logo Melhores Destinos

Pôr do sol: dicas de fotografia e destinos no Brasil para quem ama apreciar

Monique Renne
Monique Renne
28/06/2020 às 6:14

Pôr do sol: dicas de fotografia e destinos no Brasil para quem ama apreciar

Ver o pôr do sol é sempre um momento especial. O que transforma aqueles minutos de entardecer em lembranças inesquecíveis pode ser o formato das nuvens, uma linda foto, a companhia ao final de tarde ou um drink regado à luz dourada do momento. A hora do pôr do sol pode ser linda em qualquer lugar, seja da nossa janela, em meio ao trânsito nas grandes cidades, em uma praia deserta paradisíaca ou, é claro, na viagem mais maravilhosa de nossas vidas.

Apesar de ser possível apreciar um belo pôr do sol a partir da sua casa, sabemos que em alguns lugares ele ganha cenários, tons, formas e cores ainda mais mágicos. Se você é um apaixonado pelo final de tarde e sempre busca um cantinho especial para eternizar o momento e fazer uma foto do pôr do sol, temos algumas dicas de fotografia e também de destinos para você! Prepare a câmera e bom click!

Pôr do sol na Praia da Ponta do Mutá, Barra Grande

Pôr do sol na Praia da Ponta do Mutá, Barra Grande

Pôr do sol e a famosa golden hour

Você já deve ter reparado que quando temos um belo entardecer a luz do dia muda e ganha tons bem especiais, que podem ir do laranja ao rosa. Enquanto o sol desce no horizonte, a cor do céu muda, o que transforma também a luz que chega aos objetos e pessoas. Esse momento é conhecido como “golden hour”, hora de ouro ou a hora mágica da fotografia.

A golden hour acontece a partir de uma hora antes do pôr do sol (se estendendo até alguns minutos depois que o sol desaparece no horizonte). A luz mais baixa, lateral (bem diferente da luz de meio-dia) e em tons quentes rende retratos mais bonitos, dá profundidade aos objetos e torna o volume e sombra da imagem bem mais interessante. Sem contar que, na golden hour, é possível investir em belas silhuetas, usando apenas a forma dos objetos para o registo da cena.

Ouro Preto ganha tons amarelados com a "golden hour" no pôr do sol

Ouro Preto ganha tons amarelados com a “golden hour” no pôr do sol

Vale dizer que a cada minuto, literalmente, a luz muda. O raio de sol pode atingir uma nova fresta, render diferentes sombras e o tom do céu ganha novas cores a cada passo do pôr do sol. Curta cada segundo do espetáculo! Ah, é importante dizer que uma luz semelhante acontece também ao nascer do sol, mas quase sempre os tons das cores ao amanhecer são menos intensos que ao entardecer. Vale dizer também que em lugares com dias mais longos a golden hour pode durar bem mais tempo. É o caso do verão europeu, por exemplo.

A hora certa do pôr do sol

O momento exato do pôr do sol muda durante todo o ano e também a cada destino. Para ter certeza da hora exata do pôr do sol no lugar onde você está, é preciso consultar as tabelas astronômicas ou a previsão do tempo, que muitas vezes fornece esse dado. Para se preparar, no caso de destinos no Brasil, esteja no local da foto ao menos 1h30 antes do pôr do sol. Assim você terá tempo para procurar o melhor ângulo e o lugar certo para o registro. Vale dizer que durante o verão, especialmente em cidades que têm dias muito longos (como nos países europeus, nos quais o sol se põe 22h no auge do verão), o sol demora mais a descer no horizonte e a golden hour dura mais tempo.

Pôr do sol em Los Roques

Pôr do sol em Los Roques

Confira a previsão do tempo

Quantas vezes nos decepcionamos com um pôr do sol que não vimos? Acontece entre os melhores viajantes e fotógrafos. Por isso, não desanime! Um belo pôr do sol sempre está por acontecer. Ao definir um destino ou lugar para assistir ao pôr do sol, confira antes a previsão do tempo. Se estiver realmente ruim, não vale a pena correr o risco. Deixe o passeio para outro dia. Mas se houver uma ponta de esperança, vá! O tempo pode mudar e você assistir a um belo entardecer. Ah! Na dúvida, nunca deixe o seu sonhado pôr do sol para o final de uma viagem. A previsão do tempo pode piorar e você deixará de assistir ao espetáculo.

Pôr do sol em meio a um temporal em Brasília

Pôr do sol em meio a um temporal em Brasília

Céu com nuvem costuma render cores mais bonitas e cenas mais impressionantes

Olhou para o céu e ele está repleto de nuvens? Não se preocupe e mantenha os planos. Muitas vezes as nuvens ajudam no momento do pôr do sol e rendem lindos raios de luz, cores impressionantes, tonalidades surreais e deixam a foto ainda mais bonita. Tenha fé e acredite que o céu vai te presentear com um belo entardecer. Acontece com muito mais frequência do que você costuma observar.

Dos finais de tarde impressionantes em Los Roques

Dos finais de tarde impressionantes em Los Roques

Aproveite o ambiente e as pessoas para compor a foto do pôr do sol

O pôr do sol por si só já é mesmo apaixonante e é normal ficar vidrado apenas no grande círculo que desce no horizonte. Ainda que esse cenário seja suficiente, se o seu objetivo é uma linda foto, não deixe de reparar no que acontece ao redor. Observe as pessoas que podem render uma boa silhueta, escolha objetos que sirvam de moldura para o registro e aproveite todas as formas do lugar que para dar ainda mais charme às suas fotos de pôr do sol.

Não se esqueça que a luz muda a cada minuto e que aquele raio de sol certeiro pode entrar a qualquer momento no enquadramento perfeito que você procura. Tenha paciência e espere alguns minutos se for o caso. O resultado é recompensador. Não se esqueça também de olhar para o lado oposto ao sol, onde é possível observar intensamente o efeito da golden hour.

Drink à beira-mar

Drink à beira-mar

Quanto menos luz, melhor para a foto do pôr do sol

Parece um conselho estranho, mas a verdade é que a variação de luz no momento do pôr do sol é enorme e você precisará escolher apenas uma delas para usar como objeto principal da sua imagem. Equilibrar a luz no momento do pôr do sol não é fácil, mas, no geral, quanto menos luz você usar nos controles de câmera, melhor. O que isso significa na prática? Tecnicamente falando, você deverá subexpor a foto: seja fechando o obturador, aumentando a velocidade de disparo ou usando um iso mais baixo. No celular, você poderá reduzir alguns pontos de luz no controle de – ou + na tela.

O ideal, na hora de fotografar o pôr do sol, é priorizar o ajuste de luz da sua câmera ou celular para o ponto mais iluminado da imagem: o sol. Todo o resto da imagem ficará um pouco mais escuro do que os olhos são capazes de enxergar, mas a luz do sol estará equilibrada e linda na foto.

Se você fotometrar (medir a luz) pelo ponto mais escuro da cena (uma pessoa, por exemplo), você irá superexpor o sol, estourar a luz do fundo da foto e deixar um grande brancão sem graça na imagem (ao invés de uma linda bola de sol bem definida e colorida no horizonte).

Pôr do sol na Praia de Tel Aviv

Pôr do sol na Praia de Tel Aviv

Use o zoom de diversas maneiras na foto do pôr do sol

O zoom da sua câmera será um grande aliado na hora de registrar o pôr do sol. Não esqueça de usá-lo tanto no modo teleobjetiva quanto no modo grande angula. Com o uso da tele, o sol se tornará maior e a imagem ficará mais “achatada”, dando a impressão de que o sol está bem mais próximo dos objetos da cena. Já na grande angular, você terá amplitude de todo o céu e poderá ver o entardecer por completo, não focado apenas na grande bola do sol, mas também nas cores e formas de todo o céu. Os dois modo valem a pena na hora do entardecer.

Pôr do sol em Alter do Chão

Pôr do sol em Alter do Chão com uso de tele para aproximar o sol do modelo

Evite o uso exagerado do HDR em fotos do pôr do sol

Muitas vezes o celular e as câmeras não são capazes de capturar o que os olhos estão vendo. Nossos olhos conseguem equilibrar a luz do ambiente e podemos, ao mesmo tempo, ver o que está no claro e no escuro. A câmera nem sempre é capaz de fazer o mesmo e por isso acontece de um pedaço mais iluminado da imagem “estourar” ou um trecho mais escuro ficar completamente preto. O equilíbrio da luz pode ser alcançado com o uso da função HDR (High Dynamic Range), disponível em diversas câmeras, celulares e aplicativos.

O HDR, na prática, é a junção de diversas imagens com diferentes ajustes de luz. O HDR “escolhe” os melhores registros de cada imagem e junta todos eles em apenas uma foto. Se usado com sabedoria, o HDR pode ser uma grande aliado, especialmente nas funções automáticas do celular. Entretanto, quando usado com exagero, o HDR cria imagens irreais e artificias, nada agradáveis aos olhos e, o pior de tudo, mentirosas.

Ao usar o HDR, atente-se ao fato de que a câmera irá registrar diversas fotos e, para que todas encaixem bem na foto final, o registro deve ser o mais estático possível. Vale usar tripé ou qualquer outro apoio que mantenha a câmera ou celular estável para ter um melhor resultado. O HDR funciona melhor em cenas estáticas.

Pôr do sol em Santorini sem uso do HDR

Pôr do sol em Santorini sem uso do HDR

Ajuste o balanço de branco da sua câmera

Quase todas as câmeras e celulares permitem o ajuste do balanço de branco. O que significa isso? A câmera tem pré-definições de ajuste de branco para cada situação de luz. Ela pode ser equilibrada para automático, sombra, nublado, sol, neve, luz fluorescente branca, luz de tungstênio, flash e ainda o ajuste de kelvin (K) e o branco personalizado, onde podemos “bater o branco” no local que queremos.

Muito complexo? Não se preocupe! Na prática, é importante saber que os ajustes de dia nublado e sombra costumam deixar a luz da foto mais quente, o que para o momento do pôr do sol pode ser uma boa pedida! Teste diversos balanços de branco para encontrar o que mais se aproxima do pôr do sol que você está vendo.

O ajuste de branco pode dar tons mais quentes ou frios à fotografia

O ajuste de branco pode dar tons mais quentes ou frios à fotografia

Use o sol e os raios do sol a seu favor

Muitas vezes o sol é tão forte que parece atrapalha qualquer fotografia. Se você estiver com dificuldade de registrar o pôr do sol sem “estourar” a imagem, experimente esconder o sol atrás de algum objeto, árvore, pessoa, construção ou qualquer outra coisa disponível na hora da foto. Parece loucura, mas “cortar” o sol pela metade pode render lindos raios (como estrelinhas) e ainda ajudar o equilíbrio de luz da imagem. Se quiser escondê-lo completamente, mas ainda ter os tons do céu, escolha algo do cenário para ser a silhueta escura na imagem e enquadre o sol escondido atrás do objeto de cena escolhido.

Raio de sol quando chegou ao ponto exato para a foto na Cathedral Cove, Nova Zelândia

Raio de sol quando chegou ao ponto exato para a foto na Cathedral Cove, Nova Zelândia

Aproveite os espelhos que se formam na cena

Se o pôr do sol já é maravilhoso, quando ele é duplicado fica ainda mais sensacional! Fique atento à cena para encontrar um local onde as luzes do sol estejam refletidas e espelhadas, o que torna a cena ainda mais impressionante. Vale uma poça d’água, o mar e até uma mesa mais lisa, onde a cena esteja refletida. Para fazer a foto, basta chegar bem perto do local do reflexo e deixar a câmera ou celular o mais reto possível. Quanto mais próximo, melhor ficará o reflexo e a duplicação da imagem!

Pôr do sol em Trancoso

Pôr do sol em Trancoso

Foto de pôr do sol com o celular

Fotografar um belo pôr do sol com o celular não é tarefa das mais simples, mas há alguns truques que ajudam na hora da foto. A primeira coisa a saber é que, no geral, o sol direto e a luz intensa estouram a foto no celular, ficam disformes e quase nunca será possível ver aquela bolinha amarela bem formada na imagem. Sabendo disso, é uma boa pedida não insistir em fotografar o sol diretamente. Prefira usar um objeto de cena para encobrir a parte mais iluminada do sol ou deixar o astro rei como coadjuvante do retrato, preferindo os intensos tons coloridos do céu. Vale ainda esperar o sol se pôr para registrar apenas o céu em diferentes tonalidades. A chance será bem maior de acertar o click com o celular.

Para diminuir o “estouro” de luz na foto (que é muito comum, já que o celular costuma medir a luz pelo todo e não por um trecho específico da imagem), “diga” ao seu celular onde ele deve medir a luz. Isso pode ser feito em diversos modelos de aparelhos ou aplicativos apenas tocando na tela no local em que você deseja priorizar o ajuste de luz. Por exemplo: clique no sol e espere a celular ajustar o foco e a luz para aquele pedaço específico. Isso ajudará muito a não ter imagens estouradas. Vale também usar os pontos para mais ou menos no visor do telefone. Clicando no mais + você terá mais luz e clicando no – a imagem ficará mais escura. Ajuste de acordo com o seu desejo e não com o automático do telefone.

Pode parecer estranho, mas o HDR (explicamos acima) do celular é mais prático e fácil de usar que o da câmera, o que rende ajustes de luz muitas vezes melhor. O efeito do HDR é especialmente interessante quando não há luzes intensas demais. Com diferenças muito grandes de luz, o efeito pode ficar artificial e não tão interessante. Evite também tratamentos excessivos de cores e saturação. O melhor é a ter a lembrança real do momento.

Pôr do sol em Santorini com o celular

Pôr do sol em Santorini com o celular

Curta o momento sem fotografar

Fotografar é muito bom, mas curtir o momento sem se preocupar em registrar é melhor ainda! Se você é do time que prefere só assistir e guardar todas as imagens apenas na sua memória, escolha um lugar confortável e relaxe. Vale estar acompanhado, sozinho, com um bom vinho ou um charmoso piquenique. Vale tudo! Só não vale perder o pôr do sol.

E mesmo se você é da galera que não abre mão das fotos, lembre-se de respirar um pouco e salvar esse momento com seus próprios olhos. Nunca pensamos que daríamos tanto valor a um entardecer tranquilo ao ar-livre. Valorize cada segundo desse espetáculo.

Praia do Pindobal em Alter do Chão

Praia do Pindobal em Alter do Chão

Não vá embora depois que o sol sumir no horizonte

Ok! O sol já se pôs e é hora de ir embora? Nem pensar! Os minutos depois do pôr do sol então entre os momentos mais bonitos do espetáculo. É nessa hora que o céu ganha novos tons, muitas vezes entre o rosa e roxo, tornando o pôr do sol ainda mais especial. Sendo assim, nada de sair correndo logo depois que a grande bola do sol some no horizonte. Espere mais um pouquinho e veja a mágica acontecer.

Destinos para ver o pôr do sol no Brasil

Não falta pôr do sol lindo por aí! Alguns destinos tem entardeceres tão especiais que se tornam atração turística e atraem viajantes de todo o mundo. E o Brasil, modéstia à parte, está entre os maiores espetáculos. O clima, o mar, a geografia e outros muitos fatores fazem com que o Brasil tenha diversos destinos especiais para assistir ao pôr do sol. Que tal então começarmos por alguns belos finais de tarde por aqui mesmo?

Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses

Mirantes de Ouro Preto – Minas Gerais

Quanta beleza pode guardar uma janela? Em Ouro Preto, elas são incontáveis! Cada ângulo, ladeira e sacada da cidade oferece um novo ponto de vista ainda mais belo para o entardecer. E tudo cercado pela envolvente cadeia de montanhas decorada por casarões coloniais.

Aproveite cada nova vista para descobrir Ouro Preto ao pôr do sol. Vale subir ao alto da Igreja São Francisco de Paula, ao topo do Mirante da UFOP ou o Mirante do Morro São Sebastião, além de poder  aproveitar a volta de uma visita a Mariana para uma paradinha no Mirante das Lajes. E não se esqueça de sempre reparar  na vista de todas as igrejas por onde passar. Cada uma delas permite ver outras várias igrejas de Ouro Preto com a linda luz da golden hour. E esse é um dos maiores espetáculos da cidade!

Pôr do sol em Ouro Preto

Pôr do sol em Ouro Preto

As dunas do Jalapão – Tocantins

O dourado que colore as dunas do Jalapão faz com que elas sejam o grande cartão postal da região. Localizadas dentro do Parque Estadual do Jalapão, as dunas são emolduradas pela belíssima Serra do Espírito Santo. Na verdade, é graças a essa serra e à ação do vento que as dunas foram formadas. O cenário é mesmo espetacular e é impossível não se emocionar ao ver o sol se pondo diante da troca de cor da areia, que a cada minuto ganha tons de laranja ainda mais intensos na golden hour. A subida ao topo das dunas é fácil e o cenário dos mais gratificantes. Vale dizer que o Jalapão tem clima seco durante boa parte do ano, o que torna o espetáculo do pôr do sol bastante frequente por lá. Aproveite!

Pôr do sol no Jalapão

Pôr do sol no Jalapão

A Duna do Pôr do Sol e a Pedra Furada em Jericoacoara – Ceará

A Duna do Pôr do Sol é um lugar tão maravilhoso para assistir ao entardecer que acabou ganhado o próprio nome do espetáculo. Coladinha à vila de Jericoacoara, a Duna do Pôr do Sol está localizada de frente para o mar e atrai dezenas (na alta temporada até centenas) de turistas que buscam o melhor ponto para ver o sol se pôr nesse pedacinho mágico do Ceará. Entre dunas, mar, lagoas e mangues, a vila de Jeri é um refúgio diante da modernidade das grandes cidades e do agito diário. Quem quiser variar o pôr do sol por lá poderá ir ainda ir à Pedra Furada, outro ponto que rende lindas fotos em Jeri. Deixe o passeio pelas lagoas para a parte da tarde e feche o roteiro diante do espetáculo.

Pôr do sol em Jericoacoara

Pôr do sol em Jericoacoara

Praia da Ponta do Mutá em Barra Grande – Bahia

Há lugares no mundo onde o pôr do sol ultrapassa a barreira da beleza e se torna um espetáculo inesquecível. E a Praia da Ponta do Mutá, em Barra Grande, que é considerada uma das melhores praias do Brasil, é um desses casos maravilhosos. Se você tem um amigo que já esteve na Península de Maraú, certamente irá ouvir como dica que o entardecer nas areias da Praia da Ponta do Mutá é imperdível. Acredite! Nada que te disserem chegará aos pés do verdadeiro espetáculo.

A Praia da Ponta do Mutá reflete a cor do entardecer de uma maneira inacreditável. E o cenário é diferente a cada dia. Vale ir até lá durante toda a viagem. Varie apenas o local do drink. Há diversos bares na orla da praia que oferecem o complemento ideal para o momento. Claro que também vale simplesmente se sentar na areia e apreciar o visual, que por si só já é uma bela atração. Veja mais dicas de praias na Bahia para ver o pôr do sol.

Pôr do sol na Praia da Ponta do Mutá

Pôr do sol na Praia da Ponta do Mutá

Qualquer praia de Alter do Chão – Pará

O espetáculo do pôr do sol em Alter do Chão é digno de suspiros. A partir de diversas praias será fácil ver o céu mudando de cor e adquirindo lindos tons de laranja e rosa enquanto o dia se despede. Não perca a chance de ver o entardecer durante toda a sua viagem. Cada dia será único e inesquecível. E como a temperatura da água é sempre agradável, você ainda poderá curtir um bom banho enquanto vê o sol descer ao fundo do Rio Tapajós.

A praia mais famosa para assistir ao pôr do sol em Alter do Chão é a Ponta do Cururu, mas há outras porções de areia que oferecem visual tão lindo quanto. Vale assistir ao entardecer na Ponta do Muretá, na Praia da Ilha dos Amores, no alto do Morro da Piraoca e também nas fascinantes praias do Rio Arapiuns. Com sorte, você ainda verá a lua nascer ao mesmo tempo que o sol se põe. Veja mais dicas de Alter do Chão.

Pôr do sol em Alter do Chão

Pôr do sol em Alter do Chão

Todas as lagoas dos Lençóis Maranhenses – Maranhão

Em todos os momentos do dia e da noite os Lençóis Maranhenses são lindos, não é à toa que é considerada uma das melhores praias do Brasil, mas é na hora do pôr do sol que ele ganha aquele tom emocionante. Ao ver o entardecer entre as dunas e lagoas, você vai se convencer de que ali é um dos lugares mais lindos do mundo. Sendo assim, se tiver que optar por um passeio com ou sem o pôr do sol, escolha sempre com o pôr do sol! Boas pedidas são os passeios para a Lagoa Azul e Lagoa Bonita, em BarreirinhasLagoa da BetâniaLagoa da Andorinha e Lagoa da Gaivota, em Santo Amaro; e Lagoa Tropical e Lagoa da Capivara, em Atins. Vale ainda investir em um belo entardecer na Praia de Atins ou no Canto de Atins, os dois igualmente belos.

Pôr do sol visto do alto das dunas de Santo Amaro

Pôr do sol visto do alto das dunas de Santo Amaro

Pedra do Arpoador em Ipanema – Rio de Janeiro

O emblemático pôr do sol da Pedra do Arpoador, na Praia de Ipanema, está na memória de muitos cariocas e viajantes que amam o Rio de Janeiro. Maravilhoso, como bem são as paisagens da cidade, o cenário do alto do Arpoador é capaz de emocionar e fazer de todo entardecer um momento único. Sem falar na energia que envolve as pessoas no local, quase sempre tão extasiadas que não resistem a uma salva de palmas assim que o sol se põe. Deixe-se levar pelo momento e participe. Você sairá de lá ainda mais apaixonado pelo entardecer e pelo Rio de Janeiro.

Foto: Jason Ortego

Foto: Jason Ortego

Jardim de Maytrea na Chapada dos Veadeiros – Goiás

A paisagem que cerca a Chapada dos Veadeiros pode ser resumida na beleza do Jardim de Maytrea. Localizado às margens da GO-239, esse campo aberto de cerrado é permeado de buritis, chuveirinhos e montanhas grandiosas que dão o tom da imensidão da região. Aproveite um final de tarde para se deliciar com o pôr do sol em meio a esse pedaço mágico da Chapada dos Veadeiros. Observe a forma do Morro da Baleia, o imponente Morrão e a estrada que parece levar direto para dentro do entardecer que ganha lindos tons na golden hour.

Não deixe de registrar os raios de sol que passam entre as delicadas flores nos campos de chuveirinho e, se o tempo permitir, fique até o anoitecer, quando a Via Láctea aparece imponente em meio à escuridão da área preservada. O Jardim de Maytrea faz parte da área de proteção do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros que está cercada para recuperação após o grande incêndio que atingiu a região em 2016. Mesmo de fora, à beira da estrada, será fácil entender a riqueza que esse pedacinho da Chapada guarda. Se quiser investir em alguns retratos dos maravilhosos chuveirinhos, fique ligado à paisagem às margens da rodovia. Eles sempre aparecem no cerrado da Chapada dos Veadeiros.

Chuveirinhos na golden hour da Chapada dos Veadeiros

Chuveirinhos na golden hour da Chapada dos Veadeiros

A Lagoa da Pampulha e o Mirante do Mangabeiras em Belo Horizonte – Minas Gerais

Cercada pela Serra do Curral, repleta de ruas com altos e baixos e espaços verdes, Belo Horizonte proporciona lindos cenários ao entardecer para os visitantes. Do alto de espaços como o Mirante do Mangabeiras e o Parque da Serra do Curral, ou em meio a áreas verdes, como a Lagoa da Pampulha, você poderá apreciar a beleza de BH em contato mais direto com a natureza enquanto curte o final de tarde. Não deixe de assistir a um pôr do sol na capital mineira.

Uma boa pedida é unir o passeio de bike pela Lagoa da Pampulha com uma paradinha para assistir ao entardecer. Vale também subir ao alto do Mirante do Mangabeiras. De lá, vê-se a cidade ser emoldurada pelo belo pôr do sol no horizonte. Os prédios são abraçados pela Serra do Curral e o visual está entre os mais lindos da capital mineira.

Pôr do sol na Lagoa da Pampulha

Pôr do sol na Lagoa da Pampulha

De toda a cidade de Brasília – Distrito Federal

O espetáculo é quase diário: a bola de fogo no céu pode ser vista de quase toda a cidade. Basta descer para o pilotis do prédio ou olhar pela janela para assistir ao pôr do sol em Brasília. Mesmo dirigindo, é só mirar o horizonte. Na capital federal, o entardecer é sempre uma grande surpresa, mesmo que seja frequentemente um visual grandioso. O planejamento da cidade – com prédios baixos, largas avenidas e grandes espaços verdes – permite que o pôr do sol seja visto em toda a sua extensão.

Às vezes com nuvens disformes, em outras com belas formas, o pôr do sol se mostra em toda a sua imensidão, brilhando em tons quentes no horizonte do Planalto Central. Onde quer que você esteja, prepare a câmera e escolha a sua moldura predileta para o fim do dia em Brasília. Durante o período da seca o espetáculo é ainda mais impressionante (e não estamos dizendo isso porque temos uma linda vista do escritório do Melhores Destinos para o pôr do sol de BSB, ok? rs).

Pôr do sol em Brasília

Pôr do sol em Brasília

Você também é apaixonado pelo entardecer? Conta pra gente onde foi o seu pôr do sol inesquecível e ajude a inspirar outros viajantes! Prometemos que a próxima lista será apenas com destinos internacionais. Se tiver uma linda foto de pôr do sol, manda aqui nos comentários pra gente! E quando for procurar o registro nos seus arquivos, aproveite para organizar as suas fotos de viagem!