logo Melhores Destinos

Precisa de visto para visitar Portugal? Informações para sua viagem ao país

Rafael Castilho
Rafael Castilho
22/09/2020 às 16:18

Precisa de visto para visitar Portugal? Informações para sua viagem ao país

Precisa de visto para visitar Portugal? Quais documentos são necessários para obter visto temporário? Posso pedir visto de residência? Tire estas dúvidas e encontre aqui informações que te auxiliarão na sua próxima viagem a Portugal. Também descubra como iniciar seu processo de cidadania portuguesa. Confira!

Atenção: Devido à atual pandemia da Covid-19, a entrada de brasileiros em Portugal está restrita. Confira quem pode entrar em Portugal nesse momento e a lista atual dos países para onde os brasileiros já podem viajar.

Precisa de visto para visitar Portugal?

Os cidadãos brasileiros não necessitam de visto para realizar turismo  em Portugal por um período de 90 dias prorrogáveis por até 180. Vale ressaltar, que a isenção de visto para os turistas brasileiros não é garantia de entrada em Portugal. Os policiais de fronteira têm autoridade para barrar ou autorizar a entrada de qualquer visitante. Eles também podem exigir documentos que comprovem o interesse da visita somente por turismo, como: passagem de volta ao país de origem, recursos financeiros para a estadia, seguro saúde de viagem, reservas de hotel, etc.

Os vistos para viajar a Portugal somente são obrigatórios para os brasileiros que ficarão mais 180 dias, que exercerão alguma atividade diferente de turismo ou que buscam residência. Veja abaixo os tipos de visto:

Vistos para Portugal:

Visto Temporário para Portugal

Para pessoas que irão exercer alguma atividade em Portugal e ficarão no país mais de 6 meses e menos de 13 meses é necessária a emissão de um visto temporário.

Conheça abaixo as diferentes possibilidades de enquadramento no visto temporário:

  • Visto de estada temporária para tratamento médico;
  • Visto para acompanhamento de familiar sujeito a tratamento médico;
  • Visto para o exercício de uma atividade profissional independente;
  • Visto para o exercício de uma atividade de investigação científica; atividade docente num estabelecimento de ensino superior ou de atividade altamente qualificada por período inferior a 1 ano;
  • Visto Temporário para o exercício de uma atividade de desportiva amadora;
  • Visto para frequência de programas de estudo, intercâmbio de estudantes, estágio profissional não remunerado, voluntariado;
  • Visto para trabalho sazonal por período superior a 90 dias (e máximo de 270 dias);

Encontre aqui mais detalhes do Visto Temporário para Portugal.

Custos Visto Temporário

Taxa consular: 60€

Taxa de transferência: 2,30€

Taxa de processamento: 20€

Todas as taxas serão pagas no dia de sua entrevista com cartões de débito ou crédito VISA, MASTERCARD ou ELO. Também é possível fazer transferência bancária identificada para uma conta do Banco Santander.

Documentos necessários para o Visto Temporário para Portugal

Para cada tipo de requerimento é necessária a apresentação de diversos documentos. Encontre aqui a lista de documentos para a emissão de seu visto temporário para Portugal.

Visto de Residência em Portugal

Os vistos de residência destinam-se a todos que irão para Portugal exercer atividades cuja estadia superior a um ano. Caso vá para Portugal a trabalho por um período superior a 9 meses, o visto de residência também será aplicado.

Veja abaixo alguns possíveis enquadramento nos vistos de residência:

  • Visto de Residência para exercício de atividade profissional; 
  • Visto para o exercício de atividade profissional independente ou para emigrantes empreendedores e Start up;
  • Visto para emigrantes empreendedores e Start up visas, com comprovação de investimentos e relevância econômica;
  • Visto para atividades docente, cultural ou religiosa; 
  • Visto de Residência para estudo, intercâmbio de estudantes do ensino secundário, estágio e voluntariado;.
  • Visto de para efeitos de reagrupamento familiar ou para aposentados;Este visto destina-se aos familiares (cônjuge, filhos com até 24 anos, dependentes legais, etc) de detentores de visto de residência em Portugal.

Vale destacar que Portugal não tem um visto específico para trabalho. Quem for trabalhar em terras lusas deve requerer o visto de residência. Encontre aqui mais detalhes do Visto de Residência em Portugal.

Custos Visto de Residência

Taxa consular: 73€

Taxa de transferência: 2,60€

Taxa de processamento: 20€

Todas as taxas serão pagas no dia de sua entrevista com cartões de débito ou crédito VISA, MASTERCARD ou ELO. Também é possível fazer transferência bancária identificada para uma conta do Banco Santander.

Documentos necessários para o Visto de Residência em Portugal

Para cada tipo de requerimento é necessária a apresentação de diversos documentos. Encontre aqui a lista de documentos para a emissão de seu visto temporário para Portugal.

Como agendar uma entrevista para o visto para Portugal

O requerente de algum visto para Portugal primeiramente deve saber qual tipo visto enquadra a sua requisição. Qualquer dúvida pode entrar em contato com os centros de solicitação de visto. Encontre aqui a mais perto de você.

Os centros de solicitação de vistos par Portugal estão abertos das 8h às 17h de segunda a sexta-feira, exceto fins de semana e feriados e para atendimento e submissão de pedidos de visto das 08h30 às 15h de segunda a sexta-feira.

Depois de ter certeza sobre o seu “propósito de visita”, saber qual tipo de visto necessita e a localização do centro de solicitação da sua jurisdição, você pode dar entrada no seu pedido de agendamento por aqui. Não esqueça de levar todos os documentos no dia da entrevista, sem eles o seu processo pode ser negado.

Como obter a cidadania de Portugal

A dupla cidadania ou dupla nacionalidade (ou múltiplas cidadanias/múltiplas nacionalidades) é o reconhecimento de ser nacional de um determinado país com todos os direitos e deveres que essa responsabilidade carrega.

Segundo o Consulado Geral de Portugal em São Paulo, “Filhos de cidadãos portugueses, bem como netos, cônjuges e companheiros destes, e descendentes de judeus sefarditas portugueses, têm direito a requerer a nacionalidade portuguesa. Os cidadãos nascidos nas ex-colônias e aqueles que por algum motivo tenham perdido a nacionalidade portuguesa, também têm direito a requerer a nacionalidade portuguesa.” Filhos e netos de portugueses podem também requerer sua atribuição de nacionalidade e terem seus direitos reconhecidos.

Você poderá encontrar informações mais precisas sobre aquisição e atribuição da nacionalidade portuguesa no site oficial do Consulado Geral de Portugal em São Paulo, bem como os documentos que precisará para ter seu direito reconhecido. Encontre mais detalhes sobre como obter a cidadania europeia e o passaporte europeu.

Como comprar passagens em promoção para Portugal?

Para comprar passagens em promoção para Portugal é preciso monitorar a todo momento as tarifas das companhias aéreas. O Melhores Destinos faz isso constantemente e avisa os leitores sempre que surgem preços imperdíveis. Para ficar sabendo das melhores oportunidades de passagens para Portugal, baixe o aplicativo do Melhores Destinos, assine nossa newsletter e fique de olho os alertas.

Quer outras dicas para planejar a sua viagem a Portugal? Acesse o Guia Melhores Destinos e saiba mais sobre este destino que encanta os brasileiros!