logo Melhores Destinos

Veneza quer rastrear celulares de turistas para controlar fluxo na cidade

Bruna Scirea
11/09/2021 às 11:00

Veneza quer rastrear celulares de turistas para controlar fluxo na cidade

Veneza irá adotar mais uma polêmica medida para controlar o superturismo na cidade: rastrear os celulares e utilizar câmeras de segurança para saber de onde os visitantes vêm, para onde vão – e até mesmo em que velocidade se deslocam.

Além do rastreamento por meio dos celulares, as autoridades de Veneza também pretendem fazer frequentes radiografias da cidade, com as quais poderão analisar a lotação a cada 15 minutos. A prefeitura também testa catracas no centro histórico para controlar a superlotação no local que é considerado patrimônio histórico.

Recentemente, o movimentado destino italiano já havia decretado a proibição de cruzeiros no centro histórico e anunciado a necessidade de turistas fazerem reserva para ingressar em Veneza a partir do verão de 2022.

Conforme o prefeito, Luigi Brugnaro, a coleta de dados dos turistas será sigilosa. E o foco da medida é tornar o turismo na região mais sustentável. O governante diz esperar “protestos e processos”, mas reforça a necessidade de um controle mais rígido de turistas para que a cidade se torne mais habitável para seus moradores.

De acordo com a administração local, Veneza perdeu aproximadamente um terço de seus moradores nos últimos 70 anos – grande em parte e função do turismo desordenado. Até antes da pandemia, cerca de 25 milhões de pessoas visitavam Veneza todos os anos.

Leia também:
Veneza planeja cobrar taxa de entrada e terá sistema de reserva para turistas
Guia completo de Veneza! O que fazer, como chegar e onde se hospedar!

 

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção