logo Melhores Destinos

Taj Mahal: ingressos, horários e dicas da atração mais famosa da Índia

Wendell Oliveira
Wendell Oliveira
23/04/2020 às 17:26

Taj Mahal: ingressos, horários e dicas da atração mais famosa da Índia

O Taj Mahal é a principal atração turística da Índia e um dos monumentos mais importantes do mundo. Localizado na cidade de Agra, foi eleito uma das Sete Novas Maravilhas do mundo moderno e atrai visitantes o ano todo.

Visitar o Taj Mahal é o maior destaque de uma viagem à Índia. Confira todas as informações: como chegar, preços dos ingressos, horário de funcionamento e dicas da atração mais famosa da Índia!

Como chegar ao Taj Mahal

O Taj Mahal está localizado na cidade de Agra, a 230 km de distância da capital Nova Délhi. É possível chegar em Agra de carro, ônibus, trem e avião.

Taj Mahal, Índia

Taj Mahal: Símbolo do amor do príncipe Shah-Jehan pela princesa Mumtaz Mahal.

De carro

Um bate-volta de carro de Nova Délhi para Agra é perfeitamente possível. O passeio custa cerca de 6.000 rúpias (+- 80 dólares) por pessoa e dura entre 12 a 14 horas, com motorista particular e guia em inglês. Os ingressos para o Taj Mahal não estão inclusos.

Caso tenha tempo, recomendamos passar ao menos uma noite em Agra e pegar o Taj Mahal ao amanhecer.

De trem

Devido à curta distância entre Agra e Nova Délhi, chegar de trem ao Taj Mahal é uma opção bem popular entre os turistas.

Os trens para as estações de Agra Cantt (AGC) ou Agra Fort (AF) partem diariamente das estações de Nova Délhi, como a Hazrat Nizamuddin (NZM), Delhi S Rohilla (DEE) e New Delhi (NDLS), que é integrada ao Aeroporto Internacional.

A viagem dura entre 2h a 4h30, dependendo do horário e do trem escolhido, e custa entre 175 a 1.560 rúpias (cerca de 2 a 20 dólares). Ao chegar na estação de trem de Agra, será necessário pegar um táxi ou tuk-tuk (aproximadamente 10 minutos) até a entrada do Taj Mahal.

trem agra taj mahal

O trem de Nova Délhi para Agra é uma opção bem popular

É possível adquirir ingressos pessoalmente nas estações ou através de agências. Comprar tickets online não é fácil, mas sites como o 12Go.Asia ajudam. Tenha atenção ao selecionar a classe do trem, pois o conforto e a segurança da viagem podem ser comprometidos. Prefira a classe 2A (AC two tier) e evite a Sleeper.

De avião

O Aeroporto de Agra é uma base militar, com raros voos comerciais. Dependendo da época, é possível encontrar voos saindo de Jaipur com a Air India; de Bangalore, Bhopal, Lucknow, Varanasi com a IndiGo; e mais recentemente com voos partindo de Délhi com a Zoom Air.

De ônibus

Ônibus na Índia são extremamente baratos, mas não são recomendáveis para turistas. O trânsito em um país com mais de 1 bilhão de habitantes costuma ser lento e confuso. A segurança também deve ser um motivo de atenção, sendo melhor evitar viagens durante a noite, quando acidentes são mais frequentes.

Quanto custa o ingresso para o Taj Mahal?

Ingressos para o Taj Mahal

O ingresso inclui um par de pantufas, uma garrafa d’água e um mapa turístico

Atualmente o ingresso para o Taj Mahal custa 1.100 rúpias para estrangeiros (cerca de 15 dólares), mais 200 rúpias para a visitação do Mausoléu (opcional).

Compre os ingressos nas bilheterias físicas do Taj Mahal, no site do Serviço de Arqueologia da Índia ou canais oficiais de venda. Aliás, estrangeiros que compram pela internet têm desconto de 50 rúpias no valor total do ingresso.

Taj Mahal

Vista de outros ângulos

O valor do ingresso para o Taj Mahal recentemente vem aumentando para limitar o número de visitantes. A medida é uma tentativa de proteger o monumento dos efeitos do turismo de massa e gerar mais receita para a preservação do complexo.

Horário de funcionamento do Taj Mahal

De acordo com o site oficial, o Taj Mahal “abre 30 minutos antes do nascer do sol e fecha 30 minutos antes do por do sol”, e não funciona às sextas-feiras. O ideal é madrugar na fila para pegar o monumento abrindo e garantir fotos sem multidões.

Horário de funcionamento Taj Mahal

Quer tirar uma boa foto? Chegue cedo.

Durante os meses de novembro a fevereiro, a neblina pode atrapalhar a visibilidade durante a manhã — neste caso, é melhor visitar a atração à tarde.

Durante a Lua Cheia, dois dias antes e dois dias depois, é possível visitar o Taj Mahal à noite. Neste período, o monumento fica aberto à visitação entre 20h30 à meia-noite.

Dicas para visitar o Taj Mahal

– Fazer um passeio bate-volta de carro privado saindo de Nova Délhi é possível, mas perde-se muito tempo no trajeto. Pernoitar em Agra é a melhor opção para quem quer pegar o dia amanhecendo e registrar o Taj Mahal ainda vazio;

– O acesso ao Taj Mahal é feito por 3 portões de entrada: Portão Leste, Sul e Oeste. Se possível, evite o Portão Oeste (Western Gate), pois ele é o principal e geralmente tem as maiores filas;

Mapa do complexo do Taj Mahal

Mapa de acesso

– Por respeito à cultura, cubra braços e pernas cobertos durante a visitação. Dê preferência a roupas leves e confortáveis, sem decotes ou bermudas;

– Há checagem de segurança na entrada, não é permitido entrar com malas e mochilas grandes. Somente bolsas pequenas são permitidas, além de câmeras, celulares e uma garrafa de água por pessoa. Drones e tripés são proibidos.

– Existe uma grande disponibilidade de hotéis em Agra a uma curta caminhada da entrada do Taj Mahal, para todos os bolsos. Garanta um hotel com terraço e tenha a oportunidade de contemplar o monumento a distância;

Arredores do Taj Mahal

Agra é uma típica cidade indiana e sofre com problemas de urbanização e saneamento.

– Com exceção do Taj Mahal, a cidade de Agra não é exatamente bonita e possui poucas atrações, destacando-se o Forte de Agra nos arredores. Turistar pela cidade com equipamento fotográfico não é perigoso, mas pode atrair atenção indesejada. Por isso, tenha atenção aos golpes contra turistas.

– Separe algum tempo para visitar a parte de trás do monumento, o Jardim Mahtab Bagh. A visita custa cerca de 1,50 dólar e proporciona uma vista única do Mausoléu e do rio Yamuna.

Leia também:
Os 10 erros mais comuns em uma viagem à Índia – e como evitá-los!


E você, já visitou o Taj Mahal? Deixe suas dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *