logo Melhores Destinos

México voltará a exigir visto de turistas brasileiros

Leonardo Cassol
Leonardo Cassol
15/10/2021 às 10:15

México voltará a exigir visto de turistas brasileiros

Sob pressão dos Estados Unidos, o governo mexicano publicou ontem um anteprojeto que suspende a isenção de visto para turistas brasileiros. O documento segue em consulta pública e deve ser sancionado em breve, entrando em vigor 15 dias após a publicação no Diário Oficial. A expectativa é que a medida entre em vigor ainda este ano, de acordo com uma declaração que uma fonte do Itamaraty deu à agência de notícias Reuters.

Com a implantação da medida, que tem caráter temporário mas sem uma data para terminar, será novamente necessário solicitar o visto eletrônico antes de viajar para o México. As regras detalhadas e o custo do visto ainda não foram divulgados.

A decisão visa reduzir a quantidade de brasileiros que viajam para o México com o objetivo de entrar ilegalmente nos Estados Unidos. Até agosto de 2021, mais de 22 mil brasileiros adultos foram detidos tentando imigrar ilegalmente para os Estados Unidos pela fronteira mexicana, de acordo com dados da Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos (CBP).

Segundo o documento publicado pelo governo, há uma parcela substancial de brasileiros “cujo perfil não corresponde ao do visitante ou turista genuíno”. São turistas que “apresentam inconsistências na sua documentação ou informação, reforçando a possibilidade de que um número significativo de pessoas que pretendem usar a isenção de visto de forma indevida”.

Os brasileiros não são os únicos. De acordo com dados oficiais, de cada 10 equatorianos que chegam ao México alegando viajar a turismo, 7 não voltam para casa e buscam um meio de chegar aos Estados Unidos. Por conta disso, desde 4 de setembro, o governo mexicano passou a exigir visto dos equatorianos. O Peru é outro país que deve sofrer restrições.

Para pressionar o governo mexicano, o governo dos Estados Unidos decidiu incluir os brasileiros no programa “Fique no México” onde, caso sejam pegos tentando imigrar ilegalmente, eles são devolvidos ao território mexicano para aguardar um tribunal resolver o caso. Com isso, o custo e a responsabilidade pelos detidos passou a ser do governo mexicano.

Isenção de visto para a entrada no México passou a valer em 2013

Não é primeira vez que o México exige visto para a entrada de brasileiros. Em 2005, após os Estados Unidos registrarem um grande aumento no volume de imigrantes ilegais brasileiros, o governo de Vicente Fox passou a exigir o visto de entrada dos turistas vindos do Brasil e do Equador. Um ano depois, em 2006, o número de prisões de brasileiros na fronteira caiu drasticamente e permaneceu estável.

Em 2013, os governos de Dilma Rousseff e Enrique Peña Nieto concordaram em o fim do visto para brasileiros no México. E, cinco anos depois, caiu a mesma exigência para os equatorianos. Naturalmente, o fluxo de viajantes aumentou muito. Mas, junto com os turistas, cresceu o número de imigrantes ilegais.

Cancún

Número de turistas brasileiros bate recorde no México

De janeiro a julho, um total de 157.980 brasileiros entraram no México por via aérea, segundo dados oficiais. O México é um dos países que estão permitindo a entrada de brasileiros durante a pandemia, sem exigir vacina, teste ou quarentena.

Além da burocracia, o visto acaba representando um custo adicional para os turistas visitarem destinos como Cancún, Playa Del CarmenCidade do México e Riviera Nayarit. Será que quem já tiver o visto americano será isento da medida? Vamos aguardar!

E você, pensa em mudar os planos de viajar para o México por conta da novidade? Ou pretende tirar o visto numa boa?

Com informações da Forbes