logo Melhores Destinos

Conheça 20 lugares misteriosos e sagrados na Europa

Rafael Castilho
08/03/2021 às 5:07

Conheça 20 lugares misteriosos e sagrados na Europa

A devoção religiosa e crenças permeiam a humanidade há milhares de anos. Na Europa é possível encontrar dezenas de monumentos e construções erguidas para a devoção, iluminação espiritual ou rituais. Parte destes lugares resistiram ao tempo, alguns mais de 6 mil anos. Esses destinos históricos e sagrados continuam a capturar nossa imaginação e a atrair milhares de turistas todos os anos. Conheça os 20 lugares misteriosos e sagrados da Europa escolhidos pela revista National Geographic.

Abadia de San Michele – Itália

Na região de Piemonte, no noroeste da Itália, pertinho da fronteira com a França fica a Abadia de San Michele. Como a outra abadia mais famosa francesa, este templo religioso italiano, do século X, foi construído no topo do Monte Pichiriano a cerca de 30 km de Turim e a 2 horas de carro de Milão. O local, que foi cenário do filme O Nome da Rosa, abriga o sepulcro dos membros da Casa de Sabóia, uma das famílias reais mais antigas do mundo.

Abadia de San Michele – Itália

Avebury – Inglaterra

A 40 minutos de distância do famoso monumento neolítico inglês de Stonehenge fica Avebury com 5 mil anos de história. Este é maior círculo pré-histórico de pedras do mundo com 180 pedras que formam um anel externo grande e dois círculos internos menores. Avebury é considerada um centro espiritual para muitos que professam crenças tais como Paganismo, Wicca e Druidas.

Avebury – Inglaterra

Castelo de Peyrepertuse – França

O Castelo de Peyrepertuse foi construído sobre uma montanha de pedra calcária no século XIII de forma estratégica nos Pirineus franceses perto da fronteira com a Espanha. O local, que já chegou a pertencer à Catalunha, permitiu aos Cátaros controlar os desfiladeiros e os vales, além de enviar sinais de comunicação para sul para o Castelo de Quéribus. O nome do castelo significa Pedra Furada.

Castelo de Peyrepertuse – França

Castelo de Quéribus – França

Logo ali perto do Castelo de Peyrepertuse fica o Castelo de Quéribus, também nos Pirineus. Este castelo isolado foi o último reduto dos Cátaros – a seita cristã herética que floresceu durante os séculos XII e XIII na Europa. Foi relacionado como monumento histórico pelo Ministério francês de Cultura em 1907.

Castelo de Quéribus – França

Cromeleque dos Almendres – Portugal

O monumento megalítico mais importante da Península Ibérica e um dos mais importantes da Europa está localizado em Portugal. Constituído de um grande círculo com 95 pedras pré-históricas, o Cromeleque dos Almendres remonta aos anos de 6000 a.C, antes do famoso inglês Stonehenge. Acredita-se que o local era utilizado em rituais religiosos e astronômicos. O Cromeleque dos Almendres fica na região do Alentejo a 12 km da cidade de Évora.

Cromeleque dos Almendres – Portugal

Ilha de Devenish – Irlanda do Norte

A ilha de Devenish, no sul da Irlanda do Norte, é um dos melhores locais monásticos para se visitar no país. No local é possível encontrar as ruínas do monastério do século VI. A ilha foi dominada pelos Vikings em 837 e ardeu em chamas em 1157. Além da rica história religiosa, os visitantes podem subir à torre redonda de 30 metros de altura para desfrutar de uma bela vista panorâmica.

Ilha de Gavrinis – França

A pequena ilha desabitada de Gavrinis, no Golfo de Morbihan, no noroeste francês, abriga uma das zonas neolíticas mais impressionantes da Europa. O local abriga uma câmara funerária de pedra em forma de pirâmide com paredes interiores cobertas por desenhos. Na época de sua construção, 3500 a.C., a ilha ainda estava conectada com o continente. Para visitar Gavrinis é necessário um guia. Os barcos até a ilha partem de Larmor-Baden a 120 km de Nantes.

Ilha de Gavrinis – França

Ilha de Lewis – Escócia

A Escócia tem mais de 790 ilhas. A maioria não é habitada, mas tem uma delas que atrai turistas por sua história. Na ilha de Lewis, na costa noroeste do país, ficam Pedras de Callanish, perto da aldeia de Callanish. No local há um círculo com 13 pedras que rodeia um monólito de 7 toneladas. Há ainda um túmulo que fica no cenário de Loch Roag e as colinas da Grande Bernera. As pedras eram usadas em rituais religiosos e têm cerca de 5 mil anos.

Lanyon Quoit – Inglaterra

As terras inglesas são repletas de monumentos sagrados em pedras neolíticas. O mais famosos da região da Cornualha, ao oeste de Londres, é Lanyon Quoit com mais de 5000 mil anos. O seu propósito ainda gera dúvidas, mas acredita-se que era usado como tumba. Composto de 5 pedras, onde três pedras na vertical suportam a rocha maior com 12 toneladas e mais de 5 metros de comprimento. Em 1815 este monumento veio abaixo devido ao mau tempo, mas 9 anos depois foi reerguido pelos locais.

Lanyon Quoit – Inglaterra

Mên-an-Tol – Inglaterra

Na região da Cornualha, oeste da Inglaterra, fica Mên-An-Tol que significa “pedra furada”. Esta formação constituí-se de três pedras. As duas laterais têm cerca de 1,2 metros de altura. Já a pedra furada tem um contorno aproximadamente octogonal com 1,3 metros de largura e 1,1 metros de altura; o buraco circular tem 0,5 m de diâmetro. Algumas teorias relacionam este design ao mapeamento lunar. Acredita-se que as pedras datam do final da Era Neolítica ou do início da Idade do Bronze.

Mên-an-Tol – Inglaterra

Menis de Saint Uzec – França

No noroeste da França, na costa de Bretanha, fica um monumento religioso neolítico com mais de 4 mil anos de história. Posteriormente dedicado ao santo Uzec, o monumento de granito tem mais de 7 metros de altura e pesa cerca de 80 toneladas. No seu topo há uma cruz e os desenhos esculpidos representam a Paixão de Cristo.

Menis de Saint Uzec – França

Meteora – Grécia

Na região central da Grécia e a 350 quilômetros de Atenas fica Meteora. O lugar abriga alguns dos mosteiros mais belos do mundo. Sobre colunas de arenito monges construíram 24 mosteiros a partir do século XI para fugir da invasão otomana. Somente seis mosteiros resistiram ao tempo e hoje o local é o segundo mais sagrado para o cristianismo ortodoxo.

Meteora – Grécia

Monte Atos – Grécia

O lugar mais sagrado para o cristianismo ordoxo, a região do Monte Atos fica a 100 km a sudeste da cidade de Tessalónica no norte da Grécia. O local abriga 20 mosteiros que começaram a se instalar lá a partir do século X. Hoje cerca de 2 mil monges moram nesta região autônoma grega. O Monte Atos, patrimônio mundial da Unesco, protege textos históricos raros, relíquias sagradas, frescos e mosaicos.

Monte Atos – Grécia

Monte Saint-Michel – França

No ilhote de pedra granítica, localizado na divisa entre a Normandia e a Bretanha, nasceu uma das mais incríveis obras do mundo. O início do Monte Saint-Michel remonta ao século VIII. Segundo a tradição, Aubert – então bispo de Avranches-teria construído no ano 708 a primeira igreja a pedido de São Miguel Arcanjo. A pequena capela sobre o rochedo se tornou ponto de peregrinação e deu origem a uma vila medieval. Ao mesmo tempo, monges beneditinos se mudaram para o local e deram início a um monastério. A igreja ganhou novas instalações no século XI e foi ampliada no século XII. Hoje o local, localizado 350 km a oeste de Paris, é patrimônio da Unesco.

Monte St. Michael – Inglaterra

A versão inglesa da famosa construção francesa fica no extremo oeste do país a 5 horas de viagem de Londres. Na região da Cornualha, fico o pequeno monte de St. Michel que foi entregue à ordem religiosa beneditina no século XI. Os primeiros edifícios datam do século XII. Ali encontram-se um castelo e uma igreja. Durante a maré baixa, os visitantes podem atravessar a calçada de pedra que se estende desde a terra firme.

Monte St. Michael – Inglaterra

Pedras de Ale – Suécia

As origens deste monumento megalítico, na Suécia, permanecem um mistério. As Pedras de Ale consistem em 59 grandes blocos de pedra entre 2 a 3 metros de altura, pesando várias toneladas cada um, dispostos como um barco, com 67 m de comprimento e 19 m de largura. Estabelecido há cerca de 2400 anos, durante o início da Idade do Ferro, o monumento está alinhado com as colinas de Österlen e o Mar Báltico. Alguns cientistas acreditam que as pedras poderiam ter funcionado como um calendário, com funções cerimoniais semelhantes às de Stonehenge em Inglaterra. Outros acham que era um túmulo viking em forma de barco de pedra.

Pedras de Ale – Suécia

Pentre Ifan – País de Gales

O maior e mais bem preservado dólmen neolítico do País de Gales fica a 18 km de Cardigan. O local era uma câmara funerária e foi construído por volta de 3500 a.C.. O Pentre Ifan Dolmen tem sete pedras principais. A maior tem 5 metros de comprimento, 2,4 m de largura e 0,9 m de espessura.

Pentre Ifan – País de Gales

Rochas de Carnac – França

Entre os lugares sagrados e misteriosos da Europa há mais um do período neolítico.  Novamente na região da Bretanha, na França, fica a comuna de Carnac que inclui um acervo gigantesco de rochas neolíticas. A maior concentração contém mais de 2800 rochas alinhadas que se prolongam até ao horizonte. Estas rochas formam o maior local megalítico do mundo.

Rochas de Carnac – França

Skellig Michael e Little Skellig – Irlanda

Na costa oeste da Irlanda a cerca de 15 quilómetros da costa ficam as ilhas de Skellig Michael e Little Skellig. O local, que já foi cenário do Star Wars, foi habitado por monges entre os séculos VI e VIII. Em busca de uma aproximação e maior união com Deus, os monges construíram casas e um mosteiro de pedra. A ilha hoje é património da humanidade da Unesco.

Stonehenge – Inglaterra

A cerca de 130 quilômetros da área central de Londres, está a misteriosa obra de arte da engenharia erguida pelos neolíticos, em uma época em que não havia praticamente nenhum recurso tecnológico para isso. Patrimônio mundial da Unesco, o círculo de pedras de Stonehenge foi erguido em 3.000 a.C e é considerado o monumento pré-histórico mais importante do país. A estrutura concêntrica utiliza dois tipos de pedras – as maiores pesam mais de 40 toneladas – que foram transportadas de uma zona a mais de 240 km de distância, para criar esta obra-prima.

Stonehenge – Inglaterra

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção