logo Melhores Destinos

Nomad Global: nova conta digital internacional gratuita pode ajudar a economizar no câmbio

Daniel Gadelha
Daniel Gadelha
07/12/2020 às 11:22

Nomad Global: nova conta digital internacional gratuita pode ajudar a economizar no câmbio

As contas digitais internacionais podem ser muito úteis para quem viaja com frequência para o exterior e quer economizar com o câmbio. Essa modalidade também é vantajosa para quem gosta de fazer compras em sites estrangeiros, precisa enviar dinheiro para parentes que moram no exterior ou recebem pagamentos de origem estrangeira, pois oferece uma conversão mais barata, isenção de algumas taxas e mais transparência quanto as tarifas cobradas.

Atualmente, poucas empresas oferecem esse tipo de serviço no Brasil, com destaque para o BS2C6 Bank. Mas a Nomad, com sede nos Estados Unidos, acaba de lançar sua conta gratuita no mercado nacional, também com possibilidade virar cliente diretamente pelo aplicativo, de forma rápida e prática. Veja como funciona.

Conta digital internacional Nomad

As contas digitais internacionais são bem similares as contas correntes que utilizamos no Brasil. É possível enviar e receber transferências de outras contas, além de fazer compras em estabelecimentos físicos e online utilizando um cartão de débito. A conta, chamada Nomad Global, é aberta exclusivamente pelo aplicativo, mediante o preenchimento de dados pessoais e envio de alguns documentos, como o Passaporte.

Leia também: Conheça os passaportes mais poderosos do mundo!

Os clientes Nomad recebem um cartão de débito virtual que pode ser usado para compras online ou presenciais através das wallets Apple Pay, Samsung Pay e Google Pay. O cartão, no entanto, só é aceito em compras nos Estados Unidos. A conta também permite receber transferências de outras contas no exterior via SWIFT.

Por enquanto, a Nomad ainda não está emitindo cartão de débito físico, mas a previsão é que os clientes comecem a recebê-lo em janeiro de 2021. Com o cartão, os clientes também poderão fazer saques em caixas eletrônicos. A taxa para esse serviço ainda não foi divulgada.

O cliente também poderá receber transferências de outros bancos nos Estados Unidos sem nenhum custo. Já para enviar dinheiro da conta Nomad de volta para a sua conta no Brasil, será cobrado o spread de 2%, IOF de 0,38% e uma taxa fixa de US$ 10. A taxa fixa, no entanto, não será cobrada durante o lançamento do produto. Há ainda um valor mínimo para essa transação, de US$ 1.000.

Nomad

Diferentemente de outras contas digitais internacionais, a Nomad aloca seus valores nos Estados Unidos. Os depósitos ficam protegidos pelo FDIC (entidade americana que garante os valores depositados em conta corrente até o limite de US$ 250 mil, similar ao Fundo Garantidor de Crédito no Brasil), o que traz mais segurança aos clientes.

Outro diferencial prometido pela Nomad é a possibilidade de investir os valores da conta digital nas bolsas de valores americanas, como NYSE e Nasdaq. Segundo a empresa, ela irá disponibilizar diferentes portfólios de investimentos de acordo com o perfil de risco do cliente. Todas as transações serão realizadas dentro do aplicativo, que será integrado a uma corretora de valores americana. Segundo a Nomad, o app também irá orientar o cliente quanto a declaração e recolhimento de impostos.

Como oferta de lançamento, a Nomad está oferecendo spread zero nas remessas realizadas até 31 de dezembro de 2020 (podendo encerrar antes, a critério do banco). De acordo com a empresa, quem aproveitar a promoção vai poder adquirir dólar pagando apenas a cotação oficial e o IOF, ou seja, mais barato do que em casas de câmbio ou que o cartão de crédito. Há um limite de envio de R$ 50 mil por mês.

Nomad

Como abrir a conta Nomad?

Para abrir uma conta digital internacional na Nomad é necessário baixar o aplicativo do banco e preencher seus dados pessoais como nome, telefone, data de nascimento (é preciso ser maior de 18 anos), CPF, e-mail e criar uma senha de acesso.

No entanto, antes de enviar a primeira remessa para a sua conta, é necessário informar o seu endereço completo e, como a conta é baseada nos Estados Unidos, é obrigatório ter passaporte brasileiro válido. A Nomad informou que está estudando meios para flexibilizar a abertura da conta para quem ainda não tem passaporte ou está com o documento vencido, mas por enquanto é um item obrigatório.

 

Como forma de segurança, também é preciso gravar um vídeo selfie de 5 segundos segundos segurando o passaporte e falando a frase “I autorize account opening with Nomad” (“Eu autorizo a abertura de conta na Nomad”, em inglês). Caso tenha dificuldade na pronuncia, a dica é utilizar o Google Tradutor. O processo pode ser burocrático (e um pouco vergonhoso) mas evita que outra pessoa abra uma conta em seu nome. De acordo com a empresa, a validação dos dados poderá levar até dois dias úteis.

Depois que a sua conta for verificada, basta solicitar o envio da remessa pelo aplicativo. Será informado o valor a ser pago em reais incluindo o IOF. O app vai então informar os dados bancários para onde você deverá fazer uma TED da sua conta corrente no Brasil para que o dinheiro chegue na conta Nomad. O prazo é até o final do dia útil seguinte.

Quanto custa a conta digital internacional Nomad?

Não há nenhum custo para abrir ou manter a conta Nomad. A transferência de recursos da sua conta corrente no Brasil para a Nomad é feita através de TED e a tarifa pode variar de acordo com o pacote de serviços do seu banco. A Nomad cobra 2% de spread (diferença entre a cotação oficial do dólar e a cotação praticada) além do IOF (imposto sobre operação financeira) no valor de 1,1%. Como comparação, o IOF cobrado nas transações feitas com cartão de crédito no exterior é de 6,38% e o spread, dependendo do banco, pode chegar até 7%. Confira o dólar do cartão de crédito dos principais bancos.

Infelizmente, não é possível consultar a cotação do dólar pelo site da Nomad. Só é possível verificá-la no app. A cotação no dia 7 de dezembro de 2020 é de R$ 5,1491 já com o IOF. Como comparativo, a cotação no site Click Câmbio na mesma data é de R$ 5,3196 – uma diferença bem expressiva!

Para criar sua conta ou obter mais informações acesse o aplicativo Nomad.

Outras contas digitais internacionais

O grande diferencial da conta Nomad é a garantia de um fundo garantidor de que, infelizmente, não é oferecido pelas concorrentes BS2 e C6 Bank. Por outro lado, o processo de abertura de conta nos demais bancos é menos burocrático, sendo exigido somente o RG ou CNH e o cartão de débito físico é emitido de imediato e aceito em todo o mundo. Além disso, as demais contas oferecem a possibilidade do cliente ter saldo também em reais, não apenas em dólar. É importante comparar as diferentes contas e escolher a que melhor atende a sua necessidade.


E você, já tinha ouvido falar da Nomad? Chegou a testar o serviço? Utiliza alguma conta digital internacional? O que acha do serviço? Comente e participe!


Veja também: