logo Melhores Destinos

Turismo de vacina: Panamá pretende vacinar turistas contra o Covid-19

João Goldmeier
João Goldmeier
15/06/2021 às 19:12

Turismo de vacina: Panamá pretende vacinar turistas contra o Covid-19

Segundo o ministro do Turismo do Panamá, Ivan Eskildsen, o país centro-americano estuda oferecer doses da vacina contra o Covid-19 para turistas, tão logo a população local esteja imunizada. A expectativa é que isso aconteça no segundo semestre de 2021.

“Prevemos alcançar a nossa imunidade de rebanho até o mês de setembro, e confiamos que antes disso já tenhamos a possibilidade de explorar o turismo da vacinação. Entretanto, é uma decisão que está em constante revisão e que está relacionada à estratégia de vacinação por parte do governo nacional” disse o ministro em evento ocorrido hoje.

A meta ainda está longe, já que hoje o Panamá só vacinou com a primeira dose 16% da sua população de 4,2 milhões de habitantes. Mas seria ótimo para os brasileiros interessados em apressar sua imunização, já que o país conta com voos diretos partindo de sete cidades brasileiras.

O problema é que a única vacina de dose única, da Janssen, não está dentre as vacinas aplicadas pelo Panamá, ou seja, caso sejam mantidas as opções atuais Pfizer, Astrazeneca e Sinovac, seria necessário permanecer no país algumas semanas para tomar as duas doses. O país negocia atualmente com a russa Sputinik V, que também precisa de duas doses.

Atualmente os brasileiros que desejam visitar o Panamá devem apresentar teste RT-PCR negativo, realizado até 48h antes do embarque e na chegada fazer outro teste rápido de antígenos, além de quarentena enquanto espera o resultado.