logo Melhores Destinos

Dez destinos internacionais incríveis para viajar sem passaporte!

Leonardo Cassol
Leonardo Cassol
08/07/2019 às 4:58

Dez destinos internacionais incríveis para viajar sem passaporte!

O Brasil possui convênios com países do Mercosul e da América do Sul, que permitem aos seus cidadãos viajar sem passaporte, portando apenas o Documento de Identidade (RG). Nesse post sugerimos alguns destinos bem legais que você pode visitar, e levar alguém querido, sem se preocupar com passaporte. Confira!

Destinos internacionais  para viajar sem passaporte

Preguiça, custo, burocracia… Qualquer que seja o motivo, existem pessoas que não possuem e nem pretendem tirar o passaporte. A boa notícia é que isso não impede ninguém de viajar para fora do país. Existem pelo menos oito países que recebem brasileiros sem a necessidade do passaporte. Conheça mais sobre alguns deles e seus destinos.

Colômbia

San Andrés

San Andrés é uma autêntica ilha caribenha e um dos destinos do Caribe mais acessíveis para se visitar, pela proximidade e pelo preço. O destino oferece ritmos animados e um mar estonteante, de sete cores. São águas cristalinas e com boa visibilidade que atraem variadas espécies de peixes e vida marinha.

Na ilha não faltam praias para nadar e passeios. A praia mais popular é a Peatonal, que fica no centro e tem poucas ondas. Alugar um carrinho de golfe é a melhor maneira para circular e aproveitar para conhecer devagar os lindos locais, como West View e San Luis (um bairro residencial onde falam alto o sossego e o clima despretensioso de um lugar que foge da modernização de uma grande capital). Não deixe de visitar, também, o Olho Soprador, um buraco na pedra que solta vento devido à força das ondas, e fazer um passeio por Aquário e Johnny Cay, ilhas vizinhas encantadoras!

Comer bem e visitar algumas lojas são atividades constantes nos roteiros dos viajantes. Os preços convidativos permitem que refeições em bons restaurantes ou produtos nas lojas tenham um excelente custo-benefício, especialmente para quem está acostumado com os valores do Brasil. Aproveite para comer camarões e lagostas sem ficar com peso na consciência, e no bolso!

San Andrés é uma ilha pobre, que carece de cuidado, mas tem um mar incrível e passeios surpreendentes. Um destino para aproveitar pequenos prazeres, descansar, pegar um bronzeado, fazer compras e curtir paisagens de tirar o fôlego. Acesse o nossos guia gratuito de San Andrés e descubra mais sobre a cidade!

Cartagena

Cartagena das Índias é uma simpática cidade colombiana margeada pelo Mar das Caraíbas, onde impera o charme dos séculos passados sem deixar de dar vez à modernidade dos dias atuais. A Cidade Amuralhada é o coração de Cartagena, onde fica a parte antiga e estão grande parte dos pontos turísticos da região, com ruelas charmosas, igrejas, praças, restaurantes, museus, bares e lindos edifícios de arquitetura colonial com varandas floridas. Não deixe de conhecer a Catedral, o Palácio da Inquisição, a Igreja de San Pedro Claver e sua praça, o Parque Bolívar e a Torre do Relógio.

À noite, a cidade se enfeita com suas luminárias retrôs e carruagens, que por um breve momento transmitem a sensação de que voltamos no tempo. De dia, as praias urbanas têm águas claras e areia bem escura; por isso, para ver aquelas praias de águas transparentes é preciso se distanciar bastante do centro, em passeios de barco.

Em nosso guia de Cartagena você encontra todas as informações que você precisa para planejar e aproveitar melhor a sua viagem.

 

Peru

Machu Pichu

Reconhecida como uma das maravilhas do mundo atual, Machu Picchu é um lugar impressionante, daqueles para conhecer antes de morrer. A “cidade perdida dos Incas” exala energia e permite aos visitantes desvendar um pouquinho de um povo que guardava conhecimento muito avançado para a época. O sítio arqueológico está 2.450 metros acima do nível do mar e foi povoado entre os anos de 1450 a 1540. As famílias que lá viviam cultivavam, principalmente, milho e batata e deixaram a cidade antes da chegada dos espanhóis, provavelmente motivados por moléstias.

Machu Picchu foi toda construída com pedras, sendo que a maior parte delas tem entre 10kg e 15kg – algumas chegam a pesar 20 toneladas. É incrível a experiência de visitar as ruínas e perceber o encaixe perfeito das paredes. Uma curiosidade que torna o lugar ainda mais interessante é saber que os moradores eram pequenos: os homens tinham, em média, 1,55m e as mulheres, 1,25m. Sabendo disso, é quase impossível não se perguntar como um lugar tão grandioso assim foi construído.

As fotos mais conhecidas de Machu Picchu são as panorâmicas, que dão uma visão superior do lugar, mas o passeio não termina por ali. Depois de andar pela cidade perdida, você vai vê-la de baixo, do ponto inferior; aí sim o visual é inacreditável. Andar por Machu Picchu é conhecer a história, o modo de vida, e se surpreender com o conhecimento de matemática, astronomia e acústica que os incas possuíam. Um passeio imperdível!

A visita a Machu Picchu fica perfeita se combinada com alguns dias em Cusco, antiga capital do Império Inca e que fica 3.400 metros acima do nível do mar. A cidade oferece arquitetura colonial apurada, muitos sítios arqueológicos e obras humanas magníficas. E, como provavelmente seu voo passará por Lima, a capital do Peru, pode ser uma oportunidade de apreciar a excelente culinária peruana, e conhecer um pouco mais a cultura desse país surpreendente.

Lembrando que em nosso guia de Machu Picchu você encontra todas as informações para planejar uma viagem incrível para a cidade perdida dos Incas.

 

Argentina

Buenos Aires

Amada pelos brasileiros, Buenos Aires, a capital argentina oferece atrativos para todos os gostos e públicos. Fica pertinho do Brasil, é boa para fazer compras e fácil de visitar em qualquer época do ano. Reserve um dia para conhecer lugares clássicos da cidade como o Caminito, uma pequena rua, cheia de casinhas coloridas e lojas de suvenires. Vá à Plaza de Mayo com sua Casa Rosada, caminhe pela 9 de Julho – que já foi considerada avenida mais larga do mundo – e veja de perto o Obelisco e o Teatro Colón. Ande por Puerto Madero e sinta a atmosfera moderna do bairro juntinho do Rio da Prata. O estádio do Boca Juniors, o famoso La Bombonera, tem um tour bem legal com visitação ao gramado. De noite, curta o burburinho nos arredores da Plaza Serrano ou um tango em algumas das inúmeras casas de show da cidade.

A comida é um show à parte, com cortes de carnes diferentes dos nossos, e irresistíveis. Vinhos excelentes e com ótimos preços. Não vá embora sem tomar um sorvete de dulce de leche, marca registrada da cidade, e também sem provar um alfajor.

Quem vai pela primeira vez, temos dicas essenciais para a sua viagem a Buenos Aires. Também fizemos um post especial com 25 passeios grátis em Buenos Aires para te ajudar a economizar em sua viagem à Argentina! Temos também dicas para fazer compras em Buenos Aires, feita pela nossa editora argentina Leila, que mora na cidade. Além disso, em nosso guia gratuito de Buenos Aires você encontra todas as informações para planejar e aproveitar melhor a sua viagem. além de dicas

Bariloche

Bariloche fica na região dos lagos andinos, com águas cristalinas acompanhados de uma geografia acidentada, cheia de morros verdes no verão e branquinhos de neve no inverno. Oferece natureza privilegiada, boa estrutura, uma culinária excelente e uma enorme variedade de passeios. Apesar do charme da colonização alemã e austríaca, os preços não tão exorbitantes.

O Cerro Catedral, maior centro de esportes de neve na América do Sul, é parada obrigatória entre os viajantes. Há vários outros locais para brincar na neve, como Piedras Blancas – ideal para esquibunda – e o Cerro Bayo – que fica em Villa La Angostura e tem um visual de cair o queixo! Passeios de teleférico acabam sendo constantes no cotidiano do turista que visita o lugar; entre eles, destacamos o Cerro Otto (onde está a Confeitaria Giratória) e o Cerro Campanario (considerado o local com melhor vista na cidade).

Mas há muito mais que esqui e snowboard para fazer, como curtir o centro de Bariloche, cheio de lojinhas legais, especialmente de chocolates. Outro lugar que merece destaque é Centro Cívico, onde estão o Museu da Patagônia, a bandeira argentina e o monumento a Julio Roca.

Em nosso guia gratuito de Bariloche você encontra todas as informações para planejar a sua viagem. Veja também una sugestão de roteiro de cinco dias em Bariloche!

Ushuaia

Já ouviu falar do fim do mundo? Ushuaia fica lá, mas vai fazer você descobrir uma cidade bonita, aconchegante e muito gelada. É a cidade mais próxima da península antártica, é um destino para visitar o ano todo. O Parque Nacional Tierra del Fuego é ideal para fazer trilhas e apreciar paisagens, admirar lagos cristalinos e cenários de tirar o fôlego. A navegação ao Canal Beagle – passeio imperdível – já vale só pela vista que oferece de Ushuaia com a Cordilheira nevada ao fundo.

Ushuaia oferece neve de qualidade e uma temporada, quando comparada com outros destinos. Além de pistas de esqui e de snowboard, o local oferece muitos passeios agradáveis e paisagens estonteantes.

As atividades ao ar livre, os passeios, os museus e a generosidade da natureza se sobressaltam. Aproveite para subir o Glaciar Martial, com uma vista lindíssima, e fazer um passeio para conhecer a Pinguinera, local para onde os pinguins migram no verão. Para conhecer as redondezas, um passeio que leve aos lagos Fagnano e Escondido.

Isso tudo sem falar da culinária, que é deliciosa. Claro que Ushuaia tem medialunas, doce de leite, chocolates e churros, mas o que comanda as cozinhas regionais mesmo são os peixes e os vinhos, com bons preços. Para quem gosta de compras, há boas oportunidade de encontrar produtos a preços vantajosos, pois a cidade está livre de impostos. Essas e outras dicas você confere em nosso guia gratuito de Ushuaia.

Além desses três destinos, outra cidade que merece a visita na Argentina é a relaxante Mendoza, com vinhedos, vinícolas e as Cordilheiras dos Andes ao fundo, é um lugar perfeito para conhecer a dois, ou para os que procuram esportes de aventura.

Chile

Santiago

Santiago fica numa região central, com as incríveis Cordilheiras dos Andes na paisagem ao fundo. Quente no verão e fria no inverno, está estrategicamente a poucas horas das praias e, ao mesmo tempo, das estações de esqui, como Farellones e o famoso Valle Nevado.

No centro, vale visitar o Palácio de la Moneda, onde ocorre a troca de guarda, a Plaza de Armas, Catedral Metropolitana e o Museu Histórico Nacional. Em um dia bonito de sol, vá ao Sky Costanera, o edifício mais alto da América Latina, com 300 metros de altura e um visual sensacional! De lá é possível admirar a Cordilheira dos Andes.

Para relaxar das andanças pela cidade, suba ao Cerro Santa Lucía e visite o Parque Metropolitano de Santiago (chamado também de Cerro San Cristóbal), onde é possível subir de funicular (um tipo de veículo de ferro utilizado para subir grandes alturas) e apreciar uma das mais belas vistas da cidade, especialmente na hora do pôr do sol.

Reserve um tempo para conhecer as cidades de Viña del Mar e Valparaíso, o Cajón del Maipo, que fica nas Cordilheiras, e ao menos uma vinícola, como Undurraga, Concha y Toro e Viña Casas Del Bosque.

Em nosso guia gratuito de Santiago você encontra informações para planejar uma viagem incrível a capital chilena e conhecer os arredores. Não deixe de ler ainda nossos posts sobre o que fazer em Santiago e o que fazer em Santiago em uma segunda viagem, com mais dicas para sair do roteiro básico na cidade!

Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama tem paisagens que vão muito além das tradicionais dunas de areia e reserva cenários surpreendentes. Lagos a 4.000 metros de altitude, com águas cristalinas, formações rochosas esculpidas pelo vento, vida selvagem, superfícies que se assemelham com a da lua, lagos em que não se afunda, curiosos vilarejos, sítios arqueológicos, deserto de sal e um céu de tirar o fôlego, seja de dia, quando um azul intenso toma conta, seja de noite, quando milhares de estrelas protagonizam o espetáculo. O Atacama é palco de paisagens incríveis e muito variadas.

O principal ponto para explorar o deserto é San Pedro de Atacama, um vilarejo no norte do Chile, a 2.450 metros de altitude e a cerca de 100 km de Calama (onde está o aeroporto mais próximo). É um local pacato e muito rústico; suas ruas são de terra, a iluminação noturna é mínima e as construções são todas de adobe, um tipo de tijolo de terra bastante utilizado na região. Embora todo esse ambiente rústico pudesse ser sinônimo de precariedade, na verdade não é. A simplicidade faz parte do estilo de vida local e a vila tem até bastante estrutura para seu tamanho. Alguns dos melhores hotéis do Chile marcam presença. Além disso, a cidade é um oásis culinário, cheio de bons restaurantes.

Ative o espírito aventureiro e prepare o coração para emoções fortes, as belezas desse lugar são surpreendentes e, sem esforço algum, irão conquistar você! Em nosso guia gratuito do Deserto do Atacama você encontra dicas e informações que vão te ajudar a planejar uma viagem incrível!

Puerto Varas

Localizada na região dos lagos andinos, a cidade oferece belezas naturais estonteantes, clima ameno, bons restaurantes e toda a tranquilidade que as férias merecem. Puerto Varas se destaca por seus lagos de águas cristalinas, e pelos vulcões – entre eles o Osorno, que, em conjunto com o Lago Llanquihue, oferece uma paisagem singular. O mesmo vulcão funciona como estação de esqui durante a temporada de inverno e lá de cima proporciona uma vista incrível – é um passeio que não pode faltar em nenhum roteiro.

Para ver de perto a coloração das águas andinas, outro passeio imperdível é o que leva até o Parque Nacional Vicente Pérez Rosales, onde estão os saltos do Rio Petrohué, que, com suas quedas d’água de cor turquesa, deixam mesmo os viajantes mais experientes impressionados pelo conjunto natural. Se puder, vale a pena também ir até Peulla, um vilarejo calmo e bucólico, acessível através de navegação no igualmente bonito Lago Todos Los Santos.

Nem só de natureza é feita uma viagem a Puerto Varas. Com uma diversificada rede hoteleira, bons restaurantes e uma história recente interessante, o local é ideal para quem quer fazer uma viagem romântica no inverno, ou para os que preferem as atividades ao ar livre no verão. Se no inverno é possível curtir a neve, o verão é ideal para apreciar o solzinho, andar nas margens do lago, passear de barco ou andar de bicicleta.

Cenários belos e boa culinária, acompanhados de pessoas que o recebem de braços abertos: Puerto Varas é uma escolha certeira! Confira mais informações e dica sobre a cidade em nosso guia gratuito de Puerto Varas.

Uruguai

Montevidéu

Montevidéu é uma capital com gostinho de interior. Tem ótimos destinos turísticos e propicia uma boa qualidade de vida para moradores e turistas. Arborizada e tranquila, a capital uruguaia é perfeita para caminhar. Seja num passeio para tomar sol na Rambla – a avenida costeira – enquanto se observa o movimento da água no Rio da Prata, ou numa caminhada pelo centro histórico.

Montevidéu Uruguai

A Plaza Independencia, ponto inicial de qualquer passeio pelo centro, é um lugar obrigatório para se conhecer. Deixe-se encantar pela arquitetura antiga da Ciudad Vieja, tire fotos no Teatro Solís e na Puerta de la Ciudadela, um portal que restou da época colonial, quando a cidade ainda tinha um muro de proteção. Ande pela 18 de Julho observando edifícios antigos e árvores suntuosas, sentindo a atmosfera viva da cidade.

Outras marcas registradas da cidade são a parrilla do Mercado del Puerto, os alfajores nacionais e o dulce de leche uruguaio, muito cremoso.

Pacata e charmosa, geladinha e encantadora – assim é a capital do Uruguai! E em nosso guia gratuito de Montevidéu de você encontra informações para planejar e aproveitar melhor a sua viagem.

Perto de Montevidéu tem dois destinos que valem a visita. A cerca de 130km ao leste, Punta Del Este pulsa no verão, sendo chamada de Mônaco na América do Sul. Badalada, luxuosa, cara e bela, a cidade é o grande destaque do Uruguai quando o assunto é turismo. A cidade possui praias de águas doce e salgada, cassinos e muitos restaurantes. É um lugar para fazer passeios ao ar livre, curtir o sol se pondo, tirar fotos em pontos turísticos, jogar e aproveitar uma culinária divina!

Já 180km para oeste tem Colônia Del Sacramento, uma pequena e pacata cidade às margens do Rio da Prata, com ruas arborizadas, os carros antigos e restaurantes charmosos, que pode ser conhecida em apenas um dia.

—-

E você, já visitou algum desses destinos? Adicionaria algum outro na lista? Comente e participe!

Países para visitar sem passaporte

Além desses países, brasileiros também visitar Paraguai, Bolívia ou Equador sem passaporte.

É importante destacar que para ingressar em todos os países é necessário ter um Documento de Identidade (RG) em bom estado de conservação e com uma foto que permita o seu reconhecimento físico. Há um mito de que o documento precisa ter sido emitido há menos de dez anos, mas o que vale é o estado de conservação e a semelhança da foto.

Muita atenção: Carteira de motorista, Carteira profissional ou carteira de trabalho, apesar de valerem no Brasil, não são aceitos por outros países como documentos válidos.

É importante verificar antes da viagem se o país que você vai visitar tem alguma exigência em relação a certificados de vacina. A Colômbia, por exemplo, exige para a febre amarela, cuja dose, para quem não tomou, deve ser aplicada com pelo menos dez dias de antecedência da viagem. Veja aqui como emitir a Carteira de Vacinação Internacional online!

Vale um cuidado adicional na hora de escolher o voo. Dependendo do itinerário, o passageiro pode ser obrigado a portar o passaporte. É o caso, por exemplo, de quem pega voos da Copa Airlines para a Colômbia, com conexão no Panamá. Nesse caso, o passaporte é obrigatório no embarque, porque o Panamá não tem acordo com o Brasil para o uso do RG como documento de identificação. Já se a sua conexão for por um país que não exige o passaporte, sem problemas.

Agora, se você mudar de ideia, ou precisar de um documento para visitar outros países, veja como tirar seu passaporte, passo a passo!

——

O conteúdo desse post também está disponível em vídeo. Caso queira acompanhar cadastre-se no canal do Melhores Destinos no Youtube