logo Melhores Destinos

Pesquisa exclusiva: 76% dos leitores querem viajar ainda em 2021

Denis Carvalho
Denis Carvalho
16/06/2021 às 10:00

Pesquisa exclusiva: 76% dos leitores querem viajar ainda em 2021

A ampla maioria dos leitores está disposta a viajar nos próximos meses, de preferência de avião. A vacina é a condição principal para o retorno da viagem e o destino favorito é a Europa. São essas as principais conclusões da Pesquisa de Viagens 2021 do Melhores Destinos. O levantamento teve a participação de 5.956 leitores no período de 1 a 9 de junho.

De acordo com os resultados, 88% dos leitores está disposto a aproveitar uma promoção para viajar nos próximos 11 meses e 76% afirmou que planeja fazer pelo menos uma viagem nacional ainda em 2021. Confira os resultados da pequisa:

Retorno às viagens após a pandemia

A primeira pergunta que fizemos aos nossos leitores é se eles aproveitariam uma promoção com preços excelentes para viajar nos próximos 11 meses. 44% dos participantes disseram que comprariam com certeza a viagem e 19,57% afirmaram que provavelmente sim. Somados ao grupo que optou pelo “talvez”, temos que 88% dos entrevistados estão abertos a viajar nos próximos 11 meses.

Na primeira edição da pesquisa, realizada em abril do ano passado, 32% responderam que talvez viajariam, 25% disseram que com certeza e 21% que provavelmente sim.

Viagens pelo Brasil

A segunda pergunta da Pesquisa do Melhores Destinos foi referente às viagens nacionais e trouxe uma surpresa: 27,15% dos leitores afirmaram que já voltaram a viajar pelo Brasil. A maioria dos participantes – 76% – afirmou que pretende viajar pelo país ainda esse ano.

Viagens internacionais

Quando questionados quando pensam em voltar a viajar para fora do Brasil, 41,4% responderam que planejam uma viagem internacional ainda esse ano, enquanto 40% dos entrevistados responderam que o farão apenas em 2022. Entre os que pretendem viajar para fora ainda em 2021, a maior parte acredita que será possível a partir de setembro ou outubro.

Destino da próxima viagem

Outra questão importante que abordamos na pesquisa com os leitores foi o destino da próxima viagem. 50% os participantes declararam estar planejando uma viagem nacional, dos quais 13,8% disseram estar abertos também a um destino fora do país. Entre os leitores, 32,3% pretendem fazer uma viagem internacional e 16% disseram que tanto faz: vão viajar para onde encontrarem boas promoções. Apenas 1,6% afirmaram que não pretendem viajar tão cedo.

É interessante notar que 89,1% dos que responderam à pesquisa estão abertos a viajar de avião e apenas 9,1% declararam optar por viajar de carro.

Ainda dentro desse tema, perguntamos aos leitores para onde imaginavam que seria sua próxima viagem internacional. A Europa foi o destino mais desejado, seguido dos Estados Unidos ou Canadá:

Vacina é um fator determinante

Também perguntamos aos leitores o que seria determinante para que fizessem sua próxima viagem internacional. Mais de 47% responderam que vão viajar para fora do Brasil apenas após terem sido imunizados. Entre eles, 30,6% também preferem aguardar que a pandemia esteja sob controle antes da próxima viagem ao exterior.

No entanto, uma parte significativa dos leitores (37,1%) respondeu que planeja viajar assim que os países reabrirem para os brasileiros, mesmo que não tenham sido vacinados ainda, enquanto 6% aceitariam viajar para fora se a pandemia estivesse controlada, mesmo que não tenham recebido a vacina ainda.

Turismo de vacina

Por fim perguntamos aos leitores qual era a opinião deles sobre viajar a outros países para se vacinar. Para 72% dos participantes a ideia de receber a imunização em outro país é boa e destes 25,9% se disseram dispostos a viajar para se vacinar fora do Brasil. 18,28% afirmaram ser contra o turismo de vacina.

Conclusão

Em uma pesquisa com participantes de um site de turismo há uma tendência natural de que haja mais pessoas propensas a viajar, ainda assim acreditamos que o resultado demonstra que a maioria dos leitores pretende viajar em breve, de preferência ainda neste ano, desde que haja segurança e, especialmente, vacinas. Com o avanço da imunização em todo país, estamos otimistas que a partir do segundo semestre mais pessoas poderão voltar a viajar pelo Brasil sem por em risco sua saúde e a de outras pessoas. O retorno das viagens internacionais deve demorar um pouco mais, especialmente porque depende da reabertura das fronteiras aos brasileiros. Ainda assim, nos parece viável imaginar que até o fim do ano tenhamos boas novidades nesse setor. Para mais informações sobre a pesquisa entre em contato  pelo e-mail contato@melhoresdestinos.com.br.

E você? Participou da pesquisa? Concorda com a opinião da maioria? Conta pra gente nos comentários quais os seus planos de viagem!