Viajar de avião com crianças durante a pandemia: dicas para um voo mais seguro e tranquilo

Rafael Castilho
Rafael Castilho
15/09/2020 às 6:02 - atualizado em 17/09/2020

Viajar de avião com crianças durante a pandemia: dicas para um voo mais seguro e tranquilo

Vivemos um momento único em nossas vidas. A pandemia alterou rotinas, provocou restrições e fechamento de fronteiras. Aos poucos a vida vai voltando à (nova) normalidade com inúmeras adaptações entre elas às novas medidas de segurança sanitária adotadas para viagens de avião. Há várias restrições e obrigações que antes da pandemia não existiam. É uma forma nova de voar. Mas o que devemos fazer e como minimizar estes transtornos numa viagem de avião com criança? Neste post daremos algumas dicas para te ajudar a voar tranquilamente com o seu filho.

Eu tenho um filho de 4 anos e recentemente viajei com ele para Portugal num voo de mais de 9 horas. Muitas das dicas abaixo foram testadas e aprovadas. Espero que elas ajudem você também, mas um item que nunca deve ser esquecido: transforme a viagem de avião em algo comum sem deixar a criança ansiosa. Aos pais, muita calma e tranquilidade, pois tudo dará certo.

Uso de máscaras

A menos que seus filhos tenham menos de dois anos de idade, eles precisarão usar uma máscara enquanto estiverem no aeroporto e no avião. Esta medida veio para ficar por um bom tempo e busca diminuir o número de contágios do novo coronavírus.

Atualmente todas as companhias aéreas pelo mundo exigem o uso de máscara. É regra geral. Entretanto, algumas empresas exigem um determinado tipo de máscara ou proíbe alguns tipos, como as tecido de renda, as com válvula de respiração, bandanas, entre outras. Estas regras estão em constante mudança e é muito importante verificar as medidas adotadas com a sua companhia aérea.

Vale lembrar que o uso de máscara não é só obrigatório no aeroporto e no avião, ela também deve ser usada em locais públicos conforme a regra de cada região e país.

Escolha da máscara

A escolha do tipo de máscara é muito importante. Este item, infelizmente, agora faz parte de nossa rotina e devemos comprar algo confortável para as crianças. Encontre tamanhos que se adequem ao rosto do menor para que não fique apertado, incomodando ou caindo a todo momento. Veja se o elástico não aperta as orelhas.

Além disto, é interessante encontrar máscaras com desenhos e estampas que seu filho curte, como personagens de desenhos animados, time de futebol, coloridas, etc. Assim o seu filho ficará mais motivado em usá-las.

Adaptação à máscara

Devido ao longo período de quarentena e as raras saídas de casa muitas crianças raramente vão à rua e não estão acostumadas a usarem máscaras. Durante uma viagem de avião o período de uso dela será longo, lembrando que a máscara deve ser utilizada o tempo todo no aeroporto e durante o voo. Então, nada melhor do que acostumar o seu filho a utilizar máscaras. Tente passear com ele de máscara ou deixá-lo um tempo em casa para assim já ir se habituando.

O dia da viagem

O dia do voo segue o rito normal de uma viagem na época pré-pandemia. A criança deve manter a sua rotina até o momento de seguir para o aeroporto. Se a viagem for curta, o seu filho não deve sentir muita diferença no dia a dia que ele está acostumado, apesar da normal excitação da criança por viajar de avião. Mas caso a viagem seja internacional e com voo longo é importante, além de seguir a rotina, o menor estar bem descansado e alimentado para não dar trabalhos extras. Outra questão que acho super importante e sempre funciona com o meu filho é dar preferência para voos noturnos para a criança dormir com mais facilidade.

Pacote de lenços umedecidos

Mesmo durante uma pandemia, as crianças ainda são crianças e ainda vão tocar em tudo. Nós que somos pais sabemos como isto é difícil. Você conversa e explica, mas é natural que o menor toque em corrimãos, paredes, mesas, e até no chão. Infelizmente não dá para lavar a mão dele toda hora e esta situação pode piorar ainda num espaço confinado como um avião.

Embora todas as companhias aéreas tenham aprimorado os procedimentos de limpeza em relação aos tempos de pré-pandemia, nem todos os cantos de uma aeronave são limpos. As chances são baixas de que cada centímetro quadrado do avião seja 100% higienizado antes de cada novo passageiro embarcar. Então o melhor a fazer é a manutenção da máscara para ele não tocar a boca e o nariz diretamente e os lenços umedecidos, utensílio sagrado para muitos pais na hora de limpar as mãos de seus filhos, junto é claro com o álcool em gel, que falaremos a seguir.

Álcool em gel

Não esqueça de comprar álcool em gel. É permitido embarcar com o produto nos voos. É claro que os pequenos frascos – não vai chegar no aeroporto com um álcool em gel de 500 ml ou 1 litro! Lembrando que nos voos internacionais há o limite de frascos de até 100 ml.

Comer e beber no avião

A maioria das companhias reduziu o já minguado serviço de bordo devido ao novo coronavírus. Entretanto, uma bebida ou um snack, mesmo que seja em menos opções, está sendo distribuído nos voos domésticos. Nos voos internacionais o almoço ou o jantar ainda continuam. Mas o que fazer com o seu filho na hora da refeição?

Aqui não há milagre, a máscara deverá ser removida para a alimentação da criança. A dica é que tudo seja brevemente planejado para ele e os pais fiquem o mínimo de tempo desprotegido. Outra ideia, que vale principalmente para voos curtos, é alimentar o menor de idade antes de entrar na aeronave e assim evitar que ele tire a máscara durante o voo.

Entretenimento a bordo

Uma forma de passar tempo e entreter a criança é com jogos, livros, cadernos de colorir, vídeos no celular, filmes ou desenhos na TV a bordo do voo. Mesmo com a pandemia você não deve esquecer de levar algo para o seu filho se divertir. Baixe filmes e desenhos no smartphone. Leve livros e revistinhas. E aproveite a programação de entretenimento a bordo. Com a pandemia é importante, quando possível, evitar que seu filho fique tocando, a todo momento, o monitor. Tente evitar. Outra dica é limpar o monitor com álcool gel, assim você ficará mais tranquilo que o local foi higienizado.

Troca de máscaras

É muito importante carregar mais de uma máscara para seu filho durante a viagem de avião. Os especialistas recomendam a troca da máscara a cada 4 horas no máximo. Além disto, o seu filho pode sujá-la com comida ou derrubar no chão. Então, nada melhor do que comprar algumas máscaras reservas. Numa viagem longa até Portugal levei duas máscaras extras para meu filho enfrentar 9 horas de voo.

Vale destacar, que caso não tenha máscara extra para trocar, o mais importante é a manutenção de uma máscara no rosto da criança o tempo todo.

O voo que fiz com o meu filho foi tranquilo, mesmo em meio a pandemia. O importante é encarar a viagem de avião como em outras épocas, só que com novas medidas.

Vale lembrar que outra questão que preocupa as pessoas é sobre ficar fechado muito tempo em um local com outras pessoas, tire suas dúvidas e não deixe de ler o post sobre os filtros de ar dos aviões são capazes de deter o coronavírus?

Aproveite e veja também dicas sobre o que deve ser considerado antes de reservar um hotel e como planejar uma viagem de carro segura durante a pandemia. Leia também as 11 dicas infalíveis de comissários para uma viagem de avião mais tranquila com bebês e crianças.

Viajou com criança durante a pandemia? Tem alguma dica? Conte para nós e deixe seu comentário logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *