logo Melhores Destinos

Pix em viagens: como usar para comprar passagens, pacotes, Uber e hotéis

Daniel Gadelha
30/12/2020 às 11:43

Pix em viagens: como usar para comprar passagens, pacotes, Uber e hotéis

O PIX, nova ferramenta de pagamentos digitais instantâneos criada pelo Banco Central, chegou para substituir os antigos DOC e TED e já conta com milhões de usuários no pais. Além de permitir o envio de valores entre pessoas, o PIX também pode ser usado para pagar pela aquisição de produtos e serviços, inclusive, no setor de turismo. Atualmente, a principal forma de pagamento utilizada para comprar passagens aéreas ou reservar um hotel, por exemplo, é o cartão de crédito. No entanto, o produto não está ao alcance de todos mas, com o PIX, essa situação pode mudar. Saiba mais como o PIX pode democratizar os pagamentos em viagem e tornar um bom companheiro nas suas próximas aventuras.

Comprar passagens aéreas com o PIX

O cartão de crédito é uma ferramenta quase obrigatória na hora de comprar uma passagem aérea, principalmente durante grandes promoções. Os assentos são vendidos muito rapidamente e se você não tiver um cartão para confirmar a compra na hora, pode perder a oportunidade. Algumas companhias permitem a compra com boleto bancário, no entanto, geralmente é preciso ter uma certa antecedência da data do voo e algumas tarifas podem não ser elegíveis. Quem optar por pagar com boleto ainda poder ter que sair de casa com dinheiro vivo para fazer o pagamento em agências bancárias ou lotéricas, o que também representa um risco.

Mas isso começou a mudar. As companhias aéreas Azul e a GOL já aceitam o pagamento de passagens utilizando o PIX. A tendência é que mais empresas adotem a forma de pagamento nos próximos meses.

Para pagar sua passagem com PIX, basta selecionar a forma de pagamento e o site irá gerar um QR Code a ser lido pelo aplicativo do seu banco. A transferência é feita na hora e a sua passagem já fica garantida.

Pagamentos digitais aceitos pela GOL

Comprar pacotes de viagem com PIX

A compra de um pacote de viagem é um pouco mais complexa, pois envolve pelo menos dois serviços (passagem aérea e hospedagem). Durante uma promoção, os menores valores tanto do bilhete aéreo como do hotel podem esgotar muito rapidamente, então é preciso ser rápido. Caso a compra seja feita em uma agência de viagens física, você até pode pagar em dinheiro, cheque ou carnê. Mas se for em uma agência online como Viajanet, Decolar ou Submarino Viagens, o cartão de crédito será a principal forma de pagamento. Pelo menos por enquanto, as agências de viagens virtuais ainda não aceitam pagamento através do PIX.

Reservar hotéis com PIX

A política adotada para reserva de hotéis mudou bastante nos últimos anos. Atualmente existem diversos sites de reservas, como o Booking.com, que oferecem a opção de reservar sem a necessidade de um cartão de crédito e, em alguns casos, oferecem ainda cancelamento grátis. No entanto, essa ainda não é a regra geral e ainda existem muitos hotéis que exigem o pagamento antecipado da reserva. Se você não tiver cartão de crédito, pode precisar escolher outro lugar para se hospedar. Com o PIX, o hóspede poderá pagar pela reserva na hora, transferindo o dinheiro da sua conta para a conta do hotel e já receber a confirmação da reserva de imediato. No entanto, ainda não sei de nenhum hotel que esteja aceitando PIX como forma de pagamento.

Alugar carro com PIX

Quem já alugou carro sabe que, assim como a carteira de habilitação, o cartão de crédito é quase sempre obrigatório. Isso acontece pois as locadoras fazem um “caução”, ou seja, reservam parte do limite do seu cartão de crédito caso seja necessário cobranças não planejadas como avarias, km ou horas extras ou multas. Se você não tem cartão de crédito, é bem difícil que consiga alugar um carro. Mas com o PIX, isso pode mudar.

Da mesma forma que as locadoras utilizam o limite do cartão de crédito como garantia, o mesmo poderia ser feito com o saldo da sua conta corrente. O lado ruim é que com o valor bloqueado, você ficaria impossibilitado de utilizar os valores que tem em conta se necessário. Mas, diferente do cartão de crédito, o saldo seria desbloqueado imediatamente assim que você devolvesse o veículo (se não tiver nenhuma cobrança extra, claro).

Comprar ingressos de atrações e passeios com PIX

Sabe aqueles ingressos que você precisa comprar com antecedência mas nunca consegue, pois não tem cartão de crédito? Esse problema acabou! Você vai poder comprar o ingresso para a atração que desejar com apenas alguns cliques. Além disso, alguns locais mais remotos são conhecidos por aceitar pagamento somente dinheiro em alguns de seus passeios como em Fernando de Noronha, Jericoacoara e Bonito. Devido as baixas taxas cobradas dos lojistas, é muito provável que muito em breve tudo possa ser comprado com PIX, até uma travessia de barco em Alter do Chão.

Pagar Uber e Uber Eats com PIX

Os aplicativos de transporte e entregas Uber e Uber Eats são companheiros de viagem de muitos turistas. A principal forma de pagamento aceita é o cartão de crédito, mas também é possível pagar em dinheiro ou acrescentar saldo na conta pagando um boleto bancário ou comprando um vale-presente. Mas com o PIX, usar os aplicativos será ainda mais fácil. Ao invés de ter que esperar a compensação do boleto ou ter que se deslocar para comprar um vale-presente, já é possível adicionar fundos na sua conta Uber pelo aplicativo pagando com PIX. Basta ir na opção “Adicionar Uber Cash” e selecionar o pagamento com PIX. O aplicativo irá gerar um código para pagamento que deve ser copiado e colado no app do seu banco ou carteira digital para pagamento. Depois de processado, o saldo já irá aparecer na sua conta Uber.

Vale lembrar que a empresa lançou recentemente o seu serviço de assinatura, o Uber Pass, que oferece descontos nas corridas e vantagens adicionais. Se você planeja utilizar muito o serviço em uma viagem, pode valer a pena.

Desvantagens de utilizar o PIX

O principal ponto negativo do PIX é que, assim como as compras com cartões de débito, o cliente precisa ter o valor total da compra disponível em sua conta corrente ou carteira digital, diferente do cartão de crédito em que é possível ter até 40 dias de prazo para pagar. Pelo menos por quanto, não é possível comprar a prazo ou em parcelas. Além disso, os seguros e assistências normalmente oferecidos pelos cartões de crédito como seguro viagem, seguro de carro alugado, assistência em caso de cancelamento de viagem e outros serviços não serão válidos caso a sua viagem seja paga com PIX.

Por outro lado, existe a previsão de, em um segundo momento, ser disponibilizada uma versão de pagamento pre-datada do PIX, inclusive com parcelamento. Essa nova modalidade deve chegar em julho de 2021 e vai acertar em cheio o mercado de cartões de crédito.

Como o PIX é uma transação de baixo custo para o recebedor, existe uma grande possibilidade dos bancos oferecerem pouco ou nenhum benefício de incentivo para os clientes o que utilizem como pontos, milhas ou cashback. Ou seja, má notícia para os viciados em programas de fidelidade.

Veja também: PIX deve acelerar mudanças no mercado de cartões de crédito, com benefícios para os clientes

Como se cadastrar no PIX?

Desde outubro os bancos a carteiras digitais começaram a cadastrar a “Chave PIX” de seus clientes. Quem tem conta em uma dessas instituições já deve ter recebido alertas no celular estimulando o cadastro. Em alguns casos, as empresas estão oferecendo pontos ou participação em sorteios para que o cliente faça o registro. Para se cadastrar, basta acessar sua conta e procurar a opção “Cadastrar Chave PIX”. O cadastro é gratuito e descomplicado.

Qual o valor máximo das transações com PIX?

O Banco Central não estabeleceu nenhum limite máximo, mas a tendência é de que os bancos sigam valores similares aos praticados atualmente nas operações de DOC e TED. O limite pode variar de acordo com o perfil do usuário e será uma forma dos bancos de diminuir o risco de fraudes.

Preciso ter uma conta corrente para usar o PIX?

De acordo com o Banco Central, não será preciso. O usuário poderá depositar valores em sua carteira digital do PIX, uma espécie de conta digital, de onde poderá fazer pagamentos e transferências. Mas o mais comum serão usuários de instituições financeiras como bancos, cooperativas e fintechs façam adesão à ferramenta.

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção