logo Melhores Destinos

Verona: conheça a cidade de Romeu e Julieta, na Itália!

Camille Panzera
21/01/2021 às 5:01

Verona: conheça a cidade de Romeu e Julieta, na Itália!

Verona, na Itália, é uma cidade localizada na região do Vêneto, no Norte do país, e tem cerca de 260 mil habitantes. O lugar é conhecido por ter sido a residência de Romeu e Julieta, casal que resultou em dos romances mais conhecidos do mundo! Confira nossas dicas de Verona, descubra como chegar na romântica cidade e o que ver por lá!

Verona – breve resumo sobre a cidade

Com 2 mil anos de história, Verona é um dos principais centro urbanos do Norte da Itália. A cidade foi um proeminente centro político e econômico durante o período romano, época da qual se originam edificações ainda hoje existentes, como a Arena de Verona e seu teatro romano.

Do período medieval, conservam-se construções como o Castelvecchio, um castelo que hoje também abriga um museu e a Ponte Aleardi. Durante os séculos XII e XIV, sob o domínio da família Scaglieri, a cidade alcançou um período de prosperidade, assim como nos séculos XV e XXIII, quando Verona era parte da República de Veneza, uma potência mercantil muito desenvolvida nesse período.

Com um centro histórico tombado como Patrimônio Mundial da Unesco, Verona é um destino que reúne monumentos antigos, edifícios encantadores e paisagens surpreendentes com o rio Adige como pano de fundo. É um lugar muito gostoso para caminhar, apreciar suas preciosidades marcadas pela passagem dos séculos e até fazer algumas compras. Cidade das artes e do amor, ela é também cenário da história imortalizada por Shakespeare.

Romeu e Julieta, protagonistas de Verona

Há grandes dúvidas se a história entre Romeu e Julieta (Romeo e Giullietta, em italiano) realmente ocorreu da forma como é contada. A história de Shakespeare retrata o romance proibido de um casal jovem, cujas famílias vivem em pé de guerra em Verona; quando o casal morre, as famílias se unem. Embora não se tenha certeza da existência do romance desse casal, as famílias Capuleto e Montecchio realmente existiram. Eram abastadas famílias da cidade e foram mencionadas na Divina Comédia de Dante Alighieri, que menciona a rivalidade entre os guelfos e gibelinos, grupos com visões políticas opostas da época.

A existência (ou não) desse famoso romance não tem uma resposta definitiva, mas as casas das famílias de “facções” rivais resistem ao tempo. A família dos “Capuleto” viveu no local que hoje é visitado como a “Casa de Julieta”, uma das principais atrações de Verona, assim como a hoje conhecida como Casa de Romeu, foi usada pela família dos Monticoli (Montecchio).

Como chegar a Verona

A principal estação de trem de Verona chama-se Verona Porta Nuova. É possível visitar Verona saindo de trem de Milão (155 km de distância) ou partindo de Veneza (120 km de distância). Para quem pretende conhecer a cidade de trem, é bastante fácil e prático, principalmente para quem já está no Norte do país —saindo de Veneza ou Milão há trens diretos para Verona, que levam pouco mais de 1h no trajeto.

Para quem vai de Milão a Veneza de trem, também é possível sair de Milão de manhã cedo, fazer uma parada em Verona deixando as bagagens em um armário na estação de trem, e no fim do dia prosseguir para Veneza. Ou você pode até passar uma noite em Verona, se preferir e conhecer a cidade com mais calma. Na estação de trens de Verona há um espaço com armários pagos para guardar bagagens.

A estação Verona Porta Nova e está a cerca de 1,5 km da Piazza Bra, uma importante praça na área central da cidade, local em que a maioria dos visitantes começa seus passeios a pé. Para ir da estação de trem até a parte histórica da cidade, é possível pegar um ônibus (linhas 52, 51, 11, 12). Para utilizar os ônibus de Verona (e em outras cidades da Itália) você deve comprar o bilhete na própria estação de trem, em uma tabacaria ou cafeteria, que costuma vender os bilhetes avulsos.

O que fazer em Verona

A maioria das pessoas que visita Verona passa apenas um único dia na cidade, tempo que não permite conhecer tudo que o lugar oferece. Para quem pretende conhecer Verona mais a fundo, pode ser legal passar uma noite por lá! Veja o que fazer em Verona!

1 – Piazza Bra

Essa praça costuma ser a porta de entrada dos visitantes no Centro Histórico de Verona e é uma das praças mais conhecidas do país. O acesso à praça é feito através dos Portões da Piazza Bra (a cidade tem vários desses portais) e ao seu redor ficam edifícios importantes para a cidade, como o Palácio della Gran Guardia, o Municipio di Verona, e a Arena di Verona, um anfieteatro romano muito bem conversado.

O anfiteatro de Verona é uma espécie de “Coliseu de Verona”, pode ser visitado internamente e também abriga diferentes espetáculos ao longo do ano, inclusive grandes óperas.

2 – Via Giuseppe Mazzini

Essa simpática rua do centro histórico de Verona reúne diversas lojas de roupas, presentes e gelaterias. Ela é muito charmosa, tem vários lugares para quem deseja fazer compras e leva a outra praça importante da cidade, a Piazza dele Erbe.

3 – Piazza delle Erbe

Centro da vida política e econômica da cidade desde o período romano, a Piazza dele Erbe reúne alguns edifícios históricos e era ali que existia o foro romano da cidade. Entre as atrações e edifícios ao redor da praça estão o Palazzo Maffei, construído em estilo barroco em 1668, a Casa dei Mazzanti, o Arco della Costa, a fonte de Maddona Verona, de 1378, além do Palazzo della Ragioni, onde está a Torre dei Lamberti.

Para quem deseja ter uma vista bonita de Verona, a Torre dei Lamberti, com seus com 84 metros de altura, é uma boa pedida. A torre foi construída pela família Lamberti em torno de 1172 e seu topo pode ser acessado por escadas e elevador, oferecendo uma vista linda região.

4 – Casa de Julieta

Uma das atrações mais queridas de Verona é a casa onde possivelmente viveu Julieta. A antiga construção tem um pátio (com acesso gratuito), onde está uma estátua de bronze de Julieta e a residência (acesso pago), onde fica um balcão de onde Julieta ouvia as juras de amor de Romeu. A crença que ronda o lugar é de a pessoa que esfrega a mão sob o seio da estátua de Julieta tem sorte no amor!

Muitos bilhetinhos e cadeados com nomes de casais apaixonados são deixados na casa de Julieta. Dentro da residência há alguns móveis antigos e pode-se visitar o balcão onde Julieta ficava. Por ser um lugar superpopular entre turistas, é também muito cheio, então vá ao local com um pouco de paciência para disputar o espaço com outras pessoas.

5 – Piazza dei Signori

Essa emblemática praça de Verona é cercada por edifícios conectados e por arcos muito bonitos, como o Arco della Costa. No centro da praça está um monumento dedicado a Dante Alighieri e ao seu redor prédios como o Palazzo degli Scaligeri, Palazzo dei Capitanio e a Loggia dei Consiglio, que já abrigou muitas reuniões do conselho da cidade.

6 – Tumba dos Scaligeri

A tumba dos Scaligeri ou Arche Scaligere é um complexo funerário em estilo gótico que abriga a sepultura de alguns membros da família Scala, uma dinastia que governou Verona e foi de grande importância para o desenvolvimento da cidade.

7 – Casa de Romeu

Menos famosa do que a casa de sua amada Julieta, a casa de Romeu em Verona pertenceu a família dos Montecchio. A casa tem um exterior bem conservado e uma fachada em estilo gótico do século XIX. Por ser um local privado, não é possível visitá-lo internamente.

8 – Castelvecchio e a Ponte Scaligero

Importante atração de Verona, o Castelvecchio, foi construído entre 1354 e 1356 sobre antigas fortificações que já existiam no lugar. O local foi construído por Casagrande II della Scala, como local de defesa e fortificação da cidade. Sua construção exibe uma muralha fortificada ao seu redor, 7 torres, além de uma ponte que dá acesso ao local atravessando o Rio Adige.

Depois de ser usado como depósito de armas durante o período que Verona fazia parte da República de Veneza, o lugar é hoje um museu, o Museu do Castelvecchio, onde está exposta uma coleção de arte medieval, do Renascimento e arte moderna. As várias salas do museu possuem pinturas, esculturas, objetos arqueológicos, além da sua própria arquitetura, que já é uma atração por si só. A estrutura fortificada e seu museu são muito interessantes, especialmente para quem gosta de arquitetura medieval.

9Colina de San Pietro e Teatro Romano

Embora não tenha havido tempo no nosso roteiro para conhecer essa parte da cidade, se você tiver mais tempo, considere conhecer também a Colina de San Pietro, um lugar menos popular, mas com diferentes atrações, como o Teatro Romano, o funicular de Verona, além da própria região, que oferece uma vista panorâmica muito bonita.

O Teatro Romano localizado em Verona foi construído sob a liderança de Ottaviano Augusto no final do século I a.C. A construção tinha um formato inclinado e se estendia da região mais baixa e próxima ao rio, subindo a colina de San Pietro. O local pode ser conhecido internamente.

Na Colina de San Pietro ficam ainda o Castelo de San Pietro, uma fortaleza construída em um ponto estratégico da cidade, e a Igreja de San Stefano. Essa região pode ser conhecida através do Funicular de Verona, um meio de transporte que liga a parte mais baixa e alta da colina.

Verona Card

O Verona Card é um cartão que dá direito a entrada “gratuita” ou com valor reduzido em diversos pontos turísticos de Verona, sem a necessidade de comprar ingressos individuais. O cartão inclui atrações como a Torre dei Lamberti, Museo do Castelvecchio, a Casa de Julieta, além do uso do transporte público na cidade. Para quem pretende visitar várias atrações de Verona, pode valer muito a pena e trazer economia.

Hotéis em Verona

Verona não costuma ser uma cidade que os turistas ficam muitos dias e geralmente é conhecida em um bate-volta a parte de outra cidade do Norte da Itália. Entretanto, para quem gosta de fazer uma programação mais tranquila, pode valer a pena dormir por lá. Algumas opções de hospedagem são o Hotel Giulietta e Romeo, o Truly Verona e o Le Suites di Giulietta e o Massimago Wine Suites – todos localizados no centro histórico e com fácil acesso às principais atrações.


E você, tem mais dicas de Verona? Conte pra gente nos comentários.

Não perca nenhuma oportunidade!
ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
tela do app do melhores destinos
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção