logo Melhores Destinos

Conheça o novo aeroporto de Istambul, com potencial para se tornar o maior do mundo!

Wendell Oliveira
Wendell Oliveira
05/09/2019 às 4:59

Conheça o novo aeroporto de Istambul, com potencial para se tornar o maior do mundo!

O novo Aeroporto Internacional de Istambul, na Turquia, é um projeto ousado. Inaugurado em outubro de 2018, mas com operações em pleno funcionamento desde abril de 2019, cerca de 12 bilhões de dólares foram investidos para construir um aeroporto com quase 8 mil hectares de área total e capacidade que deve chegar a 200 milhões de passageiros por ano. Isso é quase seis vezes o tamanho do Aeroporto de Guarulhos, com o Brasil todo passando na esteira rolante!  Visitamos o novo aeroporto, que você confere a seguir, em detalhes!

Entre atrasos na obra e muitas polêmicas, foram 42 meses de construção na primeira fase. Mas, na melhor das hipóteses, o megaprojeto deverá ser concluído em 2025. A promessa é de um moderno centro de aviação onde “o mundo se encontra e os sonhos viram realidade”. Mais do que se transformar em um hub global, a ambição é fazer deste aeroporto o maior do mundo.

Veja também:
– Direto da China: Conheça o novo Aeroporto Internacional de Pequim Daxing

Como é o novo Aeroporto de Istambul

Localização estratégica é um requisito essencial para se ter um hub bem-sucedido. Veja o caso de Dubai ou, até mesmo, Addis Abeba. Ambos localizados bem no meio do mundo, ligando as Américas e a Europa à África, Ásia e Oceania. Neste quesito, a Turquia é privilegiada. Istambul é a única cidade do mundo localizada em dois continentes diferentes, com vocação para ser potência regional desde o Império Otomano.

duty free formato aeroporto istambul

O Duty Free tem formato inspirado no Estreito de Bósforo, canal que une a Europa à Ásia

Aliás, a influência política da construção é vista de longe. O aeroporto foi inaugurado às pressas no dia 29 de outubro de 2018 pelo presidente turco Recep Tayyip Erdogan. Em meio às controvérsias sobre os impactos ambientais da obra, a data escolhida coincidiu com 95º aniversário da fundação da República da Turquia. Uma mensagem clara de que o país ainda sonha alto e quer voltar à relevância no cenário mundial.

entrada novo aeroporto istambul turquia

Uma das entradas do novo aeroporto de Istambul

Com cerca de 12 bilhões de dólares investidos — mais do que o PIB da Armênia ou três vezes o das Maldivas — a previsão de conclusão da obra é para 2025 (embora algumas estimativas estiquem o prazo até 2028).

Nessa primeira fase, o aeroporto ainda não comporta os 200 milhões de passageiros. Não existem terminais separados para voos domésticos ou internacionais, ficando tudo sob o mesmo teto. A estrutura feita em forma de terminal único tem capacidade para 90 milhões de passageiros. Com aproximadamente 140 hectares, este já é o maior terminal do mundo.

O antigo Aeroporto Internacional de Istambul (Atatürk) encerrou as atividades em 6 de abril 2019, sendo totalmente substituído pelo novo aeroporto. Portanto, se você tem um voo com a Turkish Airlines saindo de Guarulhos, certamente passará por aqui.

mapa novo aeroporto istambul

Mapa do novo aeroporto Istambul

Os números do novo aeroporto impressionam:

    • 7 portões de entrada;
    • 13 ilhas de check-in com 468 balcões;
    • 228 guichês de imigração (controle de passaporte);
    • 77 portões de embarque;
    • 143 fingers (ponte de embarque);
    • 371 pontos de estacionamento de aeronaves;
    • 2 pistas paralelas (3.750m x 60m e 4.100m x 60m);
    • Zona de Duty Free com 55.000 m²;
    • Praça de alimentação com 32.000 m²;
    • Hotel interno com 446 quartos.

Após passar pelos procedimentos de segurança logo na entrada, o passageiro tem acesso fácil e intuitivo aos balcões de check-in e demais facilidades. Como é de se esperar, a Turkish Airlines reina absoluta, facilmente perceptível pela cor vermelha da companhia nas telas. São tantas vagas que quase não se vê filas. As máquinas de autoatendimento espalhadas pelo saguão também facilitam o check-in, embora nem todas estejam em pleno funcionamento.

Espaços específicos para pesar e ajustar sua bagagem ajudam no controle da organização do ambiente, além de serem um ótimo toque de cuidado com o passageiro. Há uma preocupação constante com a avaliação dos serviços do aeroporto através de totens feitos para dar sua nota.

Fique atento às sinalizações. Como toda a estrutura do terminal fica sob um único teto, é fácil se confundir com o portão de embarque doméstico e internacional. Uma vez dentro da área interna, prepare-se para andar muito!

Os detalhes roubam a cena: nada foi feito ao acaso neste aeroporto! As curvas do teto são inspiradas nos domos das mesquitas de Istambul, favorecendo uma iluminação natural. Tudo de muito bom gosto. Até mesmo a torre de controle tem um design arrojado, projetada em forma de tulipa, a flor nacional da Turquia.

O Duty Free também de destaca, no formato do Estreito de Bósforo, canal que une a Europa à Ásia. Os preços não são exatamente os melhores, mas a variedade de produtos é inegável. Na hora de levar lembrancinhas, uma alternativa é o Old Bazaar, com os tradicionais olhos turcos e doces típicos do país à venda.

Há vários guichês de informação, muito bem sinalizados e com diversos funcionários.

Sabe-se que na Turquia come-se muito bem, e no principal aeroporto do país não poderia ser diferente. Além das tradicionais redes de fast food, padarias, bares e cafés de franquias internacionais, a culinária local marca presença em ótimos restaurantes na praça de alimentação. Quem estiver em busca de lanches mais elaborados pode encontrar pizzas e hambúrgueres de alta qualidade na Gourmet Trilogy, a praça de alimentação gourmet do novo aeroporto.

Para quem não dispensa o conforto das salas VIP, boa notícia: a Turkish possui três lounges no aeroporto (Lounge Business, Lounge Domestic e Lounge Miles&Smiles). O próprio aeroporto também dispõe do IGA Lounge, com estrutura bem moderna e capacidade para 584 pessoas. Passageiros frequentes do novo aeroporto podem ainda contar com o IGA Pass, com vantagens exclusivas. Além de dar direito ao lounge, há fast track, prioridade no check-in, translado interno em carrinho de mini-golfe e transfer para o centro da cidade.

Lounge Business da Turkish Airlines

Lounge Business da Turkish Airlines

Promessas x Realidade

“Bem-vindo ao novo centro de aviação do mundo”
“Aeroporto de Istambul, onde o mundo se encontra”
“Onde os sonhos se tornam realidade”

São tantos slogans e frases impactantes criadas pela equipe de marketing do aeroporto, que é até difícil fazer uma análise sem se empolgar muito. Mas basta um olhar atento e um pouco mais realista para detectar diversos pontos negativos. Diminua suas expectativas e acompanhe:

1. O novo aeroporto é longe do centro de Istambul

Ele está localizado a pouco mais de 50 km do centro de Istambul, enquanto o Atatürk ficava bem no centro. O acesso via transporte público era ótimo e quem tinha conexão longa podia aproveitar para conhecer um pouco da cidade. Agora, quem chega pelo novo aeroporto terá um pouco mais de dificuldade para passear pela cidade.

2. Sobra design, mas falta funcionalidade

A aparência realmente impressiona, rivalizando com Seul e Doha, frequentemente apontados como os aeroportos mais bonitos do mundo. No entanto, ao contrário de Dubai, não há trens internos conectando os portões, que podem ser bem distantes. Prepare-se para andar bastante: mesmo com o auxílio das esteiras rolantes, atravessar o novo aeroporto de Istambul de uma ponta à outra leva cerca de 25 minutos!

O número de assentos parece não ser suficiente para o volume de passageiros esperado. Encontrar tomadas ou portas USB é uma tarefa árdua. A ausência de bebedouros preocupa — é necessário desembolsar US$ 3 por uma garrafinha. Mas algo invisível chama ainda mais a atenção: as restrições da rede Wi-Fi. O visitante precisa ter um chip para receber um código de acesso, quase sempre impraticável para quem acabou de chegar ou não tem o roaming ativado.

