logo Melhores Destinos

Pompeia – conheça essa incrível cidade romana na Itália!

Camille Panzera
Camille Panzera
23/01/2021 às 5:18

Pompeia – conheça essa incrível cidade romana na Itália!

Pompeia ou Pompei, na língua nativa, é uma cidade italiana localizada a cerca de 250 km de Roma ou 24 km de Nápoles. Essa antiga cidade romana foi atingida pela erupção do vulcão Vesúvio em 79 d.C e hoje é um sítio arqueológico reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Confira nossas dicas de Pompeia e saiba como conhecê-la.

Conhecer Pompeia é uma oportunidade única, que embora revele a tristeza e destruição de uma cidade inteira, permite entender melhor como funcionava uma autêntica cidade romana e perceber detalhes do cotidiano de seus moradores.

O lugar tem ruínas muito bem conservadas e é de uma riqueza histórica e cultural inestimável. Cidades vizinhas como Herculano e Stabia, também destruídas pelo Vesúvio, são outras opções de passeios próximas para quem deseja realizar o circuito arqueológico vesuviano, que contempla a visita a outros sítios arqueológicos da região.

O passeio até Pompeia ou cidades vizinhas pode ser feito em um único dia saindo de Roma, mas é uma opção menos cansativa para quem se hospeda em Nápoles ou na Costa Amalfitana.

Pompeia: entendendo a cidade

Com uma área de cerca de 66 hectares (50 hectares escavados), Pompeia é um exemplo singular de cidade romana, que reúne afrescos, mosaicos, edifícios de uso público e casas privadas de famílias que viviam na cidade séculos atrás. As cinzas e fragmentos de lava do vulcão tomaram completamente a região, escondendo-a por muitos anos.

Pompeia foi redescoberta apenas no século XVI, mas sem que houvesse muito empenho em conhecê-la ou explorá-la. A cidade foi realmente escavada apenas em 1748, mais de 1600 anos depois da erupção do vulcão que a destruiu. O enorme acúmulo de cinzas e detritos vulcânicos que deu fim a Pompeia e a escondeu durante tantos anos é também o responsável por ter preservado tão bem toda a estrutura e construção dessa cidade romana.

O sítio arqueológico é enorme e está dividido em 9 áreas, mas nem todas estão abertas ao público porque algumas permanecem sendo escavadas e ainda estão tomadas por cinzas. A visita é realmente um momento espetacular para quem aprecia história, é como um mergulho ao passado.

Conhecendo Pompeia você tem a oportunidade de perceber inúmeros detalhes do cotidiano de uma cidade romana, entre eles caminhar pelas antigas ruas da cidade, perceber o desgaste provocado pelas charretes nas pedras que calçam as ruas, entrar em residências da época, visitar termas, admirar antigos afrescos (técnica de pintura em paredes) e mosaicos que adornavam as residências, visitar o anfiteatro e também a foro romano, cercado por santuários, templos e pórticos.

Outra peculiaridade um tanto conhecida de Pompeia são os “calchi” (calco, no singular italiano), que são uma espécie de gesso, que permite recuperar e ver a forma de animais ou pessoas no momento em que foram atingidos pelos efeitos do Vesúvio.  Esses calchi ou “moldes” mostram as pessoas no momento em que foram mortas pelo vulcão são uma parte um tanto chocante do passeio.
As pessoas que não deixaram Pompeia na primeira fase de erupção do Vesúvio acabaram presas com o material expelido pelo vulcão e pouco depois houve um onda piroclástica, que explicada de maneira muito simples e leiga é uma onda de gás muito quente e rápida, com pedras e cinzas expelida na erupção, que com sua alta temperatura causa efeitos devastadores no corpo humano.

A visita a Pompeia

Pompeia tem uma dinâmica parecida com a de outras cidades comuns da atualidade: tem suas ruelas, suas residências, seus templos e edifícios de uso comum, mas o diferencial, é claro, é ser uma cidade com mais de 2 mil anos de história, que persiste até os dias atuais com ruínas bem preservadas. O passeio pelo sítio arqueológico é dedicado a explorar a antiga cidade, admirar suas construções, visitar internamente alguns prédios, observar suas obras de arte e objetos usados no período romano.

O passeio é feito a pé e como se trata de um sítio arqueológico bastante extenso, leva um bom tempo para ser conhecido, principalmente por quem tem mais curiosidade em entender a história local. Recomendo um dia inteiro para o passeio porque são muitas as peculiaridades do lugar e o passeio merece ser feito com calma.
pompeia dicas

O sítio arqueológico está dividido em 9 áreas, tem 3 portões de entrada e 4 de saída. Em cada uma das áreas há diferentes atrações que podem ser visitadas e como a quantidade de coisas para ver é bem grande, cada pessoa pode fazer um percurso diferente.

Na entrada do sítio você encontrará informações e panfletos sobre diferentes percursos sugeridos  para fazer a visita — há itinerários sugeridos pelo parque com 2h, 3h, 4h e 7h de passeio. O tempo que cada pessoa leva para conhecer o lugar depende bastante do interesse pessoal. No meu caso, foram em torno de 6h de passeio.

Dentro do sítio arqueológico há uma cafeteria e restaurantes, então é possível passar o dia inteiro por lá e fazer uma parada para comer quando achar melhor.
Como esse é um lugar com um importante viés histórico, é um passeio que muita gente realiza com um guia e é realmente uma excelente opção para conhecer o lugar com mais afinco, entender o contexto e como a história se passou. Ao contratar o guia você pode explicar o tempo que deseja fazer de passeio guiado, para que ele crie um itinerário que contemple alguns pontos interessantes, e depois conhecer um pouco mais de Pompeia por conta própria.
pompeia italia

 

Muitos turistas visitam Pompeia em um tour guiado e para quem viaja de maneira independente é possível realizar uma visita guiada contratando um guia credenciado na entrada do parque. Esse passeio guiado pode ser feito compartilhado com outros visitantes, ou de maneira privada e é oferecido em diferentes línguas.

Para um passeio em português, recomendo que um guia seja contratado com antecedência, antes de visitar o sítio arqueológico. Se preferir fazer o passeio guiado em inglês, é possível contratar o guia na entrada de Pompeia mesmo.


O que ver em Pompeia

Alguns locais despertam mais curiosidade dentro de Pompeia, entre eles:
  • Casa dei Vettii – uma das casas mais bonitas e com ricas pinturas internas
  • Casa del Fauno – uma das maiores casas de Pompeia, com um mosaico escrito “Have” ou “bem-vindo”, em latim
  • Casa del Poeta Tragico – essa casa é famosa por um mosaico na entrada, que em latim diz “cuidado com o cão”

  • Foro Civile: é o coração da cidade, onde estão os edifícios públicos de administração da cidade e da justiça da época. Nessa região estão, por exemplo, o templo de Giove e o Santuário de Apollo.
  • Anfiteatro – construído em 70 a.C., o lugar podia abrigar até 20 mil espectadores em seus espetáculos
  • Casa dei mosaici geometrici (casa dos mosaicos geométricos) – enorme casa de Pompeia, com mais de 60 cômodos
  • Villa dei Misteri – essa vila tem afrescos bem preservados, bonitas decorações nas paredes e até uma área onde eram produzidos vinhos

como ir a pompeia


Como chegar a Pompeia

O sítio arqueológico de Pompeia está localizado na cidade de Pompeia, na região italiana da Campânia e tem em torno de 25 mil habitantes. São cerca de 24 km de distância até a cidade de Nápoles, 24 km até Sorrento e 250 km até Roma.
Para quem está em outras cidades da Itália é possível conhecer Pompeia de ônibus, trens ou carro alugado.
A autoestrada A3 Nápoles-Salerno é o caminho utilizado para quem está de carro. Já para quem pretende utilizar os ônibus, é possível utilizar o serviço da SITA (saindo de Nápoles ou Salerno, por exemplo) e Busitalia. A forma mais prática e utilizada entretanto, costuma ser o trem, e você lê mais informações sobre ele logo abaixo.
como chegar em pompeia

Como ir de Roma a Pompeia de trem

  1. Para quem pretende visitar Pompeia saindo de Roma, a dica é começar o dia bem cedo, pegando um trem da Trenitalia para Napoli Centrale, principal estação de trens de Nápoles. O percurso leva em torno de 1h10 nos trens mais rápidos.
  2. Em Nápoles, é necessário comprar uma segunda passagem da linha de trem local, a Circumvesuviana Napoli-Sorrento.
  3. O acesso é feito na estação Napoli Garibaldi (do lado de Napoli Centrale) e a desembarque para conhecer Pompeia deverá ser na estação Pompei Villa dei Misteri.
Os trens da Circumvesuviana não sempre são modernos e o acesso a eles é feito em uma estação ao lado (e interligada) a estação de trens de Napoli Centrale. A linha possui diversos horários diários, mas não é um trem superveloz e faz bastante paradas ao longo do caminho para atender às pessoas que vivem nessa região. O percurso entre Napoli Centrale e Pompeia dura em torno de 35 minutos.

O lado realmente negativo do trajeto em trem é que como se trata de um transporte usado pelos moradores, ele costuma estar cheio, principalmente pela manhã, no trajeto Nápoles > Sorrento e no fim da tarde no percurso Sorrento > Nápoles e muita gente faz todo o percurso no trem em pé porque não há espaço para se sentar.

Uma alternativa para quem deseja fazer o percurso entre Nápoles e Pompeia mais rapidamente e com mais conforto, é utilizar o trem da Campania Express, que faz o trajeto em 25 minutos, em um trem mais moderno e com lugar marcado. Entretanto, embora seu bilhete possa ser comprado com antecedência pela internet, essa linha não funciona todos os meses do ano.

Dicas de Pompeia

– Horário de funcionamento do sítio arqueológico de Pompeia:
Primavera-Verão: De 1 de abril a 31 de outubro: segunda à sexta, das 9h às 19h30 (entrada até às 18h) e sábado e domingo de 9h30 às 19h30 (18h o último ingresso no local)
Outono-Inverno: De 1 de novembro a 31 de março: Segunda à sexta. Das 9h às 17h (último ingresso às 15h30) e sábado e domingo de 8h30 às 17h (último ingresso às 15h30). Esse horário reduzido deve-se ao fato de que durante o inverno europeu o dia tem menos horas de sol.
– Ingresso em Pompeia: €16.
Ingresso para 3 sítios arqueológicos: Pompeia, Oplontis e Boscoreale, €18 (ingresso válido por 3 dias consecutivos).
Não há muita necessidade de comprar o ingresso para Pompeia com antecedência! Basta chegar na entrada do parque e adquirí-lo. É comum haver uma fila para comprar o ingresso, mas na ocasião de nossa viagem (maio) a fila era bem pequena e andava rápido. Caso faça questão, é possível comprar o ingresso de Pompeia online.
– Pompeia é um sítio arqueológico grande, que é conhecido através de caminhadas. Portanto, no dia de sua visita utilize roupas apropriadas para passeios ao ar livre, evite carregar mochilas pesadas e vá com um calçado confortável! As ruas do sítio arqueológico são de pedra e terra, então o ideal é que você esteja com um calçado fechado, como um tênis, que proporcionará mais conforto.
– Existe restaurante e cafeteria dentro do sítio arqueológico de Pompeia, então você pode passar o dia inteiro no lugar tranquilamente, fazer paradas com calma para comer e depois continuar seu passeio. A área de alimentação é fechada, tem cafeteria para comidas mais rápidas como panini, sanduíches, sucos, café e também restaurante com pizza e lasanha, por exemplo. No horário de almoço o local fica cheio, então pode ser uma boa ideia se programar para comer um pouquinho mais cedo ou um pouquinho mais tarde do que o horário de almoço usual.
– O sítio arqueológico é todo aberto e ao ar livre, se possível, opte por ir ao lugar em um dia com pouca possibilidade de chuvas.
– Se sua visita será feita em um período de alta temporada ou mesmo em um fim de semana, procure chegar ao lugar logo que o sítio arqueológico abrir para encontrá-lo mais vazio.

– O trem da linha Circumvesuviana leva em torno de 35 minutos para ir de Nápoles a Pompei Scavi Vila dei Misteri, estação que fica em uma das entradas do sítio arqueológico de Pompeia. O trem costuma ficar bem cheio, então, se essa for sua forma de deslocamento para conhecer Pompeia, vá com um pouco de paciência e esteja preparado para ir em pé no trem.

– Consulte mais informações no site ofical de Pompeia e faça um tour virtual pelo sítio arqueológico!

E você, já esteve em Pompeia ou tem vontade de conhecê-la? Compartilhe com a gente sua experiência.