logo Melhores Destinos

32 países onde o seguro viagem é obrigatório para turistas brasileiros

Thayana Alvarenga
Thayana Alvarenga
10/12/2020 às 5:00

32 países onde o seguro viagem é obrigatório para turistas brasileiros

Que o seguro viagem é o melhor amigo do viajante a gente já sabe. Com ele, uma viagem ao exterior se torna mais tranquila, evitando gastos em caso de imprevistos ou problemas inesperados de saúde. Contudo, enquanto em alguns destinos o seguro viagem é opcional, em outros ele é item obrigatório, sujeito a deportação de quem não comprovar a cobertura mínima exigida. Confira quais os países que exigem seguro viagem de turistas brasileiros!

Vale lembrar, em tempos de pandemia, que o seguro viagem oferecido pelos cartões de crédito de alta renda no Brasil não custeiam eventuais despesas com a Covid-19, ficando tais gastos à cargo do viajante, exceto se tiver contratado algum seguro especifico que inclua expressamente esta cobertura na apólice.

Para entrar na maioria dos países da Europa é obrigatório ter um seguro viagem

O seguro viagem é obrigatório para todos os brasileiros que vão visitar qualquer país da União Européia que faça parte do Tratado de Schengen. O acordo permite a livre circulação de pessoas entre os países que são membros, possibilitando também que nós brasileiros fiquemos até 90 dias por lá.

A lista é longa e atualmente conta com 26 países, incluindo lugares muito procurados por turistas. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Liechtenstein, Luxemburgo, Malta, Noruega, Portugal, Polônia, República Tcheca, Suíça e Suécia.

Quem viajar para Paris precisa levar consigo o seguro viagem

A Inglaterra não faz mais parte do Tratado de Schengen, portanto não é obrigatório o seguro viagem para lá. Na Irlanda o seguro também não é obrigatório, mas sua contratação é recomendada, considerando que o custo com uma consulta de emergência é muito alto. Ambos os países contam com sistemas de saúde que são públicos, mas não gratuitos.

É importante verificar na hora de contratar o seguro viagem se ele possui cobertura mínima de 30 mil euros, o que é exigido pelos países europeus.

Catar exige seguro viagem

O seguro viagem para o Catar é obrigatório. Ao desembarcar sem ele você pode ter a entrada negada. Isso porque a apólice precisa ser apresentada na imigração do aeroporto. A contratação do seguro viagem é obrigatória inclusive se você for apenas fazer conexão em Doha, por exemplo, voando com a Qatar Airways.

Cuba exige seguro viagem

Desde maio de 2010 o seguro viagem para Cuba é obrigatório e isso vale para qualquer viajante estrangeiro ou até mesmo cubanos que moram em outro país. A cobertura mínima exigida pelo governo de Cuba é de 25 mil dólares para despesas médicas por acidentes ou doença e 7 mil dólares para repatriação e evacuação. Se você chegar ao aeroporto cubano sem seguro terá de se render à única empresa estatal que oferece esse serviço no país, a Asistur.

A capital Havana exibe em seu centro histórico a arquitetura colonial espanhola do século XVI

É muito mais vantajoso contratar o seu seguro viagem aqui no Brasil antes de viajar por diversos motivos, entre eles o preço e a cobertura com itens extras incluídos nas apólices. Outro ponto é o atendimento em português, uma grande vantagem para quem não domina outros idiomas.

Emirados Árabes Unidos exige seguro viagem

A pandemia da Covid-19 fez com que muitos países adotassem novas medidas para receber turistas, e os Emirados Árabes é um deles. Os viajantes que forem para Dubai, Abu Dhabi e outros destinos agora precisam ter um seguro viagem.

Ao contrário do Brasil, os Emirados Árabes não possuem um sistema de saúde universal e gratuito. Para piorar a situação, os serviços médicos oferecidos no país são bastante caros. Dependendo da gravidade do caso, um atendimento pode custar dezenas ou até centenas de milhares de dólares.

Equador exige seguro viagem

Desde 2018, todos os turistas que entrarem no Equador deverão apresentar comprovante de seguro viagem junto aos funcionários da imigração na chegada no aeroporto.

Contudo, alguns turistas afirmam que a exigência de seguro viagem só se aplica para quem vai às Ilhas Galápagos. Dadas as informações conflitantes, sugerimos que você obtenha ao menos um plano básico de seguro viagem para a sua própria segurança e paz de espírito por viajar tranquilo.

O governo equatoriano não estabelece um valor mínimo para a apólice, mas exige que o seguro cubra acidentes ou doenças e que seja válido para todos os dias da viagem.

Irã exige seguro viagem

O Irã é outro país que exige o seguro viagem de turistas. Ele é realmente obrigatório, sendo que há guichês exclusivos para a conferência desse documento na imigração dos aeroportos, em área chamada de Insurance issued to foreign nationals, ao lado do Transfer Desk.

Lá eles vão checar o comprovante do seu seguro viagem. Caso não tenha um, você pode comprar  ali mesmo no próprio guichê o seguro oferecido pela Bimeh Insurance, válido por 30 dias em território iraniano por apenas 16 euros. Claro que é muito melhor você contratar aqui no Brasil antes de ir não só pela praticidade no atendimento em português, como também pela cobertura.

É importante que a sua apólice cubra despesas médicas de emergência, repatriação ou interrupção da viagem. Geralmente não são cobertas atividades consideradas de alto risco, então se deseja cobertura para isso será necessário adquirir à parte.

Venezuela exige seguro viagem

Desde dezembro de 2013, o seguro viagem é obrigatório para todos os turistas que queiram visitar a Venezuela. É importante que a apólice tenha cobertura de no mínimo 40 mil dólares de despesas médicas e hospitalares, além de pelo menos mil dólares para o extravio de bagagem.

É importante ficar atento aos valores de cobertura, já que muitas pesquisas com seguradoras resultam em coberturas menores do valor estipulado pelo governo do país, portanto fique atento para considerar apenas os planos com valores acima.

Atualmente, dada a crítica situação do país, quase nenhum turista visita a Venezuela. Mas o país já teve alguns destinos na lista das praias paradisíacas mais desejadas do mundo, como Los Roques.

Estados Unidos não exigem seguro viagem, mas não arrisque viajar para lá sem um

Por fim, vale destacar os Estados Unidos. Apesar do seguro viagem não ser um item obrigatório para a entrada no destino, o país tem um dos custos de saúde mais altos do mundo. Uma simples consulta com a aplicação de uma injeção ou medicamento pode custar milhares de dólares. Uma internação de poucos dias pode custar o preço de um imóvel no Brasil. Portanto, a recomendação é fazer um seguro com uma cobertura compatível com o risco que você quer correr.

Leia também
Os melhores seguros de viagem na avaliação dos viajantes!


E você, já esteve em algum destes países e precisou acionar o seu seguro viagem? Qual foi a experiência? Comente abaixo e ajude outros leitores!