3. Metrô, só em 2020

Para chegar ao aeroporto do futuro, por enquanto só de táxi ou ônibus. A linha M11 do metrô, que conectará o aeroporto ao centro de Istambul, tem previsão para ficar pronta apenas em 2020.

4. Interrupções causadas por ventanias e nevoeiros

O novo aeroporto turco está localizado às margens do Mar Negro, suscetível aos ventos que sopram do norte. Interrupções causadas por nevoeiros já eram previstas por especialistas de aviação. Em 2014, relatórios apontavam para as más condições climáticas do local e recomendavam cinco anos de pesquisas para avaliar os riscos antes de iniciar a construção. Durante um ano, foram registrados 107 dias de tempestade e 65 dias com cobertura intensa de nuvens.

As autoridades preferiram não seguir o conselho. Até meados de junho deste ano, 179 voos foram desviados devido às más condições meteorológicas.

voos desviados novo aeroporto istambul

Voos desviados do novo aeroporto de Istambul (Mapa do dia 17/05/2019)

5. A preocupação com segurança é excessiva

A Turquia não quer repetir o atentado terrorista do antigo aeroporto Atatürk, ocorrido em 2016. Por isso, o forte esquema de segurança do novo aeroporto de Istambul é montado desde a entrada. É necessário passar por detectores de metal tanto para acessar o saguão quanto à área de embarque. A operação minuciosa e as grandes filas podem tomar algum tempo, então é recomendável chegar com folga.

Fila detectores de metal entrada aeroporto istambul

Fila dos detectores de metal na entrada do aeroporto

Até aí, tudo bem. O problema é quando os funcionários do aeroporto tornam-se paranoicos demais com a segurança. Durante nossa visita guiada, mesmo com credenciais de acesso e permissão para fotos, fomos diversas vezes convidados a apagar nossos registros da câmera. Daí as poucas fotos no post.

Boa sorte com sua selfie em frente ao letreiro 🙂

O que acontecerá com o antigo aeroporto Atatürk?

O antigo aeroporto internacional de Istambul (Atatürk) recebia cerca de 50 milhões de passageiros por ano e era o terceiro mais movimentado da Europa. Com o encerramento das operações, uma pista permanecerá aberta para voos privados e militares. Parte do terminal pode virar uma “Universidade da Aviação”, com centros de treinamento e manutenção. O terminal de cargas permanece até 2020, sendo lentamente transferido para o novo aeroporto. Um Centro de Convenções no local também não está descartado, embora declarações do presidente apontem para a construção de um parque aos moldes do Central Park, em Nova York.

Apenas para fins de comparação, o novo Aeroporto Internacional de Pequim Daxing, também orçado em US$ 12 bilhões, foi inaugurado em setembro de 2019. O outro aeroporto da capital chinesa continuará operando normalmente.

 

Como chegar ao novo Aeroporto de Istambul

Enquanto o metrô não fica pronto, somente é possível chegar e sair do novo aeroporto de Istambul de carro ou ônibus.

  • Táxis:

Há táxis disponíveis 24h em frente às saídas dos desembarques domésticos e internacionais do novo aeroporto. As tarifas são fixas, dependendo do destino. Para o centro (Taksim Square), o valor é de 175 liras tucas (setembro/2019 – confira a cotação atual). Devido à inflação turca, esse valor pode mudar em breve.

Vale mencionar que o Uber não funciona na Turquia. Uma alternativa é o aplicativo BiTaksi.

  • Ônibus:

Os ônibus da empresa Havaist fazem o trajeto do novo aeroporto até várias partes de Istambul. Até o centro (Taksim Square), você pode embarcar na linha IST-19, localizado na baia 4, andar -2. A viagem dura cerca de 90 minutos e custa 18 liras turcas. É necessário comprar o cartão recarregável Istanbulkart nas máquinas (depósito de 6 liras), por isso troque dinheiro antes!

  • Transfers: 

Você também pode verificar com seu hotel a possibilidade de um transfer, ou contratá-lo em um guichê logo na saída do aeroporto. Os valores costumam ser relativamente próximos aos cobrados pelos táxis.


E você, já voou para o novo aeroporto de Istambul? Deixe seu comentário!