logo Melhores Destinos

O que fazer em Tulum – dicas de um paraíso mexicano

Camille Panzera
Camille Panzera
28/11/2020 às 5:30

O que fazer em Tulum – dicas de um paraíso mexicano

Tulum é uma cidade com mais de 30 mil habitantes, localizada a cerca de 130 km de Cancún, e que desponta como destino turístico no estado mexicano de Quintana Roo. Confira nossas dicas e saiba o que fazer em Tulum, um lugar que por suas belezas naturais e históricas cada vez ganha mais o gosto dos brasileiros.

A pequena cidade é conhecida por ter um sítio arqueológico maia e além dessa vertente histórica também possui belas praias, acompanhadas por uma estrutura hoteleira bem preparada e ruas com charmosos restaurantes.

A cidade vem se desenvolvendo rápido e se tornando um destino cada vez mais popular na região, que se diferencia de outros de Quintana Roo pelo seu jeito simples, rústico, sem construções grandiosas, mas confortáveis. É um lugar excelente para quem busca contato com a natureza, tranquilidade e praias com pouco movimento. O lugar também tem um tom místico e por isso é procurado por pessoas que querem levar um estilo de vida mais saudável.

Abaixo você confere nossas dicas sobre Tulum, no México!

Onde fica Tulum

Tulum está localizada na costa Leste do México, a cerca de 1500 km da capital Cidade do México, ou a cerca de 130 km de Cancún, ou 64 km de Playa del Carmen.  E, pelo menos por enquanto, é um destino bem mais tranquilo do que suas vizinhas próximas. Com um litoral de praias calmas, a cidade tem basicamente duas áreas: uma área central onde vivem os mexicanos, chamada Tulum Pueblo, e uma área ao longo do litoral, que é a zona hoteleira e turística, onde fica a maior parte dos hotéis e restaurantes.

Cancún é conhecida pelo seu grande desenvolvimento e hotéis all inclusive; Playa del Carmen é conhecida pela estrutura sem exageros, já Tulum é aquele destino de praia que de pequena vila de pescadores em pouco tempo se tornou um destino descolado e badalado, procurado por artistas e pessoas que buscam sossego.

mapa tulum

A cidade está próxima de vários maravilhosos cenotes, que são piscinas naturais integradas a rios subterrâneos, possui um sítio arqueológico incrível, tem praias de um colorido espetacular, está a cerca de 47 km do sítio arqueológico de Cobá e a 18 km do parque aquático Xel-Há. É um destino ótimo para se desconectar, escolher um hotel e nele passar o dia relaxando!

O que fazer em Tulum:

Confira as principais dicas de atividades para realizar em Tulum!

1. Ruínas maias no sítio arqueológico de Tulum

As ruínas de Tulum são uma das mais conhecidas do México e da região de Cancún. A pequena cidade construída na beira do mar, em cima de uma falésia, era fortificada e tinha essa curiosa localização porque servia como uma espécie de porto para embarcações. O sítio arqueológico de Tulum tem uma localização incrível e uma visita ao lugar permite conhecer mais de perto sobre o modo de vida dos mais e detalhes de sua cultural. “El castillo”, uma das principais ruínas de Tulum, fica em um dos extremos do sítio e funcionava como farol de navegação e ponto de observação astronômica. Vale muito a pena visitar o sítio arqueológico, principalmente na companhia de um guia, que explicará melhor sobre as construções, formações da cidade e o dia a dia dos maias.

tulum mexico

Sítio Arqueológico de Tulum

Um pouco mais distante, mas igualmente interessante é o sítio arqueológico de Chichen Itzá, uma das 7 maravilhas do mundo moderno. O local tem construções bem conservadas e uma pirâmide que permite identificar os grandes dotes matemáticos, arquitetônicos e astronômicos que os maias possuíam. Já estive em Chichen Itzá em mais de uma oportunidade e é simplesmente incrível ver de perto o conhecimento que os maias possuíam há centenas de anos.

Se o tempo permitir, vale também visitar Cobá, uma cidade com diferentes edifício quase que perdida no meio da floresta. É outro sítio arqueológico lindo, com construções inteiras e que se diferencia dos demais parques porque você pode conhecê-lo de bicicleta. Como são vários os sítios arqueológicos e os passeios em Quintana Roo, recomendo que você se programe para entender melhor que tipo de atividade te agrada mais e então elaborar sua própria programação!

coba mexico

Cobá

2. Praias de Tulum e clubes de praia

Tulum tem beach clubs (clubes de praia) muito legais, que costumam ser uma boa pedida para curtir a praia, permitindo que você passe o dia desfrutando de uma boa estrutura. Eles são uma boa alternativa para curtir o mar, já que poucos são os trechos de praia “pública” em Tulum; a maior parte dos acessos ao mar está fechada por hotéis e propriedades privadas, o que faz com que esses Beach clubes ofereçam não apenas o acesso ao mar como bebidas, comidas, espreguiçadeiras e até piscina para quem decide ali passar o dia na beira da praia.

Entre os clubes de praia mais conhecidos em Tulum e que valem uma visita, ainda que seja apenas para um almoço relaxante, vale entrar na sua lista o Ahau Tulum, Taboo Tulum e o Ziggy’s Beach.

Já visitei Tulum em três momentos diferentes, com uma última viagem em 2019. Nesse último período a cidade estava sofrendo com uma invasão de algas (sargaço) e comprometia o mergulho nas praias de Tulum, mas nas semanas seguintes tudo já estava normalizado. O sargaço chega até as praias levado pelas correntes marinhas, que variam frequentemente… por isso não é possível saber com antecedência como estará o mar. Independentemente disso, fique de olho em nossa matéria sobre o Sargaço em Cancún, que ajudará a entender a situação na região! E lembre-se que Tulum não tem apenas praias, tem também várias outras atividades, incluindo deliciosos cenotes!

3. Cenotes de Tulum – imperdíveis e inesquecíveis!

Visitar os cenotes de Tulum e região é um programa imperdível! Os cenotes são “piscinas” naturais abastecidas pelas águas de rios subterrâneos e que possuem as mais variadas formas. Alguns cenotes ficam dentro de cavernas e possuem ainda cavernas sub-aquáticas, outros cenotes ficam ao ar livre e se parecem com piscinas… outros mais parecem com um lago. Cada cenote tem uma forma peculiar e Tulum é cheio deles, por isso vale reservar um tempo para conhecê-los. Como são vários os cenotes em Tulum (e região), o ideal é que você escolha alguns para visitar.

Gran Cenote

Um dos cenotes mais populares da cidade e que fica próximo de Tulum Pueblo é o Gran Cenote, que tem águas de um azul turquesa sensacional! Parte desse cenote fica em uma caverna e lá mesmo você pode alugar equipamento de snorkel se quiser. A água é geladinha o cenário muito bonito, principalmente quando a luz incide diretamente na água do cenote. O que nem sempre é muito bacana no Gran Cenote é que por ser um local próximo da cidade, costuma ficar cheio e com muito movimento de pessoas.

gran cenote tulum

Gran Cenote

Cenote Dos Ojos

Nessa propriedade ficam dois cenotes localizados dentro de cavernas. A cor deles é linda, turquesa, e o local é de muita tranquilidade. Nesses cenotes você pode praticar snorkeling ou mergulho, atividade também oferecida no local. as piscinas ficam cercadas por muitas árvores, redes de descanso e são um belo passeio para passar o dia com tranquilidade. A vantagem é que por serem cenotes “fechados”, você pode curtir o dia aqui mesmo quando o tempo está um pouco encoberto ou chuvoso.

Cenotes Casa Tortuga

Nessa propriedade ficam quatro cenotes, conhecidos através de um passeio feito na companhia de um guia local, com um tempo para explorar cada um dos locais. No tour passamos por cenotes em cavernas, parcialmente fechados e ao ar livre! O passeio é tranquilo, indicado para quem gosta de nadar e quer explorar as belezas naturais da região! Um dos cenotes se parece com uma piscina, tamanho o nível de transparência de sua água! O lugar fornece colete salva-vidas e máscara para snorkeling! Foi um dos cenotes mais bonitos que tive oportunidade de visitar na região! Recomendo o passeio! Confira o site do local.

cenote tulum

Xenotes

O parque Xenotes faz parte do grupo Xcaret e consiste em uma área com diferentes cenotes a atividades. São quatro piscinas diferentes que podem ser visitadas no passeio, cada uma delas de um jeitinho, entre eles um cenote em caverna, um cenote semi-aberto e cenote ao ar livre, com direito a tirolesa e local para pular nas profundezas do cenote. É um passeio organizado e um lugar bem estruturado, indicado para quem quer passar o dia em meio a natureza e podendo mergulhar em águas cristalinas, com uma temperatura agradável, por volta dos 23°C.

Cenote Ik-Kil

O Ik-Kil é um cenote muito popular na área de Cancún e certamente um dos que oferece melhor estrutura. O lugar tem uma paisagem deslumbrante e muito peculiar, que vale a pena conhecer mesmo sem a intenção de mergulhar! O cenote está em uma dolina, a cerca de 25 metros abaixo do nível da superfície e seu acesso é feito por uma escadaria esculpida no meio das pedras. Ao longo da descida há dois mirantes para observar a majestosa formação. Como parte do cenote fica “ao ar livre”, há muitas plantas caindo da superfície em direção a água do cenote, formando um cenário digno de cenário de filmes! O lugar é realmente surpreendente e o banho ajuda a amenizar o calor que costuma fazer em Cancún.

cenote ik kil

Cenote Ik-Kil

O parque Ik-Kil é muito bem estruturado. Tem armários para guardar seus pertences, banheiro, ducha, lanchonete, estacionamento e aluguel de coletes salva-vidas. Em termos de beleza, a hora mais bonita de conhecer o cenote é próximo ao meio dia, quando a luz do sol incide diretamente sob a água e é possível admirar seu azul extasiante. Outra dica é evitar conhecer o cenote no fim do dia, em torno das 16 horas, porque nesse horário muitos passeios de ônibus param ao lugar, deixando o parque bem cheio! Como fica próximo de Chichén Itzá, geralmente os passeios que levam ao parque arqueológico também fazem uma parada nesse cenote.

4. Passear na Zona Hoteleira de Tulum

A “Zona Hoteleira” de Tulum é na verdade a principal via da região, a Carretera Tulum-Boca Paila, ou seja, o trecho à beira-mar onde ficam instalados os hotéis e restaurantes de Tulum. Em nada se parece com a Zona Hoteleira de Cancún, que é bem mais urbanizada e desenvolvida.

Ao longo da Carretera Tulum-Boca Paila você verá pequenos restaurantes, lojinhas de artesanato, galerias de arte, pousadas de pequeno porte, hotéis e clubes de praia. É uma via asfaltada, em que carros, pedestres e bicicletas dividem o espaço. Muita gente opta por alugar uma bicicleta para circular por Tulum e essa pode ser uma ótima pedida! Vários hotéis, inclusive, oferecem o uso bicicletas gratuitamente!

Galeria Sfer Ik

O Hotel Azulik, localizado em Tulum, é uma atração da cidade. Embora, possa parecer apenas mais um hotel, foi um lugar construído com um conceito muito diferente, de integração com a natureza, e dentro do hotel há uma galeria, a Sfer Ik. A galeria é aberta ao público em geral e tem exibições de arte contemporânea, além do espaço em si, que é uma obra de arte. Embora o espaço seja bem pequeno, é muito bonito e super diferente!

No povoado de Francisco Uh May, a 23 km de Tulum, há uma outra galeria, o Azulik Uh May, que tem dimensões bem maiores e um design tão diferente que lembra um pouco uma casa na árvore de Pandora, no filme Avatar. O espaço também abriga obras contemporâneas e é super interessante! O lugar foge do tradicional e é incrível, vale muito a pena visitar!

azulik uh may

Azulik Uh May

Reserva de Sian Ka’an, em Tulum

Localizada ao sul de Tulum, Sian Ka’an é uma atração pouco conhecida por muitos turistas e que pode surpreender. A reserva biológica é considerada patrimônio da Unesco e possui florestas tropicais, lagoas, área de mangue e um ecossistema que abriga mais de 300 tipos de aves. São mais de 500 hectares de área, onde é possível realizar atividades como observação da fauna, snorkeling em sua barreira de corais e passeio de barco e visita a lagoas e a ruínas maias. Para quem tem tempo disponível e gosta de fazer atividades que fogem do comum, visitar a reserva de Sian Ka’an é um prato cheio!

reserva tulum

Reserva Sian Ka’an

5. Parques Aquáticos em Tulum

O Estado mexicano de Quintana Roo, do qual fazem parte as cidades de Tulum, Cancún e Playa del Carmen possuem diferentes parques aquáticos, que oferecem entretenimento para um dia inteiro. Você pode aproveitar um dia de sua programação para visitar um desses parques. O parque mais próximo de Tulum é o Xel-Há, que tem atrações como mergulho com snorkel, tirolesas e toboáguas – no lugar é possível ver bastante peixes e passar o dia relaxando. É um ótimo programa para fazer em família porque tem atividades para pessoas de todas as faixas etárias! O Xcaret, parque mais conhecido dessa região e o X-Plor, indicado para quem gosta de aventura, são outras duas opções de passeio em Tulum!

parques tulum

Parque Xel-há


Hotéis em Tulum – onde ficar na cidade

Tulum é uma cidade pequena, com uma estrutura hoteleira surpreendente. A cidade tem pousadas e hotéis boutique, mas nada de enormes resorts cheio de concreto e com festas na piscina regadas a bebida liberada, essa não é a atmosfera que a cidade propõe. O lugar é ideal para quem procura uma acomodação especial, intimista, que ofereça, de preferência proximidade com o mar e sossego. Fique atento porque os preços praticados em Tulum não são baixos e você encontrará hotéis e pousadas com todas as faixas de preço. Tulum Pueblo, o centrinho da cidade, fica um pouco mais distante da praia, mas oferece acomodações por preços melhores.

praias de tulum

Os hotéis de Tulum possuem poucos andares e a grande parte deles está disposta próxima ao mar, ao longo da Zona Hoteleira e da Carretera Tulum – Boca Paila, muitas com uma oferta de “praia privativa”. Entre os hotéis que se destacam na região, vale citar citar o Azulik Tulum (conto sobre a experiência nele logo abaixo) e Nomad Tulum, ambos de alto padrão (mas não com baixo custo), no meio da mata e na frente da praia, com uma proposta de acomodação rústica e charmosa.

Para quem procura um hotel em Tulum com preços medianos e beira-mar, vale checar o Rosa del Viento, no trecho da praia ao sul de Tulum  ou o Playa Xcanan
Tulum. Para acomodações com preços econômicos, você encontrará muitas opções principalmente em Tulum Pueblo, que está um pouquinho mais distante do mar – ali está o Mayan Monkey Hostel  e o Aruma Hotel & Boutique , na beira do mar, o Hotel dos Ceibas Eco Retreat pode ser uma boa opção!

Azulik Tulum

Azulik Tulum – bastante conhecido na cidade, tive a oportunidade de me hospedar no Hotel Azulik, que mais do que uma hospedagem, oferece realmente uma experiência muito especial. O hotel é conhecido por sua estrutura exótica e muita gente tem interesse em se hospedar nele, mas não sabe exatamente como funciona. Vamos aos detalhes:

O Azulik é um hotel construído em cima de um cenote e todo feito em madeira, praticamente sem construções em alvenaria. Ele tem suítes e apartamentos que se parecem com uma casa na árvore, tamanha a integração com as árvores e natureza ao redor. Mesmo as acomodações mais simples possuem ofurôs e as mais luxuosas têm vista para o mar.

azulik tulum

Azulik Tulum

Seus quartos não têm lâmpadas elétricas, a iluminação à noite é feita por velas acessas pelos funcionários, têm apenas uma tomada, não há televisão, não há telefone, os quartos também não possuem chuveiro (o banho é feito à moda antiga, com uma cuia em uma banheira muito bonita, que tem água quente e fria) e a acomodação também não tem ar condicionado. A cama era confortável, com ventilador potente e mosquiteiro para impedir a entrada de animais. À primeira vista pode causar estranheza a falta de itens considerados essenciais para muita gente e realmente não é qualquer pessoa que está preparada para ficar em um hotel de luxo com essa proposta naturalista.

Azulik Tulum

Entretanto, a experiência que o Azulik promove é realmente de integração a natureza, de afastamento de eletrônicos, permitindo ao hóspede se conectar com a hospedagem, admirar as paisagens naturais, andar descalço e desfrutar do momento. A água do hotel é salobra, então os funcionários oferecem água limpa para o consumo do hóspede e tudo no quarto é feito de maneira engenhosa e criativa para contornar a falta de tecnologia. Como não há telefone, por exemplo, foi criado um sistema “analógico” para fazer pedido do serviço de quarto, que funcionou muito bem. Não é um hotel ao qual qualquer pessoa iria se adaptar… e quem decide se hospedar ali deve entender que tipo de acomodação encontrará, do contrário poderá ficar decepcionado.

Poder se hospedar no Azulik e desfrutar dessa estrutura com certeza é uma experiência muito interessante para quem gosta de propostas que fogem do habitual. O hotel tem uma praia privada, onde roupas são opcionais, spa, área para a prática de yoga, uma lindíssima galeria de arte, uma loja e quatro restaurantes de excelente qualidade – um onde é servido o café da manhã e fica aberto o dia inteiro e outros três que abrem para o fim de tarde e jantar, também para não hóspedes.

A arquitetura do hotel é incrível e seus restaurantes possuem um design único! Os restaurantes do Azulik, também com uma pegada rústica e cenário como uma casa na floresta, tem áreas ao ar livre e grandes janelas. Eles são muito populares em Tulum pelo design diferenciado e por um ambiente que se assemelha a ninhos de passarinho sob às árvores – mesmo que você não seja hospede do Azulik, vale muito a pena visitar o Kin Toh, restaurante que tem um visual maravilhoso e decoração diferente de tudo que você já viu!


Onde comer em Tulum

Tulum tem uma gastronomia variada, baseada principalmente em ingredientes da mexicana e frutos do mar. E com essa atmosfera natural que possui, vários restaurantes servem pratos vegetarianos e veganos. Apesar da pequena estrutura, Tulum tem restaurantes de excelente qualidade e potencial, com muitos alimentos naturais e frescos. A dica é que embora seja um lugar “simples”, Tulum não é um destino barato e isso se reflete também na alimentação em bebidas, que para os desavisados podem ter preços altos.

Durante a viagem, estive no Taboo Tulum para um almoço e gostei muito da experiência! O lugar é muito agradável e tem atendentes atenciosos! Outro lugar que conheci foi o Ahau Tulum, com bebidas bem refrescantes! O Rosa Negra é um dos restaurantes mais conhecidos da cidade, que tem também uma unidade em Cancún! Para quem procura algo sofisticado, ele é uma excelente dica. Os pratos são muito bonitos e a experiência gastronômica é de impressionar!

Como estive hospedada no Azulik Tulum, conheci dois restaurantes do hotel que abrem também para o jantar de não-hóspedes, o Kin Toh, com comida maia-mexicana e o japonês-mexicano Tseen Ja. A experiência em ambos foi incrível! A refeição nos restaurantes é à luz de velas e o ambiente parece com uma casa na árvore. O Kin-Toh, em especial, chama a atenção por ter espaços que se parecem com ninhos, em que o hóspede pode se sentir realmente no meio da floresta! Recomendo não só os restaurantes, mas que você visite o hotel no fim de tarde para tomar uma bebida… a paisagem e o ambiente dos ninhos é realmente inesquecível! Embora não sejam restaurantes econômicos, gostei muito da experiência!

Outros restaurantes que não tive a oportunidade de conhecer e fiquei com vontade foram o Casa Banana, a Taqueria La Eufemia, ambos perto da praia, e o Burrito Amor, restaurante mexicano em Tulum Pueblo.

onde comer tulum


Transporte em Tulum

Tulum é uma cidade relativamente pequena, com uma zona hoteleira que pode ser percorrida a pé ou de bicicleta. Entretanto, essa região oferece atrações afastadas, em que um carro será necessário para conhecê-las. Como os táxis possuem um valor um tanto alto, recomendo alugar um carro para fazer passeios pelas redondezas, o que te dará muito mais autonomia e conforto.

Passagens aéreas para Tulum

O Aeroporto mais próximo de Tulum é o Aeroporto Internacional de Cozumel, mas geralmente quem visita a região viaja através do Aeroporto Internacional de Cancún (CUN), um destino que sempre vemos promoções aqui no Melhores Destinos. Vale a dica de sempre ficar ligado no nosso aplicativo para acompanhar em primeira mão as ofertas que encontramos.

Para sair do aeroporto de Cancún e ir para Tulum você poderá usar um carro alugado previamente pela internet e retirado no aeroporto, um táxi ou um transfer. Já utilizei o transfer da Super Shuttle no trajeto e tudo correi bem. Os ônibus também são uma opção e oferecem economia, mas pouca praticidade.

Já para sair do Aeroporto de Cozumel, você precisará pegar uma ferry boat, para Playa del Carmen, já que Cozumel é uma ilha. Depois, já em terra firme, poderá prosseguir para Tulum com um táxi, carro alugado ou ônibus.


Quando ir a Tulum

Tulum, assim como Cancún, é um destino visitado o ano inteiro e que sempre é bastante quente, portanto com boas temperaturas para aproveitar as praias, os cenotes e os parques aquáticos. A alta temporada na região acontece principalmente entre dezembro e fevereiro, quando o tempo é mais seco. Entre junho e novembro, assim como todo o Caribe, a área está sujeita a ocorrência de furacões, mas são situações raras. Aqui você poderá ler mais sobre a Temporada de Furacões no Caribe.

praias tulum


Outras dicas de Tulum

  • Você já leu acima, mas não custa lembrar: brasileiros não precisam de visto para o visitar o México quando viajam a turismo. É possível ficar no país por até 180 dias e recomenda-se usar um passaporte com validade mínima de 6 meses antes de começar a viagem.
  • Vacinas também não são obrigatórias para conhecer o México
  • Em Tulum a rede elétrica e internet nem sempre são muito eficientes, então pode acontecer de faltar luz ou não conseguir utilizar o cartão seu cartão de crédito. É bom sempre ter dinheiro em espécie para algum contratempo.
  • Avalie se um carro será útil durante sua viagem. Para quem quer apenas ficar dentro do hotel ele pode não fazer muita falta, mas para quem quer explorar a região e fazer passeios, pode fazer muita diferença um carro a seu dispor.
  • Tulum não é um destino econômico, inclusive é mais caro do que Cancún e Playa del Carmen. Na Zona Hoteleira, em especial, os preços podem ser bem altos. Para quem busca alternativas de hospedagem e restaurantes acessíveis, procure estabelecimentos em Tulum Pueblo.
  • Procure pagar seus gastos em pesos mexicanos. É comum o comércio aceitar dólares americanos, porém, o troco é dado em pesos e nem sempre a taxa de câmbio utilizada pelo comércio é vantajosa para o cliente.
  • Se pretende conhecer sítios arqueológicos, tente visitá-los em horários mais frescos do dia, como o início da manhã. Faz muito calor em Tulum, principalmente entre 12 e 15 horas.

Informações úteis sobre Tulum

Aeroportos próximos: Aeroporto Internacional de Cozumel e Aeroporto Internacional de Cancún
País: México
População: 30.000 habitantes
Língua: espanhol
Precisa de visto? Não, apenas o passaporte
Rede elétrica: 110 volts
Site oficial
Embaixada do México no Brasil


E você, já esteve em Tulum? Tem mais dicas da cidade? Divida com a gente nos comentários!