logo Melhores Destinos

Onde fazer exame PCR rápido? Laboratório promete resultado em 1 hora

Rafael Castilho
Rafael Castilho
24/11/2020 às 12:11

Onde fazer exame PCR rápido? Laboratório promete resultado em 1 hora

Muitos destinos internacionais que estão lentamente reabrindo as fronteiras, como Argentina e Chile mais recentemente, solicitam a realização do teste PCR para Covid-19. Aqui pelo Brasil, o arquipélago de Fernando de Noronha também exige o exame dos turistas. A maior dificuldade dos viajantes é conciliar o tempo pedido pelas autoridades sanitárias e a divulgação do resultado. Para isto foi desenvolvido o PCR Express que libera o resultado rapidinho, em alguns lugares em até 1 hora.

RT-PCR x PCR Express

O teste PCR Express é realizado por alguns laboratórios brasileiros e não difere muito do RT-PCR tradicional. Os dois exames detectam o RNA do vírus SARS-CoV-2 ativo no organismo do paciente. A diferença  está no equipamento utilizado para a detecção da doença que permite maior agilidade. Esta tecnologia é registrada na FDA (Food and Drug Administration –Agência do Departamento de Saúde Dos Estados Unidos) e Anvisa.

Onde realizar o PCR Express?

No Brasil, o PCR Express é realizado pelos laboratórios Sabin, Lustosa e Hermes Pardini. O Sabin promete, ao custo de R$ 420, o resultado em 1 hora na unidade de Brasília e em até 2 horas nas demais unidades espalhadas por Pará, Amazonas, Distrito Federal, São Paulo, Santa Catarina e Minas Gerais (encontre aqui todas as unidades). Já o Lustosa dá em até 24 horas o resultado nas unidades mineiras e tem o valor de R$ 279. O laboratório Hermes Pardini também faz o PCR Express ao custo de R$ 370 e tem unidades em Goiânia, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

Vale destacar que no aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, o Laboratório CR Diagnósticos realiza o exame tradicional de RT-PCR e o resultado sai em até 4 horas.

Para quem é indicado o PCR Express?

O exame PCR Express é indicado para quem vai viajar e para pessoas que apresentam os sintomas da doença. O teste é realizado por meio de uma amostra de material do paciente coletada por meio de swabs (cotonetes) do nariz. Conheça mais: Exame PCR de Covid-19: tudo o que você precisa saber antes de viajar!

Em entrevista ao Jornal de Brasília, o diretor técnico do Grupo Sabin, Rafael Jácomo, destacou: “O teste molecular express é útil para casos emergenciais em que o paciente precise viajar, apresentar documentos para embaixadas e consulados, ou até mesmo para o retorno às aulas e ao trabalho. Ele possibilita resultados seguros, contribuindo para agilizar a atenção clínica ao paciente caso seja necessário”.