logo Melhores Destinos

Liberado! Brasileiros vacinados poderão voltar a viajar para a Suíça a partir deste sábado

Leonardo Cassol
Leonardo Cassol
23/06/2021 às 14:21

Liberado! Brasileiros vacinados poderão voltar a viajar para a Suíça a partir deste sábado

O órgão oficial de promoção do turismo da Suíça anunciou hoje a liberação da entrada de brasileiros vacinados e não vacinados no país a partir do próximo sábado, 26 de junho. Turistas imunizados com duas doses das vacinas Pfizer, Moderna, Janssen, AstraZeneca e Sinovac não precisarão realizar testes. E mesmo quem não estiver vacinado poderá ingressar apresentando um exame RT-PCR ou de antígeno com resultado negativo antes do embarque, mas sujeito a uma quarentena de 10 dias na chegada. Atualização: já a viagem de brasileiros não vacinados não será liberada agora, de acordo com novas informações do governo suíço.

Passagens para a Suíça a partir de R$ 2.460 ida e volta com taxas inclusas!

Seremos o primeiro país da Europa a abrir para brasileiros sem quarentena”, comemorou o diretor do Turismo da Suíça no Brasil, Fabien Clerc.

No entanto, turistas vindos do Brasil que tenham intenção de viajar para outros países europeus a partir da Suíça terão que passar pelo menos 10 dias no país, o equivalente a uma quarentena, respeitando eventuais exigências adicionais do destino. Portanto, é bom conferir as restrições antes de planejar qualquer viagem.

A mesma atenção vale para quem for viajar para a Suíça com conexão em algum outro países europeu. Os requisitos de embarque devem respeitar as regras vigentes de cada país na data da viagem, sendo que algumas nações do bloco não estão permitindo o embarque ou conexões de brasileiros para dentro da União Europeia. Mas vale destacar que a Swiss segue com 6 voos semanais diretos entre São Paulo e Zurique, frequência que passará a ser diária a partir de agosto.

Novos requisitos para a entrada de brasileiros na Suíça (válidos a partir de 26/6)

  • Brasileiros totalmente vacinados, com 1ª e 2ª dose aplicadas poderão entrar na Suíça isentos de quarentena e PCR, exceto quem tomou a vacina da Janssen que terá que esperar o 22º dia após a aplicação da dose única da vacina para o embarque;
  • Brasileiros que comprovadamente se recuperaram da doença até 11 dias antes da viagem terão permissão para entrar na Suíça sem precisar fazer quarentena ou teste;
  • Demais brasileiros deverão apresentar um teste de PCR negativo ou teste rápido de antígeno 72h antes da viagem e entrar em quarentena de 10 dias na chegada.

Todos precisarão preencher um formulário com informações de contato e o local de hospedagem.

Ainda não está claro se quem tomou a Coronavac no Brasil terá permissão para ingressar imediatamente, já que no comprovante de vacinação dos brasileiros pode vir escrito o nome do Butantan no laboratório e não da fabricante Sinovac. Mas o escritório de Turismo da Suíça informou que está trabalhando para criar uma padronização para que os agentes de imigração entendam que a vacina Butantan/Coronavac é a mesma da Sinovac, da mesma forma AstraZeneca da Fiocruz é a mesma aplicada na Europa, por exemplo. No entanto, o órgão recomendou que as pessoas vacinadas com Coronavac aguardem alguns dias até um posicionamento oficial do governo suíço com relação a nomenclatura presente nos comprovantes de vacinação.

Como comprovar a vacinação?

De acordo com o órgão, o cartão disponibilizado com o SUS com o nome completo do passageiro será suficiente. Crianças de até 16 anos serão isentas de comprovação de vacinação ou teste e poderão viajar com os pais vacinados.

Quem teve a doença terá que mostrar um teste positivo de covid-19 realizado entre 6 meses e 11 dias antes de viagem. Testes de IGM e IGC não serão aceitos para comprovar a recuperação do passageiro.

Como funcionará a quarentena para não vacinados?

A quarentena obrigatória será dez dias. O viajante poderá ficar no quarto de um hotel a sua escolha, mas sem acesso as áreas comuns. Será necessário informar o endereço da quarentena e permanecer no mesmo local do início ao fim do confinamento.

Mais informações sobre a medida neste link.


Será que agora os demais países da Europa vão seguir a Suíça e liberar a entrada de brasileiros vacinados sem restrições? Vamos torcer e acompanhar!