Coronavírus: empresas de cruzeiros marítimos flexibilizam regras de remarcação

Thayana Alvarenga
10/03/2020  ·  17:50Publicado 10 · mar · 2020  ·  17:50Atualizado 16 · mar · 2020

Coronavírus: empresas de cruzeiros marítimos flexibilizam regras de remarcação

Após as companhias aéreas, agora é a vez das empresas de cruzeiros marítimos flexibilizarem as políticas de remarcação devido ao avanço nos casos de coronavírus (COVID-19), ou cancelarem cruzeiros. Quem tem viagem de cruzeiro marcada no exterior, principalmente para as regiões mais afetadas pelo vírus, deve conferir o posicionamento oficial da empresa antes de tomar qualquer decisão.

Listamos a seguir as principais empresas de cruzeiros que já emitiram comunicados sobre o assunto (atualizado em 16/3 – 14:25). Confira:

Costa Cruzeiros

A Costa Cruzeiros está suspendendo voluntariamente as operações globais de seus navios, impactando as viagens que seriam realizadas até o dia 3 de abril de 2020*. A decisão foi tomada diante da disseminação global do Covid-19, recentemente elevada ao status de pandemia pela Organização Mundial da Saúde, e que exige medidas extraordinárias e a contribuição de todas as partes interessadas para interromper o surto.

Em um esforço para conter a emergência de saúde, a Costa Cruzeiros já havia alterado os itinerários de seus navios que desembarcam nos portos italianos até o dia 3 de abril, enquanto as operações da Costa na China estão suspensas desde o dia 25 de janeiro.

A Costa Cruzeiros também decidiu antecipar o término de sua temporada brasileira 2020, interrompendo suas operações na região a partir da próxima terça-feira (17). Os cruzeiros a bordo do Costa Fascinosa, portanto, com embarques programadas para os dias 17, 23 e 31 de março e 6 de abril de 2020, estão cancelados. O roteiro de travessia Brasil-Itália, com saída em 14 de abril, também não ocorrerá.

Os cruzeiros atualmente em atividade terminarão apenas para permitir que os hóspedes desembarquem e retornem aos seus locais de origem. A Costa Cruzeiros já está comunicando os agentes de viagens e clientes sobre os procedimentos para a alteração de seus embarques.

A companhia marítima está oferecendo o cancelamento gratuito e sem penalidade para as reservas novas e individuais efetuadas entre 9 de março e 30 de abril de 2020.

A política de cancelamento é válida para os cruzeiros internacionais da Costa ao longo de 2020, com embarques a partir de 1º de maio; e para todos os roteiros previstos na temporada 2021 no mundo, incluindo as viagens pela América do Sul e as travessias transatlânticas Brasil-Itália a bordo dos navios Costa Fascinosa, Costa Luminosa e Costa Pacifica.

Para garantir a gratuidade, o cancelamento do cruzeiro deve ser realizado até o dia 30 de abril de 2020. O benefício não será aplicado nas viagens que já tenham sido alteradas antes de 9 de março.

Mais informações e as datas de retorno das operações no site da empresa

Disney Cruise Line

A Disney Cruise Line decidiu suspender todas as novas partidas a partir de sábado, 14 de março de 2020, até o final do mês. A empresa oferecerá aos passageiros afetados um crédito futuro para o cruzeiro ou um reembolso total, cujos detalhes serão fornecidos diretamente a eles. Dado o volume de chamadas acima do normal na Central de Atendimento, a empresa solicita que os hóspedes afetados ou seu agente de viagens esperem entrar em contato conosco até receber um e-mail.

Além disso, quem tiver reserva para travessias na Europa até 25 de julho poderá alterar a reserva até a véspera do embarque, assim recebendo um crédito de 100% para ser usado em futuros cruzeiros dentro de 15 meses da data original da partida. O crédito não é reembolsável e as taxas prevalecentes serão aplicadas.

Mais informações e a lista de itinerários afetados no site da empresa, disponível apenas em inglês.

MSC Cruzeiros

Devido à crise em desenvolvimento do Covid-19 nos diversos países onde operamos, as restrições impostas por diversos governos e autoridades portuárias, e as medidas preventivas que iniciamos a partir de janeiro, somos forçados a ajustar ou cancelar alguns de nossos itinerários. (atualizado em 16/3)

Essas decisões refletem a situação conforme ela continua a evoluir. Estamos em contato com governos, autoridades de saúde e autoridades locais para monitorar quaisquer notícias e vamos continuar a ajustar nossas operações quando necessário para proteger a saúde de nossos hóspedes e tripulação. É importante observar que atualmente a maior parte de nossa frota continua operando como planejado e que não tivemos nenhum caso de Covid-19 em nossos navios.

Nos Emirados, devido a uma limitação na movimentação de passageiros imposta pelas autoridades locais, estamos cancelando os cruzeiros do MSC Bellissima e MSC Lirica a partir de 14 de março, incluindo a MSC Grand Voyage do MSC Bellissima em 21 de março e a do MSC Lirica em 18 de abril.

No Mediterrâneo, devido à limitação da movimentação e ao fechamento dos portos requisitado respectivamente pelo governo italiano e pelo governo espanhol, estamos cancelando os cruzeiros do MSC Grandiosa de 14 de março a 28 de março e os cruzeiros do MSC Opera de 10 de março a 21 de abril.

Nos Estados Unidos, a partir de 14 de março, estamos suspendendo todos os cruzeiros do MSC Seaside, MSC Meraviglia e MSC Armonia com embarque em Miami. Voltaremos as operações normais a partir de 30 de abril.

Nas Antilhas, devido às restrições em Martinica, estamos cancelando os Cruzeiros do MSC Preziosa de 14 de março a 28 de março. Todas essas mudanças assim como outras mudanças menores estão presentes na tabela abaixo. Atenção: novas alterações poderão ser feitas de acordo com a evolução da situação.

Para cruzeiros que formos obrigados a cancelar vamos oferecer aos nossos hóspedes uma carta de crédito de igual valor ao do cruzeiro cancelado, para ser utilizado em qualquer cruzeiro futuro com embarque até o final de 2021, além de um crédito a bordo de EUR/USD 100 por cabine, em cruzeiros cancelados de até 6 noites, e EUR/USD 200 para cruzeiros cancelados de 7 noites ou mais. Apenas para o cancelamento da MSC Grand Voyage Dubai – Yokohama e MSC Lirica Grand Voyage Dubai – Veneza, iremos oferecer um crédito a bordo de EUR/USD 400 por cabine. Esse crédito é reembolsável, válido por qualquer período do ano e pode ser combinado com qualquer promoção existente.

Restrições de embarque

Importante para hóspedes indo para os EUA a partir da Europa. Entrada nos EUA está fechada para a maior parte dos estrangeiros que estiveram em certos países europeus em qualquer momento nos últimos 14 dias antes de chegar nos Estados Unidos. Esses países incluem: Áustria, Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia e Suíça. Isso não se aplica a residentes permanentes legalizados, em geral membros imediatos de famílias de cidadãos americanos e outros indivíduos que são identificáveis na proclamação. Essa restrição entra em vigor às 23h59 (EDT) no dia 13 de março de 2020 e a duração estimada é de 30 dias.

Para todos os navios embarcando em Miami: a partir de sábado, dia 14 de março, elevaremos ainda mais nossas medidas preventivas, em linha com a recomendação da Cruise Line International Association e o governo americano. Negaremos o embarque para:

  • Todos os hóspedes com condições médicas severas (doenças cardíacas, diabetes, doenças de pulmão) como especificado pelo CDC dos EUA.
  • Todos os hóspedes com 70 anos ou mais no dia do embarque ou que vão fazer 70 anos durante o cruzeiro, exceto se possuírem verificação por escrito de um médico certificando que não possuem nenhuma condição médica crônica e estão aptos a fazerem o cruzeiro.
  • Começamos a verificar a temperatura termal dos hóspedes em todos os portos e entradas.
  • Iniciamos uma verificação semanal de saúde para todos os tripulantes.

Mais informações no site da MSC

Norwegian

Quem tiver viagem com a Norwegian até 30 de setembro de 2020 poderá cancelar sem custo até 48 horas antes do embarque, recebendo 100% do pagamento como crédito para uso futuro em qualquer cruzeiro até 31 de dezembro de 2022. Esta nova oferta se aplica a todos os novos hóspedes e aos que já estão com reserva em viagens a partir de 10 de março de 2020.

Royal Caribbean

O grupo Royal Caribbean anunciou que suspenderá os cruzeiros nos Estados Unidos por 30 dias, a partir da meia-noite de 14/03/2020.

Cruzeiros que partiram de portos dos EUA até 13/03/2020, operam seus itinerários programados. E os navios dos EUA já em viagem terminarão seus itinerários conforme planejado.

A Royal também criou uma política que permite o cancelamento em até 48 horas antes do embarque. A regra vale para passageiros tanto da Royal Carribbean como da Celebrity Cruises, Azamara e Silversea, e contempla tanto novas reservas como as já existentes, porém é importante que a data de saída seja até 31 de julho de 2020.

Segundo a empresa, os viajantes vão receber uma carta de crédito com o valor total da tarifa de cruzeiro que poderá ser utilizado como o cliente quiser. No caso, será possível escolher um novo cruzeiro e uma nova data de viagem até 2021, quando o hóspede achar conveniente.

Pullmantur

Seguindo as diretrizes e procedimentos estabelecidos pelo nosso Grupo e equipe médica, até novo aviso e independentemente da nacionalidade, somos obrigados a cancelar ou recusar o embarque no cruzeiro para qualquer pessoa que:

1. Tenha viajado de, para ou através da China, Hong Kong, Macau, Itália, Irã ou Coreia do Sul, nos últimos 15 dias.

2. Tenha entrado em contato com pessoas que viajaram nos últimos 15 dias de, para ou através da China, Hong Kong, Macau, Itália, Irã ou Coreia do Sul. É caracterizado pelo CDC como contato, a proximidade de no mínimo 2 metros de uma pessoa.

3. Tenha suspeita de infecção pelo COVID-19, tenha tido contato ou ajudou a cuidar de qualquer pessoa com suspeita ou que foi diagnosticada com o COVID-19, nos últimos 15 dias.

Além disso, exames de saúde obrigatórios serão realizados em pessoas que:

1. Apresentem quaisquer sintomas semelhantes a gripe ou estejam se sentindo indispostos.

2. Viajaram de, para ou através do Japão ou Tailândia, nos últimos 15 dias.

3. Não possuam certeza sobre o contato com pessoas que viajaram de, para ou através da China, Hong Kong, Macau, Irã, Itália, Coreia do Sul, Japão ou Tailândia, nos últimos 15 dias.

Em alguns casos, por discrição médica, é possível negar o embarque para aqueles que têm certos sintomas durante a revisão.

Os dias – contados como dias completos – serão calculados a partir da data prevista de embarque.

Essas medidas foram tomadas após consulta a diferentes agências, incluindo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras autoridades de saúde pública.

A bordo, temos protocolos médicos rigorosos que ativaremos no caso de algum passageiro ou tripulante ficar doente durante o cruzeiro. Estes incluem, entre outros, tratamento médico profissional, isolamento de pessoas doentes, intensificação de procedimentos de limpeza, filtragem e desinfecção do ar.

Recusa de embarque / cancelamento por qualquer um dos motivos acima (protocolos de saúde relacionados ao coronavírus) – iremos proceder com reembolso do valor pago à Pullmantur Cruzeiros.

Aqueles que cancelarem a viagem porque se sentem mal ou apresentam sintomas de gripe devem fornecer um atestado médico emitido por um especialista. Aqueles emitidos por um familiar ou clínico geral não serão válidos.

Além disso, ofereceremos a você um bônus de 50% da sua reserva (calculado sobre a tarifa da cabine), desde que a contratação ocorra antes de 31 de dezembro de 2020.

Cancelamento por outros motivos que não os protocolos de saúde relacionados ao coronavírus:

Todas as pessoas que desejam cancelar o cruzeiro por outros motivos que não os descritos acima (protocolos de saúde relacionados ao coronavírus) devem pagar as taxas de cancelamento correspondentes.

Para qualquer dúvida ou esclarecimento, entre em contato conosco pelo telefone: (11) 4760-9313

Mais informações no site da Pullmantur

Princess Cruises

A Princess Cruises comunicou que interrompeu voluntariamente as operações globais de seus 18 navios. A paralisação é uma medida de precaução para não contribuir com a proliferação do coronavírus pelo mundo e, em princípio, vai durar 60 dias.

Os passageiros que estão em viagem que termine após o dia 17 de março, finalizarão a viagem no local mais conveniente.

Mais informações no site da empresa.


E você, tem cruzeiro marcado para o exterior nas próximas datas? Conseguiu fazer alterações com a empresa? Comente abaixo e ajude outros leitores!

Veja também: