logo Melhores Destinos

Qatar Airways cancela voo de São Paulo a Buenos Aires

Leila Aisen
Leila Aisen
25/08/2020 às 12:32

Qatar Airways cancela voo de São Paulo a Buenos Aires

A pandemia levou também uma das melhores opções de voos do Brasil para Argentina: a Qatar não irá retomar a rota entre São Paulo e Buenos Aires. Antes do Covid a empresa operava essa rota diariamente como extensão do voo de Doha à Guarulhos. Era uma forma barata (seja em reais ou pontos Smiles) de experimentar os serviços da Qsuites, a melhor classe executiva do mundo, que agora deixa de existir.

A mudança afeta somente os voos para a Argentina, a companhia continuará voando de São Paulo a Doha, com conexões para vários destinos da Ásia e Oriente Médio. “Reforçamos nosso compromisso com o Brasil. Seguimos fortes com voos diários em nossa aeronave com responsabilidade e sustentabilidade, o A350-1000. A decisão da Argentina não afeta em absolutamente nada o voo São Paulo-Doha”, divulgou em comunicado.

A Qatar explicou que o fim dos voos é consequência do impacto global que as companhias aéreas vem sofrendo por conta da pandemia, mas também pelas atuais condições negativas no mercado argentino.

A Qatar é mais uma na lista das companhias que não vão voltar à Argentina após o fim da quarentena no país. Air New Zealand e a Emirates, que tinha um voo do Rio de Janeiro a Buenos Aires, também não devem regressar a Ezeiza. A Latam também anunciou o encerramento de sua filial, que operava voos domésticos no país

A Iata já reiterou mais de uma vez que as companhias aéreas não vão suportar mais a rígida quarentena importa pelo governo argentino, já que o país é um dos poucos no mundo com um período tão longo sem voos regulares. As companhias aéreas empregam 330.000 pessoas na Argentina e contribuem com 12 bilhões de dólares para o PIB (2,1% do total).

Apesar da situação crítica para o setor aéreo, o governo argentino ainda não confirmou quando os voos voltarão, a última estimativa é para novembro.

Com informações sobre os Mejores Destinos Argentina

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *