logo Melhores Destinos

Nobres (Bom Jardim): um destino paradisíaco do Mato Grosso ainda desconhecido

Redação
Redação
01/10/2019 às 4:57

Nobres (Bom Jardim): um destino paradisíaco do Mato Grosso ainda desconhecido

Você já ouviu falar de Nobres (Bom Jardim)? O pequeno distrito do Mato Grosso, a cerca de 150 km de Cuiabá, guarda um dos segredos mais bem guardados da região Centro-Oeste do Brasil. Um paraíso intocado com rios de águas transparentes, que não fica devendo em nada a Bonito, o vizinho mais famoso do Mato Grosso do Sul. Se você procura por um destino ainda pouco conhecido, com natureza bem preservada e uma beleza estonteante, arrume as malas e embarque nessa viagem! Nosso leitor Luclecio Souza visitou o destino e trouxe várias dicas, confira!

Dicas de Nobres (Bom Jardim), um paraíso do Mato Grosso ainda pouco conhecido

Por Luclecio Souza

Sempre fui apaixonado por destinos diferentes, lugares ainda desconhecidos da maioria, que tragam experiências novas e que sirvam de inspiração para outros viajantes também conhecerem.

Pensando nisso, aproveitei uma breve passagem por Cuiabá no Mato Grosso para conhecer Nobres, um lugar que já tinha lido a respeito de suas belas paisagens e atrativos, mas ainda não tão popular, pelo menos em comparação com Bonito no estado vizinho do Mato Grosso do Sul, que já está na lista de destinos visitados ou nos planos de muitos viajantes.

Como chegar a Nobres

Comecei a pesquisar as alternativas para se chegar a Nobres, que está a cerca de 120 quilômetros de Cuiabá. Aqui é bom lembrar que os atrativos na verdade ficam em Bom Jardim, distrito de Nobres que fica bem distante da sede do município. É em Bom Jardim que está toda a estrutura de pousadas e agências.

O ideal para se conhecer todos os atrativos, é se hospedar por lá e alugar um carro para os deslocamentos. No meu caso, como estava sem muito tempo, e apenas com minha esposa, ambos sem habilitação para carro, pesquisamos uma alternativa e descobrimos que a partir de Cuiabá, existem tours de um dia, que levam os turistas a conhecer ao menos algumas das atrações.

Dependendo da agência escolhida, os atrativos visitados podem ser diferentes. É importante pesquisar bem o itinerário antes de fechar o passeio, que custa entre 190 a 270 reais, geralmente incluindo o transfer Cuiabá x Bom Jardim x Cuiabá, ingressos dos atrativos e almoço. Os tours têm saídas regulares às sextas-feiras e aos sábados. O itinerário de meu tour visitaria o Balneário Estivado, Aquário Encantado, flutuação no Rio Salobra e Lagoa das Araras.

Tour em Nobres

Faltando 15 minutos para às 9h, cheguei na sede da agência no centro de Cuiabá, onde a van sairia para o passeio. Cerca de duas horas depois chegamos a Bom Jardim, e a primeira parada foi no Balneário Estivado. Logo de início, já fomos recepcionados por vários macaquinhos, que são uma atração à parte. O ambiente é bem agradável, com bar, restaurante e um deck de madeira com acesso a um rio de águas transparentes.

É incrível a sensação de tomar banho ao lado de peixes, que em nenhum momento se incomodam com nossa presença, e faz dessa experiência algo inesquecível para os amantes da natureza. No local ficamos cerca de 1 hora, tempo suficiente pra relaxar e tomar um banho refrescante. Para quem for por conta própria, o ingresso para entrar no Balneário custa R$ 15. No nosso caso, já estava incluso, assim como os ingressos das demais atracões que visitamos.

De lá, seguimos mais alguns quilômetros e chegamos à base de recepção do Aquário Encantado, talvez a mais famosa atração da região. No local existe um restaurante, lugar onde foi servido nosso almoço. O nosso guia nos separou em dois grupos, o primeiro iria visitar o aquário no horário das 14h e o outro grupo as 14h30. Ficamos na primeira turma.

Após o almoço, descansamos em um dos vários bancos do local, em meio às arvores aguardando o horário de seguir rumo ao atrativo. Uns 15 minutos antes das 14h, nosso guia nos chamou para pegarmos os coletes, snorkel e sapatilhas para o mergulho. Disse também que quem desejasse alugar câmeras GoPro, poderia solicitá-las na recepção ao valor de R$ 50.

Na hora marcada, subimos no veículo que nos levaria ao início da trilha até o Aquário Encantado. Trata-se de um trator com carroceria, onde todos subimos e iniciamos o trajeto. Depois de alguns minutos, chegamos a trilha para o acesso ao local. São alguns minutos de caminhada sobre uma passarela de madeira.

Finalmente chegamos ao aquário, e que lugar maravilhoso! De fato uma das paisagens mais belas que já vi. A cor e a transparência da água impressiona. Da parte de cima já é possível visualizar vários peixes. Não precisa de filtro no Instagram, a própria natureza faz o trabalho.

O guia nos deu algumas dicas e, em seguida, descemos para flutuação. Após alguns minutos, outro grupo chegou e caminhamos alguns metros para o início da flutuação no Rio Salobra. A flutuação segue rio abaixo por 800 metros.

A água é igualmente transparente e deu pra ver diversos peixes e até uma arraia durante o percurso. Após a flutuação retornamos ao início da trilha, subimos no veículo e voltamos para a base de apoio onde devolvemos os equipamentos de mergulho. Para quem vai por conta própria, o valor por pessoa com flutuação custa R$ 90. O local aceita cartão de crédito.

De lá, seguimos na van até a última parada de nosso tour, a Lagoa das Araras, já no fim da tarde. O lugar é uma grande lagoa com vários buritis, uma espécie de palmeira típica da região. O pôr do sol por lá é um espetáculo. Além da bela paisagem, várias espécies de aves se reúnem no local e proporcionam uma experiência marcante. Foi a hora de guardar nossos celulares e máquinas para apreciar a natureza e agradecer o privilégio de poder viver momentos como esse. Para quem for por conta própria, o ingresso para esse atrativo custa R$ 25.

Vale a pena visitar Nobres?

Nobres foi uma grata surpresa, sem dúvidas merece ser mais visitado e entrar de vez no roteiro dos viajantes. O tour de um dia saindo de Cuiabá é uma ótima opção pra quem está na capital do Mato Grosso, com pouco tempo, mas não quer deixar de conhecer alguns dos atrativos da região. Outros tours regulares de um dia saindo de Cuiabá são para o Pantanal e para a Chapada dos Guimarães.

É possível fazer uma viagem “redondinha”, optando por passar alguns dias na capital do Mato Grosso. Assim como eu, tenho certeza que os leitores vão desfrutar de momentos maravilhosos nesse pedacinho do Brasil, que tem um potencial enorme em conquistar os viajantes com suas belas paisagens e um povo bem receptivo. Fica aqui o meu registro e espero que contribua de alguma forma para quem está planejando as próximas viagens.


Agradecemos ao Luclecio pelo relato! E você, quer compartilhar sua história de viagem com a gente? Envie um e-mail para convidado@melhoresdestinos.com.br