logo Melhores Destinos

Como usar o metrô em Nova York: mapa, preço e tudo o que você precisa saber

Camille Panzera
Camille Panzera
29/11/2018 às 8:13

Como usar o metrô em Nova York: mapa, preço e tudo o que você precisa saber

Nova York é uma cidade cheia de atrações, com um bom transporte público e em que você anda a pé e de metrô o tempo todo! A melhor dica para circular por lá é colocar um calçado confortável nos pés, deixar o carro de lado e usar o transporte coletivo, que permitirá conhecer muita coisa!

Quem visita Nova York, principalmente na primeira viagem, pode acabar ficando um pouco inseguro com relação ao deslocamento. A verdade é que embora pareça um pouco difícil no início, não há mistério algum: andar a pé ou de metrô em Nova York é bastante fácil, principalmente em Manhattan, que é a área mais turística da região.

Metrô em Nova York

Metrô em Nova York: guia prático de como usar

Para saber como circular por Nova York, é importante entender melhor as ruas da cidade. Dessa forma, ficará muito mais simples entender não apenas o metrô, mas se situar na ilha.

Manhattan foi se desenvolvendo a partir de Lower Manhattan e ali é possível notar que cada uma das ruas tem um nome próprio, sem nenhum método. Com a necessidade de implementar um plano mais organizado, um novo sistema foi instituído – o Commissioners’ Plan of 1811 –  olhando o mapa da ilha fica bastante claro como ele funciona.

Nessa plano, as ruas da cidade são majoritariamente organizadas de forma horizontal, sentido leste-oeste, enquanto as avenidas cortam a ilha de forma vertical, sentido norte-sul (e vice versa). As ruas passaram a ser numeradas em ordem crescente do sul para o norte da ilha, enquanto as avenidas crescem do leste para o oeste – da primeira até a 12 avenida.

Ruas de Nova York

É por isso, que quando alguém está em Nova York, utiliza-se como referência a avenida que se pretende chegar e duas ruas próximas. O Empire State Building, por exemplo, está na 5a Avenida, entre as ruas 33 e 34 – com essa referência fica fácil chegar sem se perder.

Andando de metrô em Nova York

Depois de entender como funciona a organização das ruas e avenidas fica bem mais fácil usar o metrô. Isso porque grande parte das estações têm os mesmos nomes das ruas em que estão localizadas.

Outra dica importantíssima para usar o metrô é ter ciência de que as linhas do transporte correm, principalmente, do sul para o norte (e vice versa). Ou seja, de cima para baixo da ilha e no sentido contrário. Isso significa que as estações possuem duas entradas e os trens circulam, claro, em dois sentidos. 

metro nova york

Atenção às entradas do metrô!

Se desejar ir para “cima” de Manhattan (norte da ilha, Bronx, Queens), vá para entrada do metrô de sentido Uptown. Se quiser ir para “baixo” de Manhattan, ou Brooklyn, use a entrada do metrô sentido Downtown, que dá acesso ao sul da ilha.

O ideal é planejar seu percurso antes de entrar no metrô. Consultando um mapa, sempre presente nas estações, você poderá ver quais as linhas correm ali, para onde vão, e qual a estação mais próxima do local que pretende ir.

Outra opção muito prática para fazer deslocamentos pela cidade é usar aplicativos como o Google Maps, que além de apontar as possíveis linhas de metrô para o seu percurso, estação de embarque e saída, mostra o percurso a pé que deve ser feito para completar todo a viagem que você deseja fazer.

Metrô de Nova York: preço

Atualmente a passagem unitária do metrô em Nova York custa US$3.
Para usar o transporte local, é recomendado adquirir um MetroCard (US$ 1), um cartão pré-pago em que se insere créditos para realizar suas viagens. É um cartão útil para quem irá realizar viagens ocasionais, sem tanta frequência. Você pode inserir o crédito do valor que acha que utilizará durante sua estadia, sendo que cada passagem custa US$ 2,75.

Outra dica muito valiosa é o ticket de 7 dias com viagens ilimitadas. Por US$ 32 você pode comprar o 7-Day Unlimited Pass, que dá direito a usar o metrô (e ônibus locais) ilimitadamente pelo período de 7 dias. Fazendo o uso do metrô apenas 2 vezes por dia esse passe já passa a valer a pena!
Existe também a mesma versão desse cartão para uso de 30 dias, por US$121.

Para realizar o pagamento é possível se valer dos guichês que ficam dentro das estações e fazer essa transação de forma presencial. Outra alternativa é utilizar as máquinas de auto-atendimento, que muitas vezes é a única alternativa em determinadas entradas do metrô. Essas máquinas aceitam cartões de créditos, moedas e notas, e são programadas para dar troco e recibo da transação. As notas, no entanto, muitas vezes precisam ser de valores baixos, então procure ter dinheiro trocado.

Outra dica é que não são todas as entradas do metrô que possuem atendentes ou máquinas de auto-atendimento; algumas delas tem apenas a roleta para acessar a plataforma. Também por isso o MetroCard acabando sendo uma mão na roda.

Linhas do Metrô em Nova York

São mais de 150 estações e 24 linhas de metrô em Nova York. Várias dessas linhas fazem trajetos similares e compartilham plataformas de embarque. Essas linhas estão divididas em grupos, cada um deles com uma cor – o que não significa que todas as “cores” levam exatamente aos mesmos lugares. Os novaiorquinos não utilizam as linhas de metrô por cores e sim pelo nome da linha – um número ou letra. Embora possam parecer similares, cada linha possui seu próprio trajeto, com estações iniciais e finais diferentes.

No site do metrô você confere um mapa completo das linhas e estações. Abaixo um resumo das principais linhas.

mapa metro nova york

Mapa do metrô em Nova York

As linhas 1, 2, 3 – Linha Broadway – 7a Avenida: atravessa do sul de Manhattan e Brooklyn até o Bronx e Harlem. Seu percurso passa pelo lado oeste da linha, pela 7a Avenida e permite acesso a South Ferry, World Trade Center, Penn Station, Columbus Circle e Lincoln Center e Columbia University. As linhas 2 e 3 são expressas, enquanto a 1 para em todas as estações.

Linhas 4, 5, 6 – Linha da Lexington Av.: realiza o trajeto entre o Brooklyn e o Bronx, passando pela Lexington Avenue e lado leste de Manhattan. Essa linha permite acesso a locais como South Ferry, Union Square, Grand Central e Upper East Side.

Linha 7 – Flushing Line: É uma linha que corta Manhattan verticalmente, indo de uma estação na 34th St ao Queens, passando pela Times Square e Grand Central.

Linhas A, C, E – Linha da Oitava Avenida: Cada uma dessas linhas possui um trajeto bem diferente. A linha A, vai do Brooklyn a Upper Manhattan, passando perto do Aeroporto JFK. A Linha E começa no World Trade Center e vai até o Queens. Já a linha C vai do Brooklyn a Upper Manhattan, passando pela 8a Avenida e em pontos de interesse como a Penn Station, Port Authority e Museu de História Natural.

Linhas B, D, F, M – Linha da Sexta Avenida: As linhas B e D saem do Brooklyn, passam pela região central de Manhattan e seguem para Bronx – elas são linhas Express, então não param em todas as estações. A linha F também sai do Brooklyn passando pela área central de Manhattan, mas segue para o Queens. A linha M, sai do Queens e também termina no Queens, mas fazendo um percurso pela área central de Manhattan. Entre as atrações servidas por essas linhas estão Coney Island, SoHo, Bryant Park e Rockefeller Center. 

Linhas N, Q, R, W – Linha da Broadway: As linhas Q, R , N têm trajetos que se iniciam no Brooklyn, passam pela região central de Manhattan ao longo da Broadway e posteriormente se separam: a linha Q vai até o Upper East Side, na 96th St a N e R até o Queens, passando pelo Central Park. A linha W, vai do Sul de Manhattan a Astoria (Queens).

metro nova york

Trens Expressos

Note que em uma mesma plataforma do metrô passam trens com destinos diferentes e que fazem paradas diferentes. Na hora de ir a um determinado local, veja exatamente quais são as linhas que atendem ao trajeto que deseja realizar.

Alguns trens funcionam de forma expressa, sem fazer paradas em determinadas estações e realizando trajetos mais rápidos. Os próprios mapas do metrô sinalizam essa diferença. Já os trens locais fazem parada em todas as estações.

Dicas para entender o mapa do metrô:
– As bolinhas pretas no mapa oficial do metrô significam estações que param trens locais (que param em todas as estações)
– As bolinhas brancas significam que na estação param também trens expressos, que são os trens mais rápidos e param apenas em algumas estações ao longo do caminho.

Não deixe de ler nosso guia de Nova York, cheio de informações para você organizar sua viagem, saber quando ir a Nova York, onde ficar em Nova York e o que fazer em Nova York!

E você? Tem mais dicas de como usar o metrô em Nova York? Conte pra gente sua experiência nos comentários!