logo Melhores Destinos

Lugares para conhecer em abril – 23 opções ao redor do mundo!

Camille Panzera
Camille Panzera
20/03/2020 às 16:51

Lugares para conhecer em abril – 23 opções ao redor do mundo!

Abril marca o começo do outono no hemisfério sul, é um mês de média temporada e uma ótima pedida para quem quer fugir de atrações lotadas!
Abaixo você confere nossa lista com dicas de lugares para conhecer em abril!

O mês de abril tem boas condições climáticas em vários destinos; em muitos lugares já não faz tanto calor e também não tem o frio do inverno. Para quem pretende viajar a Europa ou Estados Unidos, por exemplo, é uma boa opção já que esse período é de primavera e as cidades começam a ficar muito floridas e boas ideais para passeios ao ar livre.

O bacana de viajar em abril é que esse mês é de temporada intermediária, sem atrações lotadas e com preços medianos nas passagens aéreas e hotéis. A exceção são os dias de feriado de Tiradentes e Páscoa, que geralmente apresentam valores um pouco mais elevados do que no restante do mês.

Lugares para viajar em abril

Amsterdã é um ótimo destino para conhecer em abril, já que é apenas nessa época que fica aberto o Keukenhof, um parque com lindos campos de tulipa. O Japão também oferece uma experiência maravilhosa, com as cerejeiras desabrochando. O Caribe, com tantas praias especiais é um bom lugar para ir no primeiro semestre do ano, época que está fora do período de furacões.

No Brasil, as chuvas no sudeste diminuem seu ritmo e destinos como Paraty e Ilhabela podem cair muito bem. As Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, costumam ter um volume de água intenso por conta das chuvas do verão e para quem gosta de cidades charmosas, Diamantina, em Minas Gerais, pode ser uma alternativa simpática, que ainda tem a Vesperata, programa ideal para amantes da música.

Importante: Sabemos a situação atual é de epidemia de Coronavírus e que agora não é o momento para viajar. Mas para quem gosta de planejar com antecedência e deseja fazer viagens futuras, vale a pena saber quais lugares se encaixam melhor no período que você tem para viajar!

Destinos nacionais para viajar em Abril:

1 – Diamantina, Minas Gerais

Temperaturas: Média Máxima 24°C / mínima: 15°C
Precipitação: 104 mm

A cidade de Diamantina está localizada a 300 km da capital Belo Horizonte e é ponto de partida de uma das rotas mais populares para o turismo mineiro: A Estrada Real. Por muitos anos esquecida pelos visitantes, Diamantina recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1999 e desde então busca novos rumos para o turismo. Cada dia mais movimentada, Diamantina reserva preciosidades que vão além da história ligada à extração de diamantes no século XVIII. Os charmosos casarões e igrejas centenárias que compõem as ruas de pedras estão entre as maiores atrações de Diamantina. Eles são palco do maior espetáculo local: a Vesperata. O show reúne dezenas de instrumentistas que emocionam os visitantes em interpretações musicais sob comando de um maestro em meio ao público.

Diamantina

2 – Ilhabela, São Paulo

Temperaturas: Média Máxima 25°C / mínima: 24°C
Precipitação: 157 mm

Ilhabela desperta paixões em turistas de todo o Brasil, que veem no lugar uma ótima oportunidade de aliar conforto, preço acessível e bons serviços a excelentes praias. A paisagem acidentada que recobre Ilhabela ajuda na formação dos seus principais pontos turísticos. Os dias de folga serão regados a muito banho de mar e cachoeiras deliciosas em meio à Mata Atlântica. São mais de trinta praias para os turistas que desejam descanso com os pés na areia.

3 – Paraty, Rio de Janeiro

Temperaturas: Média Máxima 24°C / mínima: 18°C
Precipitação: 160 mm

Fundada oficialmente em 1667, Paraty era apenas um pequeno povoado aos pés do Morro do Forte. A cidade cresceu e se tornou, entre os séculos XVIII e XIX, um dos maiores entrepostos comerciais do país. Rota do Caminho do Ouro, por onde escoavam as preciosidades vindas das Minas Gerais, e grande produtora de cana-de-açúcar, Paraty era ponto final da Estrada Real. Com a construção de um novo caminho, por onde levavam ouro e pedras preciosas diretamente ao Rio de Janeiro, a cidade perdeu importância e por muitos anos ficou esquecida, até ser redescoberta pelo turismo e se tornar um dos mais belos destinos do Rio de Janeiro e do Brasil.

Leia também: Pontos turísticos do Rio de Janeiro

4 – Tiradentes, Minas Gerais

Temperaturas: Média Máxima 23°C / mínima: 15°C
Precipitação: 61 mm

O colorido dos casarões coloniais de Tiradentes inebria os visitantes que chegam à região. Aos pés da Serra de São José, a cidade preserva a história e arquitetura do século XVIII em suas construções, igrejas e cenários bucólicos que a transformam em um dos mais charmosos destinos de Minas Gerais. É fácil se apaixonar pela calmaria e elegância de Tiradentes, especialmente depois de experimentar uma das melhores atrações da cidade: a gastronomia! Tiradentes extrapola a faceta do turismo histórico e cada dia mais arrebata visitantes em busca do excelente repertório culinário. Requintada, delicada e encantadora, Tiradentes tem tudo para conquistar você!

5 – Foz do Iguaçu, Paraná

Temperaturas: Média Máxima 28°C / mínima: 15°C
Precipitação: 151 mm

Foz do Iguaçu, no Paraná, é a cidade que tem a honra de guardar, do lado brasileiro, um cenário digno de filmes! Um dos mais belos espetáculos da natureza na Terra é, com muito orgulho, parte do Brasil. Todo o crédito pertence ao rio Iguaçu, que permeia a fronteira entre Brasil e Argentina e presenteia ambos os países com as Cataratas — um cenário natural perfeito, com as mais lindas quedas d’água do planeta.

6 – Brasília, Distrito Federal

Temperaturas: Média Máxima 27°C / mínima: 17°C
Precipitação: 124 mm

Diferente de tudo o que você já viu: eis a melhor maneira de começar a falar de Brasília. A única cidade moderna do mundo a receber o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco é peculiar sob todos os aspectos. A capital é muito mais do que o centro político do Brasil.

Duas linhas em formato de cruz. A partir desse traçado simples nasceu o Plano Piloto. Com projeto urbanístico de Lucio Costa e arquitetônico de Oscar Niemeyer, Brasília ganhou vida em 1960, pelas mãos do então presidente Juscelino Kubitschek. Construída em apenas 1.000 dias para ser a nova capital, ela surpreendeu pelo modernismo do traçado e das construções.

7 – Curitiba, Paraná

Temperaturas: Média Máxima 23°C / mínima: 13°C
Precipitação: 95 mm

Curitiba ganha rapidamente os viajantes porque é muito fácil de ser explorada. Os parques são maravilhosos e facilmente acessíveis, há vários bons museus a serem visitados, os restaurantes oferecem excelentes opções de comidas típicas e também menus contemporâneos e a cidade ainda oferece um bom roteiro histórico que pode ser percorrido em um walking tour gratuito. Junte a isso a intensa vida noturna, bares animados, passeios de bike e até um delicioso circuito de trem pela Serra do Mar. Curitiba tem muito o que fazer: é cheia de boas atrações, que também são frequentadas pelos moradores. Você viverá a experiência completa ao visitar a cidade como se fosse um curitibano.

Leia também: Conheça os principais pontos turísticos de Curitiba!

Destinos internacionais para viajar em Abril:


8 – Amsterdã, Países Baixos

Temperaturas: Média Máxima 8°C / mínima: 4°C
Precipitação: 44 mm
Com uma arquitetura encantadora, milhares de bicicletas circulando pelas ruas, jardins floridos, rica cultura e charmosos canais, Amsterdã é uma cidade moderna, vibrante e exótica. É um lugar em que a gente se encanta com cenários comuns e habituais, como o trânsito de bicicletas nas ciclovias ou charmosos edifícios que ficam a beira de seus canais.
Nesse período do ano fica aberto o Keukenhof, um parque com enormes plantações de tulipas, planta bastante característica dessa região. O parque fica aberto durante algumas semanas apenas, durante a primavera no continente europeu e é um ótimo motivo para visitar Amsterdã.

9 – Washington, Estados Unidos

Temperaturas: Média Máxima 19°C / mínima: 6°C
Precipitação: 77 mm

Fundada em 1800, Washington é totalmente planejada, com prédios baixos e extremamente arborizada. É fácil ficar encantado com uma esplanada de 3 km, chamada entre os locais apenas por The Mall: a cada 100 metros há um belo monumento, memorial ou um museu com acervo espetacular. Além disso, praticamente não é preciso utilizar transportes (apesar de eles serem muito eficientes). Pés ou bicicletas são suficientes para nos levar a quase todos os lugares. E quando falamos em todos os lugares podemos incluir os importantes prédios públicos, sempre abertos à visitação. Washington consegue transformar o turismo cívico e altamente patriótico em passeios incríveis, mesmo quando se trata dos memoriais de guerra, onde as honrarias são para as vítimas e combatentes.

A capital dos Estados Unidos está longe de ser uma cidade entediante e oferece os mais variados programas aos seus visitantes. Com belos parques, importantes memorais e museus variados, Washington DC é uma bela surpresa, fica florida e muito animada nesse período do ano, quando acontece o festival nacional das cerejeiras – veja aqui mais detalhes.

10 – Tóquio, Japão

Temperaturas: Média Máxima 18°C / mínima: 9°C
Precipitação: 122 mm

Considerada uma das cidades mais vibrantes do mundo, Tokyo é uma capital fantástica, completa e com opções ilimitadas. Ela oferece uma imersão em valores diferentes e nos proporciona um choque cultural nos mais diversos âmbitos. A cidade é viva noite e dia, tem ótimos pontos turísticos, excelente gastronomia (já foi considerada a cidade com mais restaurantes nos Guias Michelin) e é simplesmente um paraíso para fazer compras.

Esse período do ano é ideal para observar as cerejeiras florescendo! O “evento” é maravilhoso e impressionante… a cidade tem milhares de árvores cerejeiras floridas e cenários que ficam ainda mais bonitos quando essas flores desabrocham. Infelizmente nesse ano coronavírus está afastando os viajantes da Ásia, mas o Japão continua sendo um dos melhores destinos internacionais segundo os nossos leitores!

dicas toquio

11 – Ilha de Páscoa, Chile

Temperaturas: Média Máxima 24°C / mínima: 20°C
Precipitação: 110 mm

Mistérios, histórias, belezas naturais e descobertas sem fim: a Ilha de Páscoa, encontrada por europeus num domingo de Páscoa, é um destino simplesmente único. Considerada uma das ilhas mais isoladas do mundo, a Ilha Rapa Nui – como é chamada na língua nativa – está localizada na Polinésia, a 3700km do Chile, país a que pertence.

12 – Cancún, México

Temperaturas: Média Máxima 31°C / mínima: 20°C
Precipitação: 88 mm

Cancún é um dos principais destinos turísticos do mundo quando se pensa em praias. Bastaria andar por alguns metros de suas areias finas em perfeita harmonia com o mar azul-turquesa para ser conquistado pelo lugar, mas a verdade é que Cancún vai muito além do mar. É um destino completo, e isso a torna impressionante.

A cidade fica no estado de Quintana Roo e reúne vida noturna animada, passeios para admirar a natureza, atrações culturais, sítios arqueológicos, parques aquáticos bem diferentes e muita diversão. Nesse período do ano muitas pessoas em recesso escolar visitam a cidade para curtir o “Spring Break”, período em que muita gente aproveita as festas na região.

isla mujeres cancun

13 – Playa del Carmen, México

Temperaturas: Média Máxima 31°C / mínima: 20°C
Precipitação: 88 mm

Vizinha de Cancún, Playa del Carmen é um destino que muitas pessoas costumam conhecer apenas numa rápida passada, mas que vale também algumas noites dormindo por lá mesmo para aproveitar melhor o lugar.

A cidade tem um clima tranquilo, muitos restaurantes gostosos, mar pertinho dos hotéis além de uma avenida que está sempre animada e cheia de lojas. Diferentemente de Cancún, com hotéis altos e bem estruturados, Playa del Carmen é um destino mais rústico e descolado, indicado para quem gosta de fazer atividades caminhando.

Tulum e Riviera Maya são outros destinos próximos de Cancún e Playa del Carmen que também caem bem nesse período do ano!

playa del carmen dicas

14 – San Andrés, Colômbia

Temperaturas: Média Máxima 28°C / mínima: 26°C
Precipitação: 30 mm

San Andrés é uma autêntica ilha caribenha. O local, que é sede do arquipélago de San Andrés, Providência Santa Catalina, foi a base militar de um notável personagem conhecido como Pirata Morgan e hoje é um dos destinos do Caribe mais acessíveis para se visitar. Os valores justos, os ritmos animados e o mar estonteante são suficientes para conquistar pessoas de todas as idades. Famoso pelo seu mar de sete cores, San Andrés é um bom lugar para relaxar e conhecer uma nova cultura.

dicas san andres

15 – St Maarten e St Martin

Temperaturas: Média Máxima 30°C / mínima: 24°C
Precipitação: 64 mm

Na parte de cima, território francês; na parte de baixo, território holandês: só por esse detalhe St. Maarten e St. Martin já são capazes de despertar interesse, mas a ilha oferece muito mais. Exemplo de lugar multicultural e com cenários de tirar o fôlego, a ilha caribenha vai além do básico “sombra e água fresca”, oferecendo atrativos variados a públicos diversificados.

A expectativa sobre o destino começa ainda no ar, antes de o avião tocar o solo. Isso porque o pouso no Aeroporto Internacional Princess Juliana é considerado um dos mais eletrizantes do mundo – ele fica na frente de Maho Beach e, assim, os aviões são obrigados a passar a poucos metros das cabeças dos turistas. É um pouco espetacular!

dicas st martin

16 –  Aruba

Temperaturas: Média Máxima 30°C / mínima: 25°C
Precipitação: 10 mm

A pequena ilha, ao norte da Venezuela, é o lugar perfeito para passar férias. Com praias serenas, quase sem ondas, e hotéis com uma bela vista para o mar, a vontade onipresente é a de não voltar para casa. Animada noite e dia, Aruba é uma mistura da antiga colonização holandesa agregada às mudanças causadas pela forte presença do turismo norte-americano. O mar, com diferentes tons de azul e verde, é simplesmente melhor do que qualquer drink de boas-vindas que um viajante poderia desejar.

aruba dicas

17 – Hong Kong

Temperaturas: Média Máxima 25°C / mínima: 20°C
Precipitação: 130 mm

Movimentada, cosmopolita, exótica e plural. Hong Kong é uma ilha no sudeste da China, que tem uma densidade demográfica altíssima e o maior número de arranha-céus do mundo! É um lugar que mistura um pouco da tradição chinesa à modernidade europeia, fruto da colonização inglesa que por 156 anos esteve presente na ilha. Após esse período, Hong Kong se tornou uma região administrativa especial da China e permanece ainda hoje como um grande centro financeiro e portuário da Ásia.

dicas hong kong

18 – Torres del Paine, Chile

Temperaturas: Média Máxima 12°C / mínima: 3°C
Precipitação: 14 mm

No extremo sul das Américas está um dos lugares mais selvagens do planeta. Uma paisagem quase intocada aguarda para ser descoberta e explorada. Essa é a sensação dos viajantes que chegam à Patagônia e ao Parque Torres del Paine: sentem-se os únicos habitantes de um universo repleto de montanhas, geleiras, lagos e campos. A desafiante imensidão natural deslumbra todo tipo de aventureiro.

Ao sul da Cordilheira dos Andes, dividida entre a Argentina e o Chile, a região Patagônica abrange um terço do território dos dois países. São quase 800 mil km² de paisagens impressionantes e riquíssima natureza. Um ambiente quase inabitado por homens, porém repleto de vida.

19 – Maldivas

Temperaturas – Male: Média Máxima 31°C / mínima: 26°C
Precipitação: 132 mm

As Ilhas Maldivas são um arquipélago que figura entre os destinos mais desejados de praia para se conhecer no exterior. Não é para menos! O destino possui uma natureza pouco explorada, hotéis incríveis com bangalôs no beira do mar muita tranquilidade. É um destino com várias praias públicas e outras privadas, onde ficam resorts, muito procurado para passar a lua-de-mel! Dezembro é, historicamente, um mês com poucas chuvas e bom para curtir dias de sol no lugar!

Leia também:
Como é viajar para as Ilhas Maldivas? Custos, transportes, praias, hotéis e muitas dicas!

20 – Jordânia

Temperaturas – Amã : Média Máxima 21°C / mínima: 10°C
Precipitação: 10 mm

Uma casa silenciosa em meio a uma vizinhança barulhenta. Assim poderia ser definida a Jordânia. Encravada no Oriente Médio, ao lado de Israel e seus vizinhos árabes, o país é um verdadeiro oásis de tranquilidade em meio a uma região tão conturbada. Ao contrário do que se possa imaginar, o Reino Hachemita da Jordânia não é rico em petróleo ou recursos naturais. Resta oferecer então o que tem de melhor: sua estabilidade e paisagens. E que paisagens!
Leia mais:
Dicas da Jordânia, um oásis de história e cultura ao lado de Israel

21 – San Blas, Panamá

Temperaturas: Média Máxima 31°C / mínima: 23°C
Precipitação: 30 mm

Uma ilha para chamar de sua. Uma ilha para cada dia do ano. Uma ilha para ser a mais perfeita representação do paradisíaco. O cenário parece surreal, é verdade. Mas, acredite, ele existe e está ao seu alcance. A composição de cena não para por aí. Há também um deslumbrante mar caribenho colorido, cabanas com varandas de frente para a praia e muitos coqueiros para proporcionar sombra e água fresca. São mais de 360 ilhas no arquipélago de San Blas, um lugar que muita gente ainda não ouviu falar, mas que impressiona pela natureza estonteante!

22 – Fort Lauderdale, Estados Unidos

Temperaturas: Média Máxima 28°C / mínima: 19°C
Precipitação: 78 mm

Com eterno clima de férias, sol reinando durante todo o ano e mar sempre convidativo, Fort Lauderdale é um dos melhores destinos da Flórida para quem deseja descansar. Vizinha à agitada Miami, Fort Lauderdale conquista pela simplicidade do dia a dia e, claro, pela linda praia! Apesar de estar bem pertinho de um dos destinos mais populares dos Estados Unidos, Fort Lauderdale ainda guarda o ar de cidade pequena, mas sem perder todo o requinte das mansões e iates que permeiam as ruas e canais da região.

E se você não for proprietário de um belo barco para navegar, não precisa se preocupar. Basta escolher um dos muitos cruzeiros que saem do Porto Everglades para percorrer as maravilhosas praias do Caribe que estão bem pertinho de lá.

dicas fort lauderdalea

23 – Nova Zelândia

Temperaturas – Wellington: Média Máxima 18°C / mínima: 10°C
Precipitação: 97 mm
As grandiosas paisagens e o mistério que cerca o lugar sempre aguçaram a curiosidade de viajantes de todo o mundo, que veem no país um destino exótico e repleto de possibilidades. Embarcar para a Nova Zelândia está na lista de desejos de qualquer aventureiro. E não é para menos. O lugar reúne em um espaço muito pequeno uma quantidade absurda de paisagens distintas, como se viajássemos por vários países ao mesmo tempo.
Visto Nova Zelândia

Para quem pensa em viajar em outro período do ano dentro do Brasil, cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Gramado são destino bacanas para visitar em qualquer estação.

Já para quem pretende voar para mais longe e conhecer um destino internacional, há outras cidades que você pode ir o ano todo e sempre encontrará coisas para fazer – cada estação oferece uma experiência diferente em cidades como Paris, Roma, Santiago, Buenos Aires, Vancouver e Viena.