logo Melhores Destinos

Governo da Argentina aumenta taxa de embarque para R$ 298

Leila Aisen
Leila Aisen
14/01/2021 às 14:02

Governo da Argentina aumenta taxa de embarque para R$ 298

A taxa de embarque da Argentina, conhecida por ser uma das mais altas do mundo, ficou mais cara. O governo argentino publicou no Diário Oficial um aumento de US$ 6 na taxa cobrada de cada passageiro vindo de outro país, que passa de US$ 51 para US$ 57 por viajante – cerca de R$ 298 no câmbio de hoje. Por outro lado, o governo anunciou que a taxa de embarque para voos domésticos no país, chamada Taxa de Uso Aeroespacial Doméstico (TUA), teve o preço congelado até o final de 2021.

A nova taxa internacional vale para passagens aéreas emitidas a partir de hoje, a serem utilizadas a partir de 15 de março. Vale destacar que o aumento é real, já que o valor é atrelado ao dólar e não sofre com a inflação de peso argentino.

Segundo o governo, a decisão de não aumentar a taxa de voos nacionais foi tomada de forma a “não prejudicar a competitividade e produtividade do setor; enquanto o seu ressurgimento é gerado, buscando atingir níveis crescentes de conectividade aérea para o benefício dos usuários e o aumento dos impactos diretos e indiretos do transporte aéreo comercial ”.

Vale lembrar que além da alta taxa de embarque os argentinos que desejam viajar para o exterior e pagar com cartões de crédito emitidos no país são obrigados pagar uma taxa PAIS de 30% e a percepção de 35%.

Leia também: O governo decidiu que o Aeroporto El Palomar permanecerá fechado

Com informações do Mejores Destinos Argentina