logo Melhores Destinos

Como foi a reabertura dos parques da Disney em Orlando

Thayana Alvarenga
13/07/2020 às 19:22

Como foi a reabertura dos parques da Disney em Orlando

O Walt Disney World reabriu dois de seus parques neste fim de semana em Orlando. O Magic Kingdom e o Animal Kingdom foram os primeiros a retomar as atividades nesta reabertura gradual, que terá também na quarta-feira a volta dos serviços nos parques Epcot e Hollywood Studios. A equipe do site The Points Guy esteve na reabertura da Disney e contou como foi a experiência e quais mudanças foram adotadas, confira!

Sem multidão

A Disney deixou claro que a capacidade seria limitada para a reabertura, embora nunca tenha anunciado publicamente um novo número máximo de ocupação para os parques. Como já falamos, os visitantes agora devem fazer uma reserva antecipada para entrar nos parques.

O parque realmente está sem multidões. A seguir você pode conferir uma foto do Magic Kingdom por volta das 16h30, no dia de reabertura:

Aqui está o local no mesmo horário em março de 2019:

Em tempos normais, ficaria realmente cheio. Veja essa imagem de novembro de 2018:

Desfiles suspensos

A Disney suspendeu as grandes paradas de desfiles e fogos de artifício noturnos para evitar aglomerações. Em vez disso, o local está oferecendo algo mais modesto, com alguns personagens desfilando, acenando de um prédio, em um carro alegórico ou até mesmo a cavalo.

Pois é, tinha até um cavalo.

Por enquanto sem FastPass+

O FastPass foi suspenso, portanto se você quiser ir em algum brinquedo será necessário entrar na fila e esperar. Sem fila virtual, sem FastPass+, sem planejar e reservar os brinquedos com dias de antecedência…

“Alguns brinquedos como Splash Mountain e Mine Train tinham fila de espera entre 35 e 40 minutos, mas geralmente era mais rápido do que o anunciado. As filas pareciam maiores devido ao distanciamento social”, disse o relato do site The Points Guy.

Distanciamento social

Se você já esteve na Disney, sem dúvida ouviu a frase “Por favor, preencha todo o espaço disponível” várias vezes. Seja entrando no brinquedo, esperando na fila, sentando-se para assistir a um show ou pedindo comida, certamente alguém lhe disse para dar “uma apertadinha” para aproveitar melhor o espaço da fila. Mas agora a distância é sua amiga e você não será espremido ao lado de um estranho.

As lojas estão funcionando com distanciamento social e até filas virtuais quando necessário. No caso de restaurantes de serviço rápido, você somente pode entrar quando o seu prato estiver pronto, reservado antecipadamente pelo celular.

O problema é que as trovoadas da tarde ainda são comuns em Orlando. E quando se está na Disney, aqueles que procuram um teto sobre a cabeça para fugir da chuva não têm muitos lugares para ir. É alta a probabilidade de que haja aglomeração nas pontes, marquises e praticamente qualquer lugar coberto.

Pedido de comida pelo celular

Há alguns anos a Disney possui um sistema de pedidos de refeições pelo celular.  Basta solicitar a comida e ela é paga e preparada enquanto você termina um passeio, faz compras ou se senta à mesa. Antes essa era uma maneira de economizar tempo. Agora, é um jeito de reduzir o contato.

Nos demais restaurantes, em vez de um menu impresso, a Disney colocou um papel descartável com um QR code na mesa. Então o cliente digitaliza o código com o celular para ver o menu.

Medidas sanitárias contra a Covid-19

Quando você embarca na Space Mountain e puxa a barra no colo, prende o cinto de segurança no tapete mágico de Aladim ou dispara o jato no Space Ranger Spin do Buzz, alguém pode ter tocado o mesmo local apenas alguns segundos antes de você. E por isso é tão importante desinfectar tudo.

Há estações de desinfetantes absolutamente em todos os lugares do parque para que o visitante possa higienizar as mãos facilmente antes e depois de qualquer atração, além de paradas periódicas para uma verdadeira lavagem das mãos.

Máscara no calor de Orlando

Todos os hóspedes com idade igual ou superior a dois anos devem usar uma máscara facial enquanto estiverem dentro, fora e essencialmente em toda parte da Disney World. Quem já esteve em Orlando sabe como a cidade é quente, e uma máscara cobrindo boca e nariz pode incomodar um pouco e comprometer a experiência.

Problemas que permanecem

É muito fácil fazer isolamento nas filas, atrações ou restaurantes da Disney, porém não há informações claras de onde ficar enquanto se explora as lojas, lava as mãos ou caminha pelas ruas dos parques.

“As multidões estavam no banheiro, ou ocasionalmente em uma seção mais apertada de uma loja. Você pode minimizar isso analisando a lotação dos lugares em que entra e procurando banheiros fora dos roteiros mais conhecidos. Se você não for cuidadoso, não haverá nem um metro de distância entre você e outro frequentador do parque”, lembrou muito bem a equipe do TPG.

Além disso, alguns visitantes esqueceram que estavam com a máscara abaixada ou que não estavam seguindo o protocolo. Essa foi uma porcentagem muito pequena, mas que existiu.

A polêmica reabertura da Disney de Orlando

O Walt Disney World foi fechado em março, quando a Flórida registrava 166 casos de Covid-19. Agora, no momento da reabertura dos parques, o Estado soma mais de 250 mil casos. O condado onde a Disney fica, em grande parte, chamado Orange County, teve mais de 15 mil casos confirmados no dia da grande reabertura dos parques, no fim de semana.

Aparentemente a Disney está procurando uma forma de gerenciar milhares de pessoas com diversão sem aglomeração. Contudo, é impossível ter certeza de qualquer coisa quando se trata de um vírus ainda sem vacina.

“Eu claramente não sou especialista em saúde pública, mas posso falar que me senti seguro como visitante. Esperando em uma fila externa distanciada, sentado nas atrações com os assentos ao redor bloqueados… Tudo parecia o mais seguro possível”, conta o relato do TPG.

Leia também:
12 segredos dos parques da Disney que apenas os especialistas sabem

Mas será que isso tudo é suficiente, especialmente quando o vírus é tão prevalecente na Flórida como agora? Embora eu acredite que a Disney possa colocar sorrisos com sucesso nos rostos dos convidados no meio de tudo o que está acontecendo, particularmente não visitaria o parque até que o vírus esteja melhor sob controle.


Relatos, informações e fotos do site The Points Guy

E você, o que achou da retomada dos parques Disney? Comente abaixo e participe!

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção