paulo

    2Aeroporto Internacional do Galeão 11.613.020 pax

    3.Aeroporto de Congonhas 11.087.179pax

    4.Aeroporto Internacional de Brasília 10.811.716 pax

  • Fernando

    Não podemos esperar nada da InfraZERO/InfraERRO, infelizmente.

  • Fiz o trajeto Dubai/Seul (ida e volta) no A380 da Emirates e posso garantir: Guarulhos vai ter que comer muito feijão para poder receber esses aviões. Nossos terminais nem de longe têm a infraestrutura necessária, com fingers de dois andares, por exemplo.

    Algo me diz que vai demorar para acontecer…

  • Concordo! Tem que pensar muito na frente. Ou alguém acha que o aeroporto de Pequim é do tamanho que é porque atende a demanda atual? Não! É porque os chineses pensam na frente. O Brasil não planeja: tenta vagarosamente tirar atrasos.

  • jorge moraes

    Esqueceram que a partir de novembro a concessionária assume o aeroporto de Guarulhos, e ela terá prioridade absoluta para dispor de instalações para o A380. Agora se ficasse a InfraZero, nem pra 2030.

  • EDSON SIEG

    Concordo Denis,

    É como eu disse, eles entendem tanto de lucro quanto de expectativa, cair no achismo é fácil e fica sempre num blablabla sem tamanho e ninguém sabe nada é mais fácil ainda. Todos aí garantem que é isso q vai aocntecer?? è Claro q não. Os especialistas q se entendam. A gente quando não tem certeza, é melhor ficar calado do que emitir opiniões apocalípticas e totalmente irrefutáveis, isso aqui vira até briga!

  • luciano Silva

    Acho que nem em 2020. Teremos infra estrutura para o A380 ou 747-8. Lamentável. A infraero só cobra taxas e nada +.

  • Guilherme Ortale

    Nossa, eu deixei passar essa promoção… pois minha namorada não tinha visto pros EUA, conseguiu tirar em 5 dias, mas agora já foi… 🙁 !!!

    Agora as tarifas pelas cias européias estão caríssimas…

  • Guilherme Ortale

    Oi Fábio, pois é.

    O 747-8 é zerado, então ainda que fique para 2014 ou 2015 estará atual.

    E pelo seu tamanho pouco maior que o 747-400 não terá grandes dificuldades para se adaptar mesmo nas condições pífias atuais de GRU e GIG.

    Agora o A380 realmente é difícil de acreditar que vá operar tão cedo no Brasil, com os lixos de aeroportos que temos.

    Pior, novas operadoras, inexperientes, como a de GRU, sem a menor condição de fazê-lo ficar bom.

    País de amadores.

  • Guilherme Ortale

    Exato, não a toa a Air France vai operar lá.

  • Luciano

    Se estes gigantes do ar virem para cá, de preferência com melhores preços nas passagens (ha mais passageiros em um mesmo voo)são muito bem vindos!

    Gosto muito de aviões mas meu sonho é viajar em dirigíveis: espaços de convivência, livre circulação, olhar as paisagens tal qual quando estamos em um navio porém, neste caso em um navio dos ares. Ao que sei no Canadá ha um projeto em desenvolvimento; que venha logo.

  • Guilherme Ortale

    Para o 747-8 é possível, visto que ele é "apenas" mais longo que o -400, já o A380 só de envergadura de asas ele tem 15 metros a mais que o 747-8… ou seja é um monstro.

    Tem que desligar as turbinas mais distantes de cada lado nas operações pois nossas pistas são de larguras de 50 anos atrás.

    Realmente lamentável a situação dos aeroportos.

  • Alex Freitas

    Concordo, mesmo que a nova Concessionária não seja a bambambam no assunto, pretende mostrar serviço e ganhar o carisma da mídia e paxs !!

  • Fábio Barboza

    Guilherme, com a Gol iniciando os vôos regulares, deve facilitar para conseguirmos vôos do Brasil para NY com milhas Smiles. Já o trecho JFK-CDG, pela Air France, é muito fácil conseguir, tanto na econômica quanto na executiva, mesmo em alta temporada. Fique atento apenas quanto ao vôo. Se você quiser ir no A380, escolha o vôo AF007 (JFK-CDG) ou o vôo AF006 (CDG-JFK). Agora que você e a sua namorada estão com o visto, é só esperar a oportunidade e agarrá-la o mais rapidamente possível.

    Boa sorte e um grande abraço!

  • Diones Reis

    O problema nisto, é que a grande MAIORIA dos que usam o Aeroporto de Brasília são servidores públicos e políticos.

    Ou seja, não serve de lastro pra se abrigar um aeroporto que seja compatível com um super-avião.

  • Frederico K. Chagas

    Não é elitismo, é realismo. Não gostaria de voar num desses nesses "aeroportos" brasileiros. Da mesma forma que há muitos anos já não vou a mega shows no Brasil. Estrutura não é nosso forte. Pode estar melhor (falo dos shows, não dos aeroportos) que há 20, 30 anos. Mas não chega perto, ainda. A-380? EUA ou Europa.

  • Daniel Bazetto

    Caro Fábio Barboza, acredito que você não tenha conhecimento do tanto que contribi com esse blog postando experiencias, dicas e opiniões construtivas. Esse meu comentário pode não ter te agradado mas é a pura verdade. Se quiser saber um pouco mais das minhas opiniões em relação ao blog, entre em cada post e faça um find por Bazetto, verá que posto em todos eles sem exceção.

    Enfim o que eu falei acima não é um achismo é uma afirmativa, goste você ou não, cada um tem direito de expressar sua opinião, isso se chama liberdade de expressão.

  • Pedro

    Cara ja aconteceu varias vezes de fechar GRU e GIG inclusive esses voos foram transferidos para CNF em Belo Horizonte hehe ou seja tem que pensar sim na possibilidade dos dois terminais estarem fechados hehe abraçao !!!!

  • Guilherme Ortale

    Só um pequeno detalhe, estão sendo instalados em GRU, GIG e CWB o ILS CAT 3, que é o equipamento que permite as aeronaves (todos os boeings e Airbus têm) pousarem com visibilidade zero e que já existem em centenas de aeroportos de medio a grande porte no mundo, mas aqui no Brasil isso deve ser um luxo…

    Aliás já era para estar instalado desde 2011 pelo menos em GRU mas a infraero…

  • Reinaldo

    Vamos esperar …sonhar não custa , porque do jeito que esta, vai ser difícil…

    Enquanto isso eu espero uma reforma nos Aeroportos de Manaus e Florianópolis ..já que a coisa esta bem pior nestes dois aeroportos (e um monte de outros pelo Brasil )

  • Miriam Alves

    queira Deus q melhorem os aeroportos senão isso vai ser um grande cemitério……..

  • Guilherme Sorgatto

    Até que enfim um vôo de Brasília direto pra Paris, sem ter a dor de cabeça de esperar em São Paulo, ou fazer conexão em Lisboa!

  • Fábio Barboza

    Prezado Daniel Bazetto,

    Fico feliz em saber da sua grande contribuição para todos aqui no MD. Mas lamento ter que reafirmar que este seu comentário foi, na minha opinião, totalmente inoportuno. Creio que está claro para todos que qualquer acidente com um avião de grande porte será considerado uma tragédia. Mas se você tem alguma informação concreta que leve a crer que o Airbus A-380 ou o Boeing 747-800 têm algum defeito de projeto que os tornem mais inseguros, sugiro que informe às autoridades competentes o quanto antes. Você poderá se tornar um herói, salvando muitas vidas. Eu inclusive estou com um vôo marcado no A-380 da Air France que faz a rota New York – Paris (classe executiva), nas minhas próximas férias em família, e começo a ficar bem preocupado… Mas caso você não tenha nenhum indício concreto, continuarei a considerar o seu comentário apenas um pensamento negativo.

    Definitivamente não sei como você pode classificar como "a pura verdade" um comentário que começa com "Tive um pensamento meio macabro agora, imagina se deus me livre…". Isso para mim é achismo sim. Sugiro que você continuie a contribuir positivamente, com a sua "experiência, dicas e opniões construtivas".

    Sobre ter liberdade de expressão, acho que você está certo. Cada um tem direito a falar o que quer.Mas bem que o moderador deste site poderia cortar algumas "abobrinhas" que algumas pessoas escrevem, você não acha?!

    Um grande abraço, e boa sorte!

  • O que é "abobrinha" para um, não o é para outros. Como nós não somos donos da verdade, fazemos o máximo para não interferir nas postagens e retemos apenas ofensas, spams e comentários que firam as regras do site.

  • Fábio Barboza

    Caro Denis Martins,

    Parabéns pelo site. Realmente é um espaço muitíssimo útil para os amantes das viagens.

    Peço desculpas se achei que o espaço aqui seria para discussões ajuizadas e compartilhamento de novidades e opiniões, e não para divagações pessimistas do tipo da que foi apresentada pelo Daniel Bazetto.

    Apenas achei que o comentário foi inoportuno. Tenho colegas que estão em pleno processo de encorajamento para tomar a decisão de fazer as suas primeiras viagens internacionais, encararem um longo vôo, superarem os seu medos de voar. Incentivo muito para que eles se decidam a realizar as suas viagens, e a todos os que me perguntam sobre dicas, cito o site Melhores Destinos. Aí entram e se deparam com um comentário desses, sem fundamento… sinceramente, é anti-produtivo.

    Mas, se você, em nome da "liberdade de expressão", incentiva que se postem mensagens do tipo, fazer o quê? Seja como vocês desejarem, então.

    Mais uma vez peço desculpas por tentar manter os comentários num bom nível. Talvêz eu tenha sido o único que não se agradou com o "pensamento meio macabro" do Daniel Bazetto.

    Boa sorte a todos vocês!

    • Fábio, como disse nós não incentivamos esse tipo de comentário, mas não barramos nenhuma manifestação que esteja dentro das regras do site. A avaliação do que é ou não importante, adequado ou produtivo é muito subjetiva por isso preferimos não entrar nessa seara, mas os próprios leitores acabam selecionando e direcionando a discussão para o que mais importa a todos. Obrigado!

  • Jose Carlos Moraes P

    Brasil demorou muito para se adaptar a esses gigantes,. Por falta de passageiros não é pois, Los Angeles e São Francisco tem quase o mesmo movimento de passageiros que São Paulo.

    Africa do Sul já recebe A380 da Air France e Lufhtansa.

  • Pingback: Como é voar no A380 da Air France, o maior avião do mundo